Inicio Autores Posts por Elisabete Teixeira

Elisabete Teixeira

3857 POSTS 0 COMENTÁRIOS

IEBS apresenta seu inovador MBA em Digital Business

As empresas digitais necessitam de profissionais com uma formação específica e multidisciplinar, que sejam ágeis, flexíveis e que capazes de adaptar-se às rápidas mudanças do mercado.

O MBA em Digital Business se apresenta como um potente programa que engloba todas as áreas necessárias para o que o aluno possa pôr em prática o processo de digitalização em empresas e ser capaz de gerenciá-la, desenhando estratégias de crescimento, através de sólidos conhecimentos sobre modelos de negócio e organização, planejamento estratégico e financeiro, agilidade, marketing, internacionalização e liderança.

As competências adquiridas pelos estudantes do programa serão: Estratégia Empresarial, Lean Startup, Desenvolvimento Ágil de Produtos, Crescimento Exponencial, Marketing, Recursos Humanos, Gestão e Comercialização de Produtos, Logística, Finanças, Legislação, Business Analytics, Mercados Internacionais.

A IEBS tem formado, desde 2010, mais de 85.000 profissionais, tornando-se referência entre as escolas de negócios, com alunos em posições de liderança em empresas de grande relevância como TIM, Banco Santander, Everis e Telefônica.

O corpo docente é formado por uma combinação de especialistas portugueses e brasileiros, com o objetivo de combinar o melhor de cada mercado. Entre os destaques estão Arthur Paredes, publicitário com mais de 18 anos de atuação no marketing digital, Juan Diego Polo, CEO da PoolDigital e editor do WWWhatsnew.com, Carlos Renato Rocha, sócio-diretor de criação da Arcos Comunicación, ou Cristina Balari, Consultora em Business Design e Inovação Criativa na Fundación CEDDET.

A IEBS também oferece aos seus alunos bolsas de estudo para facilitar o acesso à formação especializada. As bolsas são concedidas através de uma seleção e cujo objetivo é acelerar a transformação digital em setores profissionais mais desfavorecidos, cobrindo até 40% do valor do programa escolhido.

A Cerealto Siro Foods audita o seu modelo de gestão em sustentabilidade

A auditoria, executada pela AENOR, avaliou a atuação da empresa em mais de 100 aspetos em matéria económica, ambiental e social, com base nos princípios básicos de sustentabilidade integral indicados no Decálogo.

A Cerealto Siro Foods obteve uma pontuação final de entre 81-86% em 100, destacando-se como principais pontos fortes os aspetos de: Conduta Ética, Investigação, Inovação e Desenvolvimento, Economia Circular e Gestão de Resíduos, Gestão de Pessoas e Diversidade, Gestão de Grupos de Interesse, Cadeia de Abastecimento e Economia Local.

O seu desempenho final na avaliação é reflexo de um modelo de gestão da sustentabilidade que se baseia na criação de relações de confiança e incorporação das expetativas de cada um dos seus grupos de interesse: Clientes, Colaboradores, Fornecedores, Sociedade e Capital; garantindo um equilíbrio entre o crescimento económico e o cuidado com o meio ambiente e bem-estar da sociedade.

As linhas estratégicas nas quais a Empresa focará os seus esforços em matéria de sustentabilidade nos próximos anos são: o desenvolvimento de produtos mais nutritivos e acessíveis para todos os consumidores, a promoção da diversidade e inclusão de coletivos em risco de exclusão social, o impulso de um modelo de agricultura sustentável com o setor primário e a implementação da economia circular no seu modelo de gestão. Estas estão relacionadas diretamente com seis dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Destacamos que, através da Fundação Grupo Siro, articula-se grande parte das iniciativas sociais da organização, e esta conta com 5% de participação do Grupo Cerealto Siro Foods.

O Decálogo de Sustentabilidade é uma ferramenta impulsionada pelo MAPA para a melhoria da competitividade da indústria alimentar em Espanha. O Decálogo é formulado com base em princípios básicos que representam um compromisso voluntário para as empresas com a melhoria permanente do seu desempenho nesta matéria.

Sobre a CEREALTO SIRO FOODS

A Cerealto Siro Foods, nascida da integração do Grupo Siro e da Cerealto, é uma empresa multinacional fabricante de produtos de alimentação para retailers e empresas de marketing de alimentação.

