Inicio Autores Posts por Ricardo Andrade

Ricardo Andrade

295 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Diga adeus às férias de verão com vinhos, cocktails, petiscos e festa

Dia 6 de setembro, a partir das 18h00, o jardim do Lisbon Marriott Hotel, promete encher-se de pessoas felizes, apaixonados pelo mundo dos vinhos e não só, já que este ano há uma novidade: o “Cocktail Garden” by Adega de Favaios. Entre mais de 200 vinhos em prova, imperdível será o lounge da Enoport Wines que terá centenas de prémios para oferecer aos participantes dos jogos “Arrisca e Ganha com Faisão, Cabeça de Toiro e Lagosta”. E depois há o porco no espeto e deliciosas iguarias, a música e a festa até às 23h00.

Dizer adeus pode ser triste? Pode! Mas não quando há vinhos, espumantes, cocktails, ofertas e prémios, porco no espeto e música. Celebre o fim das férias de verão em festa e prepare-se para a nova temporada com energias renovadas, stress em nível zero e muita alegria.

Num só sítio estarão reunidos mais de 200 vinhos e espumantes de produtores selecionados de Portugal, entre rosados, brancos, tintos, generosos e outras surpresas. Há petiscos deliciosos, desde o porco no espeto que já é um clássico desta festa, às novas propostas de “poke bowls”, às tábuas de queijos e enchidos, doces tentações e muito mais. A música está garantida e vai acompanhar todo o evento. Temos a certeza que ninguém quererá ficar de fora dos jogos “Arrisca e Ganha com Faisão, Cabeça de Toiro e Lagosta”, o lounge da Enoport Wines terá centenas de prémios para oferecer aos vencedores.

A 5ª edição Bye Bye Summer Wine Party vai, também, destacar os cocktails vínicos. Bem no centro do jardim estará o “Cocktail Garden”, espaço dinamizado pela Adega de Favaios, que promete surpreender com atrativas e coloridas propostas, seguramente irresistíveis e perfeitas para brindar.

À semelhança da última edição Hello Summer Wine Party, realizada em junho, na festa vínica Bye Bye Summer são esperadas mais de 1000 pessoas, e os organizadores – revista Paixão Pelo Vinho e Lisbon Marriott Hotel – garantem “esta será a melhor edição de sempre!”. Destacando que “há apenas uma missão: desfrutar ao máximo, conhecer grandes vinhos, partilhar alegria, brindar à saúde e às novas conquistas que estão para vir!”

Os bilhetes para a Bye Bye Summer Wine Party estão disponíveis através da Ticketline on-line e em pontos de venda como Fnac, Worten ou El Corte Inglés. Em pré-venda o bilhete tem um custo de 10€, no dia do evento custará 15€. O copo para a prova de todos os vinhos é oferta. De salientar que, ao comprar antecipadamente o bilhete, para além de poupar 5 euros, ainda receberá uma oferta especial: uma garrafa de Favaíto, o delicioso Moscatel do Douro, companhia perfeita para assistir ao pôr-do-sol.

Aviões estão a afetar a qualidade do ar em Lisboa

Foto Sapo 24

A qualidade do ar em várias zonas de Lisboa está a ser afetada pelos aviões do Aeroporto Humberto Delgado, diz um estudo divulgado esta terça-feira, 3 de setembro. O problema são as partículas ultrafinas que podem pôr em risco a saúde.

Trata-se de uma investigação de Margarida Lopes publicada na revista científica “Atmospheric Pollution Research”. Foi feita no departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e no Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade.

Neste estudo, Margarida Lopes alerta para os perigos das partículas ultrafinas. “São bastantes prejudiciais para os pulmões, mas não só, porque passam para a corrente sanguínea e daí chegam a qualquer parte do corpo”, disse a investigadora à Agência Lusa, citada pelo jornal “Observador”.

De acordo com as conclusões, as partículas estão associadas aos aviões e afetam as pessoas sobretudo na área do aeroporto de Lisboa. No entanto, há outros locais que são rotas aéreas habituais que também sofrem deste problema, como é o caso do Campo Grande ou das Amoreiras. As partículas ultrafinas são 18 a 26 vezes mais elevadas em áreas onde passam aviões.

