O futuro tecnológico e a combinação da realidade física e virtual

Ainda ontem se discutia acerca da internet 5G e das suas vantagens nos diversos setores, e já a 6G se encontra na agenda das empresas ligadas ao setor tecnológico. Realmente, o mundo atual é algo impossível de imaginar até há poucos anos.

Data:

Tecnologias e inovações apenas possíveis nos filmes de ficção científica, como automóveis que conduzem sozinhos, exploração espacial acessível aos comuns mortais, ou um mundo virtual onde cada um de nós possui um avatar controlado por inteligência artificial, como no popular Metaverso, são agora discutidos pelas empresas mais importantes do setor como uma realidade do presente.

Ainda que o caminho pareça passar pela combinação da realidade física e virtual, o futuro tecnológico é traçado diariamente conforme novas inovações são lançadas.

O que esperar do futuro tecnológico

O futuro tecnológico aponta para uma combinação entre a realidade física e virtual, onde a linha que as separa é cada vez mais ténue. A internet 5G veio oferecer mais oportunidades a uma vasta gama de setores, com a melhoria de tecnologias como a realidade virtual e o Metaverso. Desde o setor médico ao do entretenimento, todos beneficiaram da possibilidade de mais dados chegarem mais rápido aos dispositivos.

Um dos setores que melhor soube aproveitar o 5G foi a indústria dos jogos. Graças a uma maior velocidade de internet, os jogos carregam mais rapidamente, possibilitando uma melhor experiência de jogo.

Isto é transversal aos vários nichos do mercado. Desde as plataformas de jogos de casino online como a PokerStars Casino, que desta forma conseguem oferecer, por exemplo, jogos de slot mais fluidos e rápidos, às plataformas de jogos casuais especializadas em jogos de vários géneros como a Joga, que graças ao 5G consegue que os jogos carreguem rapidamente de modo a não comprometer a imersividade do género.

A consolidação da tecnologia 5G, é, portanto, algo expectável no futuro próximo, onde diversos setores trabalham atualmente no desenvolvimento de tecnologias baseadas nesta nova forma de conexão.

Mas o futuro, segundo o maior evento de telecomunicações, passará para um próximo nível – o 6G. A sexta geração de redes móveis será necessária num mundo cada vez mais conectado onde as cidades inteligentes, exploração espacial e realidade virtual e aumentada serão a realidade.

Realidade física e virtual com separação cada vez mais ténue

O Metaverso, inovação impulsionada pelo aparecimento do 5G, é uma das discussões mais presentes em vários setores de negócio, dado o seu potencial de crescimento, mas também do conjunto de possibilidades que se abrem na forma como as pessoas se conectam entre si em contexto laboral ou social.

O facto deste procurar reproduzir a realidade através de tecnologias de realidade aumentada e realidade virtual faz com que a linha que separa a realidade do mundo virtual se torne cada vez mais ténue.

O Metaverso permite criar um avatar, criar escritórios virtuais, jogar e até comprar itens virtuais, precisamente com o objetivo de criar uma ligação entre os dois mundos – real e virtual.

Com o avanço da tecnologia, como o surgimento de uma internet 6G e a melhoria de dispositivos de realidade virtual, será possível obter a verdadeira experiência imersiva, a mesma que setores ligados ao gaming e igaming têm vindo a promover e que será cada vez mais extensível a diferentes mercados.

Desafios desta realidade

Ainda que muito já tenha mudado na forma como nos relacionamos, trabalhamos e divertimo-nos graças aos avanços da tecnologia, a verdade é que esta combinação difícil de separar entre o mundo real e virtual ainda é um pouco distante para a maioria dos setores de mercado.

Além dos equipamentos que proporcionam estas experiências, como os equipamentos de realidade virtual, que ainda não possuem um preço acessível a todos, a maioria das empresas começa só agora a dar os primeiros passos neste mundo, ao contrário das empresas relacionadas com tecnologia, ou com o jogo, que já aplicam algumas destas inovações aos seus negócios.

Desta forma, apesar de nem todos os setores de negócio estarem ao mesmo nível no que diz respeito ao avanço tecnológico, a previsão é que num futuro não tão distante assim a realidade se confunda com o virtual.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 128

Popular

Mais Artigos deste tipo

Xiaomi e Leica aprofundam a parceria com lançamento de Instituto Ótico Xiaomi x Leica

Xiaomi, líder global em inovação tecnológica, e Leica Camera...

MVGM inova na gestão de ativos imobiliários

A MVGM, líder global em gestão de ativos, alcança...

Músico Bryan Adams atua em novembro em Portugal

De acordo com a Ritmos & Blues, o concerto...

Esta semana há greve dos Técnicos Sup. de Diagnóstico e Terapêutica

No dia 21, serão abrangidas pela greve as entidades...