“O stress interfere e perturba o nosso equilíbrio”

Data:

Rita Nunes Correia, 29 anos, Educadora de Infância

O Dia de Consciencialização do Stress – tradicionalmente comemorado na primeira quarta-feira de novembro – visa promover a importância do bem-estar para o indivíduo. Na sua opinião, é fundamental estarmos atentos ao fenómeno de normalidade que o stress assume na sociedade? Por que motivo este facto acontece?
O stress interfere e perturba o nosso equilíbrio. Todavia, nem sempre é totalmente mau. Em demasia é que pode ter proporções más. Na minha opinião, é importantíssimo estarmos atentos a esta situação. Por vezes achamos que o stress já faz parte do nosso dia a dia, tendo uma conotação normal, sendo que a vida não tem de ser vivida assim. Deixamos que seja levado a níveis extremos, o que prejudica a nossa saúde física e mental, bem-estar, relações, etc. Achamos normal não conseguir dormir cedo, achamos normal dormir pouco, achamos normal não ter concentração, achamos normal andarmos nervosos e arranjamos sempre alguma justificação para isso. Aspetos como, problemas no local de trabalho, problemas financeiros/familiares, ansiedade e pessimismo, ativam o stress e, como somos “obrigados” a ser fortes, a continuar, aceitamos a normalidade que é viver com stress. A verdade é que, tem de haver um equilíbrio.

Apesar de invisível, o stress tem um peso elevado na saúde. Assim, no trabalho e no quotidiano, quais os sinais que não devemos ignorar?
O stress tem uma direção direta com várias doenças, às quais as pessoas desvalorizam. Sinais como queda de cabelo, um fator muito importante ignorado por grande parte da sociedade e também um dos mais comuns, dores de cabeça, alergias/coceiras como psoríase, eczemas, perda de sono, facilidade em adoecer, problemas digestivos, dores na lombar, perda de apetite ou, contrariamente, ganho de peso. Cada pessoa reage de forma diferente, mas considero importante não se negligenciar nenhum aviso.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 129

Popular

Mais Artigos deste tipo

DepilConcept abre clínica na Maia

Os novos franchisados da insígnia vêm de áreas distintas....

Ornatos Violeta celebram 25 anos de “O Monstro Precisa de Amigos”

O concerto de celebração do 25.º aniversário do segundo...

Venda de livros cresceu 5,8% de janeiro a março, face ao mesmo período de 2023

Segundo a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL),...