• next generation event
Inicio Autores Posts por Andreia Azevedo

Andreia Azevedo

847 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Lula já é ministro

Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva já é chefe da Casa Civil da Presidência do Brasil, o que o torna na segunda figura do Governo, logo a seguir à chefe de Estado, Dilma Rousseff.

A cerimónia, no Palácio do Planalto em Brasília, foi acompanhada no exterior por duas manifestações. Uma a favor e pela “liberdade”, protagonizada por cerca de 400 apoiantes que levaram bandeiras do Partido dos Trabalhadores, o de Lula e Dilma, da Central Unida de Trabalhadores (CUT) e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A outra contra, dos que consideram esta tomada de posse um esquema para proteger Lula da Justiça.

Um protesto estava a formar-se na Avenida Paulista, em São Paulo, centro das manifestações contra o Governo na noite de quarta-feira e que foi novamente fechada, com a polícia à espera que chegasse mais gente – alguns dos participantes pernoitaram na avenida.

No Rio de Janeiro estavam também a formar-se, pelo segundo dia consecutivo, protestos a favor e contra Lula e a exigir a demissão de Dilma Rousseff – que deverá asssitir esta quinta-feira à constituição da comissão parlamentar que vai decidir se o processo de destituição contra si avança ou não.

A entrada de Lula no Governo foi aproveitado para Rousseff fazer uma pequena remodelação, tendo tomado também posse como ministros Eugênio Aragão (Justiça), Mauro Lopes (Aviação Civil), e Jaques Wagner (ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República).

SunEnergy lança campanha de autoconsumo mais barata do mercado

Esta conta com a vantagem adicional de o cliente poder continuar a escolher livremente o comercializador de energia sem ficar fidelizado por 3 anos, como acontece com alguma concorrência.

Desta forma os consumidores vão poder proteger-se dos aumentos sucessivos do preço da eletricidade, pelo menos, nos próximos 25 anos, tendo a possibilidade de dimensionar os seus sistemas de autoconsumo de acordo com as suas necessidades energéticas. Para um habitante de Lisboa, que faça um investimento em 6 painéis solares, permitindo um consumo médio de 1500 W, o investimento será de 2.900 €, obtendo este uma poupança anual estimada em 490€. Veja aqui outras estimativas de poupança dos sistemas de autoconsumo SunEnergy, de norte a sul do país.

“Com a Primavera aí à porta, e com cada vez mais sol, lançamos a nova campanha de autoconsumo residencial para 2016. Comparando com as ofertas da concorrência, podemos dizer que somos a oferta mais barata do mercado, com a vantagem adicional de o cliente poder continuar a escolher livremente o comercializador de energia sem ficar fidelizado por 3 anos e, para além disso, com uma garantia de instalação SunEnergy de mais 3 anos, para além dos habituais 2 anos oferecidos pelo mercado ”, diz Raul Santos, diretor-geral da SunEnergy, acrescentando que, “esta é uma aposta que fazemos numa altura em que o autoconsumo se apresenta, cada vez mais, como uma forma de poupança para os portugueses.”

Em 2016, a SunEnergy está apostada em chegar a um volume de negócios de 1,8 milhões de euros, pretendendo continuar a aumentar o número de delegações, para cumprir o objetivo de chegar às dez, com especial incidência em zonas como Algarve, Baixo Alentejo ou Beira Interior.

Operação Fénix. Cúpula do FC Porto tenta evitar julgamento

Pinto da Costa

O presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, e o seu braço-direito na direção do clube, Antero Henrique, vão tentar evitar uma ida a julgamento no âmbito da Operação Fénix. Os dois dirigentes requereram a abertura de instrução do processo em que foram constituídos arguidos por suspeitas de recorrerem a seguranças privados ilegais. O objetivo, nesta fase, passa por convencer o juiz de instrução Carlos Alexandre de que não há razões para serem julgados.

A fase de instrução arrancou no início desta semana, mas tudo aponta para que se possa arrastar por algum tempo. O debate instrutório – última fase da instrução, antes de o juiz decidir se os arguidos são ou não julgados – está marcado para o início de abril. Mas esse prazo poderá derrapar tendo em conta o número de arguidos (quase 30, dos 57 constituídos neste processo) que optaram por também requerer a instrução do processo.

Os primeiros já começaram a ser confrontados com as provas que os procuradores João Centeno e Filomena Rosado, do Departamento Central de Investigação e Ação Penal, reuniram desde o início do processo, ainda em 2014. Em causa estão crimes de associação criminosa, ofensas à integridade física (alguns dos crimes na forma qualificada), coação, posse de arma proibida, extorsão (alguns também na forma agravada), favorecimento pessoal e exercício ilícito da atividade de segurança privada.

