Inicio Autores Posts por Elisabete Teixeira

Elisabete Teixeira

3762 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Vantagem + cria nova empresa de EdTech – Education Technology

A Dot|Vantagem+ nasce, assim, de uma joint-venture que junta a expertise da Vantagem+ adquirida em 25 anos na formação presencial para profissionais à expertise do DOT Digital Group, um dos maiores players mundiais com mais de 22 anos de experiência e na formação corporativa à distância (EAD) .

A DOT/Vantagem+ é especialista em EdTech – Tecnologia de Educação, desenvolvendo produtos e serviços de vanguarda para organizações que procuram modelos de educação mais eficazes e inovadores, recorrendo a Game Thinking e Gamification, Microlearning, Mobile Learning, Video Learning e Social Learning,  Big Data, Inteligência Artificial, Realidade Virtual e Realidade Aumentada e B-Learning.

As soluções de EdTech do DOT chamaram a atenção da Vantagem+

“A formação e a capacitação no mercado corporativo precisa de evoluir porque as novas tecnologias mudaram o comportamento das pessoas. As soluções do DOT têm o que procuramos: forte potencial de engagement do aluno e efectividade na aprendizagem” – comenta o diretor-geral Paulo Gandrita.

DOT|Vantagem+

Em Lisboa, a DOT|Vantagem+ tem uma equipa responsável pela comercialização das soluções de EdTech no mercado europeu. Esta joint-venture vai focar-se na criação de soluções de EdTech consolidando a vasta oferta formativa do Grupo Vantagem+ que tem por missão desenhar soluções globais de formação sejam estas 100% presenciais, 100% à distância ou blended learning.

Ao mesmo tempo, vai procurar novas oportunidades e desenvolver conteúdos inéditos em plataformas tecnológicas. O desenvolvimento tecnológico dos produtos da joint-venture será assegurado pela equipa do DOT digital group, que conta diariamente com uma equipa de mais de 300 profissionais especializados em EaD.

 “Temos uma equipa de especialistas em tecnologias para EdTech que já conquistou o mercado brasileiro e tem muito know-how para atender novos mercados”, destaca Luiz Alberto Ferla, CEO e fundador do DOT.

Cisco expande Organização do Costumer Experience (CX) na EMEAR e abre novo Centro CX em Portugal

All rights reserved to Sandra Cifo

O novo centro reforça o compromisso da Cisco em Portugal, um país com um banco de talento diverso e robusto. Tanto engenheiros com experiência como recém-licenciados terão oportunidades de prestar serviço a clientes seja através de planeamento, desenvolvimento, implementação, otimização e apoio técnico. O recrutamento irá começar no fim de fevereiro com foco em pessoas com especialização em segurança, rede empresarial e centro de dados.

Os clientes um pouco por toda a região EMEAR e por todo o mundo estão a acelerar a digitização em todos os setores. O centro de Lisboa irá servir os clientes e parceiros à medida que utilizam as últimas tecnologias da Cisco, como uma base para esta transformação digital, ajudando-os a tirar o maior partido destas soluções tecnológicas.

O centro de Lisboa apoia também o compromisso da Cisco em ajudar Portugal a alcançar o seu potencial digital. Portugal faz parte do programa de Aceleração da Digitização do País (CDA) da Cisco e de um grande centro de inovação e empreendedorismo na Europa. O apoio do Governo Português face aos investimentos com base no conhecimento, em conjunto com a qualidade das universidades Portuguesas, uma força de trabalho sólida e um ecossistema empresarial, foram fatores chave para a tomada de decisão de abrir o centro de Lisboa.

Declarações de apoio:

  • Phil Wolfenden, Vice-Presidente, Centros de Costumer Experience, da Cisco EMEAR: “A experiência do cliente é uma área essencial de crescimento para a Cisco. Estamos muito satisfeitos por trazermos este novo centro para Portugal, que irá desempenhar um papel importante na estratégia global da Cisco para satisfazer os seus clientes, parceiros e partes interessadas internas na EMEAR e mais além.”
  • Santiago Solanas, Vice-Presidente do Sul da Europa da Cisco: “Portugal é um mercado importante para a Cisco, demonstrado pela sua inclusão no programa de Aceleração da Digitização do País. Estamos muito entusiasmados em reforçar ainda mais o nosso compromisso para acelerar a agenda digital no nosso país. Este Centro CX altamente estratégico em Portugal irá trazer investimento e oportunidades de emprego para profissionais de engenharia e de negócio. 

