Inicio Autores Posts por Ana Rita Silva

Ana Rita Silva

3885 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Fevereiro é o mês da passadeira vermelha no E!

ESTREIAS

Live From The Red Carpet: The 2019 Grammy Awards

A 61ª gala anual dos Grammy Awards é o primeiro grande evento de fevereiro e premiará as estrelas da indústria musical, e o E! vai lá estar para lhe contar tudo sobre o que vão usar e com quem vão chegar.

Data de Emissão: 10 de fevereiro, às 22h30

 

Live From The Red Carpet: The 2019 Academy Awards

A 91ª cerimónia dos Academy Awards é, como sempre, aquele evento do ano que não pode mesmo perder. E se quer saber o que vestem as estrelas e por quem vêm acompanhadas, esta emissão do Live From The Red Carpet é ideal para si.

Data de Emissão: 24 de fevereiro, às 22h00

Red Carpet Rundown: Oscars 2019

Junte-se aos apresentadores do E!, Ryan Seacrest e Giuliana Rancic, enquanto eles avaliam os melhores looks da Red Carpet dos Oscars 2019, em direto do Teatro Dolby, em Los Angeles.

Data de Emissão: 25 de fevereiro, às 00h00

 

SÉRIES

Busy Tonight T1

Busy Tonight é o mais recente talk show do E!, apresentado pela hilariante Busy Phillips, que nos traz as últimas e mais escaldantes histórias da cultura pop e das suas celebridades preferidas, analisadas segundo o seu ponto de vista original.

Data de emissão: De domingo a quarta-feira, às 21h00 (último episódio da temporada no dia 17 de fevereiro)

 

Nightly Pop

Apresentado por Morgan Stewart, Nina Parker e Hunter March, Nightly Pop traz-lhe as notícias mais importantes do mundo pop, todas as semanas. Inesperado, sem filtros e sempre escandaloso!

Data de emissão: Quintas-feiras, às 21h00 (último episódio da temporada no dia 28 de fevereiro)

 

Botched T5

Terry Dubrow e Paul Nassif são os cirurgiões mais famosos de Hollywood, e a sua missão é resolver cirurgias plásticas que correram muito mal. Os novos episódios de Botched comprovam que para esta dupla todos os problemas, mesmo os mais estranhos, podem ter solução.

Data de Emissão: Sextas-feiras, às 20h00

 

The Bi Life T1

The Bi Life estreou no início de janeiro e é o mais recente reality show do E!, e o primeiro a focar-se exclusivamente em encontros bissexuais. É apresentado por Shane Jenek, também conhecido por Courtney Act, e segue a vida de 10 ingleses que se mudam para Barcelona em busca do amor.

Data de Emissão: Sextas-feiras, às 21h00

 

Total Bellas T4

Em Total Bellas pode acompanhar a vida de Nikki e Brie Bella, as duas irmãs mais famosas do mundo do wrestling, dentro e fora do ringue, e as suas relações com John Cena e Daniel Bryan, respetivamente.

Data de Emissão: Domingos, às 20h00

MARATONAS

Galentine’s Day

Celebre o Dia de São Valentim na companhia da sua série favorita: Keeping Up With The Kardashians! Nesta maratona, o E! apresenta-lhe uma seleção de 13 episódios focados especialmente na ligação entre as irmãs da família mais famosa do mundo e, para honrar este dia, os seus romances.

Data de emissão: 14 de fevereiro, a partir das 08h00

Confederação do Desporto de Portugal divulga finalistas ao Prémio Desportista do Ano no Centro Colombo

Neste Momento Público da Grande Festa do Desporto Nacional serão divulgados os cinco candidatos finalistas nas categorias de Atleta Masculino do Ano, Atleta Feminino do Ano, Jovem Promessa do Ano, Treinador do Ano e Equipa do Ano, tendo por base a votação de um júri que inclui presidentes das federações, atletas olímpicos medalhados e os seus treinadores e antigos responsáveis ligados à atividade desportiva.

Após o anúncio público por parte da Confederação do Desporto de Portugal, que se realiza no Centro Colombo, tem início o processo de votação eletrónica para o público em geral estando disponível até às 17 horas do dia 29 de janeiro. A 23ª Gala do Desporto realiza-se no dia 30 de janeiro onde serão revelados os vencedores do prémio.

O Momento Público realiza-se duas semanas antes no Centro Colombo, uma ação que marca o início da contagem decrescente para a Gala do Desporto com a apresentação pública dos candidatos finais ao Prémio “Desportista do Ano”.

