Viana do Castelo será a Capital da Cultura do Eixo Atlântico em 2025

A comissão executiva do Eixo Atlântico (EA) do Noroeste Peninsular aprovou recentemente a escolha de Viana do Castelo como Capital da Cultura para o ano de 2025, onde serão realizados 64 eventos importantes ao longo de dez meses.

112

De janeiro a outubro de 2025, Viana do Castelo sediará 64 eventos significativos que abrangem diversas áreas culturais, como cultura urbana, música, literatura, gastronomia, cinema e arquitetura. Esta iniciativa faz parte das atividades da associação que reúne 41 municípios do norte de Portugal e da Galiza, em Espanha.

“Assumir o papel de Capital da Cultura do Eixo Atlântico permitirá estreitar os laços entre os elementos identitários de Viana do Castelo e o Eixo Atlântico”, destaca o comunicado.

O EA sublinha que “Viana do Castelo é um município com um rico património histórico, arquitetónico, cultural e paisagístico, que acolhe a diversidade e a mudança, sempre buscando um equilíbrio entre tradição e inovação”. É com base nesta premissa criativa que serão desenvolvidas as atividades artísticas e culturais.

A decisão foi formalizada em Lugo durante a inauguração da sexta praça pública do EA, a primeira na Galiza, juntando-se às de Bragança, Matosinhos, Braga, Vila Nova de Gaia e Viana do Castelo.

A comissão executiva também aprovou a realização de um seminário sobre igualdade de género no desporto, em Valongo, em outubro.

Foi ratificada ainda a proposta para que Sarria, na Galiza, seja a sede da VIII Expocidades, a feira de turismo de proximidade do EA, em maio de 2025.

Sarria é um ponto de partida importante do Caminho de Santiago Francês, onde muitos peregrinos começam os últimos 100 quilómetros até Santiago.