Inicio Autores Posts por Vanessa Ferreirinha

Vanessa Ferreirinha

392 POSTS 0 COMENTÁRIOS

HAVAS MEDIA LIDERA AGENCY SCOPE PORTUGAL 2019/20

A Havas Media, agência de meios do Grupo Havas Media, lidera destacada o Agency Scope 2019/20, estudo que consulta a opinião do mercado para posicionar as agências de meios com presença em Portugal. Desde 2017, a Havas Media é a agência de meios top-of-mind, subindo nesta edição à 1ª posição como agência ideal entre um total de 12 agências de meios. A Havas Media manteve também a maior atratividade no mercado, com uma diferença significativa para a 2ª posição, e é desde 2013 a agência com melhor avaliação global no mercado, tendo em conta dimensões como criatividade, estratégia, negociação, digital e integração. Na avaliação dos clientes, a agência está também acima da média do mercado, apresentando o score de satisfação de clientes mais elevado do estudo.

 “Este reconhecimento é o reflexo do trabalho que fazemos diariamente em conjunto com os nossos parceiros na construção de marcas relevantes. É mais um incentivo e reforço do nosso propósito – helping brands touch people’s lives for a brighter future”, afirma Rita Amzalak, Directora Executiva da Havas Media

O Agency Scope Portugal é um estudo da Scopen, consultora de marketing pioneira na realização de estudos no mercado publicitário, que se realiza de dois em dois anos com o objetivo de avaliar os elementos que compõe a relação entre agências e anunciantes.

Vinhos do Alentejo aumentaram 3,8% nas vendas em 2019 para um volume de 117,4 milhões de garrafas

De acordo com dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), a região do Alentejo colocou no mercado um volume correspondente a 117,4 milhões de garrafas de vinho certificado DOC Alentejo e Regional Alentejano, um aumento de 3,8% face a 2018. O volume total foi de 88,2 milhões de litros, entre vinho tinto, branco e rosé.

As vendas incluíram 70% de vinhos da colheita 2018, 21% da colheita 2017, 5% da colheita 2016 e 4% de colheitas anteriores, com os meses de fevereiro, abril e maio a terem maior actividade comercializadora com quantidades médias de 12,5 milhões de garrafas por mês.

As vendas de vinho branco e rosé em 2019 foram as mais elevadas dos últimos cinco anos e representaram, respectivamente, 21% e 2% do total, numa quantidade de 24,7 milhões de garrafas nos brancos e 2,2 milhões de garrafas nos rosés. Os vinhos tintos, que foram 77% do total, chegaram a 90,5 milhões de garrafas, menos 7 milhões do que a média dos cinco anos entre 2014-2018.

O vinho Regional Alentejano representou 78% da comercialização e o DOC Alentejo 22%, tendo o DOC registado crescimentos mais significativos nos vinhos originários das sub-regiões de Portalegre (+38%) e da Granja-Amareleja (+17%).

Para Francisco Mateus, presidente da CVRA, “estes resultados revelam que a região está dinâmica e que as produções em cada ano influenciam o potencial comercial dos produtores, dado que a vindima de 2018 teve mais produção o que possibilitou mais vendas em 2019, situação que não se tinha verificado nos três anos anteriores”. Sobre o crescimento dos vinhos brancos e rosés, o presidente da CVRA adianta que “é uma evidência que o Alentejo está a afirmar-se nestas categorias e a conseguir cativar os consumidores, uma tendência que observamos desde há alguns anos com a importância de brancos e rosés a aumentar ano após ano desde 2014”.

Sobre o menor volume de vinhos tintos, por comparação com a média 2014-2018, Francisco Mateus explica “ver nesta diminuição uma conjugação entre preços no mercado nacional, pois o preço médio do vinho do Alentejo está valorizado acima da média nacional e também alguma prudência dos produtores na gestão dos stocks de vinho tinto”.

Eis os nomeados para a 7ª edição dos Prémios E! Red Carpet

Júri E!

A edição deste ano está cheia de novidades, entre as quais o apresentador da gala, que será Ricardo Carriço, e duas novas categorias de prémios: o E! Música, que reconhece o talento musical em Portugal, e o E! Icon, o primeiro prémio a ser concedido pelo público, através de uma votação online.

