IEP – “Uma verdadeira referência no apoio ao meio empresarial em Portugal”

No âmbito do Dia Mundial da Metrologia, celebrado a 20 de maio, conversámos com Susana Ribeiro, Responsável do Departamento dos Laboratórios do Instituto Electrotécnico Português, que nos deu a conhecer de que forma, a metrologia, desempenha um papel crucial na promoção da sustentabilidade – um dos pilares fundamentais do IEP. Saiba tudo.

143

O IEP – Instituto Electroctécnico Português assume-se, cada vez mais, como uma verdadeira referência no que concerne ao apoio do universo empresarial, sendo um player tecnológico de enorme relevo. No sentido de dar a conhecer ao nosso leitor, de que forma é que a atuação do IEP tem sido promotora de mais valias para o meio empresarial e qual o impacto que têm tido no mesmo?
O Instituto Electrotécnico Português (IEP) assume-se cada vez mais como uma verdadeira referência no apoio ao meio empresarial em Portugal. Para além das suas atividades de inspeção, consultoria, formação, sustentabilidade, normalização e certificação de pessoas, também os laboratórios de ensaio e metrologia desempenham um papel essencial na promoção de mais valias para as empresas.
Estes laboratórios realizam testes e medições precisas para garantir a conformidade de produtos, componentes e sistemas elétricos com normas e regulamentos técnicos, assegurando a qualidade e segurança dos produtos fabricados pelas empresas.

O IEP assume uma posição relevante em diversos segmentos, como Inspeção, Ensaios Laboratoriais e Metrológicos, Sustentabilidade, entre muitos outros. Como é que se coaduna todos estes desideratos canalizados numa só instituição (IEP)? De que forma é que conseguem dar resposta às exigências de todos estes aglomerados de domínios de atuação?
A capacidade do Instituto Electrotécnico Português (IEP) de assumir uma posição relevante em diversos segmentos, como Inspeção, Sustentabilidade, Ensaios Laboratoriais e Metrológicos, entre outros, é resultado da sua abordagem multidisciplinar, bem como da sua vasta experiência e especialização técnica.
Para conciliar todas estas áreas de negócio numa só instituição, o IEP adota uma estrutura organizacional flexível e colaborativa, composta por especialistas em diferentes áreas de conhecimento. Esta abordagem permite uma integração eficaz de competências e recursos, garantindo uma resposta abrangente e personalizada às exigências de cada segmento de atuação.

A verdade é que o IEP é hoje, como já foi salientado, uma verdadeira referência nos seus mais diversos campos de atuação. Prova disso, são os vários prémios e acreditações, nacionais e internacionais, que a instituição foi tendo ao longo dos anos. Sente que estes reconhecimentos perpetuam no IEP uma consciência de maior exigência ao nível das respostas que têm de dar ao mercado empresarial?
Sem dúvida, os prémios, as acreditações nacionais e internacionais recebidos pelo Instituto Electrotécnico Português (IEP) ao longo dos anos representam um reconhecimento importante da sua excelência e competência nos diversos campos de atuação. Este reconhecimento externo não só valida o trabalho árduo e dedicado da instituição e dos seus colaboradores, mas também reforça a sua reputação como uma referência no mercado empresarial.
Assim, os reconhecimentos recebidos incentivam o IEP a manter e até mesmo a elevar os seus padrões de excelência, promovendo a inovação contínua, a melhoria dos processos e a procura da satisfação dos clientes e parceiros. O IEP compreende que deve estar sempre na vanguarda do conhecimento e das melhores práticas, garantindo respostas eficazes, relevantes e sustentáveis às necessidades do mercado empresarial.

Dois pontos que são essenciais para a vossa orgânica, passa pela Sustentabilidade e pela Inovação. Em que moldes é que estes dois conceitos são essenciais na vossa atuação e de que forma é que vital que os dois “caminhem” de uma forma unida?
A sustentabilidade e a inovação são dois pilares essenciais na atuação do Instituto Electrotécnico Português (IEP), e é vital que estes dois conceitos caminhem juntos para garantir um impacto positivo e duradouro nas atividades da instituição.
Em primeiro lugar, a sustentabilidade é fundamental porque orienta todas as ações do IEP para garantir que as suas atividades tenham um impacto mínimo no ambiente e na sociedade. Isso envolve a adoção de práticas e tecnologias sustentáveis nos processos internos, a promoção da eficiência energética e a redução da pegada ambiental. Além disso, a sustentabilidade também implica considerações sociais e económicas, como a promoção da igualdade de género, a ética nos negócios e o desenvolvimento socioeconómico das comunidades em que o IEP está inserido.
Por outro lado, a inovação é crucial para impulsionar o progresso e a competitividade do IEP no mercado. Através da inovação, o IEP pode desenvolver novas soluções tecnológicas, métodos de trabalho mais eficientes e serviços mais adequados às necessidades em constante evolução dos clientes e parceiros. A inovação também permite ao IEP antecipar e responder aos desafios emergentes, como as mudanças climáticas, a digitalização da economia e a transição para energias renováveis podendo ajudar os seus clientes e parceiros a adotarem as respostas certas a estes desafios.

De que forma é que o IEP tem sido um parceiro de excelência nestas dinâmicas da sustentabilidade e inovação relativamente ao desenvolvimento científico e tecnológico das diferentes indústrias?
O Instituto Electrotécnico Português (IEP) tem sido um parceiro no avanço da sustentabilidade e inovação nas diferentes indústrias, através de uma variedade de iniciativas. Desde a condução de projetos de investigação aplicada até à oferta de consultoria especializada, o IEP colabora estreitamente com empresas para desenvolver soluções tecnológicas inovadoras e práticas sustentáveis.

Falamos da Sustentabilidade, até porque o tema do Dia Mundial da Metrologia de 2024, celebrado a 20 de maio, é, precisamente, a Sustentabilidade. Que relação existe entre a importância da Metrologia e a Sustentabilidade?
A metrologia desempenha um papel crucial na promoção da sustentabilidade, sendo fundamental para a medição precisa de diversos parâmetros ambientais, como consumo de recursos naturais e emissões. Essas medições precisas permitem um monitoramento eficaz e uma gestão sustentável dos recursos, contribuindo para a redução do impacto ambiental e a preservação dos ecossistemas.
Além disso, a metrologia também é essencial para o desenvolvimento e avaliação de tecnologias sustentáveis. Ao fornecer medições precisas de parâmetros como eficiência energética e pegada de carbono, a metrologia permite a avaliação objetiva do desempenho ambiental de diferentes soluções tecnológicas. Isso incentiva a inovação em práticas mais eco-friendly, promovendo o avanço contínuo da sustentabilidade em diversos setores industriais.

Que novidades podemos esperar para o Dia Mundial da Metrologia por parte do IEP e de que forma é que o vosso objetivo também passa por sensibilizar e alertar para a relevância e a importância da medição na promoção de uma economia e um ambiente globais sustentáveis?
O nosso objetivo de sensibilização e alerta para a importância da medição na promoção de uma economia e ambiente globais sustentáveis passa por várias iniciativas. Entre elas estão campanhas de consciencialização nas redes sociais, eventos e workshops que abordam a relação entre metrologia e sustentabilidade, e a colaboração com parceiros e organizações interessadas na promoção de práticas sustentáveis, ex: SIMPMET2024.
Além disso, desenvolvemos conteúdos informativos para destacar como a medição precisa e confiável é fundamental para monitorizar e gerir recursos naturais, reduzir desperdícios e emissões, e promover a eficiência energética e a eficiência nos processos produtivos.