O novo Grupo apresenta dados consolidados ao fecho do exercício 2018 superiores a 600 milhões de euros de faturação e uma produção superior a 400 000 toneladas. Tem atualmente uma equipa de mais de 4800 pessoas distribuídas em 17 centros de produção localizados em Espanha, Portugal, Itália, Reino Unido e México, além de uma equipa comercial nos Estados Unidos.

A Empresa está fortemente comprometida com o desenvolvimento das comunidades onde está presente e a integração de pessoas em risco de exclusão social, que representam mais de 12% do quadro de pessoal.

Jornalista da RTP vence primeira edição do prémio de jornalismo “GSK Vacinas: a face visível da prevenção”

© ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS

“Numa altura em que disparam os casos de sarampo em todo o mundo devido à falta de vacinação, com o aumento da mortalidade e sequelas e em que percebemos que, até em países como Portugal, com taxas de vacinação acima dos 95%, o risco persiste devido à fácil mobilidade de pessoas e a movimentos anti-vacinação contraproducentes e atentatórios da saúde pública, considero da maior importância o destaque que a GSK decidiu dar à área da vacinação, com sensibilização e incentivo aos media. Esta é uma causa de todos, que nos toca a todos e à qual todos nos devemos empenhar. A comunicação social tem aqui um papel de serviço público incontornável, de literacia em saúde e, consequentemente, assim faz parte da solução. Essa causa foi o móbil que motivou a reportagem agora premiada e que é mais um contributo no combate a doenças para as quais há vacinas cientificamente comprovadas”, explica Paula Rebelo.

O Prémio de Jornalismo “GSK Vacinas: a face visível da prevenção” foi lançado em abril de 2018, com o objetivo de distinguir trabalhos jornalísticos, cujo conteúdo abordasse aspetos relevantes relacionados com a mais-valia da vacinação e a importância da mesma na prevenção de patologias. Os critérios de avaliação foram a coerência com os objetivos da iniciativa, criatividade, investigação, relevância e qualidade geral do trabalho jornalístico.

Os membros do júri destacam no trabalho vencedor, “a atualidade do tema, a relevância e o interesse público. Adicionalmente, a abrangência de pontos de vista considerados, bem como as diferentes perspetivas apresentadas, demonstram uma preocupação clara em reunir informação factual e objetiva, que contribua para esclarecer a opinião pública relativamente a um tema tão pertinente”.

“As vacinas não salvam vidas, mas a vacinação sim. A vacinação é uma das principais conquistas da ciência e o seu impacto na saúde pública é enorme, sendo uma das intervenções mais custo-efetiva no setor da saúde. Numa altura em que tanto se fala de uma maior aposta na prevenção, é importante debater o que pode ainda ser feito para fortalecer o Programa Nacional de Vacinação, um dos maiores ativos do Serviço Nacional de Saúde e com resultados inquestionáveis de ganhos em saúde para a nossa população”, defende Silvia Guichardo, Diretora-Geral da GSK.

A vacinação evita a morte de dois a três milhões de pessoas, por ano, prevenindo cerca de 60 mortes por hora, em todo o mundo, por ano1 Segundo a Organização Mundial de Saúde, somente a água potável, rivaliza com a vacinação na sua capacidade de salvar vidas2 Por cada euro investido em vacinas são poupados cerca de 22€ entre custos diretos e indiretos, sendo esta uma das intervenções mais custo-efetiva no setor da saúde3. Em Portugal, para além de contribuir para a erradicação da varíola, a vacinação permitiu eliminar outras cinco e controlar outras sete doenças4

A GSK tem mais de 40 vacinas desenvolvidas, que ajudam a proteger as pessoas de 22 doenças (2/3 das doenças preveníveis por vacinas)5,6. Cerca de 40% das crianças de todo o mundo são imunizadas por, pelo menos, uma vacina da GSK6.

Sobre a GSK

A GSK é uma multinacional farmacêutica, impulsionada pela ciência e inovação, com um propósito especial: ajudar as pessoas a fazerem mais, sentirem-se melhor e viverem mais tempo. Com uma história que começou há 300 anos, a GSK emprega mais de 100 pessoas em Portugal na área farmacêutica. A sua ambição é ser uma das empresas farmacêuticas mais inovadora, com melhor performance e de maior confiança do mundo. Para saber mais: www.gsk.pt.

