Inicio Autores Posts por Elisabete Teixeira

Elisabete Teixeira

3645 POSTS 0 COMENTÁRIOS

“Por Falar Noutra Coisa”, já conhece a nova campanha digital do Banco BNI Europa?

Em parceria com o humorista de stand-up e blogger de “Por Falar Noutra Coisa”, Guilherme Duarte e outros atores convidados, foram criados um conjunto de sketches, muitos deles gravados nas próprias instalações do Banco BNI Europa e que vão ser divulgados exclusivamente em plataformas digitais como o Facebook, Instagram e Youtube.

Pelo seu caráter de entretenimento a mensagem publicitária acaba por entrar naturalmente. Brincadeiras sobre a utilização de apps ao invés da forma tradicional de pagar contas e resolver questões burocráticas são abordadas de forma leve e divertida.

A campanha tem como peças principais seis sketches protagonizados pelo humorista e que vem de encontro ao que a Puzzle já tem vindo a comunicar em campanhas anteriores, onde se tem apresentado como a marca de crédito ao consumo realmente inovadora e com um processo de pedido de crédito 100% digital, claramente o oposto dos processos tradicionais, que implicam deslocações e muita papelada.

O primeiro sketch divulgado hoje mostra a negociação entre responsáveis da Puzzle e o Humorista para a sua contratação, ele que diz que “não se vende ao capitalismo (…) mas que é um homem digital”.

Para Guilherme Duarte “Foi um desafio interessante e a primeira vez que uma marca me abordou sem preconceitos humorísticos e me deixou fazer o meu trabalho sem censura.

Guilherme Duarte, Humorista

Confiaram em mim e na forma como eu brinco com os temas que, para eles, podem ser sensíveis devido ao mercado muito formal onde estão inseridos. É bom ver marcas que arriscam e que querem bom conteúdo e não só visibilidade. Ah, e pagaram-me bem, também é muito por isso que isto aconteceu”.

Para Gonçalo Santos, Diretor de Crédito Online do Banco BNI Europa, “O que quisemos com esta campanha foi criar um conteúdo que tivesse de facto valor enquanto entretenimento para os nossos potenciais clientes, ao mesmo tempo que passasse algumas mensagens que têm a ver com o posicionamento único da nossa marca. Cremos que esse objetivo foi plenamente conseguido. Estamos muito contentes com o resultado.”

Hoje foi lançado o primeiro sketch, ao qual se seguirão os seguintes com uma cadência semanal.

Para ver os sketches:
Youtube – https://www.youtube.com/watch?v=AUxrLyp0xFU
Instagram – https://www.instagram.com/creditospuzzle/
Facebook – https://www.facebook.com/CreditosPuzzle

PUZZLE: Créditos que encaixam contigo
A PUZZLE, marca do Banco BNI Europa, é uma plataforma de crédito totalmente online, focada no crédito ao consumo e que nasceu para agilizar e revolucionar a forma como se concede crédito em Portugal.

Com diferentes prazos de pagamento, pretende ser uma resposta rápida a pequenas necessidades de crédito, que podem ser satisfeitas de forma desburocratizada, simples e rápida. Em apenas alguns minutos o processo de concessão do crédito poderá ser concluído pelo cliente, permitindo que, num prazo até 24 horas após a aprovação do mesmo, o cliente tenha o dinheiro na conta à ordem do seu Banco habitual.

Assente numa tecnologia de vanguarda, qualquer processo é 100% online, confidencial, responsável e seguro.

Com a PUZZLE, a partir de agora obter um crédito é fácil, rápido e simples. É por isso, e por outras razões, que os nossos créditos encaixam contigo.

Site: https://www.puzzle.pt/pt/

Banco BNI Europa
O Banco BNI Europa é uma referência internacional como “Challenger Bank” baseando a sua estratégia numa arquitetura aberta e diferenciada. Este posicionamento permite ao Banco BNI Europa destacar-se na nova geração de bancos europeus “Fintech” e continuar com taxas de crescimento significativas.