Liga Allianz Running by Record realiza última prova no Jamor

Organizada pela Federação Portuguesa de Atletismo, pela Câmara Municipal de Oeiras e pelo Complexo Nacional Desportivo do Jamor, a prova tem partida e chegada o Estádio Nacional do Jamor. A “Corrida Allianz com os Campeões” é a prova master da Liga Allianz Running By Record e, ao longo de 10 Kms, pretende colocar lado a lado aqueles que mais se destacaram no circuito e os grandes campeões de atletismo portugueses.

A equipa Allianz estará, mais uma vez, a representar a Companhia.  José Francisco Neves, Membro do Comité de Direção e Diretor de Market Management e de Produto P&C da Allianz Portugal, refere: “É um orgulho para a Allianz Portugal continuar a apoiar mais esta corrida da Liga Allianz Running by Record, uma iniciativa enquadrada na estratégia da seguradora em estar mais próxima dos portugueses, promovendo a prática de atividade física, o bem-estar e a competição saudável. Através da Liga Allianz Running by Record, a Allianz Portugal está presente nas cidades de norte a sul de Portugal para incentivar as pessoas a correrem e a superarem os seus objetivos. Estamos certos de que serão momentos de forte convívio e interação com o público em geral, parceiros e clientes.”

 

As inscrições nesta prova master, cujos preços variam entre 10€ e 15€, podem ser feitas no site oficial do evento, em corridaallianzcampeoes.weegoto.com. A corrida, aberta a atletas federados e não federados, integra o Campeonato Nacional de Estrada 2019.

Mais informações disponíveis na plataforma online oficial www.ligarunning.pt, um espaço aglutinador de conteúdos com o calendário das provas e informação detalhada sobre a Liga Allianz Running Record, com informações técnicas para treino, saúde, alimentação e equipamentos, além de notícias da atualidade sobre Running.

O circuito teve a sua primeira prova em Tondela, passando depois por Aveiro, Castelo Branco, Bragança, Porto, Portalegre, Santarém, Viana do Castelo, Beja, Leiria, Évora, Coimbra, Lisboa, Braga, Setúbal, Faro, Guarda, Vila Real e termina agora em Oeiras.

Entre com o pé direito em 2019 com a Liga Allianz Running by Record!

Portal da Queixa regista crescimento pelo 5º ano consecutivo

As redes sociais mudaram a perceção do consumidor relativamente à qualidade dos serviços e produtos das marcas que consomem. A confiança e a reputação passaram a ser os elementos influenciadores de decisão na compra e as marcas procuram, cada vez mais, as plataformas digitais para responder às insatisfações dos consumidores.  70% das reclamações recebidas no Portal da Queixa, em 2018, receberam resposta. As entidades que menos respondem são a Segurança Social, seguida da TAP e da CP. No entanto, marcas mais reclamadas como a MEO e CTT dão resposta a todas as reclamações apresentadas pelos seus clientes no Portal da Queixa.

Criado há quase 10 anos, por Pedro Lourenço – após ter surgido a necessidade de apresentar uma reclamação e não ter obtido resposta por parte da marca, nem por parte dos organismos de regulação e proteção dos consumidores -, o Portal da Queixa mantém-se, hoje, fiel ao seu objetivo de agilizar, estreitar e facilitar a comunicação entre as marcas e clientes, de uma forma isenta e sem intervir no processo de reclamação. Uma missão que veio contribuir para alterar o comportamento dos consumidores portugueses.

“É realmente um caminho sem volta. Nos dias de hoje, são quase nulas as marcas que evitam ter uma relação pública com os seus clientes, por força do exponencial aumento do uso de redes sociais e da internet no geral. Há 10 anos, uma reclamação pública contra uma marca que ficasse online sem resposta e tratamento, representava uma “pedra no sapato”. Hoje, é um ato negligente por parte dos gestores da marca, pois coloca a sua reputação em causa, por quebra de confiança e falta de proximidade. O consumidor atual decide por onde e quando quer apresentar a sua reclamação, pois adquiriu esse poder e isso deve ser respeitado.”, afirma Pedro Lourenço, CEO e fundador do Portal da Queixa.