Emirates lança o seu mais recente Boeing 777-300ER em Malé a partir de 1 de junho

Os passageiros que viajarem de/para o arquipélago idílico nos voos EK658 e EK659 da Emirates, num dos três serviços diários sem escala*, poderão experimentar as suites privadas da Primeira Classe, totalmente fechadas e inspiradas na luxuosa marca Mercedes-Benz.

“As Maldivas tornaram-se num destino cada vez mais popular para a Emirates, atraindo viajantes de topo, recém-casados ​​e famílias de todo o mundo. A introdução do novo Boeing 777 com as suites da Primeira Classe nesta rota vem reforçar o nosso compromisso de longa data com Malé. É também reflexo do nosso esforço contínuo para oferecer aos viajantes de toda a rede uma experiência inigualável, reforçando a promessa da Emirates quando convida os passageiros a Voar Melhor (Fly Better)”, destacou Ahmed Khoory, Vice-Presidente Sénior da Emirates, Ásia Ocidental e Oceano Índico.

Os passageiros que voarem de/para as Maldivas podem experimentar o novo Boeing 777 da Emirates no voo EK658, que parte do Dubai diariamente às 04:20hrs e chega a Malé às 09:30hrs. O voo de regresso EK659 sai de Malé às 11:00hrs, chegando ao Dubai às 14:00hrs.

Desde as cabines de Primeira Classe às da Classe Executiva e Económica, o mais recente avião Boeing 777 da Emirates apresenta assentos ergonómicos, melhorias de vários milhões de dólares e a última versão do sistema de entretenimento a bordo ice. Desenhadas a pensar no conforto e na privacidade máxima do passageiro, as suites Boeing 777 da Emirates incluem portas de correr do chão ao teto e apontamentos com um design ultramoderno, que contrasta com as cores frescas e os cinzas. Oferecendo até cerca de 3,7 metros quadrados de área pessoal em cada uma, as suites privadas estão dispostas numa configuração 1-1-1, para um total de seis suites.

Estas novas suites incluem assentos reclináveis, com várias posições, incluindo uma posição totalmente plana, “gravidade zero”, inspirada na tecnologia da NASA, para transmitir uma sensação de leveza durante o voo. Os passageiros podem escolher ainda entre uma infinidade de tons de iluminação e ajustar a temperatura das suas suites para uma experiência totalmente personalizada. As primeiras janelas virtuais da indústria poderão ser experimentadas pelos passageiros sentados no interior das suites que estão localizadas no corredor do meio. Estas janelas virtuais mostram uma visão do exterior do avião, recorrendo a uma tecnologia de câmara de fibra ótica, em tempo real.

Os assentos da Classe Executiva são inspirados no interior de um carro desportivo moderno e apresentam um encosto de cabeça ergonómico com um design elegante. Os passageiros desta classe também podem personalizar a sua experiência, através dos comandos touchscreen para o sistema do assento e entretenimento, ajustando ainda as opções de iluminação pessoal. A cabine também inclui painéis de privacidade entre assentos, uma área para guardar sapatos, apoio para os pés e um minibar pessoal.

A cabine da Classe Económica apresenta um conjunto de cores em tons suaves de cinza e azul. Os assentos vêm com encostos de cabeça flexíveis, em couro, e com painéis laterais que podem ser ajustados verticalmente para garantir o suporte ideal.

A Emirates opera atualmente este Boeing 777-300ER, equipado com as suites de Primeira Classe, para Bruxelas, Genebra, Viena, Tóquio (Haneda), Londres Stansted e Riyadh, tendo anunciado que avançará brevemente com voos para o Kuwait a partir de 1 de junho de 2019.

A Emirates é a maior operadora mundial de Boeing 777, operando mais de 160 destes aviões modernos e eficientes para seis continentes, a partir do seu hub no Dubai.