Neste contexto, o Banco BNI Europa tem vindo a especializar-se na gestão de soluções alternativas de captação de depósitos e concessão de créditos, tendo já estabelecido parcerias com 18 Fintech Europeias atuando nomeadamente na Alemanha, Reino Unido, Holanda, Áustria, França e Bélgica. Esses produtos de crédito incluem crédito ao consumidor, empréstimos a estudantes, crédito para PME’s, empréstimos de ponte de factoring e imobiliários.

Resultante da sua plataforma digital e processos de baixo custo com produtos inovadores, em 2018 o Banco BNI Europa foi premiado, na categoria Banco Digital com os Prémios “Escolha do Consumidor” e “Prémio Cinco Estrelas”. O Banco BNI Europa foi também distinguido em 2018 como “Bank of the Year in Portugal” e “Most Innovative Bank of the Year in Portugal” pelo The European, “Best Digital Bank in Portugal” pelo Global Banking & Finance News magazine and “Most Innovative Digital Bank in Portugal” no Corporate Excellence Awards 2018.

Os prémios mencionados são da responsabilidade das entidades que os atribuíram.

MELOM é a marca preferida dos consumidores

Através de uma metodologia de avaliação rigorosa a 774 marcas, divididas por 155 categorias, a MELOM obteve a melhor avaliação por parte dos seus utilizadores, auferindo em 2019 uma avaliação superior a 2018, em critérios como a “Disponibilidade“, “Cumprimento de Prazos” e “Intenção de Compra”.

“Estamos realmente orgulhosos de assistir, pelo segundo ano consecutivo, ao reconhecimento da MELOM enquanto marca eleita pelos consumidores. A MELOM nasceu e existe para oferecer um serviço profissional e de confiança, mostrando aos clientes que é possível entregarem-nos as suas obras e esperarem um resultado seguro e de qualidade. Este prémio vem reforçar que os nossos clientes reconhecem a nossa promessa e dá-nos ainda mais força de continuar a oferecer um serviço em que os clientes podem confiar, com a convicção de que continuaremos a trabalhar para profissionalizar o setor”, comenta João Carvalho, diretor-geral da MELOM.

A atribuição do Prémio Cinco Estrelas resulta da avaliação feita por consumidores finais ou por profissionais, em três situações distintas e complementares: Comité de Avaliação; Testes de Experimentação e Questionários de Avaliação Massificada. O Prémio está aberto a todos os produtos e serviços disponíveis no mercado nacional, destinados a consumidores ou a profissionais, independentemente da sua data de lançamento no mercado.

O Prémio foi concebido e é implementado pela U-Scoot, empresa que conta com uma vasta experiência em projetos de certificação nacionais e internacionais há mais de 13 anos, tendo sido responsável pela gestão dos principais selos de certificação atualmente existentes no mercado nacional.

O Prémio Cinco Estrelas 2019 junta-se às distinções atribuídas à MELOM entre elas quatro prémios de franchising (start-up do ano, inovação, inovação produto/serviço e expansão), o Prémio Cinco Estrelas 2018 e, em 2016 e 2017, o Marktest Reputation Index na categoria obras em casa.

Roupas eletrónicas preparam-se na Universidade de Aveiro para ditar a moda

Fibra têxtil com pixel luminoso incorporado

Atualmente, as roupas eletrónicas são fabricadas através da colagem de dispositivos nos próprios tecidos, tornando-os rígidos e suscetíveis de se estragarem com facilidade. Este trabalho, desenvolvido em parceria entre o CICECO – Instituto de Materiais de Aveiro (uma das unidades de investigação das UA), o centro de investigação em têxteis CENTEXBEL (Bélgica) e a Universidade de Exeter (Inglaterra), integra os dispositivos eletrónicos no tecido, revestindo fibras eletrônicas com componentes leves e duráveis que permitirão que imagens e sinais luminosos sejam mostrados pelo próprio tecido.