Acerca da Cisco

A Cisco (NASDAQ: CSCO) é líder mundial em tecnologia e tem ajudado a manter a Internet a funcionar desde 1984. As nossas pessoas, produtos e parceiros ajudam a sociedade a estar conectada de forma segura e encontrar hoje a oportunidade digital de amanhã.

Emma lança colchão de bebé: Emma Kids

Depois do lançamento do colchão Emma Original, seguiram-se os lançamentos de acessórios como a almofada, a capa protetora Smartsleeve e a cama rebatível. A marca alemã lança agora o colchão Emma Kids, um produto desenvolvido a pensar exclusivamente nas crianças.

Pensado nas necessidades dos mais pequenos, este colchão tem a dureza ideal para a estatura e peso de um bebé, garantindo as melhores condições para o seu desenvolvimento saudável. Fibras com canais de ar, garantem a circulação do ar de forma optimizada mantendo um ambiente fresco, regulando a humidade. Fabricado na Alemanha, é indicado para crianças dos 0 aos 5 anos e está disponível em dois tamanhos: 60 cm por 120 cm e 70cm por 140cm.

“A nossa promessa é dar a quem nos procura, uma experiência de descanso sem preocupações. Com o lançamento deste novo produto queremos dar aos pais a certeza de que o seu bebé está a dormir no melhor colchão, pensado pela nossa equipa de especialistas e desenvolvido com a melhor tecnologia alemã. À semelhança do que fazemos com o Emma Original, esta será a escolha de qualidade para o bebé, que chega a casa do cliente de forma rápida, com as garantias de um serviço de qualidade que já são a nossa assinatura no mercado: 100 noites de teste, 10 anos de garantia e entrega e recolha gratuita.” refere Filipa Guimarães, responsável do Mercado Ibérico.

O Emma Kids, foi desenvolvido seguindo as recomendações de especialistas e as normas europeias para a produção de produtos deste segmento. Na Europa, já recebeu o Selo LGA, que testa substâncias nocivas como Ftalato; o Selo RAL DGM, um conceito ecológico global na produção que testa a estabilidade e durabilidade; o Selo Ökotext Standard 100, que comprova a segurança dos materiais, têxteis, e produtos para crianças; e o Selo FKT, que afirma que os tecidos usados são agradáveis quando em contacto com a pele.

À semelhança do colchão Emma Original, também o Emma Kids pode ser testado durante 100 noites e, em caso do bebé não se adaptar, pode ser devolvido. A Emma irá recolher de imediato, reembolsa na totalidade o valor e entrega o colchão a uma associação de solidariedade social.

Sobre a Emma
A Emma é uma startup alemã fundada em 2015. Com o seu conceito de colchão in a box, um visual clean e minimalista e qualidade alemã, já foi reconhecida e premiada pela DECO Proteste. O seu colchão, no modelo one size fits all, é fabricado na Alemanha e desenvolvido por uma equipa especialista, de modo a acompanhar a o últimos desenvolvimentos da tecnologia do descanso. Já recebeu inclusive prémios em diversos países. O colchão Emma pode ser testado durante 100 noites,sem compromisso e tem uma garantia de dez anos.

Contributos para a implementação de um Business Intelligence no SNS

O encontro vai revelar os resultados de um White Paper desenvolvido pelo Grupo de Trabalho para a Gestão da Informação em Saúde da APAH sobre a tecnologia atual das ferramentas de Business Intelligence e os fatores essenciais para os sistemas de saúde, nomeadamente no que respeita a melhorar os aspetos clínicos e a prestação de cuidados ao utente.

A participação de várias personalidades de destaque do setor da saúde nacional vai motivar um debate focado na visão do Estado sobre a utilização de dados e informação na saúde e no acesso a esses dados na perspetiva dos utilizadores.

Conheça os temas de discussão e oradores em detalhe no programa.

A participação é gratuita, mas está sujeita a inscrição prévia.

