Portugal é o 15.º melhor país para estrangeiros viverem

Portugal alcançou a 15.ª posição no ranking Expat Insider 2024, que classifica os melhores países para estrangeiros morarem, caindo cinco lugares em relação ao ano anterior.

Data:

O ranking, elaborado pela InterNations desde 2014 e que avalia 53 países, é liderado pelo Panamá, que subiu do 3.º para o 1.º lugar. O México e a Indonésia ocupam o segundo e terceiro lugares, respetivamente.

O primeiro país europeu a aparecer na lista é a Espanha, na 4.ª posição, destacando-se no índice de qualidade de vida. A Colômbia fecha o top 5.

Portugal, agora na 15.ª posição, caiu em alguns dos critérios avaliados. O país ainda mantém boas classificações em qualidade de vida (7.º lugar), finanças pessoais (13.º) e facilidade de integração (15.º). No entanto, indicadores como trabalho no exterior e fatores essenciais para os emigrantes, como habitação, serviços digitais e idioma, tiveram uma avaliação negativa, afetando a posição do país no ranking.

Os estrangeiros em Portugal mencionaram a falta de oportunidades de carreira e a burocracia como os principais desafios para viver e trabalhar no país.

No Expat Insider 2024, que contou com a participação de 12 mil pessoas de 175 nacionalidades, o Kuwait ficou em último lugar, seguido pela Turquia na 52.ª posição e a Finlândia na 51.ª, esta última sofrendo a maior queda no índice, de 16.º para 51.º lugar, devido à dificuldade de integração e uma avaliação negativa das finanças pessoais.

A InterNations, com sede em Munique, Alemanha, é uma das maiores comunidades de estrangeiros do mundo, contando com mais de 5,3 milhões de membros.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 132

Popular

Mais Artigos deste tipo

Moda Online: As Últimas Tendências

Com a crescente popularidade das lojas de roupa online...

Perfumes Online: As Fragrâncias que estão em alta

Descubra o encanto dos perfumes online Comprar perfumes online é...

Festival Alive começa hoje com Arcade Fire e The Smashing Pumpkins

O festival abre as suas portas às 15 horas...

Ensino superior amplia oportunidades de emprego e melhora salários para os jovens

Após a crise pandémica, as taxas de desemprego juvenil...