Estas partículas — que são 700 vezes mais pequenas do que um fio de cabelo — não são monitorizadas e não têm um valor limite estabelecido por lei. Têm sido associadas a doenças neurológicas e “problemas no desenvolvimento fetal e cognitivo das crianças”.

É um problema mais grave para todos aqueles que trabalham no aeroporto ou junto dele e que estão expostos a elevadas concentrações de partículas ultrafinas.

 

Fonte: New In Town – Nit

Porto vai ter um piquenique dançante só com música portuguesa

Foto de Info Porto

Aponte na agenda: no próximo sábado, 7 de setembro, tem de preparar as sanduíches, a limonada e levar uma marmita térmica para manter a água fresca. O destino são os jardins da Casa das Artes e da Casa d’Allen, no Porto, onde acontece mais uma edição do Piquenique Dançante Sobre a Relva.

A partir das 14h30 e durante sete horas atuam vários artistas só de música portuguesa. Conjunto Corona, Glockenwise, O Bom, O Mau e o Azevedo, Ghosts of Port Royal e JP Simões são os nomes que vão marcar presença.

O bilhete custa 14€ e os miúdos até aos 10 anos não pagam desde que acompanhados por um adulto. A entrada para o Piquenique Dançante Sobre a Relva faz-se pelo número 175 da rua António Cardoso.

Fonte: New In Town -Nit

Obra de Reformulação do Molhe do Porto de Viana foi lançada ontem

A obra, ontem lançada, é a primeira das quatro intervenções previstas para a reabilitação do Molhe, que terá um custo global de 21,4 milhões de euros. Esta fase precursora terá a duração de doze meses e um custo estimado de 1.461.619€.

Com 2.170 metros de comprimento, o Molhe Norte (de proteção do porto de Viana do Castelo) é uma estrutura de taludes galgáveis, dispondo  de um passadiço de betão. A intervenção, ontem anunciada, englobará o reforço dos taludes existentes e a reparação do pavimento de betão em todas as extensões danificadas fruto das intempéries.

“Esta é uma obra de extrema importância porque assegura, principalmente, as questões de segurança desta infra-estrutura portuária, cada vez mais importante do ponto de vista económico para o país. Este ano o Porto de Viana já movimentou cerca de 237 mil toneladas de mercadorias, o que representa um crescimento exponencial de cerca de 16% face ao ano anterior”, sublinhou a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

Além das atividades portuárias esta estrutura do Porto de Viana assegura ainda a actividade de construção e reparação naval; a indústria da fabricação de componentes para aerogeradores eólicos; práticas desportivas;  pesca; assim como áreas destinadas à atividade comercial (hotelaria, restauração, estabelecimentos de diversão e lazer).

Recorde-se que a APDL iniciou, no passado mês de fevereiro, a construção dos novos acessos rodoviários ao sector comercial do porto de Viana do Castelov isando melhorar a acessibilidade à infra-estrutura portuária, reforçando a sua competitividade e alargando o seu hinterland.

Tema de Star Wars tocado em LEGO

A LEGO lançou o desafio e o youtuber inglês Sam Battles, conhecido online como Look Mum No Computer , aceitou. A ideia deste desafio era criar uma orquestra com os novos robôs LEGO Boost Droid Commander (incluindo 46 droides R2-D2), e colocá-los a tocar instrumentos reais. O tema escolhido foi o tema principal de Star Wars™, composto em 1977 por John Williams.

Foram ao todo 3.148 horas de trabalho, para construir os 95 droides, atribuir-lhes um dos 42 instrumentos reais e descobrir de que forma os podiam tocar, mantendo a afinação e os tempos necessários para tocar este, que é um dos temas mais famosos da história do cinema.

“Sempre foi nossa intenção que os droides interagissem com objetos, mas nunca pensámos que um dia poderiam vir a fazer música. Isto foi um projeto totalmente louco”, refere Carl Merriam, Designer LEGO da equipa que desenvolveu LEGO 75253 Boost™ Droid Commander.