Ontem, o júri desta 7ª edição, composto por Conceição Queiroz (jornalista), João Rôlo (estilista), Luís Represas (músico), Manuela Couto (atriz), Nuno Gama (estilista) e Raquel Prates (modelo e apresentadora), reuniu-se no Silk Club, em Lisboa, para realizar a votação dos nomeados para os Prémios E! Red Carpet 2020. Eis as suas escolhas:

  • E! Revelação
    • Igor Regalla
    • Isabel Valadeiro
    • Joana Barrios
    • Joana Schenker

 

  • E! Carreira
    • Camané
    • Eunice Muñoz
    • Madjer
    • Mariza

  • E! Influencer
    • Ana Rita Clara
    • Carolina Patrocínio
    • Jéssica Athayde
    • Leonor Borges

  • E! Música
    • Dany Silva
    • Grand Pulsar
    • Mary N
    • Sofia Escobar

 

  • E! Red Carpet Homem
    • João Manzarra
    • Paulo Pires
    • Pêpê Rapazote
    • Rúben Rua

 

  • E! Red Carpet Mulher
    • Cristina Ferreira
    • Filomena Cautela
    • Maria João Bastos
    • Soraia Chaves

O vencedor do prémio E! Icon será escolhido pelo público através de uma votação online entre os 24 nomeados que concorrem para as restantes categorias. Todos podem votar, até ao dia 23 de janeiro, através deste link: http://bit.ly/PremiosE2020

Os grandes vencedores serão anunciados no próximo dia 30 de janeiro, numa passadeira vermelha repleta de estrelas que se desenrolará no Museu da Electricidade, espaço icónico que possui uma das mais belas vistas sobre o rio Tejo e a Ponte 25 de Abril.

Cascais Rock Fest com estreias nacionais de Lita Ford e Crazy Lixx

A banda The Stranglers, Lita Ford, Cutting Crew, Dare, Crazy Lixx e Hot Stuff são os nomes do cartaz do Cascais Rock Fest, previsto para os próximos dias 24 e 25 no Casino Estoril, foi esta quinta-feira divulgado.Esta 3.ª edição do Cascais Rock Fest abre com a estreia em Portugal da norte-americana Lita Ford, na sexta-feira, dia 24.

Do alinhamento do seu espetáculo fazem parte êxitos como “Kiss Me Deadly”, “Shot Of Poison” e a balada gravada em dueto com Ozzy Osbourne, “Close My Eyes Forever”, segundo comunicado do casino.

Segue-se outra estreia em cenários nacionais, a dos suecos Crazy Lixx, que vêm apresentar o seu mais recente álbum “Forever Wild”, que inclui os temas “Silent Thunder” e “Break Out”.

O primeiro dia do certame encerra com a banda luso-brasileira Hot Stuff, liderada por Rodrigo Leal, num espetáculo celebrativo dos seus 25 anos.

O Salão Preto e Prata é o cenário deste festival, com os espetáculos a começar pelas 21h30, e que no segundo dia abre com os The Stranglers. Formados em 1974, em Inglaterra, os The Stranglers são das bandas com maior longevidade, surgidas no movimento Punk e New Wave.

A formação atual da banda é constituída por Baz Warne (voz e guitarra), Jean-Jacques Burnel (baixo), Jet Black (bateria) e David Greenfield (sintetizadores).

Na apresentação no Estoril irão fazer parte êxitos como “Always The Sun”, “Golden Brown” ou “La Folie”.

Segue-se outra banda inglesa, os Cutting Crew, que vai tocar canções como “I Just Died In Your Arms Tonight” ou “I’ve Been In Love Before”.

O festival é encerrado pelos Dare, liderados pelo teclista dos Thin Lizzy, Darren Wharton, e que contam no seu repertório com temas como “Abandon” ou “Into The Fire”.

O ano passado 3.000 espectadores assistiram ao Cascais Rock Fest, esgotando a capacidade do Salão Preto e Prata nos dois dias, segundo dados do Casino Estoril.

Portugal com 4.º maior aumento dos preços das casas no 3.º trimestre de 2019

Texto e foto: LUSA

Portugal registou o quarto maior aumento homólogo dos preços das casas no terceiro trimestre de 2019, 10,3%, mais do dobro da subida verificada em média na zona euro e na UE (4,1% em ambos os casos), segundo o Eurostat.

