Inicio Autores Posts por Ricardo Andrade

Ricardo Andrade

612 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Quinta Nova eleita Unique Luxury Hotel of The Year pelo guia de luxo inglês Luxury Travel Guide

O guia de luxo inglês Luxury Travel Guide destacou a Quinta Nova Luxury Winery House como Unique Luxury Hotel of The Year, uma classificação única e muito relevante que elogia a qualidade do Enoturismo e a satisfação de quem a visita. A distinção foi atribuída na edição de 2016, em fase de fecho, cuja distribuição atingirá mais de meio milhão de pessoas em todo o mundo. Luisa Amorim, administradora da Quinta Nova, destaca “é uma enorme satisfação receber esta extraordinária distinção, que nos coloca num patamar de excelência internacional. Valoriza, recompensa e motiva o nosso esforço diário para irmos sempre mais além e surpreendermos quem acolhemos”.   Embora o Luxury Travel Guide atribua anualmente prémios à indústria hoteleira mundial, procurando destacar os que mais se evidenciam no sector, esta dição de 2016 contou com um número sem precedentes de empresas selecionadas, proporcionando uma forte concorrência em cada categoria. A distinção assume uma forte relevância por ser baseada em avaliações ponderadas entre as votações de especialistas “in-house”, subscritores, parceiros e leitores. Com esta classificação o enoturismo da Quinta Nova conquista mais um importante reconhecimento no segmento de luxo e que, somado aos demais prémios e distinções já recebidos, o destacam como um dos mais galardoados projetos nacionais neste sector.

Mais informações em www.luxurytravel-guide.com

 

Vodafone investirá 125 milhões para fibra chegar a mais 550 mil casas

vodafone-logoA Vodafone Portugal pretende investir 125 milhões de euros para promover a cobertura de mais de 550 mil casas e empresas até ao final do próximo ano.

O presidente executivo da Vodafone Portugal anunciou que vai investir 125 milhões de euros para cobrir mais 550 mil casas e empresas até ao final do próximo ano. No debate “O Estado da Nação das Comunicações”, no âmbito do 25.º Congresso das Comunicações, organizado pela APDC – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, Mário Vaz, presidente executivo da operadora de telecomunicações, revelou que a “A Vodafone está investir permanentemente no incremento da rede de fibra há dois anos e meio”. Com este aumento de cobertura da rede de fibra de última geração (FTTH), a Vodafone pretende que a sua rede cresça para mais de 2,75 milhões, uma cobertura equivalente a mais de dois terços das famílias e empresas portuguesas. A rede de fibra da Vodafone Portugal chega hoje a mais de 2,2 milhões lares, acima do objetivo anunciado de 2,1 milhões.

PORTUGAL’S FUTURE HOTELIERS SUMMIT

Monte da QuintaMonte da Quinta Resort recebe a primeira edição do PORTUGAL’S FUTURE HOTELIERS SUMMIT, dias 28 e 29 de Novembro 201.

A Cimeira PORTUGAL’S FUTURE HOTELIERS SUMMIT, será o ponto de encontro dos atuais e futuros profissionais da hotelaria. O programa conta com a participação dos líderes de opinião da indústria e oferece uma combinação ímpar de atividades sociais e de trabalho. Uma excelente oportunidade para desenvolver a rede de contactos e assistir a palestras, participar em workshops, focus groups e painéis de discussão, num formato estimulante e colaborativo com uma audiência que reúne estudantes, profissionais e líderes da indústria hoteleira. Será um espaço privilegiado de aprendizagem, troca de conhecimentos, discussão, debate e reflecção, numa dinâmica de geração e concretização de novas ideias.

