Lucro Líquido Ajustado YoY da Xiaomi duplica para 828 milhões de Euros

A Xiaomi Corporation (“Xiaomi” ou o “Grupo”; código da bolsa: 1810), uma empresa de eletrónica de consumo e fabrico inteligente, com equipamentos conectados através de uma plataforma de Internet das Coisas (“IoT”) no seu núcleo, anunciou os seus resultados consolidados não auditados para os três meses terminados a 31 de março de 2024 (“o Período” ou “Q1”), com uma receita trimestral a registar crescimento de dois dígitos ano a ano (“YoY”), por dois trimestres consecutivos.

200

Durante o Período, a receita total do Grupo atingiu 9,62 mil milhões de euros (RMB 75,5 mil milhões), um aumento de 27% YoY. O lucro líquido ajustado atingiu um recorde, aumentando 100,8% YoY para 828 milhões de euros (RMB 6,5 mil milhões). Isso incluiu 293 milhões de euros (RMB 2,3 mil milhões) em despesas relacionadas ao seu negócio de Veículos Elétricos inteligentes (“VE”) e outras novas iniciativas, sinalizando um crescimento acelerado. Devido à execução eficiente da sua estratégia operacional principal de “dupla ênfase na escala e rentabilidade”, no primeiro trimestre de 2024, a margem de lucro bruto da Xiaomi atingiu 22,3% ao nível do Grupo, um aumento de 2,8 pontos percentuais YoY. O Grupo executou diligentemente as suas estratégias operacionais, impulsionando o crescimento de receita de dois dígitos no Q1 nos seus três negócios principais — smartphones, IoT e produtos de lifestyle, e serviços de internet. Os múltiplos motores de crescimento da Xiaomi, combinados com o desempenho robusto do negócio de VE inteligente, impulsionaram os seus resultados para muito além das estimativas do mercado.

A rentabilidade dos negócios principais da Xiaomi permanece sólida a longo prazo, com recursos abundantes em caixa, facilitando um forte apoio para a inovação tecnológica e o desenvolvimento do negócio de VE inteligente. A 31 de março de 2024, os recursos em caixa do Grupo atingiram 16,22 mil milhões de euros (RMB 127,3 mil milhões). As suas despesas de investigação e desenvolvimento no primeiro trimestre foram de 662 milhões de euros (RMB 5,2 mil milhões), um aumento de 25,4% YoY, com numerosas inovações tecnológicas alcançadas, particularmente em tecnologias de VE inteligente.

Estratégia de premiumização compensa com aumento do ASP de smartphones

Impulsionada pelas estratégias de globalização e premiumização, as vendas globais de smartphones da Xiaomi aumentaram 33,7% YoY para 40,6 milhões de unidades durante o Período, marcando o crescimento YoY por três trimestres consecutivos. A receita de smartphones alcançou o quarto trimestre consecutivo de crescimento, atingindo 5,93 mil milhões de euros (RMB 46,5 mil milhões). De acordo com a Canalys, a Xiaomi manteve a sua posição entre os três primeiros lugares no ranking global de vendas de smartphones por 15 trimestres consecutivos, com uma participação de mercado de 13,8% no primeiro trimestre.

A rentabilidade do negócio de smartphones continuou a melhorar, com a margem de lucro bruto no primeiro trimestre atingindo 14,8%, um aumento de 3,6 pontos percentuais YoY. O Grupo continuou a avançar em segmentos de preços premium. De acordo com dados de terceiros, a quota de mercado de smartphones da Xiaomi no segmento de preço de 645 a 774 euros na China continental atingiu 10,1% durante o Período, um aumento de 5,8 pontos percentuais YoY. A proporção de vendas globais de smartphones premium também atingiu um novo recorde no primeiro trimestre, representando 21,7% do total de vendas de smartphones, um aumento de 1,4 pontos percentuais YoY.

A expansão global da Xiaomi tem dado frutos, com um crescimento sólido em mercados-chave no Médio Oriente, na América Latina, em África e no Sudeste Asiático. De acordo com a Canalys, no primeiro trimestre de 2024, as vendas de smartphones do Grupo classificaram-se entre as três primeiras em 56 países e regiões globalmente, e entre os cinco primeiros em 67 países e regiões globalmente. Em comparação com o ano passado, a Xiaomi classificou-se entre os três primeiros em 51 mercados e entre os cinco primeiros em 65 mercados. A vantagem competitiva do Grupo nesses mercados foi ainda mais fortalecida.

Margem de negócios IoT atinge recorde com grandes eletrodomésticos inteligentes a serem impulsionados

Durante o Período, os produtos IoT e de lifestyle atingiram um recorde histórico, com a receita a aumentar 21,0% YoY para 2,60 mil milhões de euros (RMB 20,4 mil milhões). A margem de lucro bruto aumentou notavelmente em 4,1 pontos percentuais YoY para 19,9%, atingindo um recorde histórico. A Xiaomi consolidou ainda mais a sua posição nos principais produtos de IoT.

