Vítimas de abusos sexuais vão ser homenageadas por Siza Vieira

O conceituado arquiteto Siza Vieira foi o escolhido pela omissão independente que investiga os casos de abuso sexual em Portugal, para criar um memorial a estas vítimas.

Data:

Há cerca de seis meses que a Comissão Independente foi criada, com o intuito de investigar o fenómeno de abusos seuxais na Igreja Católica em Portugal, e desde então já reuniu mais de 350 testemunhos. Agora, a organização pretende erguer um monumento de homenagem às vítimas.

O escolhido para criar e desenhar o projeto foi o famoso arquiteto português Álvaro Siza Vieira. A inspiração teve origem, segundo o coordenador da comissão, Pedro Strecht, num monumento semelhante erguido em Chicago pela Igreja, com o propósito de homenagear as muitas vítimas destes crimes. Dos 352 relatos recebidos até ao momento pela comissão, estima-se que o número real de vítimas seja muito superior ao que se conhece. Isto porque se calcula que apenas 20 a 25 por cento dos casos reais cheguem a ser conhecidos.

“A Comissão Independente não esquece a mensagem contida numa imensa maioria dos testemunhos até agora recebidos, nomeadamente a necessidade de materialização de pedido de perdão da Igreja Católica e respetivo compromisso sobre um futuro mais atento à prevenção e intervenção precoce nestes casos“, afirmou o coordenador em comunicado.

O relatório final deverá ser apresentado até ao final do ano.

 

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 128

Popular

Mais Artigos deste tipo