Monte da Quinta apoia a competição pioneira, Hospitality Challenge, integarda no Cimeira   PORTUGAL FUTURE HOTELIERS SUMMI, que selecionará a primeira equipa que representará Portugal no “Young Hoteliers Summit”, uma competição internacional entre alunos vindos de escolas superiores de hotelaria do mundo inteiro e que acontecerá na prestigiada escola de Hotelaria, École Hôteliére de Lausanne na Suíça, em Março de 2016. A primeira edição do “PORTUGAL’S FUTURE HOTELIERS SUMMIT“ é uma organização da Terra International, com apoio do “Young Hoteliers Summit” e da École Hôteliére de Lausanne. As inscrições podem ser feitas on-line no site da Cimeira em portugalfuturehoteliers.pt, preços especiais para estudantes.

Sintra é destino com melhor reputação online

TrivagoSintra, Cascais e Funchal são os três destinos portugueses que conquistam uma posição no pódio das cidades com melhor reputação hoteleira em Portugal. O estudo trivago.pt, feito com base nos 200 milhões de avaliações de hotéis feitas por viajantes de todo o mundo, coloca ainda Porto e Lisboa entre os destinos com melhores reputações na Europa. Em Portugal, e olhando para a reputação online da hotelaria nacional, Sintra assume a primeira posição com uma média impressionante de 85,20, numa avaliação feita por viajantes de todo o mundo, numa escala de 0 a 100. Cascais e Funchal ocupam respetivamente a segunda e terceira posições, com cotações de 84,95 e 84,93. Fátima, Ericeira, Lagos, Porto, Lisboa, Vilamoura e Braga completam o top 10 português.

Porto e Lisboa em destaque na Europa

Relativamente ao contexto europeu, Portugal conquista dois lugares de destaque no ranking das 50 principais cidades europeias: Porto, com uma cotação de 82,89, assume a 7.ª posição, e Lisboa, com 82,73, o 8.º lugar. Porto e Lisboa encontram-se assim à frente de grandes cidades europeias como Roma (79,69), Atenas (79,11), Amesterdão (77,60), Milão (77,09) ou Londres (76,29). Com 83,89 pontos, em 100, Zagreb assume o primeiro lugar do ranking europeu, seguido por Cracóvia (83,79) e Dubrovnik (83,75).

Coimbra é cidade que gera mais conteúdo online

Na Europa, Londres é destino com maior número de opiniões: cerca de 3 milhões. Londres, Paris, Roma, Berlim, Barcelona e Amesterdão são as cidades do ranking com maior número de avaliações dos viajantes, recolhendo cada uma mais de um milhão de comentários. Em Portugal, a cidade com mais avaliações é, surpreendentemente, Coimbra, seguido de Lisboa e Vilamoura.