Divisão de Freight Forwarding da GEFCO com nova liderança para impulsionar o crescimento

Os novos líderes da divisão de Freight Forwarding são:

  • Valentin Elistratov, Global Commercial Director
  • Karin Van Den Brekel, Life Science and Health Care Global Manager
  • Katherine Shek, Regional Director for Asia
  • Peter West, Country Director for Australia and New Zealand
  • Alicja Szewczyk, Global Human Resources People and Culture Manager

Com experiência comprovada, os novos líderes terão um papel fundamental para a expansão do negócio Freight Forwarding da GEFCO a nível mundial, sustentada por um portefólio em crescimento de clientes industriais com diferentes requisitos. Em particular, a divisão vai reforçar o valor acrescentado aos clientes do setor da Saúde, Higiene & Cosmética e consolidar a sua atividade na Ásia e no Pacifico, fortalecendo a abordagem da empresa ““Partners, unlimited”.

Em 2019, a GEFCO Freight Forwarding vai dar continuidade ao forte crescimento alcançado nos últimos anos. Alguns dos feitos alcançados, recentemente, incluem a extensão da parceria com a Westcon International, por mais três anos, para gerir os fluxos aéreos em 28 países nos cinco continentes. Para a empresa de engenharia belga Sarens, a equipa de projeto de carga industrial desenhou soluções para transportar as suas gruas a nível mundial.

Expansão mundial 

Após um ano de sucesso em 2018, a GEFCO Freight Forwarding vai continuar a expandir o seu negócio com a entrada de Valentin Elistratov como Diretor Comercial Global. Valentin Elistratov tem 25 anos de experiência no setor da logística e gestão de carga, nos mercados europeus e asiáticos, onde trabalhou como gestor sénior para marcas líderes, incluindo DHL e APL Logistics. Um líder robusto, com um comprovado histórico de vendas, fortes competências financeiras e de IT, e a capacidade de promover relações internas e externas, Valentin Elistratov vai conduzir ambiciosos planos de expansão da GEFCO Freight Forwarding em todo o mundo, no próximo ano. 

Valor acrescentado para os clientes do setor da Saúde, Higiene & Cosmética 

Para o setor da Saúde, Higiene & Cosmética, a GEFCO fornece logística integrada, porta a porta, controlo de temperatura e soluções de transporte multimodais totalmente compatíveis para atender aos mais altos padrões da indústria, garantindo o máximo valor.

Com 20 anos de experiência em logística internacional, a nova Diretora Geral da divisão da Saúde, Higiene & Cosmética, Karin Van Den Brekel vem reforçar a experiência e as competências da GEFCO para oferecer aos clientes soluções personalizadas e seguras em todo o mundo. A nova Diretora vai ficar baseada no escritório de Schiphol, perto do aeroporto e num centro estratégico composto pelos portos de Antuérpia, Roterdão e o aeroporto de Bruxelas, onde a GEFCO possui escritórios e armazéns específicos para carga (incluindo instalações com temperatura controlada).

Uma organização local mais forte para fornecer serviços ainda mais integrados

Após a aquisição da IJS Global pela GEFCO, que facilitou o seu acesso aos dois maiores mercados mundiais de transporte de carga (China / Sudeste Asiático e Estados Unidos), a empresa planeia impulsionar os seus negócios na Ásia com a nomeação de uma nova Diretora Regional, Katherine Shek. Antiga responsável pelo negócio de Freight Forwarding da GEFCO na região Norte da Ásia, onde foi fundamental na transformação dos resultados nos últimos dois anos, Katherine será agora responsável por toda a zona asiática, impulsionando o crescimento em todos os mercados, incluindo Singapura e Tailândia.

Além da Ásia, a GEFCO também está a investir no Pacífico, nomeando Peter West como o novo Diretor da GEFCO Air & Sea na Austrália e na Nova Zelândia. Especialista global em cadeia de abastecimento, logística e gestão de operações, Peter West tem 20 anos de experiência em cargos de alto nível na Europa, China e Austrália, onde desenvolveu um conhecimento profundo em diferentes setores como alimentaçãos e bebidas, indústria, saúde, retalho e logística. A sua longa experiência em vários setores irá contribuir para a estratégia de diversificação da divisão e impulsionará a expansão dos negócios para atuais e novos clientes.