Fibras têxteis com pixels luminosos incorporados

 

Os investigadores garantem que a descoberta pode revolucionar a criação de dispositivos eletrónicos vestíveis para uso numa variedade de aplicações diárias, seja no simples acesso ao email através da roupa, seja na monitorização do estado de saúde através de sensores que permitem medir, por exemplo, a frequência cardíaca e a pressão arterial, e avisar quando algo está mal.

“É uma técnica que permite integrar dispositivos baseados em grafeno diretamente em fibras têxteis, mantendo o aspeto, flexibilidade e toque do tecido. Para já, criámos sensores de toque, tal como os usados nos écrans sensíveis ao toque, e dispositivos que emitem luz”, explica Helena Alves, investigadora do CICECO.

A coordenadora do trabalho realizado na UA garante que “a combinação destes dispositivos permite, por exemplo, criar ‘touch-screens’ em tecidos ou objetos revestidos com têxteis, para visualizar informações”. E como os dois dispositivos foram fabricados usando métodos compatíveis com métodos e requisitos industriais, torna possível a respetiva produção industrial.

100 Anos da Faculdade de Letras da Universidade do Porto

A Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) comemora este ano o centenário da sua criação, plasmada na Lei nº 861, de 27 de agosto de 1919. Desde essa data até à atualidade o percurso da FLUP não foi linear e contínuo. A sua trajetória de vida acompanhou as vicissitudes da história política portuguesa tendo sofrido uma interrupção de três décadas, o que faz com que a sua história se divida em duas fases: a 1ª, de 1919 a 1928, altura em que a FLUP foi mandada encerrar pelo governo da Ditadura Militar; e a 2ª, de 1961, ano em que foi restabelecida, até à atualidade.

Para assinalar o centenário foi preparado um programa diversificado, que se desenrolará ao longo do ano de 2019, e que já se iniciou no passado dia 18 de janeiro com a primeira conferência do ciclo “Conferências do 19”. Este ciclo terá 12 palestras mensais, todas incidindo sobre os saberes e as disciplinas que, ao longo dos anos, têm sido a marca identitária da FLUP. As conferências terão lugar em instituições culturais da cidade, precisamente porque se pretende mostrar que a FLUP está aberta à comunidade e forma pessoas que têm um papel insubstituível na sociedade dos nossos dias.

As comemorações contarão também com um Colóquio Internacional, intitulado “As Letras entre a tradição e a inovação”, a ter lugar nos dias 25 e 26 de junho, o qual pretende promover a reflexão sobre: as Humanidades e as Ciências Sociais e suas relações com outros saberes de matriz científica no espaço académico, mas também em outros espaços de vivência social; os múltiplos desafios que hoje se colocam fruto do digital e seu impacto na Universidade; os modos como se organizam as Humanidades e as Ciências Sociais nas instituições universitárias e as consequências daí decorrentes.

É de salientar ainda a exposição “Culturas e Geografias: 100 anos da Faculdade de Letras da Universidade do Porto”, que estará patente ao público depois do verão no Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto. Pretende-se dar a conhecer o valioso espólio que constituiu o acervo museológico da Faculdade de Letras, na sua primeira fase de vida, o qual é formado por coleções de distintas culturas e geografias, que remontam às primeiras civilizações da história da humanidade, mas que também incluem um interessantíssimo espólio etnográfico, único no nosso país. Trata-se de um vasto acervo, enviado pelos museus de Berlim em troca de uma coleção assíria aprisionada no contexto da 1ª Guerra Mundial, que vai ser estudado e criteriosamente selecionado por especialistas nacionais e estrangeiros para a exposição.

Até final do ano espera-se também concretizar a inauguração do Centro de Estudos da Cultura em Portugal da Universidade do Porto, no Palacete Burmester, onde ficará instalado o valioso fundo documental (biblioteca e arquivo) de Vasco Graça Moura, que foi entregue à Faculdade de Letras em 2016. Tendo sido inventariado no seu habitat original, em Almeirim, foi recentemente transferido para o Porto e será acondicionado no Palacete Burmester logo que as obras de requalificação do edifício estejam concluídas. A este fundo documental se juntarão outros, como é o caso das obras de Linguística que pertenceram a Óscar Lopes e que já foram doadas à FLUP ou outros acervos, em formato digital, que também foram entregues para estudo e investigação. Este Centro de Estudos será, certamente, um organismo vivo que promoverá o conhecimento e a divulgação das múltiplas facetas da cultura portuguesa, em estreita relação com as Unidades de Investigação da FLUP e com outros centros e investigadores nacionais e estrangeiros, procurando contribuir para o aprofundamento da compreensão do património literário e cultural português que emerge da produção escrita de caráter humanístico.

