Inicio Tags BEBÉVIDA

Tag: BEBÉVIDA

BebéVida assinala 15 anos com a confiança de mais de 35 mil famílias

A BebéVida, banco de tecidos e células 100% português, celebra o seu 15.º aniversário num evento que junta várias figuras públicas e famílias que confiaram à BebéVida a criopreservação das células estaminais dos seus filhos nos últimos anos. Além da embaixadora da BebéVida, a atriz Dânia Neto, estarão presentes Vanessa Oliveira e Ana Sofia Cardoso, entre outras caras conhecidas do público.

O aniversário é também marcado pela ampliação das atuais instalações da BebéVida, onde colaboradores, familiares, parceiros, especialistas médicos e associações apoiadas pela BebéVida terão oportunidade de participar num Porto de Honra e disfrutar de um momento musical ao final do dia.

Em 15 anos de existência deste que é o único laboratório de criopreservação em Portugal com instalações próprias e pensadas de raiz para o efeito, foram já mais de 35 mil as famílias que escolheram a BebéVida para criopreservar as células estaminai dos seus recém-nascidos.

“É com emoção que abrimos a porta da nossa casa para receber os amigos que ao longo destes anos confiaram na BebéVida. É esta confiança em nós depositada que nos motiva a continuar a prestar um serviço de excelência e qualidade, reconhecido internacionalmente pelos mais altos padrões de qualidade e rigor”, refere Luís Melo, administrador da BebéVida.

Quando: 18 de outubro, sexta-feira pelas 17h00

Onde: BebéVida – Av. da França, nº. 476 4050 – 277 Porto

Mais de 160 grávidas caminharam pela Natalidade no Porto

O valor angariado com as inscrições totalizou os 614 euros e a organização da Maratona duplicou o valor e doou um total de 1.228 euros à Associação Vida Norte, uma instituição que se dedica a acompanhar grávidas em situação de dificuldade e a promover a vida e a família.

“Numa altura em que Portugal se apresenta como um dos países com a menor taxa de natalidade da União Europeia, estamos conscientes da importância deste tipo de eventos. Este ano, entregámos, mais uma vez, o dobro do valor das inscrições à associação Vida Norte, que contribui para a melhoria de um grande número jovens grávidas em situações de dificuldade e que nos deixa muito satisfeitos por, de alguma forma, podermos contribuir para esta missão”, comenta Luís Melo, administrador do laboratório sediado no Porto.

Todos os participantes receberam ofertas dos parceiros da BebéVida e foram convidados a participar nas diferentes atividades que decorreram ao longo da manhã. Às grávidas com mais de 17 semanas de gestação

foi ainda oferecida uma sessão de captação de imagem 4D por cinco minutos, que permitiu conhecerem o sorriso dos seus bebés mesmo antes do nascimento.

“Esta é uma iniciativa que nos enche de orgulho e que de ano para ano cresce em número de participantes. Este ano o sol escondeu-se mas isso não impediu que fosse uma edição muito participada e cheia de animação.”, acrescenta o responsável da Bebévida.

Mais de 250 grávidas vão caminhar pela Maternidade no Porto

As inscrições apontam para perto de meia centena de participantes no total, depois de, em 2018, mais de 300 inscritos, dos quais 150 grávidas, terem percorrido 3 quilómetros pela natalidade, aquela que é “A maior maratona das nossas vidas”.

“Este é o ano em que praticamente duplicamos as participações e é para a BebéVida um orgulho muito grande poder contribuir para a celebração da vida e da natalidade do país, o quarto da União Europeia com a mais baixa taxa de natalidade”, afirma Luís Melo, administrador do laboratório sediado no Porto.

“À semelhança do ano passado, vamos novamente doar em dobro à associação Vida Norte o valor angariado com as inscrições. A responsabilidade social corporativa está no nosso ADN e é o nosso contributo para o reconhecimento do trabalho que a associação tem, há mais de 20 anos, feito ao acompanhar grávidas em situação de dificuldade, na promoção da vida e da família”, acrescenta o responsável.

As inscrições devem ser feitas através do site da BebéVida e têm o custo simbólico de €2, a entregar no momento do levantamento do Kit de participação.

Todos os participantes receberão ofertas dos parceiros da BebéVida e poderão participar nas diferentes atividades que decorrem ao longo da manhã. Às grávidas com mais de 17 semanas de gestação será oferecida uma sessão de captação de imagem 4D por 5 minutos, para que possam conhecer o sorriso dos seus bebés mesmo antes do nascimento.