Hoje, a maior rede social de consumidores em Portugal, tem mais de 300 mil utilizadores registados, e conta com uma média de 9 mil novos registos a cada mês. Com 1 milhão de visitantes únicos por mês que geram 3 milhões de pageviews/mês, o Portal da Queixa recebeu, entre janeiro e dezembro de 2018, em média 250 reclamações por dia (perto de 90 mil ao ano). Contudo, destaca-se o facto de que 98% dos visitantes não efetua uma queixa, apenas visualiza as reclamações dos apenas 2% dos visitantes que regista reclamações.

Os resultados divulgados atestam que o Portal da Queixa é, hoje, muito mais do que uma plataforma para apresentar reclamações. Devido à importância que conquistou no ecossistema de consumo em Portugal, o Portal da Queixa é um espaço onde os consumidores pesquisam informações acerca de uma marca ou serviço antes de procederem à decisão da compra.

Pedro Lourenço, CEO do Portal da Queixa, avalia estes resultados como conclusões positivas e explica: “Enquanto que, há alguns anos, a relação entre marca e consumidor era na sua maioria privada, hoje, as marcas são postas à prova publicamente e avaliadas na forma como resolvem os problemas com os seus clientes. Assim, o consumidor atual – cada vez mais online – procura obter a garantia de confiança na marca, através da opinião dos outros consumidores em plataformas como o Portal da Queixa, e isso tem um impacto muito grande na perceção real com que este fica das marcas no mercado.

A confiança e a reputação passaram, assim, a ser os elementos influenciadores de decisão na compra, o que faz com que haja uma crescente preocupação por parte das marcas em responder e resolver as insatisfações dos seus clientes.

Aproximadamente 70% das reclamações recebidas e aprovadas no Portal da Queixa em 2018 receberam resposta.

 

 

ENTIDADES COM MAIOR TAXA DE SOLUÇÃO – DADOS REFERENTES A 2018

Marca Taxa de solução
Galp 99.0  
Goldenergy 99.0  
IEFP 98.1  
NACEX 96.8  
EDP Comercial 96.6  
Cetelem 96.5  
Oney 96.5  
Medicare 95.0  
Pingo Doce 93.7  
EDP Distribuição 93.5  

 

Estas foram algumas das marcas ou entidades que, em 2018, apresentaram a maior taxa de solução, isto é, que resolveram as reclamações apresentadas pelos consumidores no Portal da Queixa.

 

 

MARCAS COM MAIOR NÚMERO DE RECLAMAÇÕES POR CATEGORIA – DADOS 2018

Categoria Marca N.º reclamações recebidas
Operadoras de TV, Net e Telefone MEO 5220
Correio Postal e Expresso CTT 4178
Serviços Sociais e de Previdência Segurança Social 1802
Tecnologia, TV e Eletrodomésticos Worten 1655
Electricidade e Gás – Mercado Livre EDP Comercial 799
Hiper e Supermercados Continente 630
Companhias Aéreas TAP 609
Comboio e Metropolitano CP – Comboios de Portugal 589
Administração Pública Serviço Nacional de Saúde 555
Agências de Viagens eDreams 521

 

 

AS MARCAS MAIS RECLAMADAS DE JAN A DEZ DE 2018

Marca N.º reclamações recebidas em 2018
MEO 5220
CTT 4178
NOS 2747
Worten 1655
Vodafone 1558
CTT Expresso 1159
EDP Comercial 799
Galp 776
GLS 772
Endesa 764
Continente 630
TAP 609
CP – Comboios de Portugal 589
eDreams 521

 

 

ENTIDADES PÚBLICAS MAIS RECLAMADAS DE JAN A DEZ DE 2018

Marca N.º reclamações recebidas em 2018
Segurança Social 1802
Centro Nacional de Pensões 613
Serviço Nacional de Saúde 555
Ministério da Educação e da Ciência 421
IMT 406
Autoridade Tributária e Aduaneira 333
SEF 310
Câmara Municipal de Lisboa 251
IRN – Instituto dos Registos e Notariado 231
Câmara Municipal de Oeiras 119
ADSE 110
Câmara Municipal do Porto 110

 

 

AS MARCAS OU ENTIDADES QUE MENOS RESPONDERAM – DADOS DE 2018

Marca N.º reclamações sem resposta
Segurança Social 1564
TAP 584
CP – Comboios de Portugal 575
Centro Nacional de Pensões 548
Serviço Nacional de Saúde 536
Seur 448
eDreams 337
Autoridade Tributária e Aduaneira 308
Rede Nacional de Expressos 302
FNAC 270
SEF 266
Ministério da Educação e da Ciência 246

 

Pela análise, verifica-se que as entidades que menos respondem são a Segurança Social, seguida da TAP e da CP. No entanto, marcas mais reclamadas como a MEO e CTT dão resposta a todas as reclamações apresentadas pelos seus clientes no Portal da Queixa.

