Inicio Tags DHC Food Experience

Tag: DHC Food Experience

DHC – FOOD EXPERIENCE RECEBE PRÉMIOS SABOR DO ANO EM SETE ARTIGOS

ANA PAULA TEIXEIRA CARLA MARTINS

Um dos grandes vencedores da edição deste ano, foi, como não podia deixar de ser, uma das marcas mais reputadas presentes neste certame, de seu nome DHC – Food Experience, edificada em 1997, e que é o reflexo perfeito do que significa a paixão pelos produtos alimentadores inovadores, deliciosos, saudáveis e que proporcionam momentos inesquecíveis e de verdadeiro prazer. É importante realçar que na edição deste ano, foram sete os produtos da DHC que ganharam o Prémio Sabor do Ano 2020, três dos quais da marca própria Pasta do Dia.

Antes de tudo, interessa compreender que o compromisso da marca passa pela seleção dos melhores produtos e pela colocação dos mesmos no mercado de forma competitiva e à altura dos consumidores mais exigentes. Mas, nestas coisas da qualidade não basta querer, é necessário apostar diariamente numa dinâmica positiva e enriquecedora da própria marca e dos produtos em prol do mercado. Como ninguém cresce a solo, a DHC assume que uma das suas principais vantagens e riquezas passa pela capacidade que teve em assumir parcerias com players de excelência e reconhecido prestígio nacional e internacional.

A Revista Pontos de Vista esteve presente no evento e conversou com Ana Paula Teixeira, Fundadora e Managing Director da marca, que, por esta altura, é uma mulher satisfeita e grata, até pelas vezes que teve de subir ao palco para receber os galardões, tantos foram os prémios conquistados. “Sou, naturalmente, uma mulher grata e realizada, mas neste momento de contentamento, não posso deixar de agradecer a todos aqueles que me ajudaram e que estiveram sempre presentes para levar a marca a um patamar mais elevado. Falo da minha família,  amigos, da equipa da DHC que tem sido fundamental e, naturalmente, dos nossos parceiros que têm sido verdadeiros cúmplices neste êxito. Por último, mas não menos importante, não posso deixar de salientar a importância dos nossos clientes, pois sem eles nada disto faria sentido. Tudo o que fazemos. Todo o esforço que colocamos diariamente. Todos os produtos inovadores que apresentamos, é por eles e para que fiquem sempre satisfeitos com a DHC. O PRÉMIO SABOR DO ANO 2020 ganha ainda outro impacto porque é atribuído pelos consumidores e isso, tem outro sabor e um sentimento muito especial, porque significa que estamos a fazer as coisas bem, e, é nessa senda que pretendemos continuar”, advoga satisfeita a nossa entrevistada, que fundou a empresa em 1997, e que o fez porque “percecionei algumas oportunidades de negócio onde eu sabia que podíamos acrescentar valor, nomeadamente nos produtos onde nos posicionamos”.

Nesta entrevista, tivemos também a presença de Carla Martins, Sales Manager da DHC – Food Experience, e que era também uma mulher extremamente satisfeita com os resultados alcançados. “Somos uma empresa tipicamente familiar, mas temos uma coisa que marca a diferença, ou seja, a forma apaixonada como trabalhamos e como cuidamos dos nossos produtos em prol do nosso cliente. Acima de tudo, temos o verdadeiro espírito de missão em aportar aos portugueses os melhores produtos, com a melhor relação qualidade/preço, estando sempre disponíveis para inovar, e isso, é um cenário inerente a toda a equipa”, esclarece a nossa entrevistada.