Os dados publicados esta quinta-feira pelo gabinete oficial de estatísticas da União Europeia revelam que, entre julho e setembro do ano passado, os preços das casas, medido pelo índice dos preços das habitações, aumentou 4,1% tanto no espaço da moeda única como no conjunto dos 28 Estados-membros face ao mesmo período de 2018 e, respetivamente, 1,4% e 1,5% na comparação em cadeia, com o trimestre anterior.

O Eurostat aponta que os maiores aumentos homólogos dos preços das casas foram registados na Letónia (13,5%), na Eslováquia (11,5%), no Luxemburgo (11,3%) e em Portugal (10,3%), que no segundo trimestre também já registara o quarto maior aumento homólogo entre os 28 Estados-membros (então de 10,1%).

Face ao segundo trimestre de 2019, os preços do imobiliário para habitação subiram de forma mais vincada na Letónia (3,9%) e Eslovénia (3,1%), tendo Portugal registado um aumento de 1,2%, abaixo da média da zona euro (1,4%) e da União (1,5%).

José Manuel Paraíso é o novo Presidente da IBM Portugal

José Manuel Paraíso integrou a IBM Portugal há mais de 20 anos, tendo ocupado diversos cargos de direção na IBM Portugal, em áreas como Business Innovation Services e Financial Services Sector. O seu percurso profissional continuou em Madrid onde assumiu a responsabilidade de Financial Services Sector para a Região de Espanha, Turquia, Grécia, Israel e Portugal. O regresso ao país acontece em 2009 com um novo desafio, a Direção de Global Technology Services. É nesta fase que assume também uma posição no Conselho Diretivo e, mais tarde, no Conselho de Administração da IBM. Até à data, José Manuel Paraíso era Partner Líder da unidade de Global Business Services.

“A IBM tem atualmente um dos portefólios mais fortes do setor, pelo que é meu objetivo continuar o trabalho e percurso desenvolvidos até agora, posicionando a IBM como líder estratégico no mercado dos serviços e da tecnologia. Para tal, é essencial continuarmos a colaborar de forma muito próxima com os nossos clientes na resposta aos novos desafios e oportunidades que se lhes apresentam. É fundamental entender a fase da jornada da transformação digital em que cada um se encontra, qual o seu setor e de que forma os podemos ajudar a diferenciarem-se no mercado, utilizando os nossos produtos e serviços, com enfoque na Cloud e na Inteligência Artificial, refere o novo Presidente da IBM Portugal, José Manuel Paraíso.

Para António Raposo de Lima, “É, sem dúvida, com um imenso orgulho que aceito este novo desafio, assumindo agora um lugar executivo na IBM Europa, que me permite também continuar a colaborar com a subsidiária Portuguesa. Estou certo de que o novo Presidente da IBM Portugal irá consolidar a confiança e a excelência que desde sempre pautaram o relacionamento entre a IBM, os seus clientes e todo o seu ecossistema.”

Palácio de Mafra teve mais visitas em 2019: foram mais de 360 mil visitantes

O Palácio Nacional de Mafra recebeu 360.255 visitantes em 2019, mais do que em 2018, com o aumento de visitas no segundo semestre do ano após a classificação do monumento como Património Mundial, disse esta quinta-feira o seu diretor.

Mário Pereira disse à agência Lusa que o monumento encerrou 2019 com 360.255 visitantes, quando em 2018 tinham sido 340.695.

O número de visitantes de 2019 fica, contudo, atrás do de 2017, ano em que o monumento assinalou o terceiro centenário do lançamento da primeira pedra com um programa comemorativo ao longo do ano e registou 377.961 visitantes.

Em julho, o conjunto composto pelo Palácio, Basílica, Convento, Jardim do Cerco e Tapada de Mafra recebeu a classificação de Património Cultural Mundial da UNESCO, na reunião do comité da organização, em Baku, no Azerbaijão.

O monumento português fez parte das “36 indicações para inscrição na Lista do Património Mundial”, que foram avaliadas.

 Datado do século XVIII, o Palácio Nacional de Mafra, mandado construir por D. João V, com a riqueza resultante do ouro vindo do Brasil, é um dos mais importantes monumentos representativos do barroco em Portugal, sendo por isso um exemplo de afirmação do poder real.

Possui importantes coleções de escultura italiana, de pintura italiana e portuguesa, uma biblioteca única, bem como dois carrilhões, seis órgãos históricos e um hospital do século XVIII.

