Inicio Tags Beja

Tag: Beja

Beja celebra Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Património e Paisagem Rural é o tema deste ano. Pretende-se, desse modo, promover o entendimento das zonas rurais enquanto paisagem, e da paisagem enquanto património, estimulando a percepção de territórios em permanente mutação, que acumulam os saberes e as práticas decorrentes de uma vivência continuada, em constante adaptação aos imperativos ambientais, culturais, sociais, políticos e económicos. 

Em Beja comemoraremos a data no Moinho Grande. Localizado nos arredores de Beja, é propriedade da família Soares, que tem desde há várias gerações garantido a sua salvaguarda, permitindo hoje a sua dinamização, e (re)valorização paisagística da envolvente da cidade.

O Moinho Grande, para além da sua beleza inegável, é símbolo de património ímpar, onde o vento dava lugar à farinha e daí ao mais transversal dos alimentos humanos, o pão. É lugar de mil e umas histórias e saberes que, ao final da tarde do dia 18, exploraremos através de visitas guiadas pelo Sr. Francisco Soares e de uma sessão de Contos promovida pela Biblioteca Municipal de Beja. 

Já é conhecida a programação geral do Festival B

Para além dos 4 dias do Festival estão preparadas várias iniciativas de celebração oficial dos 350 anos das Cartas Portuguesas, de que se destacam a produção de um filme de reconstituição histórica em 3D, um documentário televisivo a traduzir em Inglês, Francês e Japonês, a edição de um livro de Banda Desenhada criado por Paulo Monteiro e destinado ao público infantil, a edição de livro e construção de um espetáculo musical a partir de 12 poemas de amor criados pelo compositor Paulo Abreu Lima e, ainda, exposições bibliográficas, instalações artísticas e uma exposição e homenagem a Leonel Borrela, artista plástico e grande dinamizador e estudioso da figura de Mariana Alcoforado.

À semelhança do ano anterior, nesta edição a organização desafiou vários artistas para a criação e adaptação de espetáculos de acordo com a figura de Mariana Alcoforado e das Cartas Portuguesas, tendo recebido com enorme entusiasmo respostas positivas e empenhadas que conduzirão à apresentação de concertos e espetáculos únicos, de teatro, de música e de bailado, de que se destaca o concerto, criado propositadamente para o Festival, que junta Jorge Palma e Mafalda Veiga, dois cantores e compositores que nunca antes haviam atuado em conjunto.

Integrado no programa geral do Festival insere-se, ainda, a primeira produção da CADAC – Companhia Alentejana de Dança Contemporânea, recentemente criada em Beja e que corresponde, assim, ao desafio lançado pelo FESTIVAL B.

Anunciados os espetáculos, brevemente será divulgado o programa diário e os locais onde se realizarão.

Beja: Exposição Anatomia Regional e Residência Artística de Eduardo Freitas no Centro UNESCO

Em Anatomia Regional somos convidados a ver e pensar o Alentejo como um corpo. Na biologia, a anatomia regional é o método de estudo do corpo por regiões. Foi a partir deste conceito que Eduardo Freitas estruturou as esculturas presentes nesta exposição – interpretando órgãos, ossos e sons do corpo – associadas aos elementos tradicionais da região do Alentejo – terra, vinho, pão, religiosidade e cante. O artista trabalhará ainda durante um mês e meio no Centro UNESCO – Beja no âmbito de uma residência artística com o objectivo de continuar a explorar as mesmas interligações de Anatomia Regional.

O trabalho resultante desta residência em Beja será apresentado no último trimestre do ano no âmbito das comemorações do 5º aniversário da classificação do Cante como Património Cultural Imaterial da Humanidade. 

Esta é uma organização da Câmara Municipal de Beja e Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial. 

Sobre o Escultor

Eduardo Freitas nasceu a 2 de maio de 1990, em Ponta Grossa, Paraná, Brasil. Em 2017 decidiu vir para Portugal na expectativa de encontrar novos estímulos e impulso criativo para a sua produção artística.

Foi o autor vencedor do concurso para a residência artística Tradição><Contemporâneo, que originou esta exposição, promovido pela Associação Oficinas do Convento e co-financiado pelo Município de Montemor-o-Novo e pela Direção Geral das Artes – Ministério da Cultura. Tem ainda participado em diversas exposições no Brasil e em Portugal destacando-se a XX Bienal de Arte de Cerveira, em Portugal. 

Vamos “por esses campos fora”

Ponto de encontro:

8h30 – piscina coberta – ponto de encontro em Beja
9h00 – Casa do Povo – ponto de encontro em Salvada


Duração: 4h00

 

Os participantes deverão trazer calçado confortável, água, peça de fruta e impermeável ou chapéu.

Caso as condições climatéricas sejam adversas o passeio poderá ser cancelado.

