Sessão Especial de Apresentação dos Resultados da Oferta Particular de Subscrição do Empréstimo Obrigacionista da Maseyka Holdings Investments, S.A

A Bolsa de Valores de Cabo Verde S.A (BVC) realizou hoje, às 09h00, na sua sala de conferências, a sessão especial de apresentação dos resultados da Oferta Particular de Subscrição do Empréstimo Obrigacionista da Maseyka Holdings Investments, S.A.

166

O evento contou com a presença honrosa do Vice-Primeiro-Ministro, Dr. Olavo Correia, do Presidente do Conselho de Administração (PCA) da BVC, Dr. Miguel Monteiro, do PCA da Maseyka, Dr. Roger Tchoufa, entre outros convidados ilustres.

Programa do evento:

  • 8H50 – Receção dos convidados
  • 9H00 – Mensagem de boas-vindas pelo Mestre de Cerimónia
  • 9H07 – Apresentação de vídeo sobre o Hotel Four Points By Sheraton – Laginha Beach
  • 9H10 – Apresentação dos resultados da operação pela Dra. Alina Andrade, Técnica de Operações de Mercado da BVC
  • 9H20 – Considerações do Emitente pelo Dr. Roger Tchoufa, PCA da Maseyka Holdings Investments, S.A.
  • 9H30 – Considerações da BVC pelo Dr. Miguel Monteiro, PCA da BVC
  • 9H40 – Encerramento do evento pelo Dr. Olavo Correia, Vice-Primeiro-Ministro, Ministro das Finanças e do Fomento Empresarial
  • 9H55 – Toque do sino pelo PCA da BVC, PCA da Maseyka e VPM

Durante o seu discurso, Miguel Monteiro destacou a importância desta operação para o desenvolvimento económico de Cabo Verde e o papel vital do Fundo Soberano de Garantia do Investimento Privado (FSGIP) na sua concretização.

O próprio enfatizou também a relevância do cofinanciamento para o Hotel Four Points by Sheraton, detalhando que o empreendimento incluirá 130 quartos e suítes, uma piscina, um Spa e Fitness, além de diversos bares, restaurantes e lojas. Este projeto é visto como um impulsionador significativo para a economia local, com um impacto positivo na atração de turistas e na criação de empregos.

Além disso, destacou o sucesso da emissão, que arrecadou 1.323.180.000 CVE (12 milhões de euros), sendo a sexta maior emissão de obrigações na história da BVC. A operação, que contou com a participação do FSGIP, Banco BAI Cabo Verde, Banco Cabo-verdiano de Negócios e Banco Interatlântico, é considerada um exemplo de cooperação bem-sucedida entre os setores público e privado.

Ao concluir, Miguel Monteiro reiterou o compromisso da BVC em continuar a apoiar grandes projetos e a contribuir para o desenvolvimento sustentável de Cabo Verde, destacando que a Bolsa já alcançou 23 das 28 emissões de obrigações projetadas no seu plano estratégico 2021/2025.

O evento foi encerrado com um toque simbólico do sino, realizado em conjunto pelo PCA da BVC, PCA da Maseyka e o Vice-Primeiro-Ministro, marcando a importância e o sucesso da operação.