Foi classificado em 1910 como Monumento Nacional, mas a classificação abrangia só o palácio, a basílica e o convento.

Por isso, a Direção-Geral do Património Cultural propôs alargar essa classificação à tapada e ao Jardim do Cerco.

Mau tempo obriga a cortar trânsito nas avenidas marginais do Porto

Texto e foto: Agência LUSA

A Avenida de Dom Carlos I, uma das marginais do Porto, está cortada ao trânsito desde as 11h devido às previsões de forte agitação marítima e agravamento das condições meteorológicas, anunciou esta quinta-feira a Câmara do Porto.

 “Com as informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e da Proteção Civil Municipal a darem conta de fortes probabilidades de condições adversas ainda mais fortes, as recomendações difundidas ontem [quarta-feira] à noite são agora acrescidas do agravamento do nível de aviso sobre a agitação marítima e da medida de precaução, com o corte de circulação na Avenida de Dom Carlos I a partir das 11h”, refere o município, através de uma nota na sua página oficial da Internet.

De acordo com a mesma nota, aquela artéria na marginal, junto ao Passeio Alegre, manter-se-á fechada ao trânsito durante o dia, podendo ser, contudo, reaberta ainda hoje [quinta-feira], “quando as condições de segurança o permitirem”. A Avenida Gustavo Eiffel, a marginal do rio Douro,  será também cortada ao trânsito a partir das 14h, entre as pontes Luís I e Freixo, devido a uma precipitação acumulada esperada de entre 30 a 40 milímetros por metro quadrado.

Na quarta-feira, aquela artéria na marginal ribeirinha da cidade esteve encerrada ao trânsito entre as 6h e as 13h, devido a uma derrocada provocada pelo ao mau tempo que ocorreu na zona das Fontainhas.

“Por causa do mau tempo, o IPMA emitiu aviso laranja para os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto e Aveiro devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de sudoeste com 5 a 5,5 metros, podendo atingir 9 metros de altura máxima”, disse fonte do IPMA. Este aviso laranja vai estar em vigor entre as 12h e as 18h.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou na quarta-feira à noite para o agravamento das condições meteorológicas na tarde desta quinta-feira, em particular nos distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Braga e Porto.

De acordo com o comunicado emitido pela ANEPC, para quinta-feira estão previstos períodos de chuva, que poderá ser “forte a partir do fim da manhã” na região norte. As autoridades preveem agitação marítima em toda a costa, que se poderá manter até ao final do dia. A ANEPC recomendou que seja dada “especial atenção às zonas historicamente identificadas como vulneráveis a inundações”, uma vez que poderá haver acumulação de água da chuva nas bacias hidrográficas de Lima, Cávado e margem norte do Douro.

Em declarações à TVI24, o comandante da Capitania do Porto garantiu que este tipo de situação é normal durante o inverno e que não é causa para alarmismo. Recomendou, no entanto, “prudência e bom senso”, declarando que todas as atividades marítimas devem ser evitadas.

O caudal do rio Douro está a ser monitorizado e não se prevê que transborde.

 

ARDIAN ADQUIRE A FRULACT, LÍDER NA PRODUÇÃO DE INGREDIENTES DE VALOR ACRESCENTADO PARA A INDÚSTRIA ALIMENTAR

Foto: Jornal económico

Com sede na Maia – Porto, a Frulact emprega mais de 750 trabalhadores, opera em nove unidades industriais na Europa, África e América do Norte, vendendo os seus produtos em mais de 40 países e registando um volume de negócios perto dos 115 milhões de euros. A empresa, fundada em 1987 pela família Miranda e liderada por João Miranda, tem um histórico robusto de crescimento baseado em evolução orgânica e aquisições criteriosas.

A Ardian irá apoiar a equipa de gestão da Frulact para acelerar o plano estratégico e consolidar a posição do grupo como um dos líderes globais na indústria alimentar, apoiando as atividades já em curso e fortalecendo as competências da Frulact em nichos e ingredientes adjacentes ao negócio. O conhecimento profundo da Ardian sobre a indústria de ingredientes alimentares, a sua rede global e o apoio que pode oferecer enquanto uma das principais sociedades de investimento internacionais fazem desta empresa a melhor parceira para identificar e promover oportunidades de crescimento que permitam transformar a Frulact num líder global.