Por fim, e porque um plano de expansão tão ambicioso não poderia ser implementado sem um perito em pessoas, Alicja Szewczyk integra a GEFCO Forwarding, com Diretora Global de Recursos Humanos e Cultura, que irá trabalhar com o Diretor de Recursos Humanos Global, Nicola Lyons. A nova Diretora vai apoiar o crescimento da divisão e impulsionar programas e iniciativas para os colaboradores, assegurando que estão alinhados com a cultura do Grupo “Infinite Proximity”.

SOBRE A GEFCO

A GEFCO é líder europeu em logística automóvel e um dos 10 principais players mundiais em soluções para cadeias de abastecimento multimodais. Com 70 anos de experiência e 13.000 colaboradores, a GEFCO desenvolve soluções inovadoras e flexíveis para responder aos desafios mais complexos da cadeia de abastecimento em todos os setores da indústria. presente em 47 países, com uma rede global de fortes parceiros, a GEFCO serve 300 destinos em todo o mundo. Em 2017, o grupo gerou um volume de negócios de 4,4 mil milhões de euros.

Sines: aicep Global Parques e Câmara Municipal de Sines renovam protocolo de colaboração na área da educação ambiental

© ADN-Agência de Notícias

O âmbito da colaboração incidirá sobre a participação no programa de Educação Ambiental promovido pela CMS, a participação no programa Visitas à ZILS promovido pela aicep Global Parques, a promoção de Seminários sobre o ambiente, e a realização de ações conjuntas que visem melhorar as condições ambientais da região, nomeadamente da limpeza de praias, e na divulgação de políticas integradas de gestão de ativos florestais e de áreas verdes. 

Sobre a aicep Global Parques

A aicep Global Parques é especialista em gestão de parques e em localização empresarial. O focus é garantir condições de captação e acompanhamento na instalação de projetos de investimento nacional e estrangeiro.

A aicep Global Parques tem sob gestão direta três soluções de localização empresarial distintas: a Zils Global Parques em Sines, o BlueBiz Global Parques em Setúbal e o Albiz Global Parques em Albarraque, concelho de Sintra.

A ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines é uma localização com vocação atlântica e fácil e rápido acesso a vias de comunicação nacionais e internacionais devido à contiguidade com o Porto Marítimo de Sines. Com um forte cluster energético, a Zils Global Parques dispõe de 2.375ha de áreas vocacionadas para atividades industriais, logísticas e de serviços, contando já com empresas como a Galp, a Repsol e a EDP.

O BlueBiz – Parque Empresarial da Península de Setúbal tem vindo a afirmar como inovador e atrativo para diversos sectores de atividade, com destaque para a aeronáutica, mas também a logística automóvel e agroindustrial. As acessibilidades são a sua principal mais-valia. No extremo Sul da Área Metropolitana de Lisboa, junto ao Porto de Setúbal, com acesso direto à autoestrada A2, a 300m de um terminal de carga ferroviário e a 46 km do aeroporto de Lisboa.

O Albiz – Parque Empresarial de Sintra tem vocação para a atividade empresarial e logística, com excelentes e competitivas condições para as PME.

A aicep Global Parques presta ainda serviços de localização industrial e logística em todo o território de Portugal através da sua plataforma Portugal Site Selection.

O Portugal Site Selection está disponível em http://www.portugalsiteselection.pt, é um serviço público gratuito de apoio ao investidor, disponível em português e inglês, que permite selecionar, de forma fácil e eficaz, o espaço, em Portugal, que melhor se adapta ao negócio do investidor, através de análises multicritério aos requisitos do projeto de investimento; conhecer as áreas disponíveis navegando no mapa e pesquisando por área geográfica; identificar as soluções que melhor se adaptam ao projeto de investimento, como dimensão, tipologia de espaço ou proximidade a infraestruturas relevantes, entre outros; o download de relatórios de Município, de lote, de parque empresarial, de parque de ciência & tecnologia, de centro de escritórios e outros office space, incubadoras e aceleradoras de empresas com informação técnica e urbanística dos locais, bem como os dados socioeconómicos da região. Disponibiliza ainda serviços de consultadoria especializada, destacando-se na oferta – apoio à promoção e qualificação dos parques empresariais, em coordenação com as entidades municipais e regionais, para a capacitação da oferta nacional; e na procura – levantamento dos requisitos do cliente, seleção das melhores localizações, análise comparativa de soluções e consultadoria nos processos de licenciamento.