“Perceber as mudanças para chegar primeiro”

Como já foi salientado, a DHC é hoje um player de excelência no domínio alimentar, estando no mercado há mais de duas décadas, e sendo uma marca exemplar no compromisso que assume diariamente com os seus clientes e consumidores. Mas como é que a marca tem conseguido manter-se no patamar da excelência e na liderança em Portugal neste segmento alimentar desde o início? Ana Paula Teixeira e Carla Martins não têm dúvidas, e um dos pontos essenciais do êxito da marca passa pela capacidade que têm tido em estar atentas às mudanças de comportamento do consumidor e saber antecipar as mesmas, até porque este segmento, a vertente alimentar, está em constante mutação e é muito dinâmica. “Temos de nos adiantar e perceber as mudanças para chegar primeiro. Naturalmente que colocar isto em prática não tem sido fácil, mas temos conseguido fazê-lo ano após ano, pois temos uma equipa de excelência e que está pronta a dar tudo pela marca e pela satisfação do cliente”, revela a fundadora da DHC, não sem antes assegurar que também é determinante “escolher os parceiros certos, tanto a nível dos produtos, como dos canais, através dos quais, os mesmos chegam aos consumidores”.

DHC – Continuar a fazer a diferença

Inovação e produtos saudáveis são dois conceitos intimamente ligados quando falamos dos produtos da DHC – Food Experience, podendo até ser este o segredo mais bem guardado da marca. “Sabemos que estes dois conceitos são fundamentais para o nosso sucesso”, revela Ana Paula Teixeira, dando o mote para a excelência. “Acima de tudo o fator saudável aliado ao sabor, à textura e à conveniência”, assume convicta a nossa entrevistada.

Contudo, que não se julgue que alcançar este nível e este patamar de excelência foi um caminho simples e fácil e que surgiu da noite para o dia. De todo. Este patamar de qualidade, rigor e transparência obrigou e obriga a um trabalho apurado e de sacrifício positivo em prol dos melhores produtos e de continuar a elevar a marca. Assim, esta capacidade inovadora em busca de novas soluções e tendências de consumo, tem obrigado as nossas interlocutoras a “muitas viagens, com inúmeras visitas a Super e a Hipermercados em outros países e feiras. Sabemos que para sermos os melhores temos de estar preparadas para procurar os melhores parceiros e os melhores produtos, e, desse nível não pretendemos sair, ou seja, tudo faremos para continuar a oferecer ao mercado um nível de excelência do mais elevado que existe em Portugal”, revelam as nossas entrevistadas.

Mas de que forma é que a DHC, com os seus produtos de excelência, veio aportar valor adicional a esta iniciativa: PRÉMIO SABOR DO ANO 2020? Segundo Ana Paula Teixeira, estes eventos e galardões servem, também, para ajudar a comunicar a qualidade “dos nossos produtos aos atuais e aos potenciais novos consumidores”, afirma, assegurando que uma das valias que a DHC conseguiu trazer para a edição deste ano, 2020, passou pelas Massas Sem Glúten, que foram os únicos produtos premiados nesta nova Categoria do prestigiado Selo, assim como nas categorias de Massas Culinárias, Salmão Fumado e Mozzarella “em que fomos igualmente pioneiros”, salienta a nossa entrevistada.

“Vamos continuar nesta lógica de crescimento

A terminar, interessa dar a conhecer que este reconhecimento, trata-se de um símbolo de qualidade e sabor excecional dos produtos alimentares que guia o consumidor no processo de escolha simplificando o momento de compra. É ainda importante salientar, que pelo facto destes reconhecimentos serem atribuídos pelo consumidor, num teste cego, aumenta ainda mais o nível de satisfação e orgulho das nossas interlocutoras e dos seus pares. “Vamos continuar nesta lógica de crescimento ao nível da inovação de produtos e da satisfação do cliente, porque ainda queremos mais e sabemos que temos capacidade e qualidade, para ir mais além. Estamos gratos aos nossos parceiros e consumidores, porque sem eles nada disto seria possível. A DHC – Food Experience, vai continuar a fazer o melhor e cada vez mais para ultrapassar as expetativas de todos que confiam em nós, tendo sido este prémio, um enorme reconhecimento e motivação para continuarmos a crescer”, conclui Ana Paula Teixeira, Fundadora da DHC – Food Experience.

