“A nossa oferta formativa tem sido sempre alinhada com as reais necessidades do mercado de trabalho”

CENFIM | José Silveira, Diretor do Núcleo de Amarante desde 2018

1142

Quão importante tem sido a atuação do CENFIM em Amarante e a sua interatividade com as empresas da região?
Foi a importância do Setor Metalúrgico e Eletromecânico no desenvolvimento económico da Região entre Douro, Tâmega e Sousa que levou à implementação do Núcleo de Amarante, em 2008.
Respondemos às empresas na promoção e na absorção das inovações técnicas e tecnológicas, na racionalização dos seus processos produtivos e no investimento na qualificação técnica e profissional dos seus Recursos Humanos, pela via da Formação/Qualificação.
A interatividade com as Empresas da região, assim como a proximidade e a especialização das equipas de formação, potencializam as capacidades formativas.
Existem várias empresas do setor que têm equipas totalmente formadas no CENFIM. Todos na vanguarda do conhecimento e tecnologicamente atualizados. É esse o caminho, porque vão sempre surgindo novos equipamentos, novos softwares, novas técnicas, fazendo todo o sentido termos formações que procurem criar valor acrescentado.
A nossa oferta formativa tem sido sempre alinhada com as reais necessidades do mercado de trabalho. Temos, à data, mais de 300 solicitações de recrutamento de recursos humanos qualificados por parte das empresas da nossa região, sendo o maior número de pedidos de sempre do Núcleo de Amarante. Reflete que o setor está muito ativo, empregador, mesmo com os grandes constrangimentos que está a atravessar.