Estudo indica que ingrediente da cerveja pode ajudar a prevenir o Alzheimer

A recente pesquisa da revista ACS Chemical Neuroscience adianta que beber cerveja pode diminuir o risco de Alzheimer, devido a um dos principais ingredientes da bebida, o lúpulo.

Data:

Um estudo recente desenvolvido pela revista ACS Chemical Neuroscience, mostra que ingerir ocasionalmente cerveja pode ajudar na prevenção da doença de Alzheimer.

Isso, deve-se ao lúpulo, um dos principais ingredientes que a bebida possui na sua composição, que confere as particularidades amargas ao seu sabor. De acordo com os investigadores responsáveis por esta pesquisa, no decorrer dos testes feitos em ratos de laboratório foram detetadas melhorias, tanto na cognição como na atenção.

A planta contém atividades biológicas, por causa da vasta variedades dos seus componentes químicos. Nesse sentido, os cientistas adiantaram que o lúpulo é capaz de impedir a concentração de placas de proteínas apelidadas de amiloides, que se criam à volta dos neurónios dos doentes de Alzheimer, e, por ventura, destruí-los.

Na pesquisa, também destacam que existe um tipo de lúpulo mais eficaz para este efeito, o Tettnang.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 116

Popular

Mais Artigos deste tipo

STCP passa a disponibilizar pagamentos por MB WAY

A partir desta segunda-feira, 28 de novembro, na STCP...

Desinfestação de empresas: a Truly Nolen explica

A Truly Nolen, líder mundial em controlo de pragas,...

Surfista Inês Tralha desenvolve método de ensino do SURF

A surfista Inês Tralha, nome de referência no surf...

Montar e decorar uma casa em 90 minutos? LEROY MERLIN desafiou os portugueses nesta Black Friday

O desafio testou duas equipas, lideradas por Mafalda Castro...