O que dizem os parceiros da DHC – Food Experience

Paolo Zanetti

Zanetti Formaggi

A DHC é uma das companhias mais profissionais que já tive o privilégio de conhecer e nestes vinte anos de cooperação e relacionamento, nunca tivemos qualquer problema. acima de tudo, sabemos do elevado nível de profissionalismo existente entre nós e a DHC, principalmente na pessoa da Ana Paula Teixeira. Temos noção que iremos continuar a trilhar o mesmo caminho em prol da qualidade”.

Joseba Martikorena

Diretor Geral da Martiko

“Trabalhamos com a DHC – Food Experience há 17 anos e esta relação foi sendo construída paulatinamente, sendo hoje, cada vez mais, uma relação que assenta na confiança, e que é, cada vez mais intensa, até porque os resultados alcançados têm sido fantásticos para ambas as empresas. Este prémio Sabor do Ano 2020 é um reconhecimento importante do trabalho quotidiano que temos realizado com a DHC”.

 

Rebeca Del Pueyo

Diretora Comercial da Martiko

“É extremamente fácil e simples trabalhar com a DHC e criar uma relação sólida, porque estamos a falar de uma marca com pessoas muito responsáveis e que sabem bem o que querem. O nível de clareza e transparência que rege a nossa relação tem sido muito elevado e isso aporta, naturalmente, resultados extremamente gratificantes e positivos.

Hubert Chopart

Diretor de Exportação Grupo Cérélia

“O nosso primeiro contato com a DHC – Food Experience surgiu através da Ana Paula Teixeira, há duas décadas, e desde logo que sentimos que havia uma química positiva entre as duas empresas e conseguimos criar um nível de colaboração de excelência muito bom. A Ana Paula Teixeira conseguiu desenvolver uma boa relação com a marca e temos orgulho em dizer que produzimos produtos para a DHC, uma marca, sem dúvida, de excelência e qualidade. Este galardão é um reconhecimento (mais um), do excelente trabalho que tem vindo a ser realizado pela direção e equipa da marca em território português, onde é uma marca reconhecida e que aporta valor acrescentado”.

MENSAGEM

Ana Paula Teixeira

Fundadora da DHC – Food Experience

“Vamos continuar por aqui e não vamos baixar os braços, porque a procura pela excelência está no nosso ADN e é isso que vamos continuar a fazer em prol da marca, mas acima de tudo, do cliente. Estamos felizes pelo que temos vindo a conquistar, e isso é um motivo de orgulho, mas também aumenta o nível de exigência e de responsabilidade. Com isso, acredito que temos o que é necessário para continuarmos a crescer”.

Carla Martins

Sales Manager da DHC – Food Experience

“A ideia passa por continuarmos a ser melhores, porque a excelência nunca está finalizada ou concluída. Daí que estejamos sempre à procura de inovar e de procurar marcar a diferença perante os produtos, os parceiros e o cliente”.

Produtos saudáveis e deliciosos que proporcionam momentos de puro prazer

A DHC Food Experience foi fundada em 1997, mas foi em 2013 que ganhou uma nova dinâmica e identidade na categoria das massas frescas. Trata-se de uma aposta ganha num nicho de mercado em clara expansão e cada vez com mais adeptos.

Hoje a DHC, sinónimo de delicious, healthy e comfort, é também sinónimo de inovação, diz-nos Carla Martins, e sinónimo de satisfação, afirma Ana Paula Teixeira. “É importante conseguir agregar todos estes produtos saudáveis, free from ou biológicos a um momento de prazer que é a refeição. Seja uma refeição social, individual ou familiar, queremos trazer satisfação no momento da preparação das refeições e no momento do consumo dos nossos produtos. O ato de cozinhar deve ser, igualmente, um ato de prazer e de satisfação” refere Ana Paula Teixeira.