Complementarmente a estas iniciativas de maior relevo, as comemorações integrarão também outros eventos, designadamente exposições bibliográficas, documentais e virtuais (online), e momentos de convívio, agregadores de toda a comunidade académica. Na página web da FLUP é possível acompanhar os eventos comemorativos (http://blogs.letras.up.pt/100anosflup/).

Será um ano de festa e de celebração, mas também uma oportunidade para a FLUP refletir sobre si própria, o seu papel na sociedade e as estratégias para o futuro, numa lógica de renovação, embora não perdendo nunca de vista a sua matriz identitária.

Fernanda Ribeiro, Diretora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Siren está de regresso ao SYFY

SIREN vai regressar à tua televisão já no próximo dia 31 de janeiro, com uma segunda temporada repleta de novidades bem fresquinhas!

Tudo começou no ano passado, em Bristol Cove, quando Ryn, uma misteriosa rapariga, apareceu em busca da sua irmã. Mais tarde descobre-se que não ela é uma rapariga comum, mas sim uma criatura mágica, uma sereia…

Na segunda temporada, um novo grupo de sereias invade Bristol Cove – estarão à procura de vingança, ou haverá algo terrível a expulsá-las do mar? Os investigadores Ben e Maddie continuam a aliar-se a Ryn, na tentativa de a proteger e ainda salvar toda a sua civilização. Com os novos episódios que se avizinham, vamos poder mergulhar mais profundamente na mitologia das sereias, enquanto continuamos a explorar as relações que se forjaram na primeira temporada.

Continua a deixar-te encantar pelas sereias e não percas a estreia da segunda temporada de SIREN, já no dia 31 de janeiro, às 22h15, só no SYFY!

Video no Facebook:

https://www.facebook.com/SYFYPT/videos/247434499271165/

Toda a informação sobre estas séries e filmes está disponível na página web do SYFY, ou no Facebook e Instagram do canal.

Estas séries e filmes poderão ser visualizados nos seguintes operadores de televisão por cabo:

MEO: SYFY HD: Posição 86 // SYFY: Posição 87

NOS: SYFY HD: Posição 90

NOWO: SYFY HD: Posição 347 // SYFY: Posição 47

VODAFONE TV: SYFY HD: Posição 101 // SYFY: Posição 102

Sobre Universal Networks International

 A Universal Networks International, divisão global de canais da NBC Universal, é um dos maiores distribuidores mundiais de entretenimento, marcando presença com conteúdos atrativos e de qualidade em 176 países da Europa, Médio Oriente, África, America Latina, Ásia e Pacífico. Do seu leque de canais fazem parte os canais Universal Channel, SYFY, Calle 13 Universal, Studio Universal, E! Entertainment Television, The Style Network, DIVA Universal e Golf Channel. Estes canais únicos proporcionam várias hipóteses de entretenimento a diferentes públicos, independentemente da sua localização. A Universal Networks International também detém o canal Movies 24 e tem uma participação maioritária na parceria que gere o canal Kidsco.

 

A Universal Networks International faz parte da NBC Universal, uma das empresas mundiais líder em produção, desenvolvimento e comercialização de entretenimento, notícias e informação. A Comcast Corporation é a proprietária da NBC Universal, detendo a maioria das ações (51%), enquanto a General Electric conta com os restantes 49%.

Nova loja iStore no NorteShopping

Com uma grande diversidade de produtos e acessórios Apple, na nova loja iStore os visitantes do NorteShopping podem aceder aos produtos oficiais da marca e usufruir de uma experiência única.