No centro do processo, uma empresa: Segurança Privada, Departamento de Eventos (SPDE). E um homem: Eduardo Silva, o seu dono, aquele a quem caberia garantir a segurança pessoal de Jorge Nuno Pinto da Costa. “Edu” é suspeito de ter montado uma rede de seguranças da noite que conquistavam e mantinham “território” com recurso à violência e à intimidação dos clientes. Foi ao empresário que Antero Henrique recorreu para entregar a segurança do Estádio do Dragão e do número um do clube.

Afastamento do juiz Agora caberá a Carlos Alexandre decidir quem deve e quem não deve ser pronunciado – e, portanto, quem deve seguir para a fase de julgamento ou ver as acusações de que é alvo serem arquivadas.

Mas isso só acontecerá se o Tribunal da Relação de Lisboa der respaldo ao juiz de instrução e mantiver o magistrado na condução desta fase do processo, ao contrário do que pretende um dos arguidos. Também no início da semana, ao mesmo tempo que Carlos Alexandre começava a receber os primeiros arguidos do processo no Tribunal Central de Instrução Criminal, os desembargadores de Lisboa recebiam da defesa de José Fernando Pinto Dias (conhecido pela alcunha de “Negreto”) um pedido de afastamento do juiz.

Até ao momento, a Operação Fénix passou por quatro pares de mãos. Além de Carlos Alexandre, também os juízes João Bártolo e Ivo Rosa tiveram intervenção no processo (juntamente com outra juíza que compensou as ausências nas últimas férias de Natal dos magistrados).

Arguido continua em fuga No verão de 2015, a Operação Fénix partiu para o terreno. Fez mais de uma dezena de detenções e, nos meses seguintes, constituiu quase 60 arguidos.

Mas houve um que nunca foi encontrado pelas autoridades: Francisco Vasconcelos, acusado de nove crimes entre associação criminosa, exercício ilícito da segurança privada, ofensas à integridade física grave e qualificada (um de cada), extorsão agravada e favorecimento pessoal. Era um dos elementos com responsabilidade na SPDE de Eduardo Silva (um dos homens em quem o empresário depositaria mais confiança). Mas até ao momento, não foi encontrado.

Ao que o i apurou ainda em janeiro deste ano, o homem poderá estar fora do país à espera que o julgamento comece.

Portugal precisa de maior articulação entre a emergência pré-hospitalar, os Serviços de Urgência e as Unidades de AVC

Existem dois indicadores importantes de qualidade no tratamento do AVC agudo que são a percentagem de admissões nas Unidades de AVC (UAVC) e a percentagem de admissões através da Via Verde. Segundo os dados da Direção Geral de Saúde, apenas 62% dos doentes admitidos nos hospitais por AVC são admitidos em Unidades de AVC e menos de 50% (cerca de 43% na média dos últimos 3 anos) dos doentes admitidos na Unidade de AVC são admitidos através da Via Verde.

“Impõem-se planos de reestruturação da urgência e das redes de referenciação do AVC. Impõe-se uma atualização das condições de funcionamento das unidades de AVC e da respetiva hierarquização para efeitos de referenciação, para que o doente certo vá para o centro certo”, afirma Maria Teresa Cardoso, internista e coordenadora do NEDVC.
“De facto está a começar uma nova era no tratamento do AVC agudo e para o maior número de doentes beneficiar dela, é preciso encurtar o tempo desde o início dos sintomas até à realização da terapêutica de reperfusão. Reconhecer o AVC e ligar o 112 é o passo certo nesse sentido”, observa a internista.

Nos últimos anos ocorreu uma redução expressiva do número de óbitos por doença vascular cerebral em Portugal. Também a mortalidade intrahospitalar por AVC isquémico tem vindo a diminuir, apesar de cada vez se morrer mais no hospital e menos no domicílio. No entanto, a taxa de mortalidade por DVC em Portugal continua muito acima da média europeia e esta patologia encontra-se em primeiro lugar como a doença associada a maior produção hospitalar segundo os dados da DGS (Doenças Cérebro-cardiovasculares em números – 2015).