Outra marca que se destaca bastante pela positiva é a EDP Comercial que apesar de estar presente no topo das mais reclamadas é a que apresenta uma das melhores taxas de solução (96.6).

O Continente e a Worten são também bons exemplos de marcas mais reclamadas por categoria que dão solução aos problemas dos consumidores, com taxas de solução acima dos 70.

A nível de entidades públicas as mais reclamadas são a Segurança Social, Centro Nacional de Pensões e Serviço Nacional de Saúde. Contudo, existem igualmente organismos públicos preocupados em dar resposta aos cidadãos e resolver, exemplo disso são o IMT e a Câmara Municipal de Lisboa, com índices de satisfação acima dos 80.

O IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, é a entidade que mais se destaca com uma taxa de solução de 98 em 100.

PRINCIPAIS “CASOS” MAIS RECLAMADOS DE JAN A DEZ DE 2018

CTT e CTT Expresso: Falha na entrega de encomendas e correio

A partir de junho, foi verificado um aumento significativo do número de reclamações dirigidas à empresa de correio postal e expresso, e todas tinham um factor em comum: eram encomendas provenientes da China e enviadas pelo método Yanwen. Segundo os consumidores reportaram ao Portal da Queixa, estas encomendas chegavam a Portugal, mas nunca aos destinatários, o que gerou bastantes reclamações na plataforma, alegando extravio e falta de solução por parte dos CTT.

Companhias aéreas lideram queixas no turismo

Nos primeiros cinco meses de 2018, houve um aumento de 78% no setor do turismo. Das companhias aéreas, a marca que mais se destacou foi a TAP com um aumento de 125% face ao período homólogo de 2017.

Os principais problemas relatados pelos consumidores foram: cancelamentos de voos/overbooking; atrasos nos voos; reembolso do valor dos voos perdidos; bagagem (perda, danos).

Queixas às Câmaras Municipais aumentaram

No primeiro quadrimestre do ano, o Portal da Queixa registou um aumento na ordem dos 71% do número de reclamações dirigidas às Câmaras Municipais. Um facto que demonstra a preocupação crescente dos munícipes com o local onde vivem e que revela que os cidadãos estão, cada vez mais, zelosos dos seus direitos.

As reclamações apresentadas dizem, essencialmente, respeito ao estado das vias e infraestruturas, limpeza, barulho, iluminação e outros problemas presentes dentro das localidades.

Disparam as queixas de utentes da CP

No Portal da Queixa, as queixas relativas à CP aumentaram 83% no primeiro semestre de 2018. A própria CP reconhece mais falhas devido a avarias e obras.

Os principais motivos para as reclamações são os atrasos e as supressões de comboios (identificados pela CP como problemas relacionados com a circulação), o engano no preço do bilhete e a falta de condições.

Tarifário móvel jovem WTF da NOS é o que regista mais queixas

Desde o início de 2018, até ao mês de novembro, o número de reclamações registou uma subida de 62%, face a igual período do ano passado. Um dos principais motivos de reclamação apresentado pelos consumidores, desde agosto, está relacionado com o incumprimento do que é garantido pelo tarifário escolhido.

GEFCO e BERGÉ assinam acordo para criar a empresa líder em logística em veículos acabados em Espanha

BERGE GEFCO S.L. (www.berge-gefco.com), a nova empresa constituída de forma paritária, recebeu a aprovação regulatória para unir as suas forças no mercado espanhol, com o objetivo de melhorar a sua oferta e desenvolver novos serviços. Depois de ratificar o acordo entre os dois grupos, a empresa estará operacional a partir de 2 de janeiro de 2019, tornando-se o novo líder dinâmico no mercado de veículos acabados em Espanha.

Com base na experiência e recursos das empresas-mãe, a BERGÉ GEFCO vai aumentar significativamente a sua capacidade de transporte e armazenamento para os clientes. Isto vai permitir reforçar a proposta de valor para os clientes no mercado espanhol, um dos maiores do mundo, onde 3 milhões de veículos são produzidos anualmente. Os clientes beneficiarão de mais de 3 milhões de m2 para armazenagem até 120.000 veículos, além de uma frota de 700 porta-automóveis, 100 vagões ferroviários.