ESSÊNCIA DO VINHO – MADEIRA DIVULGA PROGRAMA DA 4ª EDIÇÃO

Essencia do VinhoEvento vai decorrer no Funchal, de 27 a 29 de novembro – Vinhos de todo o país, provas comentadas, workshops, show cooking e jazz no Centro de Congressos do Casino da Madeira. A quarta edição do evento ESSÊNCIA DO VINHO – MADEIRA já tem programa oficial. De sexta-feira, 27, a domingo, 29 de novembro, serão muitos e válidos os pretextos de visita ao Centro de Congressos do Casino da Madeira. No total, cerca de um milhar de vinhos de uma centena de produtores representados estarão em degustação. ESSÊNCIA DO VINHO – MADEIRA, organização conjunta do Diário de Notícias da Madeira e da EV-Essência do Vinho, abre portas no dia 27, das 15h às 18h exclusivamente a profissionais da hotelaria, restauração e representação de vinhos. Das 18h às 21h30 já recebe a generalidade do público e a primeira prova comentada está agendada para as 18h30. O crítico de vinhos Rui Falcão, colaborador da revista WINE – A Essência do Vinho, conduz os participantes por uma prova que se focará numa das castas mais emblemáticas da Madeira, a Sercial. Pouco depois, pelas 19h30, o investigador e enólogo Virgílio Loureiro, em conversa descontraída com os visitantes, explica a evolução do Vinho Madeira “Do vinho dos faraós à Tinta Negra da Madeira”. O chefe de cozinha do Reids Palace da Madeira, Luis Pestana, apresenta-se em sessões de show cooking pelas 19h30. O cair do pano do primeiro dia terá jazz, com sonoridades garantidas pelo Atlantis Jazz. Sábado, segundo dia, portas abertas a todos das 16h às 21h30. Rui Falcão inicia, pelas 16h30, as provas comentadas, propondo uma viagem por vinhos que ilustram algumas das mais emblemáticas castas portuguesas. Às 18h30, Virgílio Loureiro explica “Uma forma fácil de entender os estilos de vinho”. No palco gastronómico do evento, Carlos Magno, chefe da Quinta da Casa Branca da Madeira, protagoniza nova sessão de show cooking pelas 18h. E o jazz voltará a ouvir-se ao vivo pelas 19h30. Domingo, terceiro e último dia, o público será novamente bem-vindo das 16h às 21h30. Rui Falcão conduz uma prova de vinhos brancos portugueses, insulares e continentais, a partir das 16h30. Pelas 18h, Carlos Gonçalves, chefe de cozinha do Praia d’El Rey Marriott Golf & Beach Resort, anterior membro da seleção olímpica de chefes de cozinha, culmina os momentos de show cooking. E o agrupamento Atlantis Jazz dá as derradeiras notas da edição, a partir das 19h30. A entrada de 1 dia no Essência do Vinho – Madeira tem um valor de 12€/pessoa e inclui copo de provas; a entrada de 3 dias é de 25€, também com copo de provas. O programa detalhado e informações úteis e adicionais estão disponíveis online, em: www.essenciadovinhomadeira.com 

Porto inaugura iluminações de Natal a 27 de novembro

Porto NatalNo próximo dia 27 de novembro, a cidade do Porto desperta para o Natal, inaugurando as iluminações que se vão estender, este ano, a mais de 40 ruas e praças da cidade. O momento será simbolicamente assinalado nos Aliados, às 21,30 horas, junto à Árvore de Natal da cidade (que será ligada com fogo de artifício, seguida por um concerto dos Retimbrar) mas também com a abertura da pista de gelo que, até 27 de dezembro, ocupará a placa inferior da Avenida dos Aliados, entre outras surpresas.

LUZ, MÚSICA, FESTA

Tal como já sucedeu em 2014, as iluminações de Natal vão acender-se uma semana mais cedo do que era habitual, prolongando-se até 10 de janeiro de 2016. Para viver em pleno esta quadra, a Câmara Porto preparou um vasto programa de animação e diversão para toda a família, que se estenderá por seis semanas, entre concertos de rua, espetáculos de dança e novo circo, intervenções artísticas, performances, mercados e feiras, oficinas de contos, mas também carrosséis, palácios de bonecas e as já obrigatórias pistas de gelo natural, que funcionarão na Avenida dos Aliados e Rotunda da Boavista. A Câmara e a Associação dos Comerciantes do Porto voltarão a distribuir 35 mil vouchers pelas lojas de comércio tradicional da Baixa e Boavista para acesso gratuito às duas pistas, assim como 1.000 vouchers para estacionamento no Silo Auto.

“OURO SOBRE AZUL”

