TikTok vai abrir dois centros de dados europeus na Irlanda e na Noruega

A criação dos dois centros tem como objetivo reforçar a proteção dos dados dos utilizadores europeus. Estes juntam-se agora ao já existente em Dublin.

Data:

O TikTok anunciou recentemente mais detalhes sobre o Projeto Clover. A plataforma de entretenimento líder de vídeos de curta duração, vai assim criar um enclave europeu seguro para os dados dos utilizadores do TikTok do Reino Unido e no Espaço Económico Europeu.

Através do Projeto Clover, o TikTok irá introduzir uma série de novas medidas para melhorar as atuais proteções de dados.

Com base na abordagem de segurança de dados implementada nos Estados Unidos da América, o TikTok irá melhorar os controlos de acesso aos dados, com a introdução de portais de segurança que determinam o acesso dos colaboradores aos dados de utilizadores britânicos e europeus da plataforma, e transferências de dados de utilizadores europeus. Qualquer acesso aos dados não só cumprirá as leis de proteção de dados relevantes, como também terá de passar primeiro pelos referidos portais de segurança e verificações adicionais.

Para proporcionar a supervisão e verificações independentes, o TikTok anunciou também a escolha de um terceiro parceiro europeu para a segurança de dados, que supervisionará e auditará os controlos e proteção de dados, monitorizará os fluxos de dados, providenciará verificação independente e comunicará incidentes.

O TikTok irá ainda trabalhar com terceiros na incorporação das mais recentes tecnologias avançadas de melhoria da privacidade na sua abordagem. Isto inclui, mas não está limitado a, pseudonimização de dados pessoais, agregação de dados e um sistema conhecido como privacidade diferencial.

Além do centro de dados europeu em Dublin, anunciado no ano passado, o TikTok confirmou mais detalhes sobre mais dois locais europeus de centros de dados – um segundo centro de dados em Dublin e um terceiro na região de Hamar, na Noruega. Este último será gerido a 100% com energia renovável.

O TikTok começou já a armazenar dados europeus dos utilizadores na Irlanda e continuará este trabalho durante este ano de 2023 e até  2024. Uma vez concluídos, os três centros de dados serão os locais padrão de armazenamento dos dados dos utilizadores europeus do TikTok, com um investimento total anual de 1,2 mil milhões de euros.

Uma equipa interna tem estado dedicada a trabalhar no Projeto Clover desde o ano passado e a implementação destas medidas inovadoras e líderes da indústria continuará ao longo deste ano e até 2024.

As medidas do Projeto Clover farão com que o TikTok passe do cumprimento dos padrões da indústria para o estabelecimento de um novo padrão quando se trata de segurança de dados na Europa. O projeto irá concretizar a estratégia de longa data do TikTok na Europa, que se baseia nos princípios de armazenamento local de dados de utilizadores europeus; minimização dos fluxos de dados fora da Europa; e maior redução do acesso dos colaboradores aos dados dos utilizadores.

“O Projeto Clover reforça o nosso compromisso de longa data com a segurança dos dados na Europa, e irá garantir a proteção e segurança de dados líder na indústria da nossa comunidade europeia, que conta com 150 milhões de habitantes”- Theo Bertram, VP de Política Pública e Relações Governamentais do TikTok.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 131

Popular

Mais Artigos deste tipo

Sites de notícias locais falsos superam os reais nos Estados Unidos, revela investigação

Nos últimos meses surgiram centenas de sites que se...

CARRIS e SIBS disponibilizam pagamento com MB WAY

A partir de hoje, viajar na CARRIS é ainda...

Workshop “Plano Nacional de Prospeção no âmbito do CRM Act”

No âmbito da recente aprovação, pela Comissão Europeia, do...