Ana Paula conta-nos que sempre gostou de cozinhar, mas, sobretudo, sempre gostou de inovar no momento de elaborar refeições. “A cozinha rotineira não é para mim. Preciso de agregar criatividade à elaboração de refeições. Esta já é uma paixão de infância. O nosso pai viajava bastante e trazia-nos produtos de diferentes mercados o que nos levou a querer conhecer sempre coisas novas e a querer experienciar produtos diferentes”, partilha connosco Ana Paula Teixeira. Mas foi a partir do momento em que teve o primeiro contacto com a distribuição, e quando constituiu a sua própria família, que o prazer que tinha de encontrar coisas novas, não só em Portugal como nos países que visitava, motivou-a a querer proporcionar essa satisfação aos portugueses. Ana Paula queria facilitar o acesso a esses produtos no mercado nacional o qual, há 22 anos, tinha uma oferta escassa. Apesar de hoje o mercado nacional estar ao nível de vários mercados europeus, há sempre novidades a ser lançadas noutros países e a a DHC, sempre atenta a esses mercados, procura justamente continuar a trazer novidades e novas tendências para o mercado português.

Esta no ADN da DHC estar atenta ás novidades e coloca-las á disposição dos consumidores portugueses. Foi a DHC quem lançou pela primeira vez no mercado português uma gama de massas frescas culinárias sem glúten, com a marca Pasta do Dia, bem como a variedade de Massa para Pizza sem Glúten, sob a marca francesa Croustipate. A aceitação e a procura por estes produtos surtiram efeitos imediatos e correspondeu às expectativas da DHC.

A verdade é que setor de produtos sem glúten tem vindo a conquistar um espaço cada vez maior nas prateleiras dos supermercados, bem como são já produtos com uma presença diária à mesa dos portugueses. A DHC procura, assim, ter produtos com essas características em todas as categorias em que se posicionam. “Queremos ter uma oferta variada no que diz respeito a estes produtos, não só para celíacos, mas também para pessoas intolerantes ou para o grupo de pessoas que optam por escolher este tipo de alimentação. Os hábitos mudaram e hoje as pessoas procuram cada vez mais um estilo de vida saudável. Temos essa consciência e temos vindo a aumentar significativamente a nossa gama nesse sentido”, explica Ana Paula Teixeira.

A procura por produtos vegans e sustentáveis do ponto de vista social e ambiental tem aumentando consideravelmente e são cada vez mais os portugueses que optam por uma alimentação saudável, o que abre portas ao crescimento dos produtos free from: sem açúcar, corantes, conservantes, sabores artificiais, organismos geneticamente modificados, glúten, lactose, antibióticos ou hormonas. Este é um segmento de mercado que parece ter um futuro promissor e onde existe grande espaço para a inovação.

Neste sentido, a DHC prepara-se para reposicionar as suas massas com zero aditivos. Visando as questões da saúde, da alimentação saudável e da sustentabilidade, a DHC colocará no mercado produtos sem corantes nem conservantes e com óleo de palma, produzido de forma sustentável.

“MARÇO SERÁ UM MÊS FORTE E REPLETO DE NOVIDADES”

Ana Paula Teixeira prometeu trazer novidades ao nível das refeições prontas para o ano de 2019. Aqui estamos nós para lhe revelar as novidades e os projetos que tem em cima da mesa.

Março será um mês forte e repleto de novidades. “É o nosso mês, o mês da mulher e o mês dos nossos aniversários”, diz-nos Ana Paula Teixeira.

Por isso mesmo, vai ser lançada no próximo dia 9 de março a massa tenra Pasta do Dia. Na semana seguinte a dinâmica continuará com o lançamento da massa filo, igualmente sob a marca Pasta do Dia. Em simultâneo, vão ser lançadas saladas mediterrâneas de origem belga, à base de produtos naturais sem corantes e sem conservantes, característica transversal a todos os produtos da DHC. Para as lojas irão quatro referências sob o conceito de Grab and Go. “Queremos estar à frente das grandes tendências: a conveniência, ready to eat e saudável. Acompanhar e estar à frente das tendências do consumo faz parte da estratégia da DHC que apostará agora também e ainda durante o mês de Março em refeições rápidas, prontas a comer.