TopAtlântico oferece viagem aos Açores em novo passatempo

Com a azáfama do início do ano, não há nada como fazer uma escapadinha e recarregar energias num destino que nos inspire. Os Açores são um dos destinos cada vez mais procurado pelos portugueses quer para escapadinhas de descanso ou férias ativas fruto da sua beleza e diversidade natural das suas ilhas. A TopAtlântico uniu-se ao Turismo dos Açores, à SATA/Azores Airlines e ao Azoris Angra Garden Hotel 4* para promover o destino, oferecendo uma viagem à Ilha Terceira, nos Açores, para duas pessoas que inclui os voos e 3 noites de alojamento.

O passatempo “Ganhe uma viagem aos Açores – Ilha Terceira” decorre na página dedicada ao passatempo no seguinte link: https://www.topatlantico.pt/passatempo-acores e nas redes sociais da marca (Facebook – https://www.facebook.com/topatlantico/ e Instagram – https://www.instagram.com/topatlantico/), até dia 15 de março. 

Para participar é necessário seguir a TopAtlântico e a SATA/Azores Airlines no instagram e um texto criativo até um máx. de 300 caracteres (incluindo espaços), onde estejam incluídas as palavras “Açores”, “SATA” e “TopAtlântico”.

O regulamento do passatempo pode ser consultado aqui: https://cdn.topatlantico.pt/PDF/Regulamento_Passatempo_Acores.pdf

Sobre a TopAtlântico:

A TopAtlântico nasceu em Janeiro de 2003 e, rapidamente, se tornou uma das maiores empresas do mercado de viagens de negócios e lazer em Portugal. Está presente no mercado nacional com uma rede de 40 agências viagens distribuídas por todo o território, incluindo arquipélagos da Madeira e Açores, assim como online através do site www.topatlantico.pt.

“Ser dador de IRS não dói nada” chama portugueses a combater Leucemia

“Doar 0,5% do IRS é efetivamente simples e não são retirados quaisquer benefícios ao contribuinte ao escolher uma associação para ajudar. Todos podem contribuir para permitir que cada vez mais doentes com leucemia recebam apoio numa fase tão difícil da sua vida”, explica Manuel Abecasis, médico hematologista e presidente da APCL.

“Os fundos angariados vão permitir que a APCL continue a organizar atividades de apoio aos doentes, como workshops, apoio com bolsas de investigação para aumentar o conhecimento científico destas doenças e apoio financeiro aos doentes e famílias com menos recursos”, acrescenta o presidente.

Para ajudar a APCL com 0,5% do IRS, o contribuinte apenas tem de escolher a opção “consignar o seu IRS” e indicar o Número de Identificação Fiscal (NIF) da associação: 505 945 401.

Para consignar o seu IRS à APCL bastará apenas aceder ao Portal das Finanças e escolher a opção “Comunicação do agregado familiar/Entidade a consignar”, indicando o NIF 505 945 401. A consignação é feita com base no montante que teria de pagar ao Estado, sendo que, desta forma, o seu reembolso será o mesmo. No caso de optar por consignar também o IVA, este montante irá ser retirado do valor que seria creditado no seu saldo de IRS.

Sobre a APCL

A Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) foi fundada em janeiro de 2002 em resultado da iniciativa de um conjunto de doentes que sobreviveram a patologias do foro Hemato-Oncológico (Leucemias e Linfomas) e de um grupo de médicos do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil (IPOFG) de Lisboa que os trataram.

A principal motivação dos Fundadores da APCL radicou na sua compreensão da importância de consciencializar e mobilizar a sociedade civil no apoio a todos os que diariamente lutam contra a devastadora doença que é a Leucemia.

A APCL tem como missão contribuir, a nível nacional, para aumentar a eficácia do tratamento das Leucemias e outras neoplasias hematológicas afins, investindo para isso em investigação científica com um programa de atribuição de Bolsas e investindo na Formação para profissionais de saúde.

A APCL assume ainda como sua missão o aumento da literacia do doente, promovendo e organizando workshops sobre patologias do sangue e temas relacionados, com envolvimento de profissionais de saúde.

