Inicio Tags Evento

Tag: evento

Lançamento do livro “Empreendedoras por Natureza”

Brasil e Portugal unem-se através de duas empreendedoras: Rosely Cruz, luso-brasileira natural de São Paulo, empreendedora em série, investidora anjo no Brasil, Estados Unidos e Portugal, é advogada e fundadora do escritório de advocacia com a filosofia “neolaw.”, e também fundadora e Presidente do IBAJUD e Sandra Isabel Correia, portuguesa natural do Algarve, “Melhor Empresária da Europa” em 2011 e fundadora da Pelcor e do Women’s Club.

Estas duas mulheres contam a sua história desde a infância, confessam os segredos do percurso, revelam os percalços que encontraram e explicam as armas com que conseguiram vencer. O sonho delas é inspirar outras mulheres a concretizarem o seu sonho.

O lançamento será no dia 18 de outubro, em Lisboa, na Associação Corações com Coroa, às 18h00.

Encontro de utilizadores do FLOW-3D Cast

A Simulaciones y Proyectos, empresa especializada na implementação de ferramentas e consultoria para simulação térmica, de fluídos e de manufatura, organiza o primeiro Encontro de utilizadores da Fundição FLOW-3D, o software por excelência de simulação de fundição.

O evento terá lugar no SEAVI – Centro de Negócios localizado em Vitória -, nos dias 21, 22 e 23 de janeiro de 2019. Será uma reunião em que ambos os utilizadores e não-utilizadores recebem formação em gestão e software especializado e podem partilhar as suas impressões, responder às suas perguntas e conhecer as melhorias da atualização do software na nova versão 5.0.

Além disso, procurará dar a conhecer os benefícios do serviço de manutenção adequada que, efetivamente, resolve os problemas que possam surgir com o software e o processo de simulação.

No primeiro dia estarão presentes engenheiros especialistas na arte para fazer uma breve introdução do FLOW-3D Cast e o resto da conferência para promover o uso e gestão de software.

O FLOW-3D Cast simula o comportamento e completa o elenco para uma ampla gama de sistemas. As simulações proporcionam informação detalhada sobre o enchimento e solidificação dos defeitos de fundição e de faixa que podem ocorrer como diferentes tipos de porosidade, óxidos de superfície, bolhas de ar arrastado.

O FLOW-3D Cast traz para o mercado de software de simulação uma vantagem competitiva com excelente precisão na multifísica e processos envolvidos no cast. Com o seu mecanismo de cálculo do FLOW-3D e fundições interface gráfica amigável, o Elenco FLOW-3D é uma ferramenta para poupança e melhoria de processos.

Simulaciones y Proyectos fornece as melhores soluções na área de simulação de fluidos CFD e fabricação CAE, oferecendo apoio técnico e formação aos utilizadores especializados em Espanha e Portugal, há mais de dez anos.

APCADEC organiza congresso nacional de Procurement com grande participação

Que importância  assume o Procurement nas empresas?

Os termos “Compras” e “Procurement” são amplamente utilizados, mas qual é a diferença entre Procurement e Compras? Por compras entende-se as atividades operacionais e de suporte à função de Procurement, a qual acrescenta, a estas, as atividades estratégicas de gestão que contribuem para a maximização de resultados financeiros das organizações.

Pedro Galhardas, Managing Director responsável pela Accenture Strategy em Portugal, explica que o Procurement ganhou relevância através da crise e que, na perspetiva da APCADEC, as áreas do Procurement tiveram que se reinventar a partir daí. E de que forma o digital permite a mudança no Procurement? A APCADEC procurou, neste evento anual, dar resposta a esta e outras questões relacionadas com os desafios deste processo.

Como potenciar a eficácia e a eficiência do Procurement com o digital; os desafios e oportunidades da atração e gestão de talento humano; novas fases do Procurement: digitalização e robotização; ou ainda o impacto das tecnologias e inovação nas necessidades e processos de Compras, foram alguns dos temas em debate no evento que teve como oradores CEO´s, diretores e representantes de empresas que, a par do debate destes temas, apresentaram alguns dos seus serviços e soluções inovadoras na área do Procurement.