Dentro do conceito da conveniência a DHC está a preparar o lançamento de uma gama de refeições pré-cozinhadas como sejam lasanhas bolonhesa, salmão, Bio e Vegan, cannellonis de carne e vegan e tagliatelle. Tratam-se de massas italianas produzidas na Bélgica, país da Europa por excelência na produção de refeições pré-cozinhadas. “Queremos apostar fortemente nesta gama de refeições pré-cozinhadas e de refeições biológicas, um mercado a crescer significativamente”, acrescentam as nossas entrevistadas.

“MAIS DO QUE ACOMPANHAR QUEREMOS ESTAR À FRENTE DAS TENDÊNCIAS DE CONSUMO”

Ana Paula Teixeira é CEO da DHC Food Experience, uma marca que está sempre em cima da constante mudança do mercado. Olhando para trás voltaria a fazer exatamente tudo igual ao que fez até agora? Questionámo-la. “Seguramente não faria tudo igual até porque agora tenho uma aprendizagem acumulada e penso que teria feito melhor algumas coisas. Mas se me arrependo do percurso que fiz? Não. Estou muito satisfeita e sobretudo grata pelo percurso percorrido e o seu resultado”, adianta Ana Paula Teixeira.

“Juntamente com a minha irmã e toda a nossa equipa, temos conseguido alcançar resultados que nos permitem consolidar e sustentar o crescimento da empresa, agregando uma enorme satisfação por ter conseguido criar na DHC uma cultura empresarial muito focada na satisfação do cliente e ao mesmo tempo com uma componente humana e social bastante forte”, acrescenta ainda a nossa entrevistada.

Para Ana Paula Teixeira é uma enorme satisfação olhar para a DHC e ver tudo o que foi construído à sua volta, acima de tudo pela confiança dos clientes e dos seus parceiros. “Estou muito grata por todo este processo, pelo caminho percorrido e pela confiança e reconhecimento que nos motivam a continuar e a procurar sempre fazer melhor”, afirma Ana Paula Teixeira.

Sob a máxima “não vender o que nunca compraria”, Ana Paula Teixeira sabe que o mercado português está bem posicionado a nível europeu, no entanto há sempre algo para inovar mas para isso é preciso estar atenta às novidades, viajar e auscultar os clientes e consumidores, afinal são eles que devem conduzir a nossa rota. “As expectativas são boas para a aceitação destes produtos, mas temos de ter sempre em atenção as necessidades e o que o mercado nos pede para podermos procurar os produtos adequados lá fora, mas com características que assentem nos nossos valores e princípios. Temos de saber seguir as tendências, este é o segredo. Não podemos forçar nada nem tentar introduzir um produto que o mercado não esteja a pedir ou para o qual não esteja recetivo”, esclarece a fundadora da DHC.

Aqui, os clientes da distribuição têm um papel determinante para conseguirem auscultar o mercado, com base no conhecimento de quem tem o contacto direto com o consumidor. “A opinião dos nossos clientes institucionais é fundamental importante para nós para saber qual é o momento certo para trazermos, ou não, determinados produtos”, acrescenta Ana Paula Teixeira.

Para a DHC o desafio passará, portanto, por continuar a ter esta dinâmica, bem como a capacidade de inovação, a palavra-chave da DHC. “Estamos confiantes de que iremos continuar a corresponder às necessidades e exigências do mercado, mas não deixará de ser um desafio constante. Por vezes temos de   saber dar um passo atrás para depois dar dois em frente. Temos de ter a capacidade de reconhecer quando um produto não é bem aceite pelo mercado e retirá-lo por falta de performance”, refere Ana Paula Teixeira.

“Felizmente a nossa taxa de sucesso de produtos é bastante elevada e estamos muito satisfeitas com os resultados que temos obtidos, mas estamos sempre conscientes dos riscos e das falhas que podem acontecer”, acrescenta.