RIU inaugura o novo Riu Playa Park em Maiorca

“Quando enfrentamos a renovação do Riu Playa Park, decidimos aumentar o investimento para construir um hotel novo com o qual aumentamos a categoria e procuramos atrair novos clientes com um perfil mais familiar. O total investido é de mais de 35 milhões de euros e acho que o resultado será bastante valorizado pelos nossos clientes”, explicou Luis Riu, CEO da RIU Hotels. “Depois deste projeto, a única renovação pendente em Maiorca é a do Riu Concordia, que se iniciará no final deste ano com a sua conclusão prevista para a primavera de 2020.”

O Riu Playa Park, que se encontra a poucos metros da primeira linha da praia, oferece o serviço Tudo Incluído 24 Horas e WiFi grátis em todas as instalações. Tem um total de 475 quartos amplos equipados com tudo o que é necessário para garantir a comodidade do hóspede. O novo estilo dos quartos combina cores alegres com linhas simples que resultam numa frescura e ambiente de tranquilidade bastante mediterrâneo. Como novidade nos seus hotéis da ilha, a RIU decidiu introduzir neste hotel 17 quartos exclusivos com piscina privada.

Com o objetivo de proporcionar uma oferta gastronómica autêntica e de qualidade, o Riu Playa Park tem um restaurante principal, “Mallorca”, e um restaurante temático, “Spices”. No restaurante principal são servidos os melhores pratos nacionais e internacionais em buffets completos que são tematizados duas vezes por semana. No restaurante temático, aberto para jantares, a oferta culinária varia durante a semana. De forma complementar, os hóspedes podem provar os snacks servidos no grill “Pepe’s Food”.

O lobby bar “Mediterráneo” e o bar piscina com swim-up bar “Cala Blava” completam a oferta de alimentos e bebidas do novo Riu Playa Park, sendo que o primeiro oferecer serviço de snacks e bebidas durante toda a noite. No segundo, os hóspedes têm a opção de desfrutar das suas bebidas e cocktails favoritos enquanto se refrescam na piscina. Além disso, o hotel tem mais duas piscinas, uma principal com espreguiçadeiras integradas e outra aquecível.

O hotel também tem parque de estacionamento para os clientes e um ginásio para os que pretendem manter a sua rotina durante as férias. Além disso, um palco perto do bar “Cala Blava”, que está aberto até à meia-noite, acolhe o entretenimento noturno do hotel com espetáculos e música ao vivo.

Acerca da RIU Hotels & Resorts:

A cadeia internacional RIU foi fundada em Mallorca em 1953 como um pequeno negócio de férias da família Riu, fundadora e atual proprietária em terceira geração. A companhia centra o seu negócio na hotelaria de férias e mais de 70% dos seus empreendimentos oferecem o reconhecido serviço “All inclusive by RIU”. Com a inauguração do seu primeiro hotel de cidade em 2010, a RIU amplia a sua gama de produtos com a sua própria linha de hotéis urbanos chamada Riu Plaza. A RIU Hotels & Resorts , conta atualmente com 93 hotéis em 19 países e 29 985 empregados que acolhem cada ano, e mais de 4,5 milhões de clientes. Atualmente a RIU é a 35ª maior cadeia hoteleira do mundo, a quarta em Espanha a nível de ingressos e a quarta em número de habitações.

MAR Shopping Matosinhos ajuda a plantar uma horta de ‘Sábio Sabor’ para pessoas com doença mental

Portugal é o quinto país da União Europeia com maior prevalência de problemas de saúde mental. De acordo com o relatório Health at a Glance 2018”, 18,4% da população portuguesa sofre de ansiedade, depressão ou manifesta problemas com o consumo de álcool e drogas. O Hospital Magalhães Lemos, no Porto,  hospital de referência da região Norte em cuidados de psiquiatria e de saúde mental,  dispõe de 196 camas, mas frequentemente debate-se com um número de doentes que ultrapassa a sua capacidade. A prevenção parece ser o único caminho para contrariar a prevalência deste tipo de doenças e começa na alimentação. “Sábio Sabor” foi o projeto criado pela Associação de Familiares, Utentes e Amigos do Hospital Magalhães Lemos (AFUA-HML), que agora conhece um desenvolvimento importante: a construção da sua própria horta – missão que conta com o apoio do MAR Shopping Matosinhos.