A inauguração está marcada para as 16h00, mas a festa começa antes. Para captar a atenção de todos os visitantes, haverá uma performance em jeito de warm up que não vai deixar ninguém indiferente. E é depois do cair do pano que a música toma conta da nova loja, com um showcase dos The Gift marcado para as 16h30, seguindo-se uma sessão de autógrafos com os artistas.

E as surpresas neste dia não ficam por aqui. Haverá ainda o sorteio de um iPhone Xs, dois vales iStore e powerbanks para todos os interessados. Neste dia, os visitantes da loja poderão ainda usufruir de uma oferta exclusiva de 20% de desconto em todos os artigos Apple (10% de desconto direto e 10% em vale iStore).

A nova loja iStore apresenta um estilo moderno e inovador e foi desenvolvida com o objetivo principal de proporcionar a todos os visitantes o melhor atendimento e uma experiência Apple única. Neste espaço, os mais curiosos poderão conhecer o ecossistema da marca, os seus últimos lançamentos, acessórios, ofertas especializadas e ainda ter acesso a diversos serviços exclusivos como reparação de vidros, workshops e formações. A nova loja iStore disponibiliza ainda um centro de assistência autorizado para reparações.

É já a partir de dia 19 de janeiro que os visitantes do NorteShopping poderão visitar a nova loja iStore que oferece o melhor do mundo Apple num espaço melhor, no Piso 0 do Centro, junto à Praça da Indústria.

Presente e futuro da saúde respiratória serão debatidos no IX Congresso da Fundação Portuguesa do Pulmão

 

Nesta reunião magna serão discutidas as doenças respiratórias que têm atualmente um maior impacto social, nomeadamente o cancro do pulmão e a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), que integram a lista das doenças com maior mortalidade em Portugal, e ainda o impacto da genética e do ambiente na saúde respiratória.

Adalberto Campos Fernandes, ex-ministro da Saúde, estará presente na conferência de encerramento deste evento, na qual irá abordar o futuro da saúde em Portugal, sob o tema “Saúde 2030”.

Neste congresso onde serão apresentados e discutidos dados sobre o presente da saúde respiratória e ideias para construir um melhor futuro para a saúde em Portugal, a Fundação Portuguesa do Pulmão reforça a importância do diagnóstico precoce da DPOC, propondo a realização de espirometrias a todos os fumadores antes dos 40 anos de idade e debatendo a possibilidade de modificar a epidemiologia desta doença.

O congresso incluirá um painel sobre o cancro do pulmão, onde será feito um balanço da evolução do diagnóstico e tratamento desta doença oncológica, mas também apresentada a visão do futuro que os profissionais de saúde têm para esta patologia. Jorge Cruz, presidente do evento e moderador do painel, destaca: “o cancro do pulmão, se diagnosticado numa fase inicial, já não é uma sentença de morte, porque quando os doentes são operados numa fase precoce da doença os resultados são bons. Atualmente é possível tornar o cancro do pulmão numa doença crónica, tratada de forma individualizada de acordo com a genética de cada cancro, graças à imunoterapia e às terapêuticas-alvo”.

A de­ficiência de alfa 1 antitripsina (doença genética rara) também será debatida neste congresso, bem como o ambiente enquanto causa importante de doenças respiratórias, dando-se destaque à relação causa-efeito entre o amianto e o mesotelioma, o mais grave tumor maligno da pleura, e reforçando-se a necessidade de remover o amianto dos vários edifícios públicos e privados que ainda contêm este material perigoso na sua estrutura.

José Alves, presidente da FPP, sublinha que “este congresso é mais um esforço da FPP de, através da reunião de um painel de especialistas de qualidade na saúde respiratória, continuar a missão de informar, alertar, proteger e contribuir para a saúde respiratória dos portugueses”.

O Congresso é aberto a todos os profissionais de saúde, doentes, estudantes, associações e à sociedade civil, sendo necessário fazer inscrição grátis, através do preenchimento deste formulário. O programa completo pode ser consultado aqui.