IRMÃS POR DESTINO, AMIGAS E SÓCIAS POR OPÇÃO

Ana Paula Teixeira já nos contou que quando fundou a DHC, o facto de ser jovem e mulher foi muitas vezes encarado como vulnerabilidade. Hoje, olha para trás e sabe que foi um desafio importante para o seu crescimento pessoal. “Homens e mulheres são diferentes, mas ambos os géneros são igualmente competentes”, refere Ana Paula Teixeira. No entanto, sabe que, pelo facto de ser muito jovem quando criou a DHC, teve de trabalhar muito mais para conseguir transmitir a confiança e credibilidade necessárias. “Felizmente, consegui construir o meu percurso assente nestes fatores. Hoje ainda me questionam, muitas vezes, se fui mesmo eu quem criou, do zero, a DHC”. Somos duas mulheres a dar a cara pela empresa e aprendemos a focar-nos no que realmente importa”, afirma Ana Paula Teixeira, referindo-se à sua irmã.

Carla Martins é licenciada em Maketing e Publicidade e o gosto pela vertente comercial levou-a a abraçar o projeto da DHC, após o término da sua formação em 2001. Numa altura em que a empresa estava já com um crescimento significativo era altura de se focarem na sua solidez, mas também na sua expansão. Hoje é com orgulho que diz que abraçou um projeto pelo qual tem uma verdadeira paixão e pelo qual vive intensamente. Durante os 18 anos que já faz parte da empresa sabe que o mercado teve as suas mutações e que a DHC teve o desafio constante, mas também a capacidade, de acompanhar a evolução do mesmo. Hoje disponibiliza um leque maior e diversificado de produtos inovadores. Mulheres, amigas, esposas, mãe, entre tantos outros papéis, Ana Paula e Carla Martins sabem que cada vez mais as pessoas precisam que o dia tenha mais de 24 horas para cumprirem com todas as suas tarefas. A DHC pretende, por isso mesmo, assumir um papel no mercado de forma a facilitar o dia a dia de cada um de nós.

Facilitar no que diz respeito à utilização prática dos seus produtos e surpreender pela qualidade. “Queremos colocar à disposição dos portugueses produtos que permitam a criatividade e a conveniência sem deixar de cuidar das pessoas e de proporcionar bons momentos na hora de cozinhar e à mesa. Queremos entrar na vida dos portugueses para facilitar o seu dia e as suas refeições. É um dos nossos grandes objetivos e é o que nos move”, dizem-nos as nossas entrevistadas.

Para 2019 têm desenhado um forte plano de marketing para ativação e divulgação da marca Pasta do Dia, com o objetivo de se focarem na marca, fazê-la crescer e continuar a representar marcas prestigiadas. “A nível de DHC é importante termos a nossa própria marca, mas o nosso ADN é a representação de marcas que correspondem aos nossos ideais e que muito no orgulham de representar em Portugal”, concluem Ana Paula e Carla Martins.

Na cozinha com um sorriso

E com quem fomos falar? Com Ana Paula Teixeira, a CEO da DHC Food Experience, uma marca sobejamente conhecida e que foi comprada em 2013, período em que ganhou uma nova dinâmica e identidade na categoria das massas frescas e que no próximo ano, 2019, promete trazer novidades ao nível das refeições prontas.

A nossa entrevistada conhece bem os meandros e as dificuldades para conciliar as «obrigações» de ser Mulher, Mãe, Dona de Casa e Profissional e, não sendo de todo fácil, é possível conciliar todas estas tarefas e atividades e sentir-se realizada nas diversas áreas da vida. “Temos de ter essa vontade e equilíbrio para o que gostamos de fazer, mas sem colocar de lado o que apreciamos que seja feito por nós”, esclarece a nossa entrevistada, que fora do seu círculo profissional, gosta de desporto, meditação e do contato com a natureza, sem esquecer a parte mais importante, a presença e a companha da família e amigos. “Adoro servir bem e de proporcionar refeições nutritivas, saudáveis, naturais e variadas e que alegrem aqueles que mais gosto e sem que isso implique que eu deixe de cuidar de mim”, afirma Ana Paula Teixeira.