A horta, que será financiada pelo MAR Shopping Matosinhos, e que nascerá no Porto, num espaço em que a AFUA-HML desenvolverá alguns projetos da AFUA-HML, nomeadamente uma nova valência – o Centro de Apoio à Vida Independente (CAVI), que têm como foco a autonomização das pessoas com doença mental e a sua integração – é uma iniciativa que tem como principal objetivo a produção de legumes e frutas destinados a suprir necessidades de alimentação saudável dos utentes da instituição e da comunidade. Simultaneamente esta horta será um espaço terapêutico, visto que a dinamização do mesmo será realizada por pessoas com doença mental, em contexto de aprendizagem, com supervisão técnica e da especialidade.

O projeto, que se insere na política de responsabilidade social do MAR Shopping Matosinhos “AMAR quem mais precisa”, será dinamizado e gerido com os utentes da AFUA-HML. Os produtos da horta destinam-se à constituição de cabazes para os utentes da AFUA-HML com parcos recursos financeiros para adquirirem alimentos frescos (hortícolas, legumes e frutas) em número desejado à promoção da sua saúde, bem como para oferecer a juntas de freguesia de Matosinhos e do Porto para estas distribuírem junto dos habitantes assinalados com necessidades semelhantes.

Ana Bravo é madrinha do projeto “Sábio Sabor”

Alguns dos produtos da horta também apoiarão a marca registada “Sábio Sabor”, criada pela AFUA-HML, que tem como madrinha a nutricionista Ana Bravo, e que visa comercializar receitas (livro de receitas) e produtos saudáveis promotores de saúde mental. A receita gerada serve para criar oportunidades de emprego para os utentes da instituição, bem como para sensibilizar a comunidade sobre quais os produtos promotores de saúde mental e os seus particulares benefícios.

“Já este ano apoiámos o projeto de uma cozinha terapêutica para doentes com demência, nomeadamente Alzheimer, e agora decidimos apoiar a iniciativa da AFUA-HML como uma continuidade desse trabalho”, explica Sandra Monteiro, diretora-geral do MAR Shopping Matosinhos, que sublinha as várias vertentes deste projeto. “A horta ‘Sábio Sabor’ vai permitir a produção de alimentos saudáveis e biológicos para quem mais precisa, mas também será uma atividade terapêutica para os utentes da AFUA-HML, e permitirá sensibilizar a população para o poder preventivo dos alimentos nas doenças mentais”.

Por sua vez, Susana Fernandes, responsável pelo Departamento Científico e de Desenvolvimento de Projetos da AFUA-HML, destaca que a horta Sábio Sabor, “além de ter como objetivo a produção agrícola visa ainda a promoção de bem-estar dos seus utentes. A prática de uma atividade ao ar livre, em contacto com a natureza, é potenciadora de relaxamento e de emoções estéticas, favorecendo-se assim a saúde mental de quem a pratica, prevenindo-se o acumular de ansiedade e de outros sintomas psicopatológicos”.

De referir que a AFUA-HML detém atualmente diversas estruturas na área da reabilitação psicossocial, nomeadamente uma Unidade sócio-ocupacional, quatro Unidades Residenciais Protegidas, uma Unidade Residencial de Autonomia, uma Empresa Social de Restauração, uma Empresa Social de Limpeza, o Gabinete de Informação, Intervenção e Apoio Psicossocial, uma Equipa de Apoio Domiciliário e agora, mais recentemente, o Centro de Apoio à Vida Independente (CAVI). A equipa ao serviço destas estruturas é multidisciplinar, sendo constituída por dois assistentes sociais, duas terapeutas ocupacionais, uma psicóloga, um técnico de reabilitação psicossocial, 11 ajudantes de ação direta, nove funcionários de limpeza e sete funcionários de restauração. Os funcionários das empresas sociais são na sua grande maioria pessoas com doença mental.

Azeite alentejano reconhecido no Japão

Henrique Herculano, Diretor de Marketing da CAMB, refere que “este prémio vem, uma vez mais, reforçar a qualidade dos azeites portugueses e, em particular, dos azeites produzidos pela Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, fazendo chegar fora de portas o que de melhor se faz em Portugal e, em particular, no Alentejo”.