 

O que eles dizem…

César Pestana

Presidente da eSPap

“Hoje o Procurement deixou de ser uma função administrativa e faz parte integrante dos negócios, com uma grande envolvência de gestão de projetos. Deste modo, a ideia principal da minha intervenção procurou relacionar-se com a componente estratégica da função do comprador e a perspetiva estratégica da função de compras, bem como a importância da profissionalização do comprador. A função de compras tem de deixar de ser vista como uma função meramente operacional e transacional e focar-se numa visão de carácter estratégico para acrescentar valor, fazendo a análise de custos-benefícios para as organizações. Queremos deixar o desafio para se encontrar a forma de alcançar estes objetivos e contribuir para o desenvolvimento da carreira do comprador”.

Diogo Santos

Deloitte, Responsável pela área de supply chain e sócio de Procurement

“Já acompanho estes eventos há cerca de seis anos e diria que têm vindo a evoluir naquilo que são as temáticas. Este evento

em particular tem uma qualidade de oradores que ultrapassa as expectativas. São painéis diversificados, com pessoas de diferentes áreas e países. Neste evento pela primeira vez há um painel internacional, o que é algo inovador”.

Luís Ferreira

Prof. Universitário da Universidade de Coimbra

“É muito importante que a APCADEC faça este tipo de iniciativas de uma forma tão sustentada, contribuindo para a evolução do Procurement enquanto carreira. A adesão ao evento foi incrível e relativamente ao painel que moderei, posso dizer que foi polémico, mas ainda bem que assim foi. As perguntas que fui fazendo foram exatamente nesse sentido. O painel foi bastante diversificado e passou ideias diferentes, apesar de, aparentemente, estarem em discordância.

Porém, ainda há a necessidade de chamar a atenção para algumas coisas básicas como a questão do inglês. Ainda não se fala suficientemente inglês em Portugal de forma eficiente e como uma ferramenta de trabalho”.

Sandra Silva

Diretora do Grupo 8

“O Grupo 8 é patrocinador da APCADEC há três anos e achamos que a visão de alguém ligado à área comercial iria trazer valor acrescentado ao evento, com a apresentação de soluções à medida. O Grupo 8 é uma empresa diferente no mercado que está a concorrer com multinacionais em determinados segmentos. Aliamos a inovação à tecnologia para apresentar ao mercado produtos diferentes que satisfaçam as necessidades dos clientes. A responsabilidade social é o pilar basilar do Grupo 8, onde os colaboradores têm de se sentir bem no desempenho das suas funções. Elas é que são a cara da empresa”.

Miguel Sobral

Administrador da Vortal

Não há muitos eventos em Portugal em torno do setor das compras, nem há muitas ações de formação orientadas à função compras, pelo que as pessoas das pequenas e médias empresas têm poucas oportunidades para ouvir este tipo de reflexões. A APCADEC acaba por juntar aqui especialistas nacionais e internacionais com fortes responsabilidades na área de compras em grandes empresas com processos mais estruturados e uma maior maturidade em processos de compras, o que se traduz na discussão de temas que irão, certamente, inspirar os participantes para incorporar novas soluções nos seus negócios.

A minha intervenção procurou focar-se sobretudo na questão das novas tecnologias ao serviço da sociedade, das empresas e dos negócios. Não considero que as tecnologias sejam uma ameaça para o setor das compras, há toda uma vastidão de tecnologias que lhes permite reduzir o tempo administrativo gasto com funções com pouco valor acrescentado para o negócio”.

André Freire

Diretor Comercial do segmento Corporate na Leaseplan

“Quisemos aqui fazer um enquadramento de como a tecnologia e a inovação estão a impactar o negócio da Leaseplan.

Vemos o objeto do nosso negócio a mudar com as novas tendências como veículos autónomos, partilhados ou elétricos, pelo que temos a necessidade de adaptar o nosso negócio. Quanto à digitalização sabemos que as gerações mais novas e os clientes particulares se identificam cada vez mais com uma interação mais digital com a Leaseplan, pelo que a empresa se tem focado e está a caminhar para a digitalização das suas operações. Neste evento quisemos passar a imagem aos nossos clientes de que a venda/compra de um bem/serviço podem representar, no final, redução de custos”.