 

Mais 8 novos destinos no Verão com a Air France

4 novos destinos a partir de Paris-Charles de Gaulle no Verão de 2019 

  Número máximo de voos semanais Desde Até Avião 
Heraklion 3 17 Julho  

 

 

1 de Setembro

A319
Palermo 4 18 Julho A319
Olbia 4 15 Julho Embraer 190
Split 4 16 Julho A318 / A319

 

4 destinos em continuação do Verão de 2018 a partir de Paris-Charles de Gaulle

A Air France está ainda a ampliar e a intensificar a frequência das suas ligações para Cagliari*, Dubrovnik, Ibiza e Bari a partir de Paris-Charles de Gaulle, operadas já em 2018. Mais, esses quatro destinos vão ser servidos todos os fins-de-semana durante o Verão de 2019.

  Número máximo de voos semanais Desde Até Avião  Evolução da oferta de lugares **
Bari 7 2 Abril  

 

 

26 de Outubro

A319 / A320 +40%
Cagliari 8 13 Abril Embraer 190 & Embraer 175 +14%
Dubrovnik 5 6 Abril A319 / A320 +150%
Ibiza 7 13 Abril A318 +130%

 

Heraklion, cidade helénica 

Heraklion, capital de Creta é o ponto de partida ideal para descobrir esta ilha embalada pelos raios do sol. Com casas caiadas de branco, belas praias de areia e seixos e uma flora excecional, esta ilha é uma ode ao hedonismo.

Palermo, sol pleno 

Ao longo dos séculos, muitas culturas – nomeadamente romanas, árabes, púnicas e normandas – moldaram Palermo. Deste mosaico de culturas nasceu uma cidade de aparência harmoniosa e barroca. Palazzi, igrejas e edifícios de arquitetura árabe-normanda imbuídos pelo barroco vão deliciar tanto os estetas como os apaixonados pela história. Palermo é uma cidade cuja beleza não gera nenhum debate. É possível deambular pelas suas ruelas como se de um poema se tratasse. A costa acidentada oferece diversas praias com águas azuis e verdes embaladas por um sol generoso.

Olbia, a feliz 

Olbia, que significa «felicidade» em grego, é o ponto de partida para conhecer a Sardenha, as suas águas azul-turquesa, a sua terra selvagem. A Sardenha, a segunda maior ilha do Mediterrâneo, é influenciada pelas culturas fenícia, romana, genovesa e espanhola, entre outras. Esta terra, com uma geografia que vai das colinas onde se pode ouvir o assobio do pastor da Sardenha até às suas margens envolvidas por águas ainda azul-turquesa, é certamente um dos nossos mais belos convites para viajar.

Split, entre praias e palácios

Praias de areia e uma água azul-turquesa, um centro histórico que abriga sumptuosos monumentos e um porto para levantar âncora e zarpar para as belas ilhas da Dalmácia: é este o retrato de Split. Segunda cidade da Croácia, situada na costa, vai encantar os amantes de praias. A cidade é também rica em património cultural e arquitetónico. Abriga, em particular, o Palácio de Diocleciano, imponente monumento erigido no Império Romano e inscrito na lista do património mundial da UNESCO.

*voos operados pela HOP! Air France

**em relação ao Verão de 2018

MSC Cruzeiros é Cinco Estrelas pelo segundo ano consecutivo

Num estudo de mercado dividido em 155 categorias, que reuniu 774 marcas, e permitiu distinguir 116 vencedores, a MSC Cruzeiros foi considerada pelos portugueses extraordinária e a única marca Cinco Estrelas na categoria cruzeiros. Os vários aspectos avaliados, com grande destaque para a excelente classificação obtida nos critérios Satisfação pela Experimentação e Intenção de Recomendação, que atingiram 8,24 e 8,73 pontos respectivamente (numa escala de 1 a 10), obtendo assim uma satisfação global de 78%.

Esta distinção vem, uma vez mais provar, que umas férias a bordo de um navio MSC Cruzeiros é uma experiência representada e distinguida pela qualidade e excelência. Cada moderno e inovador navio da frota MSC Cruzeiros oferece uma experiência de férias única e incomparável, sempre com gastronomia autêntica e internacional, entretenimento premiado, repleta de descontração, alojamento confortável, bem como um excelente serviço e dedicação com opções para toda a família.

