Mais de um quinto do valor gasto na Black Friday foi em compras online

Com base nos dados do SIBS Analytics, o comércio online continua a ganhar peso nas compras em Portugal. Na última Black Friday, que ocorreu a 25 de novembro, mais de um quinto (22%) do valor gasto foi em compras online. Um peso que supera os 18% do valor de compras online no ano passado e que compara com os 16% e 12% de 2020 e 2019, respetivamente, anos marcados por fortes restrições relacionadas com o combate à pandemia de COVID-19.

Data:

Em linha com este crescimento do comércio online, o MB WAY continua a ganhar destaque e a assumir-se cada vez mais como um dos métodos de pagamento preferidos dos portugueses. Na Black Friday de 2022, o MB WAY foi utilizado 17,3 vezes mais nas compras físicas do que em 2019 e 5,9 vezes mais nas compras online, mantendo a tendência de crescimento que já registou nos anos anteriores pela sua conveniência, simplicidade e segurança.

Nos últimos anos, os consumidores têm vindo a dispersar a decisão de compra pelos vários dias de Black Week (entre 21 e 28 de novembro) , uma vez que as campanhas comerciais relacionadas com este período também se têm estendido por este período. Neste contexto, o dia da Black Friday de 2022 verificou um menor crescimento de valor de compras face à média do mês de novembro quando comparado com o período homólogo (1,35 vezes vs 1,5 vezes em 2021). Além disso, em linha com esta evolução, o total de compras na Black Week aumentou 12% face ao ano passado, enquanto na Black Friday o crescimento foi de 7%. No que toca ao valor médio das compras, este desceu 5,4% face ao período homólogo, de 42,7 euros para 40,4 euros.

Quanto à tipologia de produtos e serviços adquiridos na Black Friday, os maiores crescimentos continuam a verificar-se nas categorias de “Moda e Acessórios” (2,6 vezes de crescimento face à média diária do mês de novembro), “Beleza Cosméticos e Perfumes” (2,1 vezes), “Material Desportivo e Recreativo” (1,6 vezes) e “Jogos, Brinquedos e Bens de Puericultura” (1,5 vezes). No Top 5 deste ano verificou-se a entrada da categoria de “Decoração e Artigos para o Lar” e a saída da categoria de “Tecnologia”.

A nível distrital, é em Coimbra, Braga e Bragança que se verifica o maior crescimento de compras na Black Friday face à média do mês de novembro, enquanto os distritos mais a sul, Santarém e Portalegre estão entre aqueles que apresentam menor crescimento.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 131

Popular

Mais Artigos deste tipo

Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia apresenta campanha “O poder do segundo cérebro”

O intestino tem no seu interior um sofisticado sistema...

Xiaomi introduz a nova geração de TVs: Xiaomi TV A 2025 e Xiaomi TV A Pro 2025

Xiaomi TV A 2025: Vida inteligente, Visualização sem Limites A...

Madalena Cascais Tomé reconduzida como CEO do Grupo SIBS

A Assembleia Geral do Grupo SIBS elegeu, esta segunda-feira,...

Setor energético: mercado livre absorve 70% das reclamações

O Portal da Queixa registou um crescimento no número...