“Jamais desistam dos vossos Sonhos”

“Jamais desistam dos vossos sonhos e com muita coragem, enfrentemos os desafios diários. Com coragem e determinação, muitas histórias podem e serão mudadas”. A mensagem é forte e absolutamente clara, e quem a profere é Bárbara Portela, Fundadora da Aliat Investimentos, que «levantou um pouco o véu» sobre o seu trajeto até aos dias de hoje e sobre o impacto que pretende ter no mundo.

173

A Bárbara Portela é a Fundadora da Aliat Investimentos, uma marca que oferece investimentos globalizados e personalizados para os investidores private, e que foi edificada no decorrer do ano passado. Porquê a aposta neste projeto e quais são os grandes desafios que enfrentam no vosso dia a dia?
A Aliat Investimentos foi fundada em decorrência do contrato de exclusividade assinado com o AndBank Brasil para distribuição de valores mobiliários, utilizando a plataforma do banco. O facto de termos um Private Banking europeu com mais de 92 anos de tradição em gestão de património, sendo uma boutique de investimentos, foi fundamental para o processo decisório, uma vez que o perfil da instituição se alinha ao da nossa empresa, que, de forma ética, foca-se na assessoria de investimentos e perpetuação do património dos nossos clientes.

Que valias é que conseguem apresentar aos vossos clientes e de que forma é que a vossa presença é importante no sentido de orientar e aconselhar os mesmos?
Todos os assessores de investimentos vinculados à Aliat possuem uma vasta experiência em gestão de investimentos em bancos tradicionais brasileiros e/ou corretoras. Desta forma, é premissa básica efetuarmos a análise criteriosa dos perfis de risco de cada cliente e, muito mais do que isso, procuramos entender as necessidades, projetos, sonhos e objetivos, de forma que possamos montar um portfólio de investimentos diversificado cujo objetivo é superar a taxa de juros brasileira.

A marca foi inaugurada tendo como parceiro investidor e detentor, o Andbank, um grupo multinacional especializado em Private Banking com mais de 30 bilhões de euros em ativos sob gestão, mais de 70 escritórios em 11 países e uma equipa de mais de 1.200 profissionais. Quão essencial é para si ter um parceiro de excelência e dimensão como o Andbank?
Sem dúvida. Um banco sólido, focado em Private Banking, com uma experiência de 92 anos em gestão de fortunas, com uma plataforma completa e serviço de uma boutique de investimentos, permitem-nos um acompanhamento detalhado da carteira dos nossos clientes, além da proximidade, pois, independentemente da tecnologia que hoje muito nos aproxima remotamente, fazemos questão de estarmos sempre próximos dos nossos clientes, procurando as melhores soluções, além de revisarmos constantemente as carteiras de investimentos, de forma a adequar-se ao cenário político e económico, não só brasileiro mas mundial.

Com um elevado alcance a nível do território brasileiro, a Aliat Investimentos também já tem negócios em Portugal. Porquê a aposta nesse país e de que forma é que a marca tem entrado em território luso? Como marcam a diferença em Portugal e quais têm sido as maiores dificuldades?
Ainda não estamos presentes em Portugal. Entretanto, temos em nossa base de clientes, investidores brasileiros residentes em Portugal que continuam a investir no brasil, pois ainda permanecem com residência fiscal no país. Obviamente, temos objetivos futuros de expansão para Portugal, até porque acreditamos que o mercado de Wealth Management no país está em forte expansão e cada vez mais a busca por outras alternativas de investimentos estará no radar dos investidores locais.

Como pretendem crescer em Portugal e de que forma é que têm criado sinergias e parcerias com entidades e players em Portugal? Quão estratégico é o nosso país para a vossa orgânica e sucesso da mesma?
Temos optado por parcerias no setor imobiliário, onde naturalmente encontramos um grande número de investidores que possuem perfil para o nosso negócio. por entendermos que a área de Private Banking ainda crescerá muito no país, estamos certos da importância de expandirmos a marca em território luso.