Porque o melhor azeite nasce no Alentejo

O Azeite de Moura DOP da CAMB é exclusivamente obtido das variedades Cordovil, Galega e Verdeal, sendo, na sua produção, apenas utilizadas as azeitonas colhidas diretamente das árvores sãs e em plena maturação. O transporte das azeitonas até ao lagar é efetuado o mais rapidamente possível após a colheita, para não comprimir a azeitona e não provocar danos mecânicos. O Azeite de Moura DOP foi reconhecido em 2018 com medalha de ouro no Concurso de Azeite Virgem da Feira Nacional de Olivicultura 2018 e com duas estrelas de ouro na categoria Superior Taste Award da iTQi (International Taste & Quality Institute).

Já o Azeite Virgem Extra Premium CAMB é um produto de alta qualidade que, em 2016, recebeu medalha de ouro em Los Angeles, duas estrelas de ouro no ITQI Bruxelas e menção honrosa em Pequim, tendo sido ainda premiado com medalha de ouro, na categoria frutado maduro, no concurso Mario Solinas (o principal concurso internacional na área dos azeites virgens extra, organizado pelo International Olive Oil Council).

Em 2017, este azeite foi distinguido como finalista da categoria frutado maduro no Mario Solinas Portugal e ganhou a medalha de ouro em Nova Iorque, continuando a ser reconhecido pela sua extraordinária qualidade. Em 2018, o Azeite Virgem Extra Premium CAMB recebeu igualmente medalha de prata no Olive Japan, medalha de ouro Gran Prestígio no Olivinus e Menção Honrosa no Argoliva.

ebankIT foi distinguida com o prémio ‘PME Excelência 2018 – Exportação’

Com sede no Porto, a ebankIT é detentora da plataforma digital bancária portuguesa que mais se internacionalizou no último ano, com clientes – bancos e cooperativas de crédito – em mais de 20 países.

“A ebankIT apresenta um elevado patamar ao nível das exportações, com cerca de 99% das vendas realizadas nos mercados internacionais, pelo que é particularmente gratificante ver reconhecido todo o esforço alocado à internacionalização da marca ebankIT”, considerou Renato Oliveira, CEO da empresa.

O mesmo responsável destacou que “a ebankIT é hoje uma das líderes mundiais no setor da transformação digital bancária, sendo que a vocação internacional faz parte do ADN da empresa. Neste sentido, estamos a trabalhar para, ao longo de 2019, aumentar a presença na América do Norte, África do sul e no Médio Oriente, alavancando sobre projetos bem sucedidos e em curso nestas regiões, mas também na penetração em novos mercados na Europa, como o Reino Unido, França e Alemanha, onde se encontram players de alto nível da banca”.

Fundada em 2014, a ebankIT desenvolveu em Portugal uma plataforma digital que se distingue por permitir um rápido go-to-market de inovadoras experiências de cliente em todos os canais digitais, como mobile banking, homebanking, corporate banking, contact center, branch front-office, smartwatch e realidade aumentada.

Depois de encerrar o último ano com um volume de faturação na ordem dos €10M (€6M em 2017), a ebankIT prevê duplicar este valor em 2019.

A entrega dos prémios e estatuto PME Excelência 2018 decorreu ontem, em Braga, tendo sido distinguidas mais 22% de empresas que em 2017. A entrega das distinções foi presidida pelo primeiro-ministro António Costa, numa cerimónia que contou também com as presenças do ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e do secretário de Estado da Economia, João Neves.

Segundo a organização, as empresas que ostentam o estatuto de PME Excelência empregam mais de 86600 pessoas, sendo responsáveis por um volume de negócios superior a 10 mil milhões de Euros, dos quais 24% resultam de exportações.

Nielsen revela as 25 maiores inovações no mercado europeu

A Nielsen BASES, área de análise de inovação de produto, revelou a sua mais recente lista “Top 25 Breakthrough Innovations”. O relatório destaca inovações de produto lançadas no mercado europeu em categorias de BGC que foram bem-sucedidas no setor do retalho, tendo por base resultados analisados pela Nielsen.

Alguns dos fatores comuns a potenciar a inovação entre os vencedores deste ano estão relacionados com marcas que demonstram capacidades excecionais não apenas de conquista de quota de mercado e crescimento, mas também de implementação de estratégias específicas de inovação. Estas marcas foram bem-sucedidas porque escutaram os seus consumidores, exploraram o design de embalagem e alcançaram a excelência em processos de venda. As inovações abrangem desde iniciativas de curta duração a produtos relacionados com tendências de procura por opções saudáveis de consumo e mesmo produtos orientados a nichos de público, destinados a melhorar a relação e a interação com determinados tipos de consumidores. Outras marcas estão focadas em apelar a premium shoppers, por exemplo.