Este ano, o Natal no Porto promete ser “ouro sobre azul”. Uma conjugação que tem a fama de ser perfeita e que constituirá o tema dominante nas iluminações de Natal da cidade. Milhares de pontos azuis e dourados, conjugados em formas simples (maioritariamente redondas e estreladas), proporcionarão a atmosfera ideal para a quadra, em linha com a nova imagem gráfica do Porto. Reforçando a ligação emocional à marca da cidade, também a Árvore de Natal, que voltará a ser erguida na Praça General Humberto Delgado, junto à Paços do Concelho, será vestida de dourado e decorada com grandes esferas azuis. Com 26m de altura por 14m de largura, será mais uma vez um ponto de visita obrigatório durante o Natal, até pelas várias iniciativas que estão previstas para este local, todas as sextas, sábados e domingos, sempre a partir das 17,30 horas, aquando da ligação das luzes. Comparativamente a 2014, quando as iluminações de Natal se estenderam por quatro novas artérias da cidade (ruas do Freixo, Estação, Ferreira Borges e Sousa Viterbo), totalizando então 30 ruas, este ano as iluminações vão abranger um total de 41 localizações, chegando agora, por exemplo, às ruas da Constituição, Martin Moniz, João Pedro Ribeiro ou à Avenida Rodrigues de Freitas. De destacar, ainda, o reforço das iluminações em locais como a Avenida dos Aliados, Palácio das Artes, as ruas de Ramalho Ortigão e Costa Cabral ou a Praça Filipa Lencastre. Serão, assim, 368 elementos (mais 40 do que em 2014) a decorar e iluminar o Porto, num investimento que supera este ano os 118 mil euros (no ano passado, foram gastos 100 mil euros). O valor global, incluindo o programa de animação, é este ano de 180 mil euros, contra os 161 mil de 2014, num aumento integralmente suportado pela entrada de novos patrocinadores.

NOVIDADES NOS ALIADOS

Para além de uma nova Árvore de Natal, a Avenida dos Aliados terá, em 2015, outras novidades de monta durante a quadra, a começar por uma pista de gelo natural descoberta, que ocupará uma área de 300m2 e estará em funcionamento até 27 de dezembro, dia em que se realizará a S. Silvestre do Porto. Outra das surpresas será uma instalação, de caráter imersivo, da autoria do coletivo Moradavaga, na Praça da Liberdade. Denominada “Whispering Forest”, será constituída por 41 árvores que oferecerão diversas experiências, nomeadamente sonoras, a quem vagueie e explore este concentrado de bosque em pleno coração da cidade. No plano oposto dos Aliados, a calçada da Praça General Humberto Delgado acolherá, entre 27 de novembro e 10 de janeiro, uma intervenção artística da autoria de Hazul. Intitulada “HOLON”, será concretizada em 10 suportes circulares e outras tantas ilustrações do artista. Associada a uma estrutura de iluminação, permitirá uma leitura diurna e outra noturna.

MAIS DIVERTIMENTOS NA ROTUNDA DA BOAVISTA

Juntamente com os Aliados, a Praça Mouzinho Albuquerque será outros dos pontos de visita obrigatórios durante o Natal. De 27 de novembro a 10 de janeiro, acolherá a Praça da Fantasia, com todo o tipo de atrações e divertimentos. Além de uma rampa e duas pistas de gelo natural (uma coberta e, este ano, também uma exterior), haverá ainda espaço para carrosséis, pistas de carros, jogos tradicionais, uma mini roda gigante, carinhos de choque, cinema 5D, uma casa do Pai Natal e espetáculos de magia com contos da Avó Augusta. Mas este ano os divertimentos chegam também à Praça da Batalha, onde até 4 janeiro os mais novos poderão divertir-se com vários carrosséis. Instalado na Praça Gomes Teixeira, junto à Reitoria da Universidade da Porto, o Palácio das Bonecas é outros dos espaços que seguramente as crianças vão querer visitar neste Natal. Entre 27 de novembro e 29 de dezembro, estará de portas abertas e com workshops temáticos organizados aos fins de semana.

CONTAR, DANÇAR E CANTAR O NATAL

Até ao dia de Natal e sempre aos fins-de-semana, não faltarão motivos para sair à rua e assistir aos vários espetáculos de dança, performances, novo circo e concertos de música alusivos à quadra. A par das muitas atividades itinerantes que percorrerão o Porto – e onde se inclui uma viagem de elétrico pela cidade ou um “Caçador de Sonhos” -, a Árvore de Natal dos Aliados será o palco preferencial de iniciativas como o “Conto de Natal” interpretado pelos alunos do Centro de Dança do Porto, as Oficinas de Contos e os Ateliers de Panquecas Criativas da Saphir Cristal, as XMAS Lazy Sessions, as Vozes de Natal, as Christmas Carols ou ainda o espetáculo de novo circo João & João. Durante o mês de dezembro regressa igualmente o ciclo de concertos “Natal à Porta”, com jazz ao sábado e ópera ao domingo, sempre a partir das 15h30, à entrada de um edifício emblemático da cidade.