Maria Teresa Cardoso refere ainda que “atualmente está a acontecer uma grande viragem no tratamento dos doentes com acidente vascular isquémico.  Dispomos da trombectomia (retirada do trombo por métodos mecânicos) até às 6 h, com grande eficácia na reperfusão do vaso e independência do doente aos 90 dias.  Mas esta terapêutica só se aplica a um determinado grupo de doentes com AVC isquémico e só está disponível nos grandes centros. Tal como acontece com a trombólise, o tempo é determinante no sucesso do procedimento e na sobrevida do doente com autonomia. À medida que o tempo passa, a elegibilidade do doente para terapêutica endovascular aproxima-se de zero”.

Assim, “colocar o doente certo no hospital certo com a equipa certa resultará num maior  número de doentes elegíveis para este tratamento específico. O objetivo ultimo é aumentar a percentagem de doentes a fazer trombólise e intervenção endovascular”, explica a especialista.
O NEDVC considera que assumem particular relevância neste domínio, fatores de educação na saúde, como o reconhecimento pela população dos sinais de alarme do AVC, o seu entendimento como uma situação potencialmente ameaçadora de vida e da disponibilidade de meios específicos de auxílio ao acionar a Via Verde do AVC, chamando o 112.

Reconhecer os sinais de alerta e chamar de imediato o 112 é crucial para o doente poder usufruir do melhor tratamento e ter maior probabilidade de ficar autónomo. Boca ao lado, dificuldade em falar e perda de força no braço, ou num dos lados do corpo, são os sinais de alerta que não podem ser ignorados nem menosprezados.

Brasil é destino convidado da FIT 2016

Em entrevista ao Ambitur.pt, Carlos Condesso, diretor da Feira Ibérica do Turismo, que se realiza de 5 a 8 de maio, na Guarda, explica que a feira contará, em 2016, com um país convidado – o Brasil. “Apesar de ser uma feira ibérica temos a novidade de ter como o primeiro país convidado o Brasil. Outra das novidades é que, pela primeira vez também, sendo uma feira ibérica, convidámos uma região de Espanha, que é Castilla y Léon, a participar na FIT, ou seja, nesta edição teremos dois convidados de honra”, explicou o responsável, dando conta que, com o Brasil, “queremos já alargar para o “i” de internacional”.

Depois da edição do ano passado “ter sido um sucesso”, a expetativa é que este ano a Feira possa “crescer ainda mais visto que temos aqui outro público ao nível do Brasil e também de Castilla y Léon, que tem mais de dois 2,5 milhões de habitantes que são potenciais visitantes da feira”. Segundo Carlos Condesso, as inscrições, que terminam no próximo dia 21 de março, estão a decorrer “a muito bom ritmo”.”Já temos muito participantes, quer portugueses, quer espanhóis, entre regiões de turismo, hotéis, municípios e empresas e restaurantes. Queremos apostar mais na qualidade e não no crescimento (em espaço). Estamos ligeiramente acima do número de inscrições do ano passado”, explicou.

Afirmando que sendo a FIT “uma plataforma que, estando no interior do país, está equidistante ente Madrid e Lisboa, e que é por isso um sitio privilegiado para fazer negócios e para promover turisticamente, quer Portugal, quer Espanha”, Carlos Condesso chamando a atenção para o facto de os “espanhóis gostarem muito de viajar”. No entanto, e segundo o responsável, “eles voam muito para longe porque ainda não lhes demos a conhecer aquilo que temos próximo deles e aquilo que é o nosso potencial. Esta feira serve para, exatamente, mostrar aquilo que tem melhor Portugal”.

O espaço da FIT conta com uma zona para restauração, a zona de exposição e uma zona ao ar livre para “que as empresas ligadas ao turismo aventura possam também demonstrar os seus produtos”.

Diga-me a sua profissão e dir-lhe-ei como é a sua saúde

Estar o dia todo sentado, usar o computador muitas horas seguidas e ter maus hábitos durante a hora de expediente. A Associação Americana do Coração analisou estes e outros fatores e criou um ranking das profissões mais perigosas para a saúde.

A lista tem ainda por base a comparação dos níveis de pressão arterial, do índice de massa corporal (IMC) do tipo de alimentação dos 5.566 trabalhadores. Eis as piores profissões para a saúde:

1. Condutores de autocarros, comboios e camiões. Os investigadores notaram que as pessoas com esta profissão tendem a fumar e a passar muito tempo sentadas, o que faz com que tenham um maior risco de sofrerem um AVC.

2. Secretários e administradores. Os hábitos alimentares pouco saudáveis e comuns em 68% dos inquiridos fazem desta profissão um atentado para a saúde, uma vez que a este ‘pecado’ juntam-se as horas a fio sem sair da cadeira. As pessoas com empregos sedentários tendem a ter níveis de colesterol elevados, o que impulsiona o risco de problemas de coração.