“No mercado dos BGC, a pressão sobre os responsáveis de marketing para inovar e disponibilizar uma oferta única e diferenciadora é elevada”, afirma Cristina Rojo, Innovation Business Partner da Nielsen. “Os comportamentos e necessidades dos consumidores têm vindo a alterar-se ao longo do tempo, evoluindo com o surgimento do e-commerce, das marcas próprias e da exposição a plataformas digitais, que permitem às marcas adotarem uma mensagem personalizada. Esta enorme competição para atrair a atenção do consumidor tornou a inovação de produto num desafio para as empresas de BGC.”

A inclusão na lista “Top 25 Breakthrough Innovations” da Nielsen inclui requisitos de diferenciação, relevância e resiliência, e avalia o modo como as marcas empregam um conjunto alargado de estratégias que as tornam bem-sucedidas.

“A inovação bem-sucedida pode adotar formas distintas – algumas podem ser disruptivas, ao passo que outras podem ser lançadas para contrapor pressões competitivas ou com o propósito de potenciar uma tendência de consumo emergente. Algumas destas marcas desafiaram a noção tradicional de sucesso e encontramos hoje, a nível europeu, histórias extraordinárias de inovação que nascem da aplicação de diferentes abordagens a um problema de negócio,” acrescenta Cristina Rojo.

Os produtos incluídos nesta lista são reconhecidos pela inovação e pelo crescimento que trouxeram às suas respetivas categorias.

“TOP 25 BREAKTHROUGH INNOVATIONS IN EUROPE” DA NIELSEN BASES

 

Produto Empresa País
Bon Pari Koshmariki Nestlé Rússia
Buitoni La Sfoglia Rotonda Senza Glutine Nestlé Itália
Buongrano Mulino Bianco Barilla Itália
Cadbury Roundie Mondelēz International Reino Unido
Couches Lotus Baby Essity França
Danissimo Shake & Go Danone Rússia
Diet Pepsi Wild Cherry PepsiCo Rússia
Diplomatico Mantuano Destilerías Unidas S. A. (DUSA) França
Epica Protein Yogurt Ehrmann Rússia
Felix Doubly Delicious Dry Cat Food Nestlé Purina Rússia
Heineken 0.0 Heineken França
Herta Le Bon Paris Conservation Sans Nitrite Nestlé França
Ichnusa Non Filtrata Heineken Italia S.p.A. Itália
Judith Williams Cosmetics Judith Williams Alemanha
Knoppers NussRiegel Storck Alemanha
L’OR Classique Jacobs Douwe Egberts B.V. Reino Unido
Ladron de Manzanas Cider Heineken Espanha
Lenor 3in1 Pods Procter & Gamble Alemanha
Lenor Inspiré par la Nature Procter & Gamble França
M&M Bâtonnets Mars Wrigley Confectionery França
Magnat Champagne & Strawberry Unilever Rússia
Maybelline Superstay Matte Ink L’Oréal Espanha
Nature Valley Bars General Mills Reino Unido
Oral-B Répare Gencives et Émail Procter & Gamble França
Perwoll Care & Refresh Henkel Alemanha
Purina Gourmet Gold Tortini Nestlé Purina Itália

 

SOBRE A ANÁLISE BREAKTHROUGH INNOVATION DA NIELSEN

A análise Breakthroug Innovation da Nielsen, realizada pela equipa Nielsen BASES, apresenta uma lista de inovações de produto bem-sucedidas na Europa. Esta análise considera um leque abrangente de produtos, avaliando a capacidade destas marcas de capitalizarem uma combinação de pesquisa de dados de mercado e insights globais.

O resultado é uma lista de produtos que se evidenciam por qualidades-chave fortes e únicas, tais como a atração a um público generalizado, a longevidade, o crescimento de marca, a diferenciação na categoria e a interação com um segmento específico de público. A análise disponibiliza insights de marketing e aprendizagem acerca do lançamento de novos produtos bem-sucedidos por empresas de BGC no mercado europeu, e o modo como estas marcas implementam estratégias que se traduzem num renovado engagement com o consumidor e respondem às suas necessidades através de produtos inovadores.

