ibericaINCOS – A Referência na Formação para o Setor Alimentar

Todas as empresas de sucesso do setor alimentar têm uma coisa em comum: uma equipa formada na melhoria contínua, com capacidade de prevenção, onde os benefícios económicos são resultado da qualidade e segurança alimentar. Desta forma, a Revista Pontos de Vista foi conhecer a ibericaINCOS, uma referência ao nível da formação em Portugal para o setor alimentar, e conversámos com Claúdia Figueiredo e Isabel Teixeira, Sócias Gerentes da empresa, e que nos deram o seu «ponto de vista» sobre este mercado, a importância do mesmo e como a ibericaINCOS tem sido um dos principais promotores ao nível da formação alimentar.

31

Sabemos que a ibericaINCOS nasceu, em Portugal, em 2017. De que forma esta empresa em ascensão se posiciona hoje, no mercado, no âmbito da consultoria, formação e auditoria na indústria alimentar?
A ibericaINCOS é uma referência nacional a nível de formação em Portugal para o setor alimentar, pois definimos e ministramos ações de formação inovadoras, com grande componente prática, com exemplos concretos do dia-a-dia de uma empresa.
Além disso, somos o 1º IFS Oficial Training Center em Portugal, ministrando ações de formação com a chancela da IFS.
A nível da Consultoria, apresentamo-nos no mercado em áreas como o desenvolvimento do “Food Safety Plan” e “Seafood HACCP” aplicável aos países exportadores de produtos alimentares para os EUA.
No final de 2023, concretizamos um projeto único, pela primeira vez em Portugal, a realização do “IFS DAY”, onde reunimos um total de 180 operadores do setor alimentar, na mesma sala, a partilharem experiências e conversas, um evento nacional de grande sucesso! Já está prometida nova edição em 2025.

Do ponto de vista do mercado, a formação profissional é cada vez mais bem vista pela sociedade, sendo de extrema importância, tanto para quem emprega, como para os próprios trabalhadores. Assim, qual é a v/ perspetiva sobre a importância da formação na indústria alimentar em ambos os casos?
Os mercados são muito dinâmicos em todas as áreas e o setor alimentar não é exceção, o que “obriga” a que as organizações se mantenham constantemente actualizadas das exigências da regulamentação comunitária e dos seus clientes.
Isto obviamente vem reforçar a necessidade de as empresas atualizarem as competências dos seus colaboradores, como é o exemplo concreto da “Cultura na Segurança Alimentar”.
Uma organização que aposta na formação dos seus colaboradores, está mais bem preparada para responder ao mercado e além disso, consegue reter os seus quadros. Os colaboradores sentem-se mais motivados com os ensinamentos apreendidos e a empresa ganha um colaborador mais qualificado e incentivado para o trabalho.

No contexto deste setor, qual é a abordagem da ibericaINCOS na questão da melhoria contínua na formação oferecida aos profissionais? Que exemplos nos podem fornecer de estratégias bem-sucedidas que tenham implementado?
Em 2022 desenvolvemos pela primeira vez em Portugal o “Food Management Masterclass”, onde durante 5 meses, 22 profissionais do setor alimentar apresentaram os seus sucessos, as suas dificuldades, duvidas e evoluções, em jeito de partilha com os 383 formandos envolvidos.
Em 2023 iniciámos um projeto pioneiro no nosso país e criámos a “Escola de Auditores e Consultores ibericaINCOS”, onde formámos profissionais do setor alimentar, aperfeiçoamos o seu conhecimento e incentivamos o seu empreendedorismo. Neste momento tempos 14 parceiros prontos e qualificados para ministrarem formação, fazerem consultoria e realizarem auditorias, ao setor alimentar.

Além disso, face à legislação comunitária que destaca a necessidade de formação em HACCP, em que medida a ibericaINCOS contribui para garantir que os operadores da indústria alimentar estejam em conformidade?
Para além dos cursos de “HACCP intraempresas” direcionados à realidade de cada empresa, à sua medida e necessidade, fazemos cursos de oficiais de “HACCP pela perspetiva da IFS”.
Cursos estes de elevado grau de exigência, mas que conferem ao formando um conhecimento profundo da metodologia e lhe atribui um certificado oficial IFS. Além disso damos apoio às organizações que assim o solicitem, na elaboração destes estudos, para que estejam em conformidade.

Naquela que é a v/ experiência, qual é a importância da consultoria na indústria alimentar e como é que, a mesma, pode auxiliar as empresas a atingirem padrões mais elevados de qualidade e segurança alimentar?
A consultoria é o “empurrão” que as empresas precisam para sistematizar os seus processos, melhorar os seus documentos, e incentivar a sua equipa, para atingir objetivos, sejam eles comerciais, de cumprimento legal, ou de reconhecimento próprio do seu valor.

Quais diriam que são os grandes desafios – e os mais comuns – enfrentados pelas organizações neste setor, relativamente à auditoria de processos de qualidade e segurança alimentar? Por consequência, de que forma a iberciaINCOS ajuda a ultrapassá-los?
A maior barreira das organizações é manter o capital humano motivado, responsável, interessado e com a “camisola” vestida da organização. A formação e comunicação, são ferramentas chave para a melhoria global do ambiente organizacional e respetivos resultados atingidos.
Nesse sentido com a ajuda da ibericaINCOS, conseguimos dar as ferramentas necessárias para que os objectivos sejam alcançados e a motivação fique na organização.

Considerando o panorama em constante evolução da indústria alimentar e a v/ experiência em consultoria, formação e auditoria, como anteveem o futuro da empresa, no que respeita a inovações nas práticas de segurança alimentar, regulamentações e desafios emergentes?
Todos os anos lançamos novos projetos, sendo prova disso o nosso Plano de Formação de 2024. Tentamos sempre trazer algo de novo ao setor, para que a tal motivação, seja uma realidade constante e efetiva. Este ano apostámos no projeto de formação e mentoria “Caixa de Ferramentas da Qualidade e Segurança Alimentar”.
Este programa é completo, abrange vários departamentos das organizações e tem uma duração alargada no tempo. Mas quem tiver curiosidade e quiser saber mais sobre este assunto, agradecemos que nos contacte pelo email: ibericaincos@gmail.com.