3. Empregados de restaurantes, cantinas e cafés. Lidam com comida todos os dias, mas são os que pior comem, diz a investigação, revelando que 79% dos inquiridos desta área seguem uma dieta má.

4. Seguranças, polícias e bombeiros. Seja pelos turnos rotativos ou pela falta de tempo para comer, estes profissionais têm, na sua maioria, uma má alimentação, sendo que 90% dos inquiridos mostram-se mais propensos a ter peso a mais ou a serem classificados como obesos. Os níveis elevados de colesterol e a pressão arterial alta são outras duas consequências nocivas deste tipo de emprego.

Entre os mais saudáveis, diz a BBC, estão os gerentes, os freelancers, os profissionais de saúde, os atletas e todos os que trabalhem directamente em comunicação, uma vez que são os que mais exercício praticam e os que mais cuidados têm com a alimentação.

O ranking dos empregos mais ‘amigos’ da saúde é liderado pelos profissionais de fitness.

Mas a profissão não afeta apenas a nível de peso e coração, os ouvidos também sofrem e estes são os empregos mais prejudiciais para a saúde auditiva. De um modo geral – que inclui stress, descanso, alimentação, qualidade e segurança – estas são as profissões mais perigosas.

Cientistas podem ter descoberto forma de recuperar memórias

O estudo, realizado em ratos pelo cientista japonês Susumu Tonegawa, Nobel da Medicina em 1987, mostrou que ao estimular áreas específicas do cérebro com luz azul os cientistas conseguiam que os ratos recuperassem memórias que antes lhes eram inacessíveis.

Os resultados, publicados na quarta-feira, fornecem a primeira prova de que a doença de Alzheimer não destrói as memórias, apenas as torna inacessíveis.

“Como os humanos e os ratos tendem a ter um princípio comum em termos de memória, as nossas conclusões sugerem que os pacientes com doença de Alzheimer, pelo menos nos primeiros tempos, podem também manter as memórias nos seus cérebros, o que significa que existe uma possibilidade de cura”, disse Tonegawa, citado pela AFP.

Os cientistas questionam-se há anos se a amnésia provocada por um traumatismo craniano, o stress ou doenças como o Alzheimer resulta de danos em células cerebrais específicas, o que tornaria impossível recuperar as memórias, ou se em causa está o acesso a essas memórias.

Para tentar comprovar a segunda hipótese, Tonegawa e colegas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos EUA, usaram ratos que tinham sido geneticamente modificados para exibir sintomas semelhantes aos dos doentes de Alzheimer, uma doença degenerativa do cérebro que afeta milhões de adultos em todo o mundo.

Os animais foram colocados numa caixa que tinha uma corrente elétrica baixa a passar no chão, provocando uma sensação desagradável, mas não perigosa, de choque elétrico nos pés.

Um rato não afetado que seja colocado novamente na mesma caixa 24 horas depois fica paralisado de medo, antecipando a mesma sensação desagradável, mas os ratos com Alzheimer não mostraram qualquer reação, sugerindo que não têm memória da experiência.

Quando os cientistas estimularam zonas específicas do cérebro dos animais – as “células de engramas” associadas à memória – usando uma luz azul, os ratos aparentemente relembraram-se do choque.

Além disso, ao examinar a estrutura física dos cérebros dos ratos, os investigadores constataram que os doentes tinham menos sinapses (ligações entre neurónios).

Através da estimulação luminosa repetida, os cientistas conseguiram aumentar o número de sinapses até níveis comparáveis aos dos ratos saudáveis.

A certo ponto, deixou de ser necessário estimulá-los artificialmente para suscitar a reação de terror perante a caixa.

“As memórias dos ratos foram recuperadas através de um meio natural”, disse Tonegawa.

Isto significa “que os sintomas da doença de Alzheimer desapareceram”, acrescentou o neurocientista.

“É uma boa notícia para os pacientes”, congratulou-se o Nobel da Medicina, que no entanto se mostrou prudente: “Num estádio precoce, a doença poderá ser tratada no futuro, desde que se desenvolva uma nova tecnologia que cumpra os requisitos éticos e de segurança.

Os investigadores estimam que a técnica só funcionasse durante alguns meses nos ratos, ou durante dois ou três anos nos humanos, até a doença avançar de tal maneira que eliminasse todos os ganhos.

