“Andar com Gil”: o álbum de Delia Fischer e Ricardo Bacelar que conta com a participação de Gilberto Gil

"Andar com Gil" chega às plataformas de streaming no próximo dia 27 de janeiro, sexta-feira.

135

“Andar com Gil”, é o nome do álbum que junta a cantora, compositora e pianista brasileira Delia Fischer e o cantor, pianista e produtor musical luso-brasileiro Ricardo Bacelar, em torno da obra de Gilberto Gil. Este trabalho chega às plataformas de streaming no próximo dia 27 de janeiro, sexta-feira, com selo Jasmin Music.

O projeto foi “produzido a quatro mãos e gravado em Dolby Atmos no Jasmim Studio, em Fortaleza. O álbum acústico destaca o piano e as vozes de Delia e Ricardo, num alinhamento que privilegia canções de Gil que falam de espiritualidade”, pode ler-se num comunicado da Assessora de Imprensa da “Andar com Gil” em Portugal.

É de referir que, uma das músicas do disco -a “Prece”- conta com a participação do homenageado do mesmo, Gilberto Gil.

Apesar de Delia Fischer e Ricardo Bacelar já terem trabalhado juntos, nunca tinham editado um álbum inteiramente criado e gravado pelos dois. “Ficamos muito tempo a pensar como seria o nosso primeiro trabalho. Veio a ideia de fazer uma releitura e o Gil foi a primeira pessoa que pensamos. A escolha pelo recorte da espiritualidade foi muito feliz, porque privilegia o lado sensível e poético do compositor. É um disco sutil, no qual nós tocamos piano, teclado, instrumentos de percussão exóticos, tudo de forma minimalista”, destacou Ricardo Bacelar, citado na nota de imprensa.

“O álbum é fruto do convívio muito intenso que tivemos em estúdio. Gravamos vozes e piano ao vivo, juntos, em faixas como “A Paz” ,”Oriente” e “Aqui e Agora”, para capturar a emoção e o clima intimista das canções. A versão de “Palco” também aconteceu com muita naturalidade. Foi uma decisão nossa, tanto o recorte da espiritualidade quanto a questão do piano, instrumento que Ricardo e eu temos em comum. Como o Gil é um excelente violonista, quisemos criar novos arranjos a partir do piano: ele é o fio condutor de todo o álbum. Ricardo, que é multi-instrumentista, trouxe ainda vários instrumentos de percussão”, acrescentou Delia Fischer, que também foi citada no comunicado.

Participação de Gilberto Gil em “Andar com Gil”

O músico Ricardo Bacelar recordou ainda que Gilberto Gil “é essa soma complexa e rica de significados musicais, poéticos e espirituais. Gravar com ele foi muito emocionante: nós os três estávamos no mesmo clima de introspeção. Sentimos que ele se emocionou também”.

Segundo Delia Fischer, o artista brasileiro que no ano passado completou 80 anos de idade, “adorou a história da espiritualidade, a escolha do repertório, e quando a gente terminou de gravar, ele falou: “Não ouvi o álbum ainda, mas se estiver tão bonito quanto essa música, eu sei que vou adorar”.

Também no dia 27 de janeiro, irá estrear no Youtube o videoclip com os bastidores da gravação com Gilberto Gil.

Alinhamento “Andar com Gil”

1 – Oriente (Gilberto Gil)
Delia Fischer –  piano e voz
Ricardo Bacelar –  voz, cítara, sarod, sarangi, harmônio, chocalho, derbak, guizo, flautas e moringa

2 – Se eu quiser falar com Deus (Gilberto Gil)
Delia Fischer –  piano, teclados e voz
Ricardo Bacelar – órgão Hammond

3 – Andar com fé (Gilberto Gil)
Delia Fischer – voz, palmas e coro
Ricardo Bacelar –  piano, voz, palmas e coro
Manuela e Sara, palmas e coro

4- Cada tempo em seu lugar (Gilberto Gil)
Delia Fischer –  piano
Ricardo Bacelar –  voz e teclados

5 – São João Xangô Menino (Gilberto Gil/Caetano Veloso)
Delia Fischer-  voz
Ricardo Bacelar-  piano, voz, zabumba, congas, chocalhos e dulcimer

6 – Prece
Delia Fischer – piano e voz
Ricardo Bacelar –  voz

*Participação especial:  Gilberto Gil: vocal/ Jaques Morelenbaum: violoncelo

7 – Palco (Gilberto Gil)
Delia Fischer –  piano e voz
Ricardo Bacelar-  voz, percussão, baixo e bateria

8 – Aqui e agora (Gilberto Gil)
Delia Fischer –  piano e voz
Ricardo Bacelar –  voz

9 – A Paz (João Donato e Gilberto Gil)
Delia Fischer –  piano, pizzicato nas cordas do piano e voz
Ricardo Bacelar –  pizzicato nas cordas do piano e voz

*Todas as faixas têm letra e música de Gilberto Gil, com exceção de “A paz” que tem letra de Gil e música de João Donato.