Lançado no início de Setembro de 2019, LEGO Boost™ Droid Commander é um set que permite a criação de um de três droides da saga Star Wars, o Mouse Droid, o Gonk Droid ou o célebre R2-D2, uma das mais famosas personagens da saga. Através da tecnologia LEGO Boost, os robôs são programáveis e podem ser controlados através de uma app gratuita, podendo cumprir missões ou permitindo às mentes mais criativas fazer todo o tipo de brincadeiras, como por exemplo, música.

Prémio Terre de Femmes em contagem decrescente para encerramento do período de candidaturas

A iniciativa anual vai eleger três mulheres com projetos na área do ambiente e doar 18 mil euros às grandes vencedoras. A primeira classificada estará também habilitada ao Grande Prémio Internacional do Terre de Femmes, juntamente com mulheres de mais de uma dezena de países, como Alemanha, Espanha, França, Itália, Marrocos, México, Rússia, Suíça, Turquia e Ucrânia, Áustria, Bélgica, Holanda e Luxemburgo. Somando ambos os prémios, a grande vencedora poderá receber um apoio de 20 mil euros.

Ser mulher, ter idade igual ou superior a 18 anos e possuir um projeto eco- empreendedor já implementado – seja de forma independente, através de uma estrutura sem fins lucrativos ou via entidades com objeto comercial -, são os requisitos para a inscrição no Prémio Terre de Femmes.

“Todos os anos o nosso desejo é superar as inscrições de ‘eco-cidadãs nacionais’. Todos os projetos a favor do ambiente que recebemos são incríveis e queremos continuar a ajudar as mulheres que os preconizam de uma forma tão brilhante”, afirma Paula Cunha, porta-voz da Fundação Yves Rocher em Portugal.

Todos os projetos a concurso podem ainda ser submetidos para a morada da Yves Rocher Portugal (Rua do Castanhal, n.º 256, 4475-130 Gemunde – Maia), ou através do endereço de correio eletrónico terredefemmes.portugal@yrnet.com.

Recorde-se que esta distinção tem como objetivo reforçar a liderança e contribuir para a autonomização das mulheres, dando visibilidade e apoiando financeiramente projetos de eco-empreendedoras e eco-cidadãs que trabalham todos os dias para uma pegada cada vez mais positiva.

Acidentes rodoviários são uma das principais causas de lesões na coluna

Fonte: Mais Algarve

“É importante manter a coluna e a cabeça bem apoiadas no banco, na altura correta, sem esquecer o cinto de segurança e todas as boas regras de condução como: respeitar os limites de velocidade, manter as distâncias de segurança recomendadas, não ingerir bebidas alcoólicas, usar o cinto de segurança, respeitar períodos de descanso e não utilizar o telemóvel”, explica Bruno Santiago, neurocirurgião coordenador da Campanha Olhe pelas suas costas, acrescentando que “estas recomendações são válidas quer para o condutor quer para os restantes passageiros, que muitas vezes adormecem em viagens longas em posições propícias a causar graves lesões na coluna aquando de um embate”.

Após um acidente rodoviário os sintomas podem não ser imediatos, podendo surgir 12 a 24 horas após o impacto, em casos menos graves. O coordenador da Campanha olhe pelas suas costas recomenda que “se sofreu um acidente rodoviário, esteja atento aos potenciais sinais de uma lesão na coluna: dor no pescoço ou costas, dor ao longo do braço ou da perna, dificuldade nos movimentos por falta de força ou alterações de sensibilidade, como dormência. Respeitar a segurança rodoviária pode salvar milhões de vidas e evitar lesões na coluna, que podem ser altamente incapacitantes ou até levar à morte”.

Também é muito importante ter cuidado com as quedas, sobretudo nos idosos, com os mergulhos em zonas de baixa profundidade e com a segurança no local de trabalho. Estas são as principais causas de traumatismos da coluna que podem mudar para sempre a vida de uma pessoa.

Em Portugal os números dos acidentes rodoviários demonstram um aumento gradual de ano para ano. Em 2018, foram registados mais de 34 mil acidentes com feridos, segundo a Autoridade Nacional para a Segurança Rodoviária. “Destaca-se muito o aumento de mortes na sinistralidade rodoviária em 2018, mas isso é apenas a ponta do iceberg, no último ano ocorreram quase 2000 feridos graves, com graves consequências para os próprios e para a sociedade”.