A Organização Mundial de Saúde estima em 47,5 milhões o número de pessoas no mundo afetadas por demências, 60 a 70% das quais de doença de Alzheimer, que por enquanto é incurável.

É muito provável existirem duas câmaras ocultas em túmulo de faraó

O anúncio foi feito depois de conhecidos os resultados preliminares de análises, efetuadas com radares sofisticados, e vem alimentar a teoria do arqueólogo e egiptólogo britânico Nicholas Reeves, que garante tratar-se da sepultura da lendária rainha Nefertiti, com mais de 3.300 anos.

O ministro Mamduh al-Damati pensa tratar-se da sepultura de uma outra mulher do faraó Akhenaton, pai de Tutankhamon, ou até de uma das filhas.

Os resultados preliminares do estudo do perito japonês Hirokatsu Watanabe mostraram que existem “90% de hipóteses de estarem duas câmaras escondidas atrás do túmulo de Tutankhamon”, declarou o ministro, em conferência de imprensa no Cairo.

“Há espaços vazios” atrás das paredes, “mas não totalmente vazios, contêm materiais orgânicos e metálicos”, acrescentou.

O ministro precisou que investigações aprofundadas vão começar, no final deste mês, no túmulo situado no vale dos Reis, nas margens do rio Nilo, em Luxor.

Ao contrário do que aconteceu em necrópoles de outros faraós, quase todas pilhadas, a de Tutankhamon, descoberta em novembro de 1922 pelo arqueólogo britânico Howard Carter, continha mais de cinco mil objetos intactos, muitos em ouro maciço, com 3.300 anos.

Akhenaton era o pai de Tutankhamon. Nefertiti era a principal mulher, mas não a mãe de Tutankhamon, e exerceu uma forte influência durante o reinado do marido.

Cetelem confia NOTAS EM DIA à Cofina Conteúdos

Em www.notasemdia.pt, os internautas podem encontrar dicas práticas para o dia-a-dia sobre poupança e gestão orçamental, assim como uma ferramenta de check up financeiro. Lifestyle, Casa, Motores e Gadgets são os temas em destaque no NOTAS EM DIA, projeto desenvolvido, em conjunto, pelo Cetelem e pela Cofina Conteúdos.

Este novo projeto está enquadrado na estratégia de marketing e comunicação do Cetelem e na sua política de Responsabilidade Social. Com o apoio da Cofina Conteúdos, a empresa especializada na concessão de crédito pretende disponibilizar, a todos os consumidores, ferramentas úteis para uma boa gestão do orçamento familiar e, assim, contribuir para uma sociedade mais informada e responsável.

«Enquanto empresa de concessão de crédito, sentimos que é nosso dever dotar os consumidores de instrumentos que lhes permitam gerir o seu orçamento da melhor forma. Através do NOTAS EM DIA, o Cetelem pretende partilhar dicas úteis e eficazes que possam facilmente ser implementadas pelos portugueses no seu no dia-a-dia», explica Diogo Lopes Pereira , diretor de marketing do Cetelem.

«Construir soluções 360º de conteúdos perfeitamente alinhados com os interesses do Cetelem são os desafios que queremos na Cofina Conteúdos. Integrar soluções de imprensa, digital, vídeo e amplificá-las através do grupo de comunicação líder em Portugal é o que nos propomos oferecer aos nossos clientes e foi o que fizemos em conjunto com o Cetelem», afirma Hernani Gomes, director geral comercial da Cofina.

Além da plataforma digital e respetivos conteúdos, a proposta foi valorizada com a amplificação dos conteúdos dentro do universo Cofina, empresa líder na imprensa em Portugal, no digital e que, em 2013, lançou a CMTV, actual líder nos canais de informação do Cabo.

Roubar fotografias privadas é fácil. Só é preciso o YouTube

Ontem, Ryan Collins foi considerado culpado pelo conhecido caso ‘Celebgate’ ou ‘Fappening’ que, em 2014, publicou fotografias privadas, maioritariamente íntimas, de várias famosas como Jennifer Lawrence e Kate Upton.

Collins, de 36 anos, entrou em, pelo menos, 50 contas do iCloud, da Apple, e 72 contas do Gmail e, em tribunal, afirmou que não precisou de grandes técnicas de hacking para ter acesso às contas das celebridades.

O homem explicou que, simplesmente enviou emails como se fosse a Apple e a Google e pediu as informações de acesso às suas contas, algo que acabou por receber. Para tal ser feito, explica a Forbes, basta uma pequena pesquisa no YouTube sobre phishing e tem todo o tutorial para o fazer.

EMPRESAS