Xiaomi inicia avaliação da pegada de carbono dos produtos e promove maior sensibilização para uma vida sustentável

A Xiaomi, uma das principais empresas mundiais de eletrónica de consumo e fabrico inteligente, anunciou recentemente a realização de uma análise da pegada de carbono LCA (avaliação do ciclo de vida) do seu último smartphone emblemático, numa colaboração com uma organização externa de análise e certificação de dados de carbono, que permitiu o estabelecimento de um processo abrangente e de um modelo metodológico para avaliar a pegada de carbono dos smartphones.

1211

Esta abordagem LCA envolve medições das emissões totais de gases com efeito de estufa desde a extração de matérias-primas até ao fabrico, distribuição, utilização, e eventual eliminação do produto. Em detalhe, na pegada de carbono do Xiaomi 13 Pro, as medições da Xiaomi abrangem a avaliação das emissões de carbono das matérias-primas, fabrico, distribuição e armazenamento, e eliminação em fim de vida, marcaram 62,8 kg de CO2e. Esta medição está em conformidade com o protocolo PAS2050 para assegurar a precisão e credibilidade dos dados.

“Estamos empenhados nesta valiosa informação para fundamentar a nossa tomada de decisões e dar prioridade à sustentabilidade em tudo o que fazemos”, declarou uma porta-voz da Xiaomi, “Esta iniciativa permitiu-nos fazer progressos significativos na redução da nossa pegada de carbono e assegurar que os nossos produtos tenham um impacto positivo no ambiente. Estamos orgulhosos de continuar neste caminho em direção a um futuro mais sustentável”.

A Xiaomi, como participante do Pacto Global das Nações Unidas (UNGC), que apoia os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDG) estabelecidos pelas Nações Unidas, atribui grande importância à integração dos objetivos de sustentabilidade alinhados com os seus negócios e indústria.

Atualmente, a Xiaomi fornece mais de 40 produtos de poupança de energia e utiliza o One Paper Box design para reduzir a embalagem em até 40%. Ao implementar este sistema de gestão da pegada de carbono da LCA, a Xiaomi dá um passo importante para alcançar o seu objetivo de sustentabilidade e sublinha o seu empenho em desenvolver produtos amigos do ambiente que beneficiem tanto os consumidores como o planeta.

Cada ação verde é importante

A Xiaomi, como cidadã global que apoia os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) adotados pelas Nações Unidas, compreende e defende o seu objetivo de promover uma compreensão universal do estilo de vida sustentável e de participar nos esforços para assegurar que mais pessoas em todo o mundo têm a informação relevante e a consciência para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza.

Hoje, para além do seu compromisso de melhorar a qualidade da informação sobre a pegada de carbono dos produtos e alargar a medição da pegada de carbono dos seus produtos a um nível mais amplo, a Xiaomi está também empenhada em contribuir para a sensibilização do público para uma vida sustentável em conjunto com a National Geographic Magazine China.

Lei Jun, fundador, presidente e CEO do Xiaomi Group, refere que “o nosso estatuto de empresa jovem e global incutiu-nos a crença de que uma transformação notável surge de uma maior sensibilização da consciência e da execução de passos graduais em direção à mudança” e acrescenta que “através desta colaboração, procuramos promover a consciência ambiental, encorajar indivíduos a fazerem escolhas sustentáveis enquanto compram produtos, optarem por alternativas de poupança de energia, escolherem transportes mais ecológicos e tirarem partido das opções de reciclagem enquanto melhoram os seus produtos”.

Através de um esforço de colaboração, esta iniciativa baseia-se no conhecimento e orientação de cientistas e exploradores da National Geographic, fornecendo ferramentas educacionais para motivar indivíduos e comunidades a compreender os efeitos das suas decisões sobre o estilo de vida no planeta e a descobrir formas de levar vidas mais sustentáveis e inteligentes.