Em Portugal 80% dos consumidores prefere comprar um produto ecológico em vez de um produto um pouco mais barato

A preocupação com o meio ambiente tem tido cada vez mais impacto junto dos consumidores portugueses. Para perceber esta mudança de mentalidade e conhecer os comportamentos que os consumidores já adotaram relativamente às suas preocupações ambientais, bem como de que forma isto afeta as suas escolhas de consumo, a Escolha do Consumidor realizou um estudo online que apresenta dados relevantes.

Data:

Segundo os dados obtidos, 86% dos inquiridos faz a separação do lixo, 53% afirma que compra produtos ecológicos mensalmente e 80% dos consumidores prefere comprar um produto ecológico em vez de um produto um pouco mais barato.

Para deslocação própria, 73% dos consumidores utiliza a sua viatura, 12% usa os transportes públicos, outros 12% desloca-se a pé e 3% utiliza bicicleta ou trotinete.

Foi também questionado, caso tivessem oportunidade de comprar um carro novo, qual o sistema que escolheriam: 57% optaria pelo híbrido, 31% pelo elétrico e apenas 12% compraria um carro de combustão fóssil.

No que diz respeito às práticas de consumo, 24% afirma comprar lâmpadas de eficiência energética, 22% compra fruta ou legumes da época e 16% compra fruta ou legumes localmente. Quanto ao consumo de água, 13% dos inquiridos revela que não compra água engarrafada. A compra de vestuário de fibras naturais (algodão, linho, lã ou seda) é adotada por 10% dos consumidores.

Já os produtos de cosmética com menos químicos são utilizados por 8% dos inquiridos e 7% menciona que compra produtos de limpeza para a casa com menos químicos.

Relativamente aos comportamentos ecológicos já adotados pelos consumidores: 34% evita o desperdício alimentar; 32% reutiliza embalagens (frascos, garrafas, caixas, embalagens); 23% desliga os carregadores da tomada e 11% compra ou já comprou roupa em segunda mão.

Comprar móveis em segunda mão, cultivo de mini hortas, fazer artesanato com materiais recicláveis e compostagem com resíduos orgânicos, são outras ações ecológicas já praticadas, referidas, igualmente, pelos consumidores.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 132

Popular

Mais Artigos deste tipo

Verão na Casa da Música: mais de 70 concertos até setembro

O festival começou ontem, 20 de junho, na praceta...

Lince Ibérico passa de espécie “em risco” para “vulnerável” na lista da UICN

A UICN vai atualizar oficialmente a sua lista de...

MB WAY a preparar o futuro dos pagamentos europeus

O MB WAY tem, a partir de hoje, um...