“Mamãs Sem Dúvidas” com dois dias dedicados às grávidas nos Açores

Nestes dois dias dedicados aos futuros pais as atividades no Parque Atlântico arrancam às 10h e terminam às 18h. As futuras mães podem participar em sessões de maquilhagem, mas não se excluem os pais, pois há sessões fotográficas e a oportunidade de conhecer o bebé antes de nascer, numa captação de imagem 3D/4D (para gravidezes acima das 17 semanas).

Haverá também espaço para o esclarecimento personalizado sobre células estaminais do sangue e tecido do cordão umbilical, para que os casais conheçam as potencialidades deste tipo de células.

A tarde de sábado, 28 de setembro, será marcada por um workshop sobre “Sono e Babywearing”, às 17h30, com dicas de uma terapeuta do sono infantil. Já no domingo, 29 de setembro, às 10h30, a terapeuta explica “Como lidar com os desconfortos do bebé”, com conselho úteis para receber um recém-nascido.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, e podem ser feitas em www.bebevida.com ou por telefone (212 744 021/2).

Com o objetivo de apoiar os futuros pais nos desafios que a parentalidade acarreta, a BebéVida realiza frequentemente workshops Mamãs Sem Dúvidas por todo o país, debruçando-se sobre diversos temas importantes para os casais grávidos e futuros pais.

Mamãs Sem Dúvidas esclarecem sobre sono, banho e babywearing em Coimbra

Chegar a casa com um recém-nascido é um momento muito especial e para o qual todas as dicas podem ser úteis. A BebéVida promove em Coimbra dois workshops Mamãs Sem Dúvidas, onde especialistas vão partilhar conselhos sobre sono do bebé, babywearing, a muda da fralda e o banho. Serão também prestados esclarecimentos sobre a importância das células estaminais e a criopreservação.

A Loja ProBebé recebe dia 4 de julho, às 18h00, o workshop sobre “O banho do bebé” e “A assadura da fralda”, enquanto o Hospital da Luz Coimbra  acolhe a 5 de julho, às 18h30, as sessões sobre “O Sono do Bebé” e “Babywearing”.

Ainda, nos dias 9 e 10 de julho os futuros pais da região podem conhecer os seus bebés mesmo antes de nascerem, com a realização de uma sessão gratuita de captação de imagem Eco MyBaby 4D, que pode ser realizada a partir das 17 semanas de gestação.

Na Farmácia Quaresma, em Tábua, vai ser possível realizar a sessão gratuita entre as 10h30 e as 19h30 do dia 9 de julho. No dia seguinte, na loja Yupi Baby, a tarde é dedicada à captação de imagem, entre as 14h30 e as 19h30.

Com o objetivo de apoiar os futuros pais nos desafios que a parentalidade acarreta, a BebéVida realiza os workshops Mamãs Sem Dúvidas por todo o país, debruçando-se sobre diversos temas importantes para os casais grávidos e futuros pais.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, e podem ser feitas em www.bebevida.com, por telefone (212 744 021) ou email (mamas.sem.duvidas@bebevida.com).

Os participantes recebem um kit de ofertas, descontos e amostras para o bebé e a futura mãe.

Cientista americana recomenda o corte do cordão umbilical até 1 minuto depois do nascimento

O processo de colheita do sangue é indolor e não representa riscos para a mãe ou o recém-nascido. Adicionalmente, após a criopreservação, a amostra colhida poderá vir a ser utilizada no tratamento de mais de 80 doenças.

Apesar de a Organização Mundial de Saúde recomendar o corte tardio do cordão em todos os partos, estudos em recém-nascidos de termo (não prematuros) têm demonstrado que aproximadamente 70-80% do sangue que está no cordão e na placenta é transferido para o bebé durante o primeiro minuto após o nascimento.

A pediatra e hematologista Joanne Kurtzberg, que integrou a equipa que fez o primeiro transplante de células estaminais provenientes do cordão umbilical há 30 anos, recomenda que o corte do cordão umbilical no momento do parto não deve exceder 1 minuto, por forma a manter a viabilidade de uma colheita e armazenamento do sangue do cordão umbilical.

“É importante não desperdiçarmos o sangue do cordão”, afirmou a médica na sua primeira visita a Portugal, onde participou como oradora na Reunião de Primavera da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal (SPOMMF).

Joanne Kurtzberg recomendou aos obstetras e enfermeiros especialistas em Portugal que “colham o sangue do cordão umbilical sempre que possam e não o desperdicem, quer seja para guardar em bancos públicos ou privados. É um produto biológico muito valioso pelo que devemos guardar todo o sangue do cordão umbilical que conseguirmos.”

