Investigação pode ajudar no tratamento da queda de cabelo

Folículos e hastes capilares gerados em laboratório cresceram perto dos 100% de eficácia. Este feito, leva os investigadores a acreditarem no desenvolvimento de novos métodos para tratar doenças que causam a perda de cabelo.

Data:

Uma equipa de investigadores japoneses conseguiu produzir folículos capilares em laboratório. Esta ação, gerada em espaços controlados e não em ambientes naturais poderá ser fundamental para a elaboração de tratamentos para as doenças que propiciam a queda de cabelo, como por exemplo a alopecia, que afeta homens e mulheres.

A investigação publicada no jornal “Science Advances”, no dia 21 de outubro, destaca que os resultados obtidos na mesma foram considerados como ambiciosos, visto que os folículos e as hastes capilares cresceram com quase 100% de eficácia e que passados 23 dias de estudo chegaram aos 23 milímetros de comprimento.

Com o intuito de manter a cor de cabelo natural, os investigadores usaram um medicamento estimulante, tendo também atingido efeitos positivos. A próxima iniciativa que a equipa irá desenvolver passa por utilizar “células de origem humana e aplicar para o desenvolvimento de medicamentos e medicina regenerativa”, tal como adiantou Junji Fukuda, professor da Faculdade de Engenharia da Universidade Nacional de Yokohama à Sky News.

Para além do desenvolvimento de medicamentos, este trabalho poderá ajudar a descobrir os motivos de certas pessoas terem tendência para este problema.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 116

Popular

Mais Artigos deste tipo

Xiaomi conta com novos acessórios para viagens de trotinete mais seguras e confortáveis

Para garantir uma condução segura e precisa, as Xiaomi...

Braga no top 3 das cidades finalistas candidatas a Capital Europeia da Democracia

Braga é uma das três cidades finalistas candidatas a...

Cerveira: Mercado de Natal promete atividades e animação para todas as idades

Serão cinco dias repletos de atividades e animação para...