Carlos Lourenço

Presidente da APCADEC

“Tivemos uma

participação plena no evento, o que significa que conseguimos encontrar um conjunto de temas e de participantes que atraíram

as pessoas que, certamente, os consideraram pertinentes e úteis para os seus negócios. Naturalmente, a APCADEC congratula-se por pelo facto de estar a corresponder a essas expectativas. Nos painéis tivemos intervenções e um conjunto de opiniões desafiantes e até provocadoras no sentido de suscitar o debate, ideias e críticas construtivas entre os participantes. Quisemos colocar em cima da mesa questões relacionadas com a gestão de talento, com o Procurement e a forma como os profissionais deste setor são vistos no mercado, bem como a sua atratividade para o mesmo. Por sua vez, o painel internacional trouxe-nos uma visão bastante realista e concreta das grandes empresas multinacionais”.

“Failbig Summit Porto 2018” vem ao Norte desmistificar o ato de falhar

É no âmbito da Feira Internacional de Negócios (FIN), que decorre na Exponor entre os dias 13 e 15 de junho, que o Failbig Summit vem à cidade do Porto pela primeira vez com a finalidade de trazer uma nova perspetiva – a positiva – sobre as falhas e erros que cometemos na vida.

Através de um painel de personalidades – cujo percurso serve de exemplo para o tema em discussão – os visitantes poderão, assim, encarar as falhas como lições e com um sentimento positivo, ao contrário do que geralmente acontece, sobretudo na esfera profissional.

Miguel Coelho é o fundador e diretor da Failbig Summit e, segundo ele, “falhar em grande é uma das melhores coisas que pode acontecer aos empreendedores”, pelo que recomenda a todos os profissionais que “acolham a falha com carinho e aprendam a falhar bem”. Após ter tido um feedback muito positivo no Failbig Summit Lisboa, no passado mês de maio, o evento surge no Norte do país “com muito entusiasmo” por parte da organização.

O painel foi, segundo o responsável, “cuidadosamente selecionado para cumprir o objetivo de trazer a público algumas histórias inspiradoras, relacionadas com episódios de falhanço, contadas na primeira pessoa por profissionais de reconhecido valor”. Nessa lista de personalidades estão nomes como Vicente Fox Quesada (Ex-Presidente da República do México, Ex-presidente da Coca-Cola da América Latina e presidente da Fundação Fox), Johnson Semedo (Ex-presidiário e fundador da Academia Johnson), Ricardo Diniz (navegador solitário português), Pedro Caramez (especialista português de LinkedIn e digital strategist), Luís Cordeiro (especialista de inteligência emocional) e Samuel Soares (empresário do Norte e cofundador da consultora Samsys), entre outros.

Ao longo da manhã vão ser contadas histórias de vida que levarão à reflexão e à introspeção de todos os que assistirem às conferências, mas vai, acima de tudo, ser transmitida uma nova forma de encarar a falha que, segundo a Failbig Summit, “só pode resultar em mais crescimento, mais sucesso, mais felicidade, mais competência e mais iniciativa na vida de cada um”.

Com a apresentação do voucher as inscrições são gratuitas e podem ser feitas diretamente com a PECULIAR Comunicação ou através do email rmcoelho@westfieldbrooks.com

DDC Samsys: Mais de 2 mil participantes descobriram “os segredos do sucesso”

Foi no Multiusos de Gondomar que se realizou a 7.ª edição do maior evento nacional gratuito de desenvolvimento pessoal e profissional.

Este ano, o DDC reuniu mais de 2 mil pessoas, entre visitantes, staff, oradores e artistas. O tema “Mente Sã em Corpo São”, focado no mediático tema de coaching, foi o que mobilizou mais visitantes até agora. O objetivo do evento passou por transmitir ideias que possam ajudar a melhorar projetos profissionais e pessoais.