FEIRAS E MERCADOS

Durante o Natal, serão também várias as Feiras, Mercados e Mercadinhos que animarão a cidade, com propostas que vão desde o artesanato às velharias, passando pelo design, a joalharia, a moda, a gastronomia, os brinquedos, as ilustrações ou a arte urbana. Entre as iniciativas que constituem novidade durante a quadra natalícia, destaque para o regresso da Artesanatus à Praça D. João I e para a 2.ª edição do Artes & Ofícios do Porto, novamente na Praça dos Poveiros, ambas entre 27 de novembro e 23 de dezembro. Realce ainda para a estreia do Up Street Porto – Mercado de Arte Urbana na antiga dependência do Banco Montepio, na Avenida dos Aliados, a 28 e 29 de novembro, e para uma edição especial de Natal que juntará o Mini Porto Belo e o Flea Market, a 12 de dezembro, no parque de estacionamento do Silo Auto.

PASSAGEM DE ANO

As boas vindas ao Novo Ano são já uma tradição na principal sala de visitas da cidade, palco de uma festa aberta a toda a população na Avenida dos Aliados. Desta vez, a entrada em 2016 será celebrada com um concerto especial de Pedro Abrunhosa & Comité Caviar, que se iniciará às 23,00 horas e se prolongará por três horas e meia de espetáculo e que inclui a contagem decrescente que antecederá o tradicional fogo de artifício, lançado de vários pontos dos Aliados e, este ano, ainda com mais surpresas.

Teleperformance Portugal Conquista Troféu Qualidade de Serviço no Atendimento Telefónico

TELEPERFORMANCEA Teleperformance Portugal foi distinguida pelo IFE, International Faculty for Executives, com o Troféu Qualidade de Serviço no Atendimento Telefónico, pelo projeto desenvolvido com o BBVA Portugal. Este troféu, entregue durante a 17ª edição do Global Contact Center que decorreu no Centro Cultural de Belém, foi atribuído pela segunda vez consecutiva à parceria Teleperformance/BBVA. João Cardoso, CEO da Teleperformance Portugal, afirma que “Temos a felicidade e o privilégio de trabalhar para organizações orientadas para o cliente como é o caso do BBVA. Essa orientação e uma equipa de profissionais fenomenal permitem-nos criar diariamente uma experiência diferenciada a cada cliente que servimos”. No BBVA, Carla Dias, Diretora de Desenvolvimento de Negócio do BBVA Portugal, acredita que “este prémio é o reconhecimento do nosso trabalho e vem reforçar a nossa determinação em sermos  diferenciados pela qualidade e excelência do nosso serviço. Esta distinção deve-se, também, ao magnífico trabalho da Teleperformance, um parceiro que está completamente alinhado com a nossa exigência e visão.” A Teleperformance efectua a gestão de 270 Contact Centers e presta serviços a mais de 1.000 clientes dos mais variados sectores de actividade em 56 países. Em Portugal trabalha com 105 das maiores empresas e organismos públicos nacionais e internacionais.

DUORUM COLHEITA NO TOP 100 DA WINE SPECTATOR

DUORUMO vinho Duorum Colheita tinto 2013 acaba de ser eleito para o top dos 100 melhores vinhos do ano da prestigiada revista norte-americana Wine Spectator. Com um dos rankings anuais mais conceituados do momento, os vinhos da Duorum já são presença assídua nesta publicação onde costumam obter pontuações acima dos 90 pontos. Duorum Colheita tinto 2013 é um vinho de cor vermelha profunda e um aroma exuberante, fresco e complexo. É dominado por frutos maduros, como amora, ameixa e cassis, alguns aromas florais, como a violeta, e aromas terciários provenientes da sua “elevage” em barricas como a especiarias. Um vinho com volume e corpo que lhe confere um final longo e elegante.

