Como solicitar um empréstimo sem sair de casa?

Aquilo que há um par de décadas julgávamos ser objeto de ficção científica, hoje em dia já faz parte do quotidiano.

718

Comprar uma camisola numa loja online, enquanto nos preparamos para tomar banho? Pagar as contas da eletricidade e gás a partir do nosso sofá? Pedir e receber a renovação do nosso Cartão de Cidadão enquanto cozinhamos? É possível.

Tal como tudo isto é possível atualmente com recurso a um smartphone, a um PC ou a um tablet com ligação à Internet, também a contratação de soluções financeiras, como um crédito pessoal ou um cartão de crédito, deixaram de exigir que abandonemos a nossa casa ou o trabalho para nos deslocarmos a uma agência bancária física. Como?

É o que lhe vamos explicar já de seguida.

Como solicitar um empréstimo pessoal sem sair de casa?

Com a digitalização dos processos de contratação por parte da maioria das instituições bancárias/financeiras autorizadas no mercado português, contratar um crédito pessoal passou a ser possível sem que, para isso, seja necessário sair de casa.

Basta, como referimos, um smartphone, PC ou tablet com ligação à Internet, googlar as expressões “crédito pessoal online” ou “melhor crédito pessoal online” no motor de pesquisa e esperar pelo carregamento dos resultados.

Com a lista de resultados, só precisamos de escolher uma das propostas apresentadas e clicar.

Após o clique, somos imediatamente encaminhados para a página de crédito pessoal da respetiva instituição financeira onde vamos encontrar um simulador que nos irá permitir calcular os valores de mensalidade para montantes que vão dos 200 aos 75 mil euros e prazos de reembolso que se situam entre os 24 e os 84 meses.

Para além da mensalidade, ao utilizarmos o simulador de crédito pessoal, ficamos também a saber:

  • Qual a TAEG (Taxa Anual de Encargos Efectiva Global) que nos indica os encargos que teremos com o crédito que pretendemos contrair (juros, comissões, etc);
  • Qual a TAN (Taxa Anual Nominal), taxa que corresponde ao juro do empréstimo (“preço do dinheiro”) e é resultado da soma do Spread com o Indexante (taxa de juro Euribor, por norma);
  • Qual o MTIC (Montante Total Imputado ao Consumidor), índice que corresponde ao valor do montante total que teremos que pagar ao banco ou instituição de crédito durante todo o período de vigência do contrato, uma vez que inclui todos os custos do crédito (juros, comissões, impostos e outros encargos).

A isto, existe também a hipótese de adicionarmos um seguro ao contrato de crédito assegurando, deste modo, que o contrato será sempre cumprido.

Caso o resultado do cálculo nos agrade, com o nosso corpo ainda confortavelmente sentado no sofá, podemos partir imediatamente para a contratação do crédito ao clicarmos na barra que, normalmente, acompanha o simulador.

Ao clicarmos nesta barra ou botão, seremos encaminhados para o preenchimento de um formulário online em que nos serão pedidos os nossos dados pessoais e a anexação de alguns documentos, tais como:

  • Cartão de Cidadão;
  • Última declaração de IRS;
  • Últimos 3 recibos de vencimento
  • Comprovativo de morada
  • Comprovativo de NIB/IBAN

Após cumprir com estes requisitos, o nosso pedido será analisado pelo banco de forma célere e, em caso de resposta positiva, receberemos o dinheiro na conta bancária no espaço de alguns dias úteis.

Exemplo prático – Pedido de Empréstimo Pessoal

Imaginemos que no intuito de pedir um financiamento de 5 mil euros para umas férias de verão, após a pesquisa, clicamos na solução de crédito pessoal do UNIBANCO, marca da UNICRE, Instituição Financeira de Crédito, S.A..

Ao entrarmos na página de crédito pessoal do UNIBANCO, deparamo-nos imediatamente com um simulador de crédito pessoal onde vamos poder efetuar uma simulação de financiamento (com possibilidade de seguro) para valores entre os 5.000€ e os 75.000€, bem como optar por prazos de pagamento que oscilam entre 24 e 84 meses.

Como referimos, para além do montante e do prazo, este simulador dá-nos ainda a conhecer a mensalidade, o MTIC, o TAN e a TAEG.

Dado que as férias dos nossos sonhos estão orçamentadas em 5 mil euros e pretendemos pagá-los em 24 meses, a simulação dá-nos o seguinte resultado:

Mensalidade = 224,49€

MTIC = 5475,96€

TAN = 7,000%

TAEG = 9,4%

Como a proposta de crédito pessoal do UNIBANCO, que se situa entre as mais competitivas do mercado português, nos agrada, decidimos partir imediatamente para a sua contratação.

Para tal acontecer, basta-nos clicar na barra “Pedir Já” que acompanha o simulador e que nos vai encaminhar para o preenchimento de formulário online a que devemos anexar os documentos requeridos e esperar o resultado da análise que os especialistas do UNIBANCO irão realizar de forma minuciosa, mas célere.

Caso a análise se revele positiva, o dinheiro entra na nossa conta bancária em alguns dias úteis, como sublinhamos anteriormente.

* A simulação apresentada diz respeito a um financiamento de €5.000 a pagar em 24 mensalidades de €224,49. TAN 7,000% e TAEG 9,4%. MTIC €5475,96.