 

Inscrição obrigatória através do email: turismo@cm-beja.pt – 284 311 913.

(nome, CC/BI, contacto telefónico, localidade e email)

“É Natal em Beja”

‘É NATAL EM BEJA’ assina esta campanha que abrange um conjunto de atividades de animação e incentiva as compras de Natal no comércio tradicional de Beja.

Até 6 de janeiro estão previstas várias atividades de animação, música, teatro, animação de rua, mercado, oficinas de cozinha e de artesanato, passagem de modelos, sorteio e concursos, entre outras, que convidam à participação de todos.

De 7 a 9 de dezembro está de regresso o Mercado de Natal. Até às 18h30 de domingo, entre o Jardim do Bacalhau e as Portas de Mértola, incentiva-se a visita ao centro histórico e promovem-se os produtos agroalimentares, artesanato e livros .

A Chegada do Pai Natal, momento alto desta programação, terá lugar no sábado, dia 8, pelas 11 horas e promete momentos mágicos para os mais novos. Siga a rota e venha com os miúdos dar as boas-vindas ao Pai Natal.

(Rota da chegada do Pai Natal:  Av. Miguel Fernandes -> Rua da Liberdade -> Jardim do Bacalhau -> Rua Capitão João Francisco de Sousa -> Portas de Mértola – > Terreiro dos Valentes -> Rua do Canal -> Rua Gomes Palma -> Rua de >Mértola -> Rua do Canal -> Largo dos Correios – > Rua da Infantaria 17 -> Rua das Portas de Mértola -> Rua Condes da Boavista -> Rua dos Infantes -> Praça da República -> Rua das Lojas -> Portas de Aljustrel -> Casa do Pai Natal)

O Pai Natal fica por cá para receber as cartas e tirar fotografias, fixando-se a partir desta data na Casa do Pai Natal, na Rua Capitão João Francisco de Sousa, onde decorrem muitas atividades para crianças.

Nos dia 7 e 8, das 10h00 às 22h00, terá lugar a IV Feira de Doçaria Conventual e Regional no Museu Regional Rainha D. Leonor, uma iniciativa promovida pelos alunos do Curso Profissional de Animação em Turismo do Agrupamento de Escolas nº2 de Beja.

O Grupo de Teatro da Sociedade Filarmónica Capricho Bejense apresenta a peça de teatro “O Natal das Bruxas”, na Sala Estúdio do Pax Julia, na sexta-feira, dia 14, pelas 14h30, e no sábado, dia 15, com sessões agendadas para as 15h00 e 16h00.

No dia 22 de dezembro, temos mais uma edição do Mercado Livre, pela associação ARRUAÇA, junto ao Museu Regional Rainha D. Leonor.

Em janeiro, a festa chega à Praça da República, com o bolo-rei gigante acompanhado de animação musical, insufláveis e outras atividades, dia 4, pelas 15h00.   No dia 5, pelas 11h00, decorrerá o Cante aos Reis.

As compras realizadas no comércio local durante este período permitem, mediante o preenchimento de um cupão, habilitar os compradores a diversos prémios que estarão a sorteio no dia 5 de janeiro, pelas 12h30. 

A par destas iniciativas, a Câmara Municipal de Beja investe fortemente na iluminação alusiva à época que decora as principais artérias comerciais com luzes de Natal já a partir de dia  1 dezembro.

Chuva intensa provocou 21 inundações no distrito de Beja

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou à agência Lusa que a Escola E/B, 2/3 José Gomes Ferreira, em Ferreira do Alentejo, sofreu danos em salas, corredores e no quadro elétrico, devido à inundação, e vai encerrar na quarta-feira, “por precaução e segurança”.

Segundo a mesma fonte, os concelhos de Beja e de Ferreira do Alentejo foram os mais afetados com as inundações registadas até cerca das 23:00, em habitações, vias públicas e estradas.

Na zona de Beja foram registadas nove inundações, em Ferreira do Alentejo sete, tendo as restantes ocorrido nos concelhos de Serpa, Moura, Barrancos e Odemira.

Sismo de magnitude 2,9 na escala de Richter sentido perto de Barrancos

O sismo, cujo epicentro se localizou a cerca de 30 quilómetros a nordeste de Barrancos, concelho do distrito de Beja que faz fronteira com Espanha, foi registado nas estações da Rede Sísmica do Continente, refere o IPMA.

Segundo as autoridades locais, não há relatos de vítimas pessoais ou estragos materiais.

Beja: SEF resgata vítimas de tráfico de pessoas

Em comunicado enviado à agência Lusa, o SEF indica que os dez trabalhadores, também estrangeiros, foram sinalizados como vítimas de tráfico de seres humanos e encaminhados para uma instituição de apoio.

Denominada “Merlin”, a operação decorreu na quinta-feira, na sequência de uma investigação que teve origem numa denúncia apresentada por três trabalhadores que conseguiram fugir às “malhas” da organização e se deslocaram a pé até ao Algarve.