NATAL PARA TODOS COM ‘A RODA DA FELICIDADE’

NOV12015 Lisboa A conferência de imprensa conjunta da Euromaster e Cruz Vermelha Portuguesa aanunciar a distribuição de vinte mil brinquedos estr Natal Fotografia de Rui Coutinho
NOV12015 Lisboa A conferência de imprensa conjunta da Euromaster e Cruz Vermelha Portuguesa aanunciar a distribuição de vinte mil brinquedos estr Natal Fotografia de Rui Coutinho
NOV12015 Lisboa A conferência de imprensa conjunta da Euromaster e Cruz Vermelha Portuguesa aanunciar a distribuição de vinte mil brinquedos estr Natal
Fotografia de Rui Coutinho

A Euromaster vai converter os pneus, que venda durante a sua campanha natalícia, em presentes que irá entregar a crianças de Espanha e Portugal através da Cruz Vermelha. Com esta iniciativa a Euromaster estima oferecer cerca de 20.000 brinquedos em toda a Península Ibérica. A Euromaster fará chegar a crianças de Portugal e Espanha cerca de 20.000 brinquedos através da Cruz Vermelha Portuguesa e da Cruz Roja Española. A rede de oficinas de pneus e manutenção de veículos pôs em marcha a sua iniciativa ‘A Roda da Felicidade’, com a qual pretende converter em presentes para crianças apoiadas pela Cruz Vermelha, cada operação de mudança de pneus da marca MICHELIN que se realize nos seus mais de 400 centros de serviço repartidos entre Espanha e Portugal. Os responsáveis da Euromaster estimam que serão realizadas cerca de 20.000 operações nas suas oficinas entre 9 de novembro e 20 de dezembro, período durante o qual é levada a cabo a campanha. Será a Cruz Vermelha Portuguesa que entregará os presentes às crianças portuguesas, através das suas delegações espalhadas por todo o país, fazendo assim chegar a alegria a todas as crianças carenciadas. Os brinquedos escolhidos por ambas as entidades contemplam várias faixas etárias, desde 1 ano até aos 12 anos de idade, assim como têm em conta os gostos diferentes de meninos e meninas. Entre os brinquedos que serão oferecidos encontramos jogos de mesa, jogos de memória, bolas de futebol, cestos de basquetebol, puzzles, bonecos peluches, jogos de construção e de crescimento para os mais pequenos. Fausto Casetta, Diretor Geral da Euromaster para a Península Ibérica, relata os objetivos e motivos desta campanha: “A Euromaster faz parte da sociedade e somos sensíveis perante as necessidades que esta tem. Vamos fazer um esforço importante para poder partilhar alegria entre aqueles que mais necessitam, sobretudo no Natal, que são as crianças. Encontrámos na Cruz Vermelha um aliado perfeito para poder chegar a muitas crianças espalhadas pela Península Ibérica e que assegura que esta iniciativa irá ao encontro de quem de facto precisa.” No mesmo sentido, Luís Barbosa, Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, assinala que “no ano que a instituição celebra os seus 150 anos de existência, permanecemos sempre de braços abertos, junto das pessoas, procurando dar resposta aos problemas actuais e defendendo continuamente as causas da vida. É pois com muita satisfação que participamos nesta campanha da Euromaster que nos possibilita este Natal entregar presentes às crianças que apoiamos”. A piloto de todo-o-terreno Elisabete Jacinto é a Madrinha que a Euromaster Portugal escolheu para esta campanha, pelo seu compromisso social e carácter solidário que tem. Elisabete Jacinto não hesitou em aceitar o convite endereçado para colaborar em prol das crianças e espera animar os condutores portugueses a participar nesta campanha. “A Roda da Felicidade é uma iniciativa que tem o objetivo de levar a alegria a mais de 3 mil crianças portuguesas, capaz de converter em sorrisos e em valor as nossas visitas a uma oficina”. Com a campanha “A Roda da Felicidade” a Euromaster conta entregar em Portugal mais de 3.400 brinquedos à Cruz Vermelha Portuguesa e entregará também uma lembrança aos clientes que participem, como forma de agradecimento pela solidariedade e para informação de que a sua compra é convertida num presente a uma criança. Através da página da Euromaster no Facebook, os utilizadores poderão partilhar esta campanha com os seus amigos e tornarem-se embaixadores desta iniciativa solidária.

