Surfista Inês Tralha desenvolve método de ensino do SURF

A treinadora de Surf Inês Tralha apresenta um método personalizado, desenvolvido a partir da biomecânica e da neurociência, levando em consideração as características e necessidades de cada aluno

172

A surfista Inês Tralha, nome de referência no surf em Portugal – que já conta com uma escola de surf profissional, a Good Surf Good Love – criou agora uma metodologia de ensino personalizada: o METSIT – Método de Ensino e Treino de Surf Inês Tralha.

Esta técnica é baseada “nas raízes da biomecânica e da neurociência”, mais “detalhada daquilo que hoje se encontra no mercado, indo ao encontro das necessidades, características e histórico específicos dos alunos”, tal como adianta a própria treinadora em comunicado.

Para além disso, a atleta acrescenta que “faço questão de observar e registar os treinos enquanto praticam. Consigo detetar o que tem de ser ajustado, o que pode ser melhorado, adaptando o treino em específico para aquela situação em particular. Muitas vezes são detalhes muito pequenos, mas que fazem toda a diferença, assim como perceber os hábitos que trazem de outros desportos que praticam, ou praticavam anteriormente, para reconstruirmos novas habilidades a partir deles. Daí a importância de eu os conhecer em particular e com profundidade”.

Inês Tralha, quis, no processo criativo do seu método, juntar a intuição e a técnica que a modalidade exige. “Afinal, embora o mar não seja sempre igual, existe um padrão constante na forma como as ondas quebram. E foi este mesmo pensamento que me ajudou a desenvolver o meu método”, comenta na nota partilhada, que, entre as suas referências, consulta livros de peso na área, como “Fisiologia do Exercício: Energia, Nutrição e Desempenho Humano”, “Neuroscience for Learning and Development” e “Peak – The New Science Of Athletic Performance That Is Revolutionizing Sports”.

“Sempre fui apaixonada por biomecânica, fisiologia do esforço, teoria e metodologia do treino, cinesiologia e didática. Mas, mais recentemente, o meu foco de estudo tem sido na área da neurociência, pois eu queria entender como realmente funciona o processo químico da aprendizagem. Na universidade, aprendi tudo sobre as várias etapas do desenvolvimento e da adaptação motora e cognitiva das crianças, mas não nos ensinaram sobre o processo de aprendizagem dos adultos, algo extremamente importante para poder disponibilizar aulas de surf com excelência”, remata Inês Tralha no comunicado.