Conheça as três cidades portuguesas mais caras e mais baratas para comprar casa

Estudo revela também que os preços dos imóveis subiram em 17 capitais de distrito em agosto.

Data:

Lisboa, Porto e Funchal são as cidades mais caras para comprar casa em Portugal, de acordo com o índice de preços do idealista. O mesmo indicador revela que os preços dos imóveis subiram em 17 capitais de distrito em agosto, com Guarda (9,2%), Braga (3,7%) e Aveiro (3,7%) a liderarem a lista.

Seguem-se Funchal (3%), Faro (2,8%), Portalegre (2,7%), Évora (1,9%), Setúbal (1,5%), Santarém (1,1%), Bragança (1%), Porto (1%), Viseu (0,8%), Castelo Branco (0,7%), Beja (0,3%), Leiria (0,2%), Coimbra (0,2%) e Lisboa (0,1%). Por outro lado, os preços desceram apenas em Viana do Castelo (-2,4%), Ponta Delgada (-1,5%) e Vila Real (-1,4%)

Do lado oposto, as cidades mais baratas são Portalegre (644 euros/m2), Guarda (776 euros/m2), Castelo Branco (783 euros/m2), Bragança (829 euros/m2), Beja (838 euros/m2), Santarém (917 euros/m2), Vila Real (1.085 euros/m2), Leiria (1.273 euros/m2) e Viseu (1.275 euros/m2).

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 131

Popular

Mais Artigos deste tipo

CARRIS e SIBS disponibilizam pagamento com MB WAY

A partir de hoje, viajar na CARRIS é ainda...

Workshop “Plano Nacional de Prospeção no âmbito do CRM Act”

No âmbito da recente aprovação, pela Comissão Europeia, do...

Setor da aviação considerado um dos mais atrativos para trabalhar em Portugal

A Randstad lançou mais uma edição do estudo Randstad...