“Esta joint-venture reforçará a nossa liderança no mercado de logística automóvel”, comentou Luc Nadal, CEO da GEFCO SA. “A nova empresa está bem posicionada para antecipar as necessidades futuras do setor automóvel, num contexto altamente dinâmico, e para desenvolver soluções inovadoras adaptadas às necessidades dos nossos clientes, parceiros e colaboradores.”

Jaime Gorbeña, Presidente da BERGÉ y COMPAÑÍA, comentou: “Estamos muito satisfeitos por termos recebido luz verde para iniciar as nossas operações e assinar esta aliança com a GEFCO. Estamos convencidos de que não apenas reforçará a nossa liderança no mercado de logística de veículos acabados da Espanha, mas também estimulará o crescimento do setor, com serviços inovadores assentes na experiência de ambas as empresas.”

 Novos serviços projetados para atender às necessidades crescentes do mercado

BERGÉ GEFCO vai oferecer um extenso portfólio de soluções logísticas para os clientes atuais de ambas as empresas, permitindo uma melhor gestão dos picos sazonais e beneficiar de recursos dedicados. Para responder à crescente procura por rapidez e qualidade, a nova empresa vai focar-se em inovação para desenvolver soluções que atendam às necessidades operacionais.

A nova empresa cobrirá todas as necessidades logísticas de veículos novos e usados. De facto, no segmento de veículos usados, será o único fornecedor capaz de gerir todos os serviços logísticos e comerciais com recursos próprios. As suas soluções para fabricantes de veículos, empresas de leasing e revendedores incluem transporte, armazenagem, serviços técnicos, inspeções, reparações, entrega, comercialização, gestão de vendas (online / leilões / exportações), administração e gestão de frotas. www.berge-gefco.com

Questão “Mudar ou não a hora em Portugal?” vai a debate na Faculdade de Ciências de Lisboa

Em Portugal, o Observatório Astronómico de Lisboa entregou em agosto do ano passado ao Governo português um estudo que conclui que Portugal não deve pôr fim à mudança da hora. No dia 28 de outubro de 2018 a hora legal em Portugal continental e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira foi atrasada em 60 minutos, coincidindo assim com o tempo universal coordenado.

A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa organiza o debate “Mudar ou não a hora em Portugal? Várias respostas para uma mesma questão”, no dia 8 de janeiro de 2019, pelas 18h00, no seu campus do Campo Grande, no edifício C6, anfiteatro 6.2.56.

A iniciativa, de entrada livre, com a duração previsível de duas horas, visa uma abordagem interdisciplinar da temática, por isso o debate inclui a participação de cientistas das seguintes áreas: Geofísica, Astronomia, Medicina do Sono, Economia e Ciências Sociais.

Delta nomeada a companhia aérea mais pontual pela FlightGlobal

Reconhecendo o forte desempenho da Delta, a FlightGlobal premiou a Delta nas categorias Most On-time North American Mainline, Most On-time North American Network Airline, e Most On-time International Mainline Airline. É o segundo ano consecutivo que a Delta recebe distinções de topo no anual On-Time Performance Service Award.

Elevada competição pelos melhores talentos no setor de contabilidade e finanças em 2019

Os setores da Indústria e dos Serviços contribuíram para o dinamismo, reforçando estrategicamente as suas estruturas para perfis financeiros. No entanto, houve também uma clara aposta de novas empresas multinacionais no mercado português e a abertura de várias estruturas de Shared Services Center contribuiu bastante para um aumento na procura por profissionais de Contabilidade e Finanças.

Ao analisar os dados do inquérito dos profissionais deste setor verificou-se que em 2018 63% não negociaram o pacote salarial atual, 38% foram aumentados, 8% promovidos e 43% recusaram ofertas de emprego.

Foi um ano onde se notou uma elevada competição pelos melhores talentos do mercado, o que levou a alguma pressão na oferta salarial.

“Rigor, capacidade de cumprimento de deadlines, atualização dos conhecimentos, dinamismo, resiliência e competências relacionais devem ser o caminho a seguir pelos profissionais nesta área cada vez mais dinâmica e competitiva.” afirma Mário Rocha, Manager da Hays Portugal.

Perspetivas para 2019

O avanço tecnológico e o aparecimento de novas regulações deverão continuar a provocar uma maior procura por profissionais que tenham a capacidade de atualizar os conhecimentos e de criar mais eficiência nas empresas.