Os acidentes rodoviários são uma das principais causas de morte no mundo, em todas as faixas etárias, e são a principal causa de morte de crianças e jovens adultos (entre os 5 e os 29 anos). Anualmente há cerca de 1,3 milhões de mortes provocadas por acidentes na estrada e as lesões provocadas por estes são já a oitava causa de morte no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Campanha europeia informa sobre direitos dos consumidores

Portal da Queixa, a maior rede social de consumidores de Portugal, associou-se à União Europeia na divulgação dos direitos dos consumidores online. Pedro Lourenço, CEO e fundador do Portal da Queixa, foi convidado a ser embaixador da iniciativa #yourEUright, um projeto que visa contribuir para que os consumidores conheçam e exerçam os seus direitos quando compram na Internet. A campanha arrancou, há um mês, e vai estar estender-se por 2020. 

Ao longo do próximo ano, a Comissão Europeia vai desenvolver uma série de ações concertadas entre dez países (Dinamarca, Espanha, Eslovénia, Portugal, Itália, Croácia, Chipre, Grécia, Roménia e Bulgária), que visam esclarecer os consumidores online acerca dos seus direitos. O objetivo da iniciativa #YourEUright é garantir a segurança e os direitos dos consumidores, capacitando-os para que possam fazer escolhas online que maximizem o seu bem-estar. “Como cidadão europeu, ao comprar bens e serviços dentro da UE, beneficie dos seus direitos de consumidor, tanto online como offline”, esta é a mensagem geral da campanha.

Em  Portugal, a campanha de sensibilização já está disponível em https://europa.eu/youreuright/home_pt e as ações estarão, maioritariamente, focadas na divulgação de quatro direitos do consumidor: Package Travel, Mudança de banco vs. Transparência Bancária; Publicidade honesta; Devolução em 14 dias.

 

UE CONVIDA CEO DO PORTAL DA QUEIXA, PEDRO LOURENÇO, PARA EMBAIXADOR DO PROJETO EM PORTUGAL

O convite para ser embaixador da iniciativa #yourEUright da União Europeia, enquanto fundador do Portal da Queixa, é sem dúvida um enorme orgulho que consolida o esforço diário que toda a equipa dedica à comunidade de consumidores portugueses, com vista a facilitar-lhes a resolução dos problemas apresentados através da nossa plataforma social. O Portal da Queixa enquanto meio de comunicação entre marcas e consumidores, não só possibilita um contacto mais ágil e democratizado, como permite o acesso a experiências de consumo partilhadas por centenas de milhares de consumidores, que servem de guia e barómetro de satisfação, qualificando o mercado de forma justa e transparente. Assim, entendemos ser o canal privilegiado para a divulgação de iniciativas pedagógicas como esta, tendo em conta o público-alvo a quem se dirige, como também possibilitar o nosso contributo, de forma ativa, para o aumento da literacia digital dos consumidores portugueses, potenciando a confiança num consumo ponderado, informado e consciente.”, refere  Pedro Lourenço, CEO e fundador do Portal da Queixa

 A campanha terá um forte foco digital. As ações estarão focadas na divulgação dos direitos dos consumidores que optam por uma compra online dentro da União Europeia, com enfoque nos que se situam na faixa etária entre os 18 e os 35 anos, compradores cujos estudos apontam como sendo os mais ativos.

 Entendemos que a eficácia na proteção dos direitos dos consumidores, deve ser garantida através da transmissão de conhecimento acerca dos seus direitos. Só assim, será possível criar um movimento de consciência global que garanta a pró-atividade necessária para reduzir o risco no momento da decisão de compra. Este esforço de aprendizagem deve ser potenciado por todos os intervenientes, começando pelas instituições de ensino, organismos de proteção dos consumidores, organizações não-governamentais e principalmente por parte dos vendedores, que ao assumirem um papel educador, estarão a garantir a confiança dos seus clientes num ecossistema de consumo transparente.”, defende Pedro Lourenço.