O Prémio Cinco Estrelas é um sistema de avaliação de produtos, serviços e marcas que mede o grau de satisfação global que conferem aos seus utilizadores, tendo em conta os 5 principais critérios que influenciam a sua decisão de compra ou adesão (Satisfação pela experimentação, Relação Preço-qualidade, Intenção de compra ou recomendação, Confiança na marca e Inovação), em 3 situações distintas e complementares: Comité de Avaliação; Testes de Experimentação e Questionários de Avaliação Massificada. Utiliza a metodologia mais completa e rigorosa do mercado, aplicando diferentes técnicas de recolha de informação, de acordo com os diferentes produtos e serviços e o respectivo perfil do seu público-alvo, sendo que as últimas fases são coordenadas por entidades especialistas na área dos estudos de mercado.

Porque é que os animais têm caudas com diferentes tamanhos?

Nos animais vertebrados, o desenvolvimento do corpo faz-se progressivamente ao longo de um eixo antero-posterior, começando pela cabeça e terminando na cauda. O elemento chave para que este desenvolvimento aconteça com normalidade são umas células precursoras que originam de forma ordenada todos os tecidos e órgãos do nosso corpo. Para tal, tem de haver uma grande sincronização ao nível dos genes que desempenham um papel em cada passo do desenvolvimento.

Os resultados da equipa do IGC mostraram que o que determina que as células precursoras estejam a fazer as estruturas e órgãos residentes no tronco ou comecem a fazer a cauda é uma mudança nos genes que regulam a atividade dessas células. “Da minha perspectiva, uma das descobertas mais importantes do nosso trabalho é que o grupo de células precursoras que forma tanto as vértebras como a medula espinhal é regulado por redes genéticas diferentes em duas fases consecutivas do desenvolvimento”, diz Moisés Mallo.

Os investigadores descobriram que o comprimento da cauda é regulado por um equilíbrio de forças entre os genes Lin28, que promovem o crescimento das células percussoras da cauda, e os genes Hox13 que param a expansão destas células. Este equilíbrio é regulado por um outro gene, o Gdf11. Assim, quando aumentaram a atividade de Lin28 nos progenitores, os ratinhos tinham caudas mais compridas, mas quando estimularam a atividade dos genes Hox13, os ratinhos perderam as caudas. “Ainda que neste trabalho as variações no comprimento da cauda tenham sido obtidas de forma experimental é possível que o tamanho das caudas em diferentes animais possa resultar de como é estabelecido o equilíbrio entre os genes que controlam o crescimento desta estrutura”, conclui Moisés Mallo.

Estes resultados foram corroborados pelo trabalho de uma outra equipa de investigação da Harvard Medical School, que vai ser publicado no mesmo número da revista Developmental Cell. Estes investigadores ao estudarem o papel do gene Lin28 num contexto de indução de cancro, observaram que ratinhos com excesso de atividade desse gene tinham caudas muito longas.

O estudo liderado por Moisés Mallo foi conduzido no Instituto Gulbenkian de Ciência em colaboração com investigadores da Universidade de Genebra e da École Polytechnique Federale de Lausane, Suíça. Este trabalho foi financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, pela Universidade de Genebra e pelo Fundo de Investigação Nacional Suíço.

Legenda: Os esqueletos de ratinhos normais têm uma cauda com 31 vértebras (esquerda), a cauda de ratinhos em que se aumentou a atividade do gene Hoxb13 tem poucas vértebras (centro), enquanto que a cauda de ratinhos em que se aumentou a atividade do gene Lin28a tem 36 vértebras (direita).

 

*Developmental Cell, Aires et al: “Tail bud progenitor activity relies on a network comprising Gdf11, Lin28 and Hox13 genes.” https://www.cell.com/developmental-cell/fulltext/S1534-5807(18)31072-4 DOI: 10.1016/j.devcel.2018.12.004

EMPRESAS