Porto de Lisboa celebra hoje o 135º aniversário

O Porto de Lisboa ultrapassa as 12 milhões de toneladas de carga movimentada e as três mil escalas anuais.

185

1887 foi o ano da construção e lançamento do Porto de Lisboa. Atualmente, e passados 135 anos de história, é considerado um motor de desenvolvimento económico, tanto para a capital como para as restantes regiões do país.

Dispondo de 16 terminais de todo o tipo de carga é uma das principais portas de entrada  para o comércio, ultrapassando as 12 milhões de toneladas de carga movimentada e as três mil escalas anuais. Para além disso, é visto como uma rampa de expansão para as exportações e crescimento económico.

Anualmente, este Porto com duas margens recebe 17 milhões de pessoas e aproximadamente meio milhão de turistas. Ainda no campo de recreio e lazer, este espaço possui a Marina de Lisboa, a maior do país, com quatro docas.

Pode-se também afirmar que o Porto de Lisboa procura estar no centro da tecnologia e da inovação. E fá-lo, neste momento, com o projeto Ocean Campus, que é direcionado às atividades da economia azul, sendo sustentado nos seguintes pilares: o conhecimento, a investigação, a economia e a vida.

Já no campo da sustentabilidade, esta entidade encontra-se a projetar mecanismos de fornecimento de energia elétrica a navios. A acrescentar a isso, assume uma exigência máxima no controlo de qualidade da água, do ar, das águas de lastro e das emissões atmosféricas dos navios.

Comemoração dos 135 anos de história

As celebrações referentes ao dia de aniversário terminarão amanhã, dia 1 de novembro. Ou seja, o Porto de Lisboa em colaboração com a Associação Naval de Lisboa irá realizar a habitual regata  “Troféu Porto de Lisboa”, com largada da Doca de Belém, às 11h00.

Depois disso, dar-se-á a entrega dos prémios aos primeiros classificados, numa cerimónia na Gare Marítima de Alcântara. Além do mais, irão existir dois prémios suplementares, que serão sorteados entre os velejadores que finalizaram a prova, são eles: dois lugares de amarração nas docas do porto, uma delas durante um período de seis meses e a outra por três.

Esta iniciativa fecha o programa de atividades dedicado ao aniversário do Porto de Lisboa, que abrangeu visitas guiadas à Torre VTS e às gares marítimas de Alcântara e da Rocha Conde de Óbidos, mas também a apresentação de um livro infantil, e ainda uma exposição do fotógrafo Nuno Sá, apelidada de “Portugal uma terra que é mar”, acerca da importância da preservação dos oceanos, que estará na Doca de Santo Amaro até ao próximo dia 19 de novembro.