FPF cria plataforma para aumentar atletas nas modalidades desportivas

O projeto "Vem Jogar" "insere-se no âmbito do plano estratégico futebol 2030", que pretende atingir as 75.000 jogadoras nas modalidades de futsal, futebol e futebol de praia.

177

“Vem Jogar” é o nome da plataforma lançada esta sexta-feira pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), de modo a conquistar praticantes femininas para certas modalidades. O desenvolvimento deste projeto é fruto do trabalho da FPF, mas também das associações distritais e dos clubes.

Esta iniciativa “insere-se no âmbito do plano estratégico futebol 2030, ao abrigo do qual queremos atingir as 75.000 praticantes, nas modalidades de futebol, futsal e futebol de praia, e que todos os clubes tenham a vertente feminina”, como adiantou à Lusa Mónica Jorge, diretora de futebol feminino da FPF.

Nesse sentido, a antiga selecionadora nacional revelou que, atualmente, o número de praticantes ronda as 11.000, mas o “aumento da procura por parte das famílias tem sido fantástico” e que essa “acaba por ser mais intensa e mediática cada vez que temos bons resultados e referências” e, por isso, os recentes resultados das seleções de futsal e futebol, bem como a prestação na Liga dos Campeões deram uma “maior visibilidade” a esta vertente.

Acrescentar a isso, Mónica Jorge afirmou que o “o processo de certificação da FPF ajuda a que os valores da paridade e igualdade sejam, cada vez mais, uma realidade”.

A plataforma disponibiliza o acesso às informações dos clubes do país com prática feminina, mas também faz referência aos escalões onde é possível realizar as inscrições e aos dados sobre os horários e locais de treino.

Toda a oferta desportiva encontra-se disponível no website vemjogar.fpf.pt, que abrange os 1.854 clubes portugueses que estão inscritos neste órgão, apesar de serem 1.248 aqueles que têm jogadoras femininas, com o intuito de tentar “procurar motivar a abertura de uma secção feminina de futebol ou futsal”, destacou a diretora.