IPMA concluiu que o período de 01 a 17 de julho foi o mais quente desde 2000

Os primeiros 17 dias de julho foram os mais quentes deste século com uma temperatura média do ar de 25,7 graus centígrados, revelou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Data:

O IPMA realça os dias 13 e 14, em que o dia 13 foi o mais quente de 2022 e o quinto dia mais quente dos últimos 23 anos em Portugal Continental com um valor médio da temperatura máxima do ar de 40 graus centígrados.

Por sua vez, o dia 14 de julho foi o segundo dia mais quente de 2022 e o sétimo mais quente desde 2000 com um valor médio da temperatura máxima do ar de 38,4 graus centigrados.

Desde 2000, os dias mais quentes em Portugal continental foram 04 de agosto de 2018, 02 de agosto de 2003, 03 e 05 de agosto de 2018.

O IPMA destaca também que, entre os dias 01 a 17 de julho deste ano, o valor mais elevado da temperatura máxima do ar, 47°C, ocorreu na estação do Pinhão e constitui um novo extremo em Portugal continental para o mês de julho.

Segundo o IPMA, durante aquele período foram ultrapassados os anteriores maiores valores da temperatura máxima do ar em 84 estações e em 28 estações os valores da temperatura máxima do ar registados constituem extremos absolutos para aquelas estações.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 116

Popular

Mais Artigos deste tipo

STCP passa a disponibilizar pagamentos por MB WAY

A partir desta segunda-feira, 28 de novembro, na STCP...

Desinfestação de empresas: a Truly Nolen explica

A Truly Nolen, líder mundial em controlo de pragas,...

Surfista Inês Tralha desenvolve método de ensino do SURF

A surfista Inês Tralha, nome de referência no surf...

Montar e decorar uma casa em 90 minutos? LEROY MERLIN desafiou os portugueses nesta Black Friday

O desafio testou duas equipas, lideradas por Mafalda Castro...