As vítimas, segundo o SEF, denunciaram um esquema indiciário da prática dos crimes de auxílio à imigração ilegal, angariação de mão-de-obra ilegal e tráfico de pessoas para efeitos de exploração laboral, tendo os factos sido participados ao Ministério Público de Ferreira do Alentejo, que tem a cargo a investigação.

Em causa, de acordo com o SEF, está a atuação de um grupo criminoso organizado que se dedica a trazer cidadãos oriundos do Leste Europeu, nomeadamente Moldávia e Roménia, para explorações agrícolas no Alentejo a troco de avultadas quantias monetárias.

A investigação apurou que os trabalhadores eram angariados e aliciados nos seus países de origem, através de falsas promessas de contrato de trabalho, cujas cláusulas não eram cumpridas, nomeadamente no que respeita a remunerações e qualidade de vida.

Os trabalhadores que chegavam a Portugal eram transportados e alojados na zona de Beja e passavam a ser “controlados por um grupo de indivíduos, que de forma organizada, decidia os trabalhos a executar na agricultura e os horários a cumprir”.

As vítimas, assinala o SEF, “nunca chegavam a receber qualquer salário, auferindo unicamente pequenas quantias para a sua própria subsistência”, e eram “iludidos com a informação” de que não conseguiriam regularizar a sua situação em Portugal.

O SEF refere que o principal suspeito em investigação e nove trabalhadores sofreram um acidente rodoviário, na quinta-feira de madrugada, no Itinerário Principal (IP) 8, no sentido Beja-Ferreira do Alentejo.

O suspeito, que transportava os trabalhadores para uma exploração agrícola, escapou ileso, mas o acidente provocou nove feridos, cinco ligeiros e quatro graves entre os trabalhadores, adianta a organização de segurança.

Durante a operação, que envolveu 20 inspetores do SEF e em que foram identificados cerca de 100 cidadãos estrangeiros, foram cumpridos um mandado de detenção e um de busca domiciliária, tendo sido emitidos mais três mandatos de detenção no decurso da ação.

Os quatro detidos, com idades entre os 22 e os 42 anos, vão ser presentes ao Tribunal de Ferreira do Alentejo para aplicação de eventuais medidas de coação.

Beja recebe Campeonato Europeu de Horseball

O Município de Beja recebeu um convite da Federação Internacional de HorseBall (FIHB) para a organização da FIHB WHR Champions League em 2017. Este convite vem confirmar o reconhecimento da experiência e qualidade demonstrada na organização de competições internacionais no Salão do Cavalo, integrado na Ruralbeja, desde 2014.

De 28 a 30 de Setembro, Beja receberá no Parque de Feiras e Exposições, cerca de 140 jogadores de diferentes países, estimando-se mais de 2000 visitantes. A aposta neste tipo eventos pretende contribuir para a dinamização da economia local, assegurando ainda a projeção de Beja além fronteiras, afirmando assim a estratégia do Município de Beja ao nível da promoção de eventos de qualidade e caráter internacional.

O horseball nasceu em França, nos anos 70. Em 1990 o desporto chegou a outros paises europeus, entre os quais Portugal, com o primeiro Campeonato da Europa a ser disputado em 1992. Actualmente, oito nações participam activamente no desenvolvimento do horseball: Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, França, Itália, Portugal e Reino Unido.

Duas equipas, de quatro jogadores cada, participam num jogo de horseball, necessitando de apanhar a bola do chão, sem desmontar. Tendo a posse de bola, a equipa precisa de efectuar três passes, entre três jogadores diferentes, antes de poder rematar e marcar golo. Através de um jogo de ataques e defesas, as equipas procuram marcar golos nas balizas colocadas nas extremidades do campo, que tem uma dimensão de 65 x 25 metros.

Dois mortos em queda de carro numa barragem em Beja

Um carro com duas pessoas a bordo caiu esta manhã e está submerso nas águas de uma albufeira em Baleizão, no concelho de Beja, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros. De acordo com a SIC Notícias, as duas pessoas morreram. Os corpos estarão a ser retirados do fundo da barragem.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Beja, Manuel Baganha, reportando-se a informações prestadas por populares, o carro estava a fazer inversão de marcha quando caiu nas águas da albufeira da barragem da Reboleja, na freguesia de Baleizão.

O alerta para o acidente foi dado cerca das 10h30 e, ao início da tarde, aguardava-se a chegada ao local de quatro mergulhadores dos Bombeiros de Moura para fazerem buscas nas águas da albufeira para detetarem o carro e, posteriormente, retirarem as vítimas.

De acordo com Manuel Baganha, no local, estão elementos e meios da GNR e dos bombeiros e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Beja.

Notícia atualizada às 13h14.

EMPRESAS