“Resultados são apenas a consequência…”

Cristina Coutinho

A marca Fitness UP tem vindo a expandir-se rapidamente. O que leva a este sucesso numa área de negócio que aparentemente está esgotada?
A marca Fitness UP é muito mais do que um conjunto de ginásios onde as pessoas fazem o seu exercício físico. Como costumamos dizer: “Ser UP é ser FELIZ” e, por isso, temos várias estratégias para que os nossos clientes sintam que fazem parte de uma família e não apenas de um negócio de saúde e bem-estar. A nossa preocupação com a qualidade das nossas instalações, com o serviço personalizado que os nossos colaboradores prestam aos nossos sócios, com um preço realmente competitivo e que permita a qualquer cidadão ter capacidade financeira para fazer exercício físico em segurança e em ginásios equipados com equipamento topo de gama, são os nossos objetivos principais. O mercado está “saturado” de ginásios e/ou estabelecimentos desportivos e o Fitness UP quer ir mais além. Estamos constantemente insatisfeitos porque queremos sempre mais e melhores condições para os nossos clientes e isso sente-se, está no ADN da empresa e de todos os elementos do staff.

É Diretora de Operações de uma cadeia de Ginásios, tem o seu próprio ginásio, Atleta de alta competição e Formadora. Como consegue conciliar a sua vida tão preenchida e ter sucesso em todas as áreas?
Tudo depende em primeiro lugar de ter as pessoas certas em todos os projetos onde estou inserida, quer seja profissionais e/ou pessoais e depois, conseguir cumprir um bom planeamento. Não considero que tenha sucesso em todas as áreas, aliás, penso sempre que posso fazer melhor e talvez por isso, por essa busca constante em querer melhorar em tudo o que faço, me faça ter a “sorte” em obter sucesso nos projetos onde estou inserida. Acima de tudo, considero-me uma pessoa com muita sorte porque tenho o privilégio de trabalhar com profissionais muito competentes, que me ajudam a ser melhor e desenvolver os meus skills de forma natural e gradual. As pessoas são o mais importante, quero que todos os que me rodeiam possam ter a possibilidade de ter sucesso, de crescer e desenvolver os seus skills. Este é um dos meus grandes focos.
Um dos livros que está sempre presente comigo e na forma como trabalho é “GOOD TO GREAT, Jim Collins”. Este livro é uma filosofia de vida porque se foca nas pessoas e na sua realização. Tento ser sempre muito objetiva e este livro conseguiu mostrar-me através de factos, que o sucesso de qualquer empresa/organização está nas pessoas que a constituem.

Na sua opinião, o que é liderar?
Liderar é fazer com que os outros façam aquilo que pretendemos de forma motivada, natural, sem pressão e com sucesso. Liderar é fazer aos outros o que gostávamos que nos fizessem a nós de forma a evoluirmos como profissionais e, mais importante, como pessoas. Todos querem fazer parte de algo que funcione, que tenha sucesso, que seja uma mais-valia para si e para os que o rodeiam. Liderar é dar o exemplo, sempre que solicito a um dos meus colaboradores, alunos, colegas, alguma coisa, em primeiro lugar tenho que dar o exemplo que já a fiz e que é possível de ser executada. Para além disso é muito importante as pessoas sentirem que são ouvidas no processo e não são apenas meros executantes. Somos pessoas, fomos feitos para pensar e esse é um dos desafios que coloco a todos os que me rodeiam porque também o faço comigo própria…pensar. Numa sociedade atual onde o tempo é precioso, temos que pensar, é fundamental pensar para que consigamos ser mais eficazes e rentabilizar todos os meios que temos ao nosso dispor.