Segundo Samuel Soares, CEO da Samsys, consultora do setor tecnológico responsável pela organização do evento, “esta edição bateu todos os recordes e acredito que se deve também ao tema em que tocámos, pois cada vez mais as pessoas procuram otimizar o seu rendimento profissional e sabem que a introdução de certos hábitos nas suas rotinas é fundamental para alcançarem a alta performance que tanto desejam”.

Também Ruben Soares, diretor executivo da Samsys, manifesta total satisfação com esta que foi a edição mais marcante feita até hoje: “Estamos a transbordar de felicidade por ver as proporções que o DDC atinge de ano para ano. Isso reflete-se no feedback que recebemos”.

Para além da história de vida de Samuel Soares, partilhada pelo próprio em palco, a edição de 2018 do DDC contou com nomes como o de Susana Torres, que no Euro2016 ficou conhecida por ter contribuído para o sucesso do jogador Éder; Ricardo Peixe, responsável pelo desenvolvimento de mais de 40 mil pessoas e de 120 empresas; Pedro Vieira, um profissional que aposta no PNL como forma de gerar resultados de excelência e, ainda, Ricardo Mendoza, especialista em resultados máximos, sendo o único europeu que acompanha o melhor coach do mundo, Anthony Robbins.

Susana Torres confessou estar “surpreendida” por ver a enorme adesão do público ao evento “a uma quartafeira”. Segundo a coach de alta performance, “estas pessoas vêm à procura de uma motivação, de uma injeção de energia e aqui podem beber disso. Mais ainda, podem conhecer histórias de sucesso que as inspiram”, afirmou.

Ao longo do dia, para além das dinâmicas que decorreram em palco, como uma aula de postura ou um concerto dos PRANA, o programa foi preenchido com momentos de networking durante os coffee breaks.

Do programa fez parte também um debate sobre a adoção de hábitos saudáveis, cujos protagonistas foram os desportistas Gonçalo Uva (B2Run) e Carlos Sá (Ultra Runner), a nutricionista Carla Sousa (Prozis) e ainda alguns empresários, como Marta Castro (Medicalmedia), André Vieira de Castro (Argacol) e Miguel Soares (PARTTEAM).

A 7.ª edição contou, ainda, com a introdução de uma vertente solidária, já que os participantes puderam ajudar associações como a “Apela”, a “Pirilampo Mágico”, a “Por + Sorrisos” e a “AIJA”. O DDC é um evento anual gratuito, que começou por ser dedicado aos clientes e atualmente é aberto à sociedade. Surgiu em 2012, tendo inspirado à criação da Academia Samsys, que organiza iniciativas que se enquadram no âmbito de responsabilidade social da empresa.

Semana Internacional do Coaching 2018

Decorrida a Semana Internacional do Coaching 2018, sob temas enriquecedores e afetos ao Coaching, Maria Helena Anjos deixa uma nota especial de agradecimento a todos os participantes e envolvidos.

“Inteiramente dedicada ao Coaching, a ICW 2018 contou com um programa organizado por grandes temáticas diárias, onde os participantes puderam assistir e participar ativamente em workshops e dinâmicas, facilitados por diversos oradores – cada dia um tema.

Esta foi a ICW mais forte desde que o Chapter existe. Na qualidade dos temas e oradores, no número de participantes, no espaço onde decorreu o evento, no conteúdo das questões dos participantes, no compromisso com o coaching profissional.

Enquanto Presidente do Chapter, é com um orgulho sentido e muito consciente que partilho que fizemos acontecer uma obra gigante e com um forte reconhecimento internacional.

Criámos a nossa identidade neste mundo do Coaching Profissional. E esta marca é o princípio de uma história que também vai ser única.

Obrigada a todos os oradores, aos participantes, ao Palácio Baldaya e aos media que nos apoiaram nesta jornada. E agora viaje pela semana de coaching connosco”.