A responsável da DHC Food Experience gosta ainda de mesas bonitas e de pratos gastronómicos que apelem à sofisticação, assegurando que este gosto pela cozinha já vem “dos meus tempos de adolescência”, quando cozinhava, nessa altura, para a sua família por opção. “Tínhamos empregada diariamente, mas gostava de preparar o jantar para os meus pais e para a minha irmã, pelo menos uma vez por semana”, assegura, lembrando que fazia essa escolha, mesmo que isso implicasse deixar de fazer as brincadeiras comuns, como brincar com os amigos na rua, de uma adolescente. E se atualmente existem diversos programas de televisão relacionados com a gastronomia e a arte de cozinhar, nos tempos de adolescência da nossa interlocutora estes ainda não faziam parte da grelha televisiva. Se existissem, “de certeza que tinha participado”, reitera.

O amor e a paixão pela cozinha, levaram Ana Paula Teixeira a seguir esse sentimento para o seu percurso profissional, mais concretamente para a orgânica e dinâmica da DHC e dos produtos comercializados pela marca. Diversidade é fundamental e, hoje, a DHC, proporciona um vasto número de soluções que permitem a elaboração de refeições sofisticadas e saudáveis. “Conseguimos oferecer essa variedade e no futuro teremos também as chamadas refeições prontas naturais”.

Pasta do Dia: A arte da experiência na cozinha

Por isso, surgiu a Pasta do Dia, uma marca lusa que pretende dar uma resposta para pessoas como a nossa própria entrevistada, que diariamente transporta a sua vida diária para os produtos que comercializa. “Adoro surpreender os outros e a mim também. A culinária é pura alquimia e é muito gratificante criarmos algo que nos faz bem ao corpo e à alma e que, simultaneamente, proporciona alegria e satisfação a nós e aos que fazem parte das nossas vidas”, salienta a responsável pela marca, que se assume como uma Mulher e Líder satisfeita pela oportunidade que tem, diariamente, de dar asas à criatividade e fazer da cozinha um momento de prazer.

Rápidas, económicas, simples ou com toques de sofisticação, assim serão os novos produtos da DHC e onde ninguém será esquecido. “Desde entradas a sobremesas, passando pelas tartes doces e salgadas, a snacks, a PASTA DO DIA tem várias soluções, sem esquecer os celíacos e intolerantes ao glúten. E mais, a versatilidade para usar simplesmente o que tem à mão e em dois tempos ter a sua refeição pronta, é uma realidade!”.

Não se preocupe. Com a DHC e as suas soluções gastronómicas, vai conquistar esse equilíbrio na sua vida e a sua mesa vai agradecer, porque quem cozinha com um sorriso nos lábios oferece o melhor presente do mundo a quem mais ama. Com a DHC Food Experience é mesmo assim!

DHC Food Experience seleciona produtos que pode ter à mesa

A paixão por produtos alimentares inovadores e pelas relações interpessoais, bem como a sua ambição, motivaram Ana Paula Teixeira a lançar-se neste projeto. No início, o ser jovem e mulher foi muitas vezes encarado como vulnerabilidade, quando chegava a hora de se afirmar como empresária. Porém, conta que manteve sempre presente que seria o seu profissionalismo, honestidade e humildade a falar por si. E assim foi. Diz que felizmente o mercado mudou e que as mentalidades, na maioria dos casos, também.

DHC Food Experience

Os produtos da DHC Food Experience têm em comum o fato de o frio positivo ser o seu principal meio de conservação. A empresa seleciona e coloca no mercado aqueles que considera serem os melhores produtos refrigerados nas respetivas categorias em que se posiciona.

Podemos encontrar no portefólio da empresa, produtos com mais de 20 marcas, entre elas Pasta do Dia, Soloitália, Martiko e Tulip.