eDreams ODIGEO nomeia Thomas Vollmoeller como novo presidente do seu Conselho de Administração

A empresa tem o prazer de dar as boas vindas a Thomas Vollmoeller, que conta com uma grande experiência em cargos de liderança em empresas globais. Desde 2012 que ocupava a posição de CEO da XING SE, uma rede de negócios online líder de mercado, com mais de 16 milhões de utilizadores na região DACH (Alemanha, Áustria e Suíça). É também membro dos Conselhos de Administração da Ravensburger e da Conrad Electronic. Anteriormente, tinha ocupado diversas posições de relevo, tanto executivas como não executivas, tendo sido CEO da Valora Holding AG, uma empresa de comércio internacional cotada na bolsa, e também CEO, COO e CFO da Tchibo CmbH, uma das maiores cadeias de retalho da Alemanha. Thomas Vollmoeller tem um Doutoramento por parte da Universidade de St. Gallen e um MBA por parte da Universidade da Califórnia.

Esta nova nomeação para a Direção da eDreams acontece na sequência da demissão de Phillip C. Wolf, Presidente e Administrador Independente da empresa desde 2015 e 2014, respetivamente. O Conselho de Administração deseja agradecer a Phillip C. Wolf a sua dedicação, notáveis contribuições e liderança contínua ao longo do seu mandato, que chegará ao fim no dia 31 de dezembro de 2019. O seu papel foi fundamental para ajudar a empresa a marcar o seu rumo nos últimos ano e deixa a Direção e a empresa numa posição muito forte.

Phillip C. Wolf afirmou: “Foi uma grande honra ser um dos membros deste Conselho durante os últimos cinco anos. Durante este período, a eDreams ODIGEO atravessou uma transformação emocionante, que resultou numa empresa muito mais forte na atualidade. Thomas Vollmoeller é um líder de negócios altamente bem-sucedido e com um historial impressionante, que obteve em alguns dos setores mais competitivos do mundo. A eDreams ODIGEO irá beneficiar da sua experiência internacional e das suas habilidades para impulsionar o crescimento dos negócios a longo prazo”.

Thomas Vollmoeller declarou: “Estou encantado por contribuir para uma empresa líder a nível global como a eDreams ODIGEO. É uma grande companhia, com marcas potentes e tecnologia e capacidades de inovação de classe mundial. Estou desejoso por contribuir para a próxima fase de crescimento desta empresa.”

A próxima Assembleia Geral de Acionistas vai realizar-se no dia 30 de setembro de 2019.

Nova plataforma dá apoio ao mundo do desporto

A partir de setembro, os Atletas e Equipas de Alto Rendimento terão ao seu dispor uma rede informal de apoio que promove e operacionaliza um serviço à medida das necessidades de cada desportista de elite. A plataforma Sports Performance Unit (SPU) é um projeto criado pela MBU – empresa nacional de business intelligence e corporate performance.

A SPU funcionará como um serviço holístico de suporte financeiro, jurídico, médico e de gestão de carreira aos atletas mediante um valor mensal. A plataforma será gerida por uma equipa de atletas de renome, nomeadamente Susana Feitor, Bessone Basto, Juliana Sousa, Ricardo Andorinho, Judite Paris, João Benedito, Filipa Cavalleri e Eduardo Filipe e terá o apoio de um grupo multidisciplinar de 40 profissionais com uma vasta experiência na promoção do rendimento desportivo.

“A SPU quer estar próxima dos desportistas e ser uma estrutura de confiança na tomada de decisões importantes na sua carreira profissional. Desta forma, oferecemos uma diversidade de serviços como ortopedia, radiologia, psicologia, economia e finanças, gabinete jurídico ou segurança social para que o atleta se sinta em boas mãos, sendo sempre o centro de decisão”, indica Ricardo Andorinho, administrador da MBU e co-fundador da SPU. Através de um acompanhamento personalizado conduzido por grandes nomes no universo desportivo nacional, pretendemos combater o abandono precoce, a falta de apoios financeiros e a ausência de conhecimento especializado na prevenção e tratamento acelerado de patologias desportivas, com o intuito de promover a performance dos nossos atletas”, conclui.

 

EMPRESAS