A promoção de encontros entre pares para partilha de experiências e informações, bem como o apoio financeiro a doentes com Leucemia e às suas famílias, são outras valências que doentes e cuidadores encontram da APCL.

A APCL iniciou um processo de construção de uma casa de acolhimento para doentes hemato-oncológicos e seus familiares com

carências financeiras que se encontrem deslocados da sua área de residência e se encontrem em tratamentos específicos ou transplante em Lisboa.

Processo Eleitoral testado na segunda edição do Exercício Nacional de Cibersegurança

Este ano, o Processo Eleitoral é o cenário a testar nesta edição, que terá como objetivos exercitar, não só o processo de decisão de forma a garantir uma resposta coordenada a todos os níveis dentro das Entidades Participantes, como também, exercitar e testar os mecanismos de cooperação entre as Entidades Participantes e os processos de troca de informação e ainda as atividades de cooperação e/ou planos de contingência a nível nacional.

Nesta edição, o exercício será organizado em cooperação com a Comissão Nacional de Eleições (CNE) e contará com o apoio da Agência da União Europeia para a Segurança das Redes e da Informação (ENISA).

Para integrar a jogo ao longo dos dois dias do exercício, foram convidadas várias entidades dos setores público e privado, que terão as seguintes metas definidas: exercitar a capacidade de resposta nacional, face a ocorrência de ciberataques de âmbito nacional ou internacional que afetem a integridade e a equidade do processo eleitoral e contribuir para a consolidação da capacidade de Cibersegurança Nacional no âmbito do reforço da resiliência do sistema democrático nacional.

Neste sentido, e tendo em conta a missão definida na Estratégia Nacional de Segurança do Ciberespaço, o CNCS tem como missão organizar e realizar exercícios nacionais de gestão de crises no ciberespaço. O objetivo passa por avaliar o grau de preparação e a maturidade das diversas entidades para lidarem com incidentes de grande dimensão. Com o envolvimento destas entidades, pretende-se desenvolver as sinergias necessárias à gestão de crises no ciberespaço.

Recorde-se que ao longo dos últimos 3 anos, CNCS tem participado no Cyber Europe 2016, NATO Cyber Defence Exercise Cyber Coalition Cyber , Cyber Perseu 2017 e Cyber SOPEx 2018, iniciativas que têm como premissa avaliar a capacidade de desenvolvimento de treino especializado em ciberdefesa e cibersegurança.

Congresso da Sociedade Portuguesa das Doenças do Movimento traz experiências internacionais a Aveiro

“Vários diagnósticos nesta área são clínicos, daí a importância deste tema”, explica Alexandre Mendes, neurologista e presidente da SPDMov e do congresso da sociedade, acrescentando que “a clínica continua a ser muito importante também para delinearmos a investigação com exames auxiliares de diagnóstico”.

A reunião acontece a 15 e 16 de março, no Hotel Curia Palace, em Aveiro, e conta com a partilha de experiências de neurologistas portugueses que estão atualmente a trabalhar em centros no estrangeiro.

O congresso tem também uma forte vertente formativa, destinada a internos de neurologia, e integra três simpósios focados nos mais recentes desenvolvimentos farmacêuticos e no tratamento das doenças do movimento com estimulação cerebral profunda, uma opção de tratamento que, quando aplicável, pode devolver ao doente muita qualidade de vida uma vez que reduz significativamente os sintomas motores da doença.

Doença de Parkinson, distonia, tremor, ataxia e doenças do movimento na criança são alguns dos temas que estarão em destaque no congresso, onde serão também atribuídos prémios aos melhores trabalhos submetidos.

Sobre a SPDMov

A SPDMOV é uma associação científica sem fins lucrativos criada em 2009, que tem como objetivo promover o avanço científico na área das Doenças do Movimento e contribuir para a melhoria da assistência clínica aos indivíduos que delas padecem.

A sociedade reúne profissionais das diversas áreas da saúde, incluindo Médicos (Neurologistas, Neurocirurgiões, Psiquiatras, entre outros), Enfermeiros, Psicólogos, Fisioterapeutas e investigadores das ciências básicas com especial interesse nesta área.

A SPDMov é membro afiliado da International Parkinson and Movement Disorder Society desde 2016.

EMPRESAS