Em 2013, já com16 anos de experiência no mercado, a oportunidade surgiu e a DHC lançou a sua marca própria PASTA DO DIA na categoria de Massas Frescas. A marca tem-se vindo a afirmar no mercado e a ganhar a confiança dos consumidores e já conta com dez referências. No próximo mês a décima primeira juntar-se-á à família.

Ana Paula fala-nos que para que a empresa hoje possa ter solidez e reconhecimento no mercado, foi preciso ter muito otimismo, confiança e resiliência para ultrapassar os obstáculos, que foram surgindo ao longo dos anos, nomeadamente no período da crise económica. Características que continua a ter e que considera fundamentais para continuar neste seu percurso.

As pessoas importam para a empresária. Considera que os colaboradores são o maior património de uma empresa. Que para haver sucesso é essencial ter, em simultâneo ambição e humildade: “Quem não é humilde não aprende e não evolui”, afirma. Gerir pessoas considera ter sido uma das suas funções mais difíceis de desempenhar, mas hoje Ana Paula garante não o ser mais devido à aprendizagem adquirida ao longo dos tempos e que agora se traduz em tranquilidade. “Sou mais seletiva e assertiva, tenho pessoas em que posso confiar e delegar embora continue a estar muito presente na área comercial por gostar do contato com clientes e fabricantes e por considerar esse contato direto muito importante”. Considera que recrutar novos elementos nem sempre é tarefa fácil. Devido à forte cultura organizacional assente em valores enraizados como humildade, honestidade, foco, produtividade e a máxima orientação para a satisfação cliente, a nossa entrevistada confessa que a sua maior dificuldade é encontrar pessoas que se adaptem a esta filosofia da qual nunca prescindirá e que ainda tenham as competências necessárias, como sejam, sentido de responsabilidade e autonomia, rigor, disciplina, proatividade, reatividade e elevados níveis de produtividade.

“Não vendo o que nunca compraria”

É sob esta máxima que a empresária faz negócios.

Para saber se um produto tem o nível de qualidade e garantia da qual não prescindem, começam por aceitar apenas parceiros produtores que sejam certificados ao mais alto nível, com Certificação Internacional IFS- International Featured Standards e/ou BRC – British Retail Consortium.

No processo de seleção de produtos, para além das tendências, são tidas ainda em conta visitas regulares às fábricas com quem trabalham, ou que podem vir a trabalhar, o acompanhamento constante de outros mercados e as visitas regulares às feiras Internacionais.

A DHC procura ser também uma solução para os clientes na Área da Alimentação Saudável, contando com diversos produtos transversalmente em todas as categorias em que se posiciona com os designados Free From (sem Gluten e sem Lactose), Lights (Baixo teor de sal, gordura, açucar), Vegetarianos, Vegan e Orgânicos (Bio), todos eles com tendência num forte crescimento.

Parceiros certos, fator determinante para o sucesso

Desde 1997 que a mudança acontece a toda a hora com todas as exigências naturais de um mercado muito dinâmico e em constante evolução. “Os nossos clientes nomeadamente da distribuição são muito profissionais, é um privilégio trabalhar com equipas tão bem preparadas, mas isso também acarreta os seus desafios e responsabilidades. Para se estar à altura, é fundamental trabalhar só com equipas e parceiros de excelência e ter os mais eficazes sistemas de informação. O nosso papel é gerar valor para os nossos clientes e consequentemente para o consumidor. Nos dias de hoje, não basta ter um bom produto, é determinante ser capaz de o colocar no mercado a um preço ao qual o mesmo está disposto a pagar. É indispensável ter uma estrutura otimizada e conseguir economias de escala em toda a cadeia para que o produto seja colocado no mercado a um preço competitivo”.

Já em 2019 a DHC promete lançar novos produtos, todos eles com a excelência pela qual se pauta e de acordo com aquilo que mais importa à sua fundadora: gerar satisfação ao consumidor através da qualidade, diferenciação e inovação.

EMPRESAS