Doutor Finanças: Spreads descem no Crédito Habitação e já há ofertas de 0,75%

O Doutor Finanças, especialista em finanças pessoais e familiares, informa que, neste momento, já existem bancos a oferecer spreads de 0,75% no crédito habitação.

Data:

“No contexto atual, de subida das taxas de juro, os bancos têm lançado novas campanhas onde oferecem spreads desde 0,75%. É importante que as famílias saibam com o que podem contar, aproveitando o ambiente de concorrência para minimizar o impacto da subida de juros no seu orçamento”, adianta Cláudio Santos, CCO – Chief Comercial Officer do Doutor Finanças.

Neste sentido, as famílias que têm crédito habitação devem tentar perceber se é possível baixarem os juros do seu empréstimo, tendo em consideração que já há bancos a oferecerem spreads mínimos de 0,75%.

De realçar que estas condições não se aplicam a todos os contratos, estando condicionadas ao cumprimento de determinados limites relativos ao LTV (Loan-to-value), taxa de esforço e prazo do financiamento, assim como à contratação de produtos associados, como é o caso dos seguros.

Ainda assim, havendo uma disputa por clientes, é importante perceber quais são as nossas condições de financiamento e tentar encontrar soluções que reduzam os encargos financeiros. E isso pode passar por rever outras questões, mesmo que já tenhamos um spread baixo.

Se já temos um crédito habitação há alguns anos, o mais certo é que tenhamos contratado o empréstimo com um spread muito superior ao praticado atualmente pela maioria dos bancos. Há dez anos, por exemplo, o spread médio aplicado nos novos contratos de crédito habitação com taxa variável estava próximo dos 3%. Nessa altura, as taxas Euribor já estavam em níveis historicamente baixos e os bancos estavam a restringir o montante de crédito alocado, num cenário de maior prudência na concessão de crédito e constrangimentos acrescidos no seu financiamento.

Desde então, o spread médio tem baixado, com as instituições financeiras a apertarem as suas margens e a aumentarem os montantes concedidos.

Neste cenário, o especialista admite poder ser vantajoso transferir o crédito habitação, de forma a beneficiarmos de melhores condições, que permitirão atenuar o impacto da subida dos juros na prestação mensal.

Pedir várias propostas é a indicação, neste momento. Comparar ofertas e escolher a que melhor se adequa às características do nosso crédito e às nossas necessidades é algo em que o Doutor Finanças pode ajudar.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 132

Popular

Mais Artigos deste tipo

Moda Online: As Últimas Tendências

Com a crescente popularidade das lojas de roupa online...

Perfumes Online: As Fragrâncias que estão em alta

Descubra o encanto dos perfumes online Comprar perfumes online é...

Festival Alive começa hoje com Arcade Fire e The Smashing Pumpkins

O festival abre as suas portas às 15 horas...

Ensino superior amplia oportunidades de emprego e melhora salários para os jovens

Após a crise pandémica, as taxas de desemprego juvenil...