O que eles dizem…

Ana Castanho, uma coach ICF, que se voluntariou para ajudar o Chapter  a fazer acontecer esta ICW

“Uma enorme gratidão e amizade por todos aqueles que diariamente encheram a sala do Palácio Baldaya para assistir aos workshops que preenchiam esta semana dedicada ao coaching e ao desenvolvimento pessoal. Foram muitos e bons! Um agradecimento a todos os oradores e colegas coaches que generosamente deram o seu tempo e a sua partilha, criando momentos absolutamente inesquecíveis. Obrigada ao Palácio Baldaya por nos ter recebido a todos tão bem. E a ti, Helena, obrigada por tudo e por tanto o que deste ao Chapter e dás ao coaching profissional em Portugal.”

João Catalão, coach sénior

“Os meus sinceros parabéns e aplausos! Adorei o espaço. Organização impecável. Foi a ICW com maior número e diversidade de participantes! Senti muito entusiasmo e muita partilha. Viva o Coaching!”.

Paulo Carmo

“Agradeço o convite para participar e dar o meu testemunho a uma plateia que transmitia muito entusiasmo e partilha de emoções, foi uma experiência gratificante e motivadora para continuar o meu percurso no Coaching. Obrigada à minha coach pela pessoa fantástica que é e pelo profissional que me ajudou a ser. Parabéns ao ICF Portugal pela excelente organização”.

Nídia Brito da Costa

“Muitos parabéns! Foi uma semana cheia… cheia de qualidade, de saber, de experiências, de perspetivas, aprofundamento, partilha, reencontros e encontros com pessoas inspiradoras. Muito obrigada a toda a equipa”.

João Leborinho Lúcio

“Foi um prazer imenso ter estado presente na ICW, um momento de grande comunhão e crescimento. E uma grande honra ter podido partilhar um pouco do meu conhecimento. Estou muito grato”.

Carla Santos, Coach

“A ICW é sempre um espaço maravilhoso para quem se dedica ao coaching e quer sempre aprender mais e fazer melhor, mas este ano está a superar todas as minhas expectativas. Coaches e coachees a darem e exporem tudo o que têm e são ao serviço da partilha e da aprendizagem. Obrigada a todos os corajosos que o fizeram e que com isso contribuíram para o crescimento de todos”.

“Para onde caminham as civilizações que conhecemos?”

A Reunião Anual do IADC 2018 irá realizar-se em Lisboa, de 7 a 12 de Julho. Que balanço é possível fazer destes encontros anuais?

Antes de responder diretamente à sua pergunta, deixe-me dizer o que é o IADC, mais propriamente, de sua denominação completa, International Association of Defense Counsel, é uma prestigiada associação internacional de juristas constituída atualmente por advogados de 40 países do mundo. Foi fundada, em Chicago, no ano de 1920.

A razão próxima da sua constituição teve a ver com os devastadores efeitos económicos e sociais que a aplicação pelos tribunais americanos, daquela altura, que todavia hoje ainda permanecem, em parte, das denominadas punitive damages, isto é, a entidade, em regra empresas, que por ato próprio tivesse causado prejuízos em alguém deveria, não apenas indemnizar em termos usuais a vítima pelos danos diretos causados (danos físicos, psicológicos, etc.), mas também deveria sofrer uma penalidade pelo facto de ter atuado, se tivesse sido o caso, com violência, opressão, fraude ou outras circunstâncias com a intenção de causar à vitima angústia, laceração de sentimentos, vergonha pública, degradação humana ou outras consequências particularmente graves.

As indemnizações atribuídas atingiram, então, e isso continua em parte a suceder, valores extremamente elevados, frequentemente chocantes. São, aliás, do conhecimento generalizado.

Nos países europeus este tipo de indemnização punitiva não é, em regra, reconhecida. A especial gravidade do dano é considerada no cálculo da indemnização atribuída, segundo os termos gerais e não é uma indemnização em cima de outra indemnização.

O IADC surgiu sob a iniciativa de juristas dos EUA com o propósito de debater esta questão e propor uma justa e humanizante contenção no montante das indemnizações.

A Reunião Anual do IADC é a mais importante efetuada em cada ano, entre as muitas conferências e seminários que realiza anualmente. Os temas abordados incluem temas sociais, como a desigualdade de tratamento, em razão do sexo, no emprego, na gestão empresarial, na política, etc. e as medidas tendentes à sua integração; também a inteligência artificial, etc..