A Ardian confiará na atual equipa de gestão para desenvolver este projeto, liderado por Duarte Faria como CEO. João Miranda irá exercer as funções de Presidente não-executivo do grupo.
João Miranda, presidente não-executivo da Frulact, refere: “Junto-me a todos os Frulacteanos para dar as boas-vindas à Ardian e começar este novo capítulo da Frulact. Estamos muito satisfeitos com este acordo e parceria, uma vez que a Ardian trará recursos financeiros e estratégicos consideráveis para impulsionar a Frulact a tornar-se uma plataforma forte, que irá agregar e integrar outros negócios contíguos na indústria dos ingredientes de valor acrescentado e, consequentemente, consolidar o projeto Frulact, apoiado no nosso capital humano, permitindo que a empresa explore uma pegada global sustentável. A Frulact continuará a operar como até agora, com esta equipa de gestão, desenvolvendo o nosso crescimento, inovação e estratégia de sustentabilidade a partir da nossa sede em Portugal, permitindo que a empresa dê o próximo passo no seu desenvolvimento e atinja as nossas ambiciosas expectativas de um futuro brilhante.”

Gonzalo Fernandez-Albiñana, líder da Ardian Buyout Espanha e conselheiro da Ardian França, declara: “A Frulact e a sua equipa de gestão têm os conhecimentos, competências e ambição para transformar a empresa num dos líderes globais de fornecimento de ingredientes alimentares naturais, expandindo as respetivas competências e alcance geográfico. A Ardian irá apoiar a equipa de gestão com a sua experiência, rede e recursos”.

Philippe Poletti, Membro do Comité Executivo e líder da Ardian França, menciona: “Esta transação é um exemplo perfeito da especialização da Ardian no apoio à transformação e crescimento de projetos em indústrias cujo funcionamento dominamos, ao mesmo tempo que mantemos o legado do que foi criado pela família Miranda. A nossa experiência a apoiar empresas na entrada em novos territórios, combinada com o nosso conhecimento e respeito pela tradição e valores das empresas familiares tornam a Ardian num parceiro ideal para este tipo de operações”.

A Frulact é o primeiro investimento da equipa da Ardian Buyout em 2020. Com 50 trabalhadores em sete escritórios na Europa e em Nova Iorque, a equipa de buyout investe em empresas de valor médio e alto com elevada qualidade de forma a transformá-las em líderes globais nos respetivos nichos de mercado.

Manchester United e LEGO anunciam parceria

Desde a sua construção em 1910, o Old Trafford tornou-se um dos mais icónicos estádios de futebol do Mundo, vendo despontar talentos como Bobby Charlton, David Beckham ou mesmo Cristiano Ronaldo e sendo a casa de um dos mais bem-sucedidos clubes do futebol mundial, o Manchester United Football Club. Aquele que foi apelidado de “Teatro dos Sonhos” por Bobby Charlton é agora homenageado pela LEGO, com um set que nenhum fã de futebol vai querer perder.

São 110 anos de história, de gritos de alegria e lágrimas de tristeza, de paixões e de alegria, de futebol agora “capturados” em peças LEGO, à escala 1:6000, num set que promete fazer as delícias dos mais de 659 milhões de fãs do clube em todo o Mundo. Este modelo de 3898 peças inclui pormenores como o a Trinity Statue, que celebra os heróis do clube Bobby Charlton, George Best e Denis Law, ou o Munich Memorial Clock, o relógio perpetuamente parado à hora do desastre aéreo de Munique, que vitimou parte da equipa do Manchester United em 1958.

“Criar o Old Trafford em LEGO foi um desafio tremendo para a equipa e não podíamos estar mais satisfeitos com o resultado. Os 110 anos do estádio contêm em si vários locais e histórias para contar, à medida que se constrói este set. Estamos muito contentes por poder proporcionar aos fãs esta experiência de descoberta de legado e pormenores, enquanto constroem e depois expõem este icónico estádio.” Disse Michael Psiaki, LEGO Design Master, responsável pelo set.

O set LEGO Creator Expert 10272 Old Trafford – Manchester United terá 18,5cm de altura, 47 de comprimento e 39 de largura, inclui um livro de instruções com a história do estádio e dos designers que lhe deram vida. Estará à venda a partir de 1 de Fevereiro (tendo os LEGO Vip Members acesso a partir de 16 de Janeiro) e estará disponível a partir dos 269,99€.

EMPRESAS