• next generation event
Inicio Tags Emagrecer

Tag: Emagrecer

Cinco alimentos que ajudam a queimar gordura

Se alguns alimentos são autênticos inimigos da boa forma, outros assumem-se como aliados da perda de peso, ora porque contêm poucas calorias, ora porque aceleram o metabolismo e favorecem a queima de gordura.

É o caso da framboesa. Segundo o site Cooking Light este fruta – tal como o mirtilo e o morango – é rico em fibra e baixo em calorias, o que permite comer uma boa quantidade sem ficar com peso na consciência. Além disso, a framboesa é uma ótima fonte de antioxidantes, o que facilita o estímulo da adiponectina (hormona que atua na perda de gordura).

Também os ovos são aliados na hora de queimar gordura. Esta proteína animal ajuda a manter a saciedade e não contém muita calorias: 70 gramas por unidade, sendo que seis são de proteína. O consumo de ovos pela manhã (e de outras proteínas magras) está associado a uma perda de peso e gordura na zona abdominal na ordem dos 65%.

Ideal para o pequeno-almoço ou para um snack, o iogurte grego é um dos alimentos a ter em conta por quem pretende queimar gordura. Embora seja mais calórica do que o iogurte tradicional, a versão grega fornece um vasto leque de nutrientes benéficos para o organismo e aumenta ainda o nível de saciedade, o que ajuda a evitar comer entre as refeições.

Para beber pela manhã ou para alternar com a ingestão de água ao longo do dia, o chá verde mostra-se como uma das opções mais eficazes na hora de queimar gordura. Esta bebida acelera o metabolismo e é conhecida por impulsionar a perda de peso, embora seja necessário alguns cuidados e um controlo na hora de ingerir.

Mas para quem gosta de petiscar, existe um alimento que o permite fazer sem grandes culpas na consciência: o pistácio. Quando consumido ao natural (isto é, sem qualquer tipo de adição de sal), este alimento pode ser uma excelente alternativa pela quantidade de proteína (seis gramas por cada 100 gramas, que equivale a cerca de 30 unidades).

 

Truques para comer menos sem dar conta

Quando o objetivo é emagrecer o que é preciso fazer parece claro: fazer uma dieta saudável e praticar exercício físico. Mas e como se lida com a vontade de comer? O site El Confidencial listou alguns truques para conseguir comer menos sem se dar conta e sem ter de fazer um esforço desmesurado.

Olhos que não veem, barriga que não engorda. “Pode parecer trivial, mas a estratégia de que o que está fora da vista se mantém fora da boca, funciona”, assegura o Dr. Brian Wansink da Universidade de Cornell.

O poder dos pratos e dos talheres. Comer em pratos pequenos vai dar-nos a sensação de estar a ingerir porções maiores. Um estudo comprovou também que usar talheres pesados também nos ajuda a comer menos e outro sugere que usar talheres pequenos faz com que comamos cerca de 14% menos e com que mastiguemos melhor e levemos os talheres à boca mais devagar.

Beber sempre com moderação. Sejam sumos ou bebidas alcoólicas, deve beber sempre de forma moderada. Tenha em consideração o alto teor de açúcares e o número de calorias. Um dos truques para conseguir reduzir o que bebé é usar copos estreitos em baixo e largos em cima – vai dar-lhe a sensação que está cheio em baixo como em cima mas levam menos quantidade. Quando é o empregado de mesa a servir as bebidas também acaba por beber cerca d 12% menos do que se servisse.

O sítio onde come pode revelar o que faz mal. Comer num sítio que está sempre cheio e em correria vai fazer com que coma mais rápido, com que não mastigue bem a comida e com que perca a noção das quantidades. Tente comer de forma relaxada, com tempo e sem distrações. Não coma enquanto vê televisão, nem em espaços escuros e com barulho.

Escolha bem os seus comensais. Se for jantar ou almoçar com pessoas que estejam no mesmo caminho para uma dieta saudável que o seu será mais fácil manter as suas escolhas, sem ter qualquer tipo de ansiedade ou receios por estar de dieta.

Analise as porções. O ideal é que comece a medir e a pesar o que vai comer, tendo em consideração o que o seu corpo precisa para ser saudável e não apenas o que lhe apetece comer. Cozinhar ‘a olho’ faz com que coma bastante mais do que o seu corpo precisa.

EMPRESAS