“Temos de fazer por nós, pela Sociedade e pelas Futuras Gerações”

No âmbito do Dia Internacional da Mulher, a Revista Pontos de Vista conversou com Samanta Almeida, uma Mulher inspiradora que, não só desempenha um papel crucial como Arquiteta e Empreendedora em Portugal através do YOURGROUP, a marca que Fundou, como também é uma voz ativa na promoção da equidade de género e no empoderamento das vozes femininas e principalmente no desenvolvimento da sociedade – e a prova disso é o Evento “Celebrar a Voz Feminina no Futuro de Portugal”, realizado a 8 de março, no TAGUSPARK.

39

A Samanta Almeida, Arquiteta e Fundadora do YOURGROUP, é muito mais do que uma Empreendedora de sucesso: é, também, uma defensora apaixonada pelo progresso e desenvolvimento humano e social. Quando questionada sobre si, a própria destacou a importância de integrar e unir todas as facetas da sua identidade – pessoa, mulher, mãe, profissional e amiga – para alcançar o equilíbrio e a autenticidade. Os seus valores fundamentais, como a verdade, a integridade e a educação no respeito ao próximo, permeiam todas as áreas da sua vida, desde o ambiente de trabalho até à sua família.
Certo é que, o seu caminho no campo Empreendedorismo começou com uma base sólida estabelecida pelo seu Pai que, através do seu exemplo, incutiu em si uma mentalidade empreendedora desde nova. Mesmo sem uma formação inicial em Gestão, Samanta Almeida encontrou a sua vocação como líder empresarial, inspirada pela vontade de fazer mais, melhor e de forma diferenciada, contribuindo, acima de tudo, para uma sociedade mais justa.
A sua empresa, a YOURSPACE, que existe há 16 anos e é uma marca consolidada, foi criada pela sua vontade de inovar no mercado, oferecendo um serviço integral com alta qualidade em todas as áreas, sem discriminação, entre diferentes níveis de serviços. “Com a independência das práticas comuns, como o negócio baseado na venda do metro quadrado, em parcerias remuneradas, e do compromisso com marcas/produtos, podemos aconselhar os clientes daquilo que realmente é adequado às suas necessidades”, afirma Samanta Almeida.
Posteriormente, em meados de 2022, a YOURSPACE repensou o seu serviço de construção, dando origem à YOURCITY, uma nova empresa independente com uma estrutura organizacional diferente para responder a diversas carências no mercado. A partir dessa iniciativa, surgiu o YOURGROUP.
Assim, ao fundar as suas marcas, a nossa entrevistada não procurou apenas sucesso empresarial, mas também aspirou a uma mudança genuína nas Indústrias da Consultoria, Arquitetura, Engenharia e Construção, muitas vezes marcadas por “corrupção, favores e falta de transparência”, tal como assume, e não pela “excelência, qualidade e compromisso”. Além disso, a sua determinação em criar um impacto positivo não se limita aos negócios e à Arquitetura – passa ainda por capacitar outras Mulheres a alcançarem o seu potencial máximo.

Evento “Celebrar a Voz Feminina no Futuro de Portugal”

Este evento, planeado para o dia 8 de março, no Dia Internacional da Mulher, teve como palco o Auditório Centro de Congressos, no TAGUSPARK e foi desenvolvido pela Associação Global G100, CPL Meetings & Eventos, criado e pensado por um Grupo de Mulheres Empreendedoras e ativas na sociedade em todos os setores, que procuram abordar os desafios futuros de forma inovadora, integrando a perspetiva feminina como catalisadora de mudanças.
Samanta Almeida, uma das 17 vozes presentes na iniciativa, acredita firmemente que “a mudança só pode ocorrer quando as Mulheres têm lugar à mesa e são ouvidas em igual medida, até porque sabemos que não conseguimos obter diferentes resultados se seguimos a fazer tudo da mesma maneira”.
“Ainda este ano, nas Women3.0, uma fantástica senhora já de tenra idade ganhou um prémio no âmbito da Agricultura. Apesar disso, veio ter comigo e disse-me que eu era o que ela gostaria de ser sido – só não o foi, porque, em tempos, a Mulher não devia seguir o caminho da Arquitetura, por ser uma área maioritariamente dominada por Homens. Hoje, ainda existe um longo caminho a percorrer nesse sentido. Nós, Mulheres, temos de ser críticas e de ser ativas e colocar em prática os nossos ideais e convicções. Temos de fazer por nós, pela sociedade e pelas futuras gerações”, assegura.
Sendo uma das suas paixões e a área que melhor conhece, um dos seus principais focos é o seu compromisso profundo com o desenvolvimento da Cultura na sociedade, e nos indivíduos. Este é, para Samanta Almeida, o pilar fundamental, para a obtenção de pensamento crítico e ativo, e para alcançar outros e melhores resultados. A área artística, onde se move, continua a ser um díspar fosso entre os géneros.
Neste manifesto, a mesma participou ativamente sobre a área da Cultura, e falou com pessoas nas diversas artes, cujos problemas com que se deparam são transversais, além da falta de investimento, criando um retrocesso do nosso país. “Tal como geradora e imprescindível na economia de um país, preocupo-me que não seja sequer tema de discussão ou debate nas atuais legislativas. Nos debates televisivos, nenhum candidato, falou sobre a Cultura!”, garante, acrescentando ainda que “uma das outras áreas em que participei ativamente foi a da Habitação, até porque as incorretas leituras popularistas sobre este tema incomodam-me”.
Como Mulher e líder de opinião, Samanta Almeida tem como ambição moldar o panorama empresarial e social em Portugal, inspirando outras Mulheres a redefinirem os limites do que é possível.

Link para a publicação do manifesto: https://g100leadershipsummit.org/