Barcelona vai aumentar a taxa turística em outubro

Os turistas poderão pagar mais de 50€ em taxas se ficarem uma semana.

105

Desde 2012, turistas que vão de férias para Barcelona pagam uma taxa por cada noite que passam na cidade. Nos últimos meses, o valor dessa taxa tem sido progressivamente aumentado.

As autoridades locais já tinham anunciado em 2022 que a chamada taxa municipal seria elevada ao longo dos próximos dois anos. A primeira alteração ocorreu em abril, subindo de 2,75€ para 3,25€. E, segundo a autarquia catalã, os aumentos continuarão.

Barcelona, um dos destinos mais procurados em Espanha, atrai cerca de 32 milhões de visitantes anualmente. Para lidar com o excesso de turismo há medidas que estão a ser implementadas. Recentemente, o conselho municipal aprovou um aumento na taxa turística, que passará a ser de 4€ por pessoa a partir de outubro.

Todos os turistas que visitam a cidade pagam duas taxas: uma regional e uma municipal. O valor da taxa regional varia conforme o tipo de alojamento. Por exemplo, nos hotéis de quatro estrelas, a taxa é de 1,70€, enquanto nos alojamentos de curta duração como o Airbnb, é de 2,25€. Em hotéis de cinco estrelas e de luxo, a tarifa sobe para 3,50€. Passageiros de cruzeiros que permanecem menos de 12 horas em Barcelona pagam uma taxa regional de 3€ (ou 2€ se ficarem mais de 12 horas).

A tarifa municipal, que será aumentada, aplica-se a estadias de até sete noites. Atualmente é de 3,25€ por noite, mas aumentará para 4€ em outubro para visitantes em apartamentos turísticos ou em cruzeiros de curta escala. No total, combinando as taxas regional e municipal, os visitantes pagarão cerca de 7,50€ por dia, totalizando 52,50€ por semana.

O objetivo da medida é promover um “turismo de qualidade” e aumentar a receita anual de 95 milhões de euros para 115 milhões. Os fundos serão utilizados para cobrir despesas como limpeza e segurança da cidade, bem como para financiar a construção e melhoria de infraestruturas, como estradas e serviços de autocarros.