SOBRE A NIELSEN

A Nielsen Holdings plc (NYSE: NLSN) é uma empresa global de gestão de medição e análise de dados, que proporciona a mais completa e confiável visão sobre os mercados e os consumidores em todo o mundo. A Nielsen reúne os seus próprios dados com dados de outras fontes, de forma a ajudar os seus clientes em todo o mundo a compreender o que está a acontecer no presente e o que irá acontecer no futuro e qual a melhor forma de utilizar esse conhecimento.

Há mais de 90 anos, a Nielsen oferece dados e análises inovadoras e com grande rigor científico, e continua a desenvolver continuadamente novas formas para dar resposta às mais importantes questões que as indústrias de media, publicidade, retalho e Bens de Grande Gonsumo enfrentam atualmente. A Nielsen, empresa cotada na Standard & Poors 500, está presente em mais de 100 países, cobrindo mais de 90 por cento da população mundial. Para mais informações, visite www.nielsen.com.

Cientista americana recomenda o corte do cordão umbilical até 1 minuto depois do nascimento

O processo de colheita do sangue é indolor e não representa riscos para a mãe ou o recém-nascido. Adicionalmente, após a criopreservação, a amostra colhida poderá vir a ser utilizada no tratamento de mais de 80 doenças.

Apesar de a Organização Mundial de Saúde recomendar o corte tardio do cordão em todos os partos, estudos em recém-nascidos de termo (não prematuros) têm demonstrado que aproximadamente 70-80% do sangue que está no cordão e na placenta é transferido para o bebé durante o primeiro minuto após o nascimento.

A pediatra e hematologista Joanne Kurtzberg, que integrou a equipa que fez o primeiro transplante de células estaminais provenientes do cordão umbilical há 30 anos, recomenda que o corte do cordão umbilical no momento do parto não deve exceder 1 minuto, por forma a manter a viabilidade de uma colheita e armazenamento do sangue do cordão umbilical.

“É importante não desperdiçarmos o sangue do cordão”, afirmou a médica na sua primeira visita a Portugal, onde participou como oradora na Reunião de Primavera da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal (SPOMMF).

Joanne Kurtzberg recomendou aos obstetras e enfermeiros especialistas em Portugal que “colham o sangue do cordão umbilical sempre que possam e não o desperdicem, quer seja para guardar em bancos públicos ou privados. É um produto biológico muito valioso pelo que devemos guardar todo o sangue do cordão umbilical que conseguirmos.”

“Devemos encontrar-nos no meio e preferir um corte do cordão que possa aumentar o volume de sangue que passa para o recém-nascido, mas sem comprometer a qualidade e quantidade da amostra a criopreservar. Só assim garantimos que as amostras colhidas têm a qualidade necessária”, afirma João Sousa, diretor de Qualidade do banco de tecidos e células BebéVida.

As atuais recomendações do American College of Obstetricians and Gynecologists indicam que, desde que a mãe tenha níveis adequados de ferro e que a gravidez tenha, pelo menos, 37 semanas, um corte do cordão umbilical entre 30 a 60 segundos após o nascimento permitirá garantir um resultado seguro para o recém-nascido e, em simultâneo, uma colheita adequada de sangue do cordão umbilical, caso seja essa a escolha dos pais.

Mais sobre a BebéVida:

O laboratório BebéVida é um banco de tecidos e células 100% português licenciado pelo Ministério da Saúde. Eleito PME Líder há oito anos consecutivos, foi distinguido com o estatuto PME excelência em 2017 pela segunda vez.

A BebéVida disponibiliza o serviço de criopreservação de células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical de recém-nascidos e é o único laboratório de criopreservação português reconhecido pela acreditação FACT Netcord, a mais completa distinção que um laboratório de criopreservação de células estaminais pode obter a nível mundial.

A BebéVida foi distinguida em 2019 com o Prémio Cinco Estrelas, na categoria Criopreservação, uma distinção atribuída pelos consumidores e que mede o seu grau de satisfação face a produtos e serviços de várias áreas.

EMPRESAS