Se tivesse de numa frase apenas descrever a cadeia de Ginásios Fitness UP, como o faria?
O Fitness UP é a família profissional e isto diz tudo sobre a empresa. O Fitness UP é muito mais do que uma cadeia de ginásios, “nós” e digo nós porque realmente a empresa é o resultado de todos os seus colaboradores, queremos marcar pela diferença, pretendemos ser diferentes não pela diferença em si mas pela qualidade que proporcionamos aos nossos clientes mas também aos nossos colaboradores. Quem trabalha no Fitness UP tem que ser feliz no seu local de trabalho e esse é um dos nossos principais focos. Fazemos muitos eventos para que os nossos clientes se sintam verdadeiramente parte integrante da empresa mas fazemo-lo de igual forma internamente para com o nosso staff.

Hoje em dia ainda vivemos um certo preconceito em ter líderes femininas em funções de chefia. Sente que isso é um entrave ou considera um desafio?
Parece-me que, felizmente, a evolução faz com que preconceitos se transformem em soluções que anteriormente eram impensáveis. Da forma como vejo o mercado, os números mostram-nos que as mulheres estão cada vez mais em qualquer cargo de destaque, seja ele de liderança ou não. Isto é muito positivo porque o equilíbrio entre homens e mulheres é absolutamente fundamental para uma sociedade evoluir e crescer de forma justa e com os valores da igualdade perfeitamente transparentes para todos. Liderar é um desafio constante, por isso o que considero mais importante não tem a ver se a pessoa é mulher ou homem, ou seja, o género, mas sim com os valores, skills e o know how que são fundamentais para fazer um trabalho/função de forma autêntica, honesta e com sucesso.

A sociedade está preparada para a liderança feminina?
Se não está, tem que passar a estar. Qualquer sociedade que pretenda ser evoluída tem que ter como base o princípio da igualdade de oportunidades. Acredito que as mulheres foram ganhando o seu espaço nas organizações e hoje em dia conseguimos verificar que há uma tendência para a igualdade, embora ainda não seja uma situação perfeita, temos que ter a consciência de que o caminho está a ser traçado e que o processo em si não acontece “da noite para o dia”. Não tenho dúvidas que a igualdade de oportunidades está cada vez mais saliente nas organizações porque já se aperceberam que as vantagens são diretas na sua eficácia, produtividade e por consequência…resultados.

No seu início de carreira, achava que aos 33 anos de idade iria ter o sucesso profissional que já tem?
Talvez por defesa mas não penso muito nisso porque acho sempre que não alcancei nada de especial. Vejo pessoas à minha volta com muito mais sucesso do que eu, por isso só tenho que continuar a tentar ser melhor todos os dias e proporcionar isso a quem trabalha comigo. No início da minha carreira lembro-me de pensar que um dia gostava de ter o meu negócio próprio e, hoje em dia, isso é uma realidade. No entanto, no momento já estou a pensar em evoluir noutros projetos. Parece-me que os nossos objetivos vão sendo alterados conforme o nosso estado de evolução, ou seja, o que antes parecia impossível ou muito difícil, agora já faz parte do passado e queremos passar para o próximo patamar. Esta é a essência de quem quer evoluir e, como já disse anteriormente, tenho muita “sorte” porque estou sempre rodeada de pessoas que na minha opinião são melhores do que eu e, por isso, tenho que estar constantemente a procurar melhorar-me.

EMPRESAS