A Bárbara Portela possui mais de 22 anos de experiência no mercado de Wealth Management, atuando no segmento de Private Banking com diversas instituições. Quem é a Bárbara Portela e de que forma é que a sua capacidade de motivação, dedicação e compromisso a tem levado ao sucesso?
Desde o início de minha carreira e pelas diversas instituições financeiras pelas quais passei, sempre tive o foco muito direcionado na satisfação dos clientes(relacionamento), além de constante investimento na especialização, principalmente na área de investimentos. Posso dizer que durante todo esse tempo, sempre procurei motivar colegas de trabalho, sendo sempre muito dedicada e comprometida, visando superar sempre as expetativas dos meus clientes e gestores, tornando o ambiente de trabalho o mais saudável possível. Com isso, pude construir relacionamentos profissionais duradouros e, até hoje, muitos clientes da minha carteira, acompanham-me há anos e não há satisfação maior quando vejo outras gerações a tornar-se clientes e a seguir os passos dos seus antecessores. O compromisso com a perpetuação do relacionamento motiva-me.

Em algum momento desta aventura sentiu algum género de obstáculo pelo facto de ser Mulher? Se sim, de que forma é que ultrapassou essas vicissitudes?
Durante a minha carreira e no caminho que trilhei, tive a grande satisfação de trabalhar com profissionais, os quais sempre me respeitaram e, apesar de ainda ser um meio maioritariamente masculino, principalmente em níveis hierárquicos mais altos, nunca houve alguma situação em que pudesse sentir-me desconfortável. Sou extremamente grata por isso.

O cenário atual é mais positivo no que concerne ao percurso das Mulheres rumo ao topo. Contudo, ainda existe um longo caminho a percorrer para chegarmos a um estado de maior igualdade. Como analisa este panorama e o que podem as Mulheres perpetuar para singrar e para diminuir o espaço de oportunidades dadas a Mulheres e Homens?
Sem dúvida. o cenário de hoje é muito mais positivo. Embora as mulheres já tenham conquistado uma grande visibilidade no mercado de trabalho, na maioria dos setores, entre eles, o próprio mercado financeiro, é possível perceber que a diferença tanto numérica quanto salarial ainda é bastante grande entre homens e mulheres. Essa situação pode ser amenizada com o maior incentivo de mulheres empreendedoras ou que exercem funções de destaque nas grandes corporações, de forma a impactar e encorajar outras mulheres. vejo nas redes sociais com foco profissional, uma grande oportunidade para este posicionamento.

De que forma é que carateriza o seu género de liderança e como é que a mesma tem a capacidade de promover um nível de compromisso elevado nas equipas que lidera?j
Considero ser uma liderança agregadora, cujo o objetivo é fazer com que toda a equipa cresça a partir das experiências e conhecimentos de todos, despertando em cada um o compromisso e motivação necessários para a entrega dos resultados.

Quais são os principais desafios e projetos de futuro da Aliat Investimentos? O que podemos esperar de vocês para 2023?
Consolidação e expansão na cidade do Rio de Janeiro, com a abertura de mais dois escritórios, além da Sede. Posteriormente, presença na Região Sudeste e Centro-Oeste, em cidades que consideramos importantíssimas para o crescimento da base de clientes e ativos totais. Para 2023, principalmente após o jantar de inauguração oficial, realizado inclusive em um restaurante Português, esperamos um ano de forte crescimento e superação de objetivos de captação, principalmente com a expansão das atividades para outras regiões e para um futuro breve. Não descartamos a expansão dos negócios para Portugal.

A terminar, no dia 8 de março comemora-se o Dia Internacional da Mulher. Na sua opinião, qual a importância desta efeméride? Que mensagem lhe aprazaria deixar a todas as Mulheres?
Sabemos que a igualdade de género é uma das principais pautas levantadas neste Dia, porém não devemos dar menos importância à violência doméstica, assédio no trabalho e outras pautas tão importantes. É um debate diário, onde muito ainda se pode avançar.
Mulheres Portuguesas, Brasileiras e de outras tantas nacionalidades, acreditem na vossa força, capacidade e ideais. Jamais desistam dos vossos sonhos e com muita coragem, enfrentemos os desafios diários. Com coragem e determinação, muitas histórias podem e serão mudadas!