“Os novos quadros diretivos trouxeram novas ideias”

SÉRGIO FONSECA, DIRETOR DE IT // GARCIAS

163

Numa altura em que o mundo vive coberto de incertezas devido às constantes alterações do mercado, de que forma a Garcias S.A tem motivado os seus colaboradores a desempenhar um papel de inovação e motivação?
No momento atual e para fazer face às alterações do mercado, a Garcias com a contratação de novos quadros diretivos, recentemente, promoveu o diálogo entre os trabalhadores mais antigos da empresa e que conhecem os processos que levaram a empresa, nestes 41 anos de existência, ao lugar de líder de mercado. Os novos quadros diretivos trouxeram novas ideias obtidas das experiências na sua carreira profissional. Com este diálogo foram implementadas algumas novas formas de trabalho que vieram automatizar alguns processos menos gratificantes e repetitivos libertando os trabalhadores para novas tarefas mais gratificantes. A ideia é sempre aumentar a produtividade, e por sua vez a qualidade de vida dos mesmos. Neste momento a Garcias tem objetivos claros na eficiência energética e na melhoria de processos através da automatização e digitalização. Para obter melhorias significativas nestes campos introduziu junto dos trabalhadores a ideia de que todos devem de contribuir com ideias para a obtenção de resultados, logo, dessa forma todos foram convidados a participar na inovação da empresa o que na minha opinião também deveria de motivar os mesmos na procura da excelência.