“Devemos encontrar-nos no meio e preferir um corte do cordão que possa aumentar o volume de sangue que passa para o recém-nascido, mas sem comprometer a qualidade e quantidade da amostra a criopreservar. Só assim garantimos que as amostras colhidas têm a qualidade necessária”, afirma João Sousa, diretor de Qualidade do banco de tecidos e células BebéVida.

As atuais recomendações do American College of Obstetricians and Gynecologists indicam que, desde que a mãe tenha níveis adequados de ferro e que a gravidez tenha, pelo menos, 37 semanas, um corte do cordão umbilical entre 30 a 60 segundos após o nascimento permitirá garantir um resultado seguro para o recém-nascido e, em simultâneo, uma colheita adequada de sangue do cordão umbilical, caso seja essa a escolha dos pais.

Mais sobre a BebéVida:

O laboratório BebéVida é um banco de tecidos e células 100% português licenciado pelo Ministério da Saúde. Eleito PME Líder há oito anos consecutivos, foi distinguido com o estatuto PME excelência em 2017 pela segunda vez.

A BebéVida disponibiliza o serviço de criopreservação de células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical de recém-nascidos e é o único laboratório de criopreservação português reconhecido pela acreditação FACT Netcord, a mais completa distinção que um laboratório de criopreservação de células estaminais pode obter a nível mundial.

A BebéVida foi distinguida em 2019 com o Prémio Cinco Estrelas, na categoria Criopreservação, uma distinção atribuída pelos consumidores e que mede o seu grau de satisfação face a produtos e serviços de várias áreas.

Estudo clínico com células estaminais avalia tratamento de paralisia motora

Este estudo clínico é anunciado na sequência de outros estudos pré-clínicos e clínicos já realizados para testar o uso de células estaminais no tratamento de lesões da espinal medula.

“Neste estudo em particular recorre-se às células estaminais pluripotentes induzidas, que mais não são do que uma reprogramação das células adultas, para que se diferenciem em células estaminais com potencial de diferenciação quando injetadas nas células e tecidos que se pretende recuperar”, explica João Sousa.

Vários grupos de investigação em todo o mundo têm dado atenção a esta área, numa tentativa de encontrar nas terapias celulares soluções para tratar lesões de espinal medula.

João Sousa conclui que “este estudo reforça que as células estaminais podem vir a ser usadas no tratamento de doenças que, à data de hoje, ainda não têm tratamento, daí ser importante considerar a criopreservação durante a gravidez”.

Mais sobre a BebéVida:

O laboratório BebéVida é um banco de tecidos e células 100% português licenciado pelo Ministério da Saúde. Eleito PME Líder há oito anos consecutivos, foi distinguido com o estatuto PME excelência em 2017 pela segunda vez.

A BebéVida disponibiliza o serviço de criopreservação de células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical de recém-nascidos e é o único laboratório de criopreservação português reconhecido pela acreditação FACT Netcord, a mais completa distinção que um laboratório de criopreservação de células estaminais pode obter a nível mundial.

A BebéVida foi distinguida em 2019 com o Prémio Cinco Estrelas, na categoria Criopreservação, uma distinção atribuída pelos consumidores e que mede o seu grau de satisfação face a produtos e serviços de várias áreas.

BEBÉVIDA distinguida pelos consumidores com Prémio Cinco Estrelas 2019

A BebéVida, banco de tecidos e células, foi distinguida em 2019 com o Prémio Cinco Estrelas, na categoria Criopreservação, uma distinção atribuída pelos consumidores e que mede o seu grau de satisfação face a produtos e serviços de várias áreas.

A BebéVida conquistou uma classificação global de 73,6% no conjunto das cinco principais variáveis que influenciam uma decisão de compra: satisfação pela experimentação, relação qualidade/preço, intenção de compra ou recomendação, confiança na marca e inovação.

 “O Prémio Cinco Estrelas é para nós muito importante, porque espelha a satisfação dos consumidores em relação à BebéVida”, afirma Luís Melo, administrador da BebéVida. “Trabalhamos diariamente com rigor e qualidade para dar segurança a quem nos procura e temos neste prémio o reconhecimento do nosso trabalho, das acreditações internacionais que nos distinguem e da nossa aposta em Portugal”, conclui.

A BebéVida é o único laboratório de criopreservação em Portugal e um dos seis privados a nível mundial reconhecido pela acreditação internacional FACT Netcord, a mais completa distinção que um laboratório pode obter.

Com um laboratório construído de raiz com instalações próprias no Porto, a BebéVida oferece uma solução segura, acessível e de qualidade a todos os pais que procuram um banco para criopreservar as células estaminais do sangue e tecido do cordão umbilical dos seus filhos.

 

 

EMPRESAS