Exportações portuguesas de frutas, legumes e flores batem novo recorde em 2023

As exportações portuguesas de frutas, legumes, flores e plantas ornamentais atingiram em 2023 um novo recorde de 2.300 milhões de euros, um aumento de 11,4% face a 2022, anunciou recentemente a associação Portugal Fresh.

152

Em comunicado, a Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de Portugal refere que os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) – segundo os quais Espanha, França, Países Baixos, Alemanha e Reino Unido continuam a ser os principais mercados do setor, absorvendo a União Europeia 80% do valor exportado – “estão em linha com o esperado pelo setor que, na última década, tem crescido consecutivamente nas exportações”.

Apesar da valorização nos mercados internacionais, a Portugal Fresh afirma que o ano de 2023 “foi exigente para a produção nacional e os dados do comércio internacional refletem este contexto”: Em volume, as exportações setoriais diminuíram 4,9%, “fruto da quebra de produção em algumas culturas chave, provocada pela seca”, nota.

Citado no comunicado, o presidente da associação considera que estes números “refletem o dinamismo das empresas portuguesas e a crescente preferência dos consumidores estrangeiros pela qualidade e sabor dos produtos” portugueses.

O dirigente associativo alerta, contudo, que as alterações climáticas levaram a diminuições no volume de produção, “tornando urgente uma rede nacional de água” que permita ao setor aproveitar a procura crescente pelos seus produtos.

Criada em dezembro de 2010 para “valorizar a origem ‘Portugal’ e as características dos produtos nacionais, para além de promover as frutas, legumes e flores nos mercados interno e externo”, a Portugal Fresh tem 112 associados que representam cerca de 5.000 agricultores.