Capitalizando a sua reputação no mercado, o seu portefólio de produtos e a sua experiência de utilizador dentro do ecossistema inteligente, as receitas da Xiaomi com grandes eletrodomésticos inteligentes aumentaram mais de 46% YoY, com o volume de vendas mantendo um forte crescimento. Durante o trimestre, as vendas de ares condicionados excederam as 690.000 unidades, um aumento de 63%; as vendas de frigoríficos excederam as 530.000 unidades, um aumento de 52%; e as vendas de máquinas de lavar ultrapassaram as 360.000 unidades, um aumento de 47%, tudo em base YoY. A categoria de televisores premium da Xiaomi também passou por atualizações contínuas.

O impulso de crescimento em todas as categorias de produtos permaneceu forte. De acordo com a IDC, as vendas globais de tablets da Xiaomi aumentaram 93% YoY. Além disso, a Xiaomi fez avanços significativos em wearables. De acordo com a Canalys, as vendas de earbuds TWS classificaram-se em primeiro lugar na China continental e subiram para o segundo lugar globalmente.

Crescimento sólido dos serviços de internet impulsiona expansão global

Durante o Período, os serviços de internet mantiveram um crescimento sólido, com as receitas a atingirem um recorde de 1,02 mil milhões de euros (RMB 8,0 mil milhões), representando um aumento de 14,5% YoY. A margem de lucro bruto dos serviços de internet atingiu 74,2%. O MAU (monthly active users) global do Grupo e na China continental atingiram recordes históricos. Em março de 2024, o MAU global atingiu 658,1 milhões, um aumento de 10,6% YoY, enquanto o MAU na China continental atingiu 160,4 milhões, um aumento de 9,7% YoY.

A Xiaomi tem solidificado ativamente parcerias globais. No primeiro trimestre, a receita dos serviços de internet no exterior atingiu 318 milhões de euros (RMB 2,5 mil milhões), atingindo um recorde e representando 31,2% da receita total de serviços de internet.

Escalando a produção de VE para entregar mais de 100.000 novos veículos em 2024

A estreia do VE inteligente da Xiaomi gerou um entusiasmo tremendo entre os utilizadores, emergindo rapidamente como um novo motor de crescimento. O primeiro VE inteligente da Xiaomi, a Série Xiaomi SU7, foi oficialmente lançado a 28 de março de 2024, completando o layout geral da estratégia do Grupo de “Human × Car × Home”. A Série Xiaomi SU7 inclui três modelos, com preços a partir de 27 500 mil euros (RMB 215.900). O lançamento oficial gerou uma atenção generalizada no mercado, gerando uma forte procura. A 30 de abril, os pedidos acumulados para a Série Xiaomi SU7 atingiram 88.063 veículos. Às 10:00 da manhã, hora de Pequim, a 15 de maio, as entregas acumuladas atingiram 10.000 veículos, estabelecendo um novo recorde na indústria para a velocidade de entrega de um modelo de estreia de uma nova marca.

Impulsionado pelo desempenho excecional da Série SU7 da Xiaomi, que superou as expectativas do mercado, o Grupo definiu uma meta de mais de 100.000 novas entregas de veículos para 2024, demonstrando a sua confiança na competitividade e na sua capacidade de produção da série. A Xiaomi está a intensificar os esforços para aumentar a capacidade de produção ao iniciar a produção em dois turnos, em junho, para garantir as entregas e para expandir a sua rede de vendas e serviços. O Grupo planeia que, até o final de 2024, a sua rede de vendas e serviços inclua 219 lojas, cobrindo 46 cidades, e 143 centros de serviços em 86 cidades.

Como empresa de tecnologia a aventurar-se na indústria de VE, a Xiaomi visa integrar recursos inteligentes. O Grupo está firmemente comprometido com a sua nova meta para 2020–2030, que é investir em tecnologias fundamentais e tornar-se num líder global no domínio em evolução das tecnologias flagship. No primeiro trimestre de 2024, os seus investimentos em investigação e desenvolvimento rondaram os 662 milhões de euros (RMB 5,2 mil milhões), um aumento de 25,4% YoY. A Xiaomi fez avanços substanciais em tecnologia de VE inteligente, sustentando o desenvolvimento contínuo do seu produto neste segmento.

Para a Xiaomi Pilot Autonomous Driving, a Xiaomi continua comprometida com a pesquisa e desenvolvimento de tecnologia completa de ponta a ponta. Ao aproveitar frameworks avançados que incorporam algoritmos de ponta, como o Road-Mapping Foundational Model, a Super-Res Occupancy Network Technology e a Adaptive BVE Technology, a Xiaomi fez um avanço com a primeira produção em massa da End-to-end AI Model Technology na China continental. A equipa de condução autónoma da Xiaomi conta com mais de 1.000 profissionais qualificados, com um plano de expandir a equipa para 1.500 e 2.000 colaboradores em 2024 e 2025, respetivamente. O City Navigate on Autopilot (NOA) no Xiaomi Pilot Max está programado para ser implementado em 10 cidades na China continental até o final de maio de 2024, com cobertura nacional esperada até agosto de 2024.