GEOPALM comemorou o seu 6º aniversário

Data:

A GEOPALM celebrou recentemente o seu 6º aniversário. Foi no Hotel D. Luís, em Coimbra, que Gustavo Palma, CEO da empresa, juntou amigos, colaboradores e parceiros.
À chegada ficámos a conhecer algumas etapas pela qual a empresa passou. Em 2017, Gustavo Palma deu início a um sonho antigo. No ano seguinte, a crença e teimosia de acreditar que tudo isto era mais que um sonho. Em 2019, internacionalizaram-se e fizeram um forte investimento em tecnologias de digitalização. 2020 foi um ano de superação e reinvenção num período de medo e desconfiança. Seguido da afirmação nacional com a abertura de três escritórios. Em 2022, integraram na comunidade Building Smart, atingindo um posicionamento estratégico na indústria AEC. 2023 é o ano de crescimento contínuo e sustentável com a consolidação e afirmação enquanto uma das empresas de referência nacional.
Para além de soprar as velas, houve tempo para conhecer as tecnologias adotadas no dia a dia da GEOPALM, bem como conhecer alguns projetos em que estiveram envolvidos e, ainda, celebrar em conjunto acompanhados de um serviço de jantar volante, música ao vivo e um copo para brindar!
Alguns dos convidados deixaram pequenas mensagens ao fundador e amigo Gustavo Palma.
Miguel Fonseca, vereador da CM Coimbra deu os parabéns à empresa afirmando que “a GEOPALM tem trilhado um caminho com passos rápidos, mas seguros, com muita responsabilidade nas decisões que tem tomado. Desenvolve um trabalho invisível para muitos, mas importante e de grande responsabilidade para todos. É uma empresa que investiu em equipamentos de ponta para realizar o seu trabalho e prestar um bom serviço. Mais, a GEOPALM é um embaixador de Coimbra para o mundo”.
Presente neste aniversário esteve também Francisco Reis, CEO da BIMMS que relembrou que conheceu Gustavo Palma há alguns anos num Congresso de BIM. “Criámos uma empatia e uma sinergia imediata. Mantivemos contacto e mais tarde desenvolvemos um projeto em conjunto para Belfast, entretanto fizemos alguns projetos nacionais e já estamos a preparar outros projetos fora de portas. A GEOPALM é sobretudo um parceiro e o Gustavo uma pessoa que tem gosto naquilo que faz e que quer deixar a sua marca”.
Já André Sá, felicitou Gustavo Palma lembrando que este é um amigo de longa data, antigo colega de curso, atualmente um parceiro profissional e por isso considera que “celebrar seis anos nos tempos que se vivem é digno de registo e por isso espero que esta data se repita por muitos anos”.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 132

Popular

Mais Artigos deste tipo

Verão na Casa da Música: mais de 70 concertos até setembro

O festival começou ontem, 20 de junho, na praceta...

Lince Ibérico passa de espécie “em risco” para “vulnerável” na lista da UICN

A UICN vai atualizar oficialmente a sua lista de...

MB WAY a preparar o futuro dos pagamentos europeus

O MB WAY tem, a partir de hoje, um...