Associação São Francisco de Assis – Cascais faz apelo para a adoção responsável de animais de companhia neste Natal

O apelo da Associação São Francisco de Assis - Cascais para adoção consciente e responsável de animais de companhia está a ser efetuado através de um vídeo, que já circula nas redes sociais da mesma, e que conta com a presença de alunos do município.

225

O Centro de Proteção Animal de Cascais, que integra a Associação São Francisco de Assis – Cascais e o Centro de Recolha Oficial de Animais de Cascais está a consciencializar os habitantes deste concelho, juntamente com os respetivos estudantes, para não adotarem animais por impulso. 

O apelo é efetuado através de um vídeo, que já circula nas redes sociais da Associação. A campanha decorrerá até ao final deste mês, tendo como objetivo “alertar para a adoção responsável e consciente evitando oferecer animais a pessoas que possam não estar devidamente sensibilizadas para o compromisso que é cuidar de um animal de companhia”, revela a entidade em comunicado.

A iniciativa surge em resultado de várias ações de sensibilização que têm sido desenvolvidas com as escolas de Cascais, “através do Gabinete de Formação, Sensibilização e Educação para a Saúde, Proteção e Bem-Estar Animal de Associação”, que ao longo do presente ano, contou com aproximadamente 100 atividades, “que impactaram mais de 3500 alunos”, lê-se na nota partilhada.

“Em Cascais, olhamos para o bem-estar animal numa perspetiva 360°, em que não só zelamos pela saúde, proteção e bem-estar dos animais do Município, prestamos os devidos apoios às famílias com comprovada situação de carência sócio-económica, como atuamos diretamente na raiz, junto das escolas, para incutir novas mentalidades”, destaca João Salgado, Vice-Presidente Executivo da Associação São Francisco de Assis – Cascais, no documento divulgado.

“Sabemos que não há melhor forma de contribuirmos para um futuro melhor nesta matéria, do que estarmos próximos da comunidade escolar que forma os futuros adultos que irão constituir a sociedade de amanhã”, remata o Vice-Presidente.