É expectável que em 2019 as funções que estarão no topo das prioridades de recrutamento sejam os cargos de Contabilista Certificado, Controller de Gestão, Auditor Interno e Responsável Financeiro.

O mercado português continuará a ser atrativo para o mercado interno e para as empresas que procurem profissionais deste setor para ingressar em estruturas que suportem áreas de negócio noutros países da Europa. Mário Rocha, Manager da Hays Portugal acrescenta que “os profissionais portugueses têm demonstrado uma admirável capacidade técnica, com valores muito competitivos face à média dos países europeus. Consequentemente, é expectável que as empresas continuem a apostar na retenção de talentos.” Assim, poderá levar também a um aumento de contra-propostas e, por consequência, ao incremento dos valores salariais praticados em funções de Contabilidade e Finanças.

Perfis mais solicitados e os mais difíceis de identificar

Este ano, houve uma necessidade de investimento e retenção no recrutamento para o setor de Finanças e Contabilidade para perfis de Contabilista Certificado, Controller de Gestão, Auditor Interno, Responsável Financeiro, Responsável de Tesouraria e Credit Control.

Mantém-se ainda alguma dificuldade em identificar o perfil de Contabilista Certificado por haver muitos profissionais com esta formação que têm optado por desenvolver a sua carreira na área de controlling.

O que mais valorizam e que benefícios desejam?

Após uma análise aos inquiridos, sendo que 52% eram do sexo masculino e os restantes 48% do sexo feminino, estes apontam como as principais mais-valias a oferta salarial (83%), o bom ambiente de trabalho (72%), o plano de carreira (66%), a cultura empresarial (55%) e a solidez financeira (52%). Quanto aos benefícios mais desejados para aceitarem uma oferta de trabalho, os inquiridos apontam como os cinco principais fatores: o seguro de saúde (79%), a flexibilidade de horários (69%), formação/certificações (66%), a possibilidade de trabalhar a partir de casa (50%) e dias de férias extra (40%).

Ciclo de Colóquios no Convento “A História de…” leva especialistas ao Centro Interpretativo da Ordem de Avis

“Dos nossos avós e a transição da vida para os montes e para as vilas”, é o tema do primeiro colóquio, que terá a participação da Professora Doutora Maria Antónia Pires de Almeida, do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa.

Os colóquios são abertos ao público, têm entrada gratuita e pretendem promover um ponto de encontro para debater temas de interesse de diversos públicos naquele que é um dos edifícios mais emblemáticos do Centro Histórico de Avis: o Convento de S. Bento.

 

Continente inova na utilização de novo formato de publicidade nos menus interativos do MEO

Este novo conceito, desenvolvido em parceira com o SAPO, pretende ir de encontro às novas tendências de consumo de televisão, onde os acessos aos serviços on-demand ganham cada vez maior relevância, e em paralelo, representa uma aposta numa comunicação cada vez mais próxima dos clientes.

Esta campanha alusiva ao mundo Popota, esteve disponível durante o mês de dezembro, e o cliente ao aceder à área de Gravações do MEO, era impactado com um banner publicitário do Continente, e caso optasse por clicar no mesmo, era remetido para o vídeo da campanha.

Para Tiago Simões, diretor de Marketing da Sonae MC, “o Continente pretende explorar todas as tendências do mercado de consumo, assegurando a inovação nas suas abordagens e simultaneamente a proximidade com os clientes. É com orgulho que uma vez mais somos pioneiros e estamos na vanguarda do digital, desta vez, ao desenvolvermos pela primeira vez em Portugal conteúdo publicitário integrado numa box TV.”

Filipa Martins, Diretora Geral do SAPO, explica que “foi um ótimo desafio a criação de uma área de conteúdo publicitário na MEO Box. Com esta iniciativa, o SAPO, o MEO e o Continente ressalvam a sua capacidade disruptiva de desenvolver novos conceitos capazes de agilizar o mercado e favorecer a proximidade com os consumidores.”

Para o MEO, nas palavras de Tiago Silva Lopes, Diretor de Produtos e Serviços B2C, “esta é uma estratégia pioneira e impulsionadora de uma nova tendência relativamente à qual o MEO se orgulha de disponibilizar o acesso, abrindo o caminho para novos desenvolvimentos no setor.”

Desta forma, o Continente, um dos maiores anunciantes em Portugal, volta a estar na vanguarda da inovação através de uma solução que vai permitir às marcas estarem cada vez mais perto dos seus clientes.

EMPRESAS