O IADC é uma associação de prestígio e não tem quaisquer fins lucrativos.

Portugal tem a honra de acolher, em Lisboa, a Reunião Anual, que apenas se realiza fora dos EUA desde data recente e tão-somente em cada quatro anos. Irá trazer a Lisboa cerca de 700 participantes.

O balanço feito às reuniões desta natureza têm contribuído para o debate público dos temas tratados, em cada um dos 40 países representados, e particularmente nos EUA, quer pela sua divulgação pública, quer nas instâncias políticas.

Tenho, pessoalmente, a honra de ter sido nomeado, recentemente, presidente do seu Comité Internacional, que tem por missão representar a organização no âmbito internacional.

Pretende-se que esta reunião seja uma experiência gratificante para todos. Quais serão os pontos fortes ou os temas-chave desta reunião?

Entre outros, os pontos principais a tratar em Lisboa são: a Educação Inclusiva e o Emprego – o Sistema Europeu (tratará de questões de diferenciação de sexos); a Droga e a Biotécnologia – a Responsabilidade do Produtor (tratará da explosão do número de ações, sobretudo nos EUA, de cidadãos e instituições públicas contra laboratórios farmacêuticos e distribuidores de medicamentos opióides); Questões Ambientais (desastres ambientais); Comparação dos Regimes Legais da Proteção de Dados na UE e nos EUA; Certas Questões de Arbitragem Internacional; Whistleblowers (empregados ou colaboradores de uma empresa que discordam de atividades ilegais dela e denunciam os factos); Tecnologia Blockchain (uma nova plataforma digital que visa assegurar, pela sua inviabilidade, eficiência e confiança na atividade empresarial via internet, mediante o uso de bitcoins, proteção de dados e outros instrumentos). É considerada por muitos a maior inovação desde o aparecimento da internet e, possivelmente, constituirá para alguns e em breve, uma nova internet, mais fiável e segura.

A par dos programas, o encontro oferecerá aos seus participantes eventos sociais, atividades para crianças ou, ainda, tours pela cidade de Lisboa. Quais são as expectativas para o encontro deste ano?

As expectativas são muitas. Sintetizando, reuniões sociais, tours, visitas aos muitos locais que a cidade e o país oferecem.

José Manuel Barroso será orador no Fórum Aberto. É o momento alto do encontro? Porquê a presença de José Manuel Barroso no encontro?

O IADC gostaria de conhecer múltiplos aspetos da situação atual da UE, das suas dificuldades e do seu futuro. O Dr. Durão Barroso foi, durante dez anos, presidente da Comissão Europeia e tem sido professor numa importante universidade americana. Está por isso em excelente posição para falar de temas que interessam aos dois blocos.

Estarão em cima da mesa temas como a Inteligência Artificial e a Profissão Jurídica, Blockchain, Diversidade e Inclusão. Que principais desafios preocupa o setor atualmente?

Os desafios e as preocupações que esses temas produzem atualmente têm a ver com as dúvidas sobre a questão de saber para onde caminham as civilizações que conhecemos? Como será o mundo dentro de poucos anos em consequência da vertigem de inovações e dos desafios que fenómenos como a inteligência artificial e outros provocam? Qual o impacto de tudo isso na atual estrutura social e cultural? Em que medida é possível neutralizar os riscos da violação de direitos e interesses mediante a utilização da internet tal como está hoje concebida e é utilizada?

O que é que o encontro anual de 2018 pretende transmitir a todos os participantes?

A reunião anual pretende despertar para esses fenómenos e para outros que se avizinham e consciencializar as pessoas para as mutações que estão à vista e como reagir? Como nos organizarmos e nos precavermos, se existe remédio possível para isso?

Gondomar recebe a 7.ª edição do maior evento nacional de desenvolvimento pessoal e profissional

A 6 de junho, entre as 9h e as 18h30, o Pavilhão Multiusos de Gondomar recebe a 7.ª edição do maior evento gratuito de desenvolvimento pessoal e profissional do país: o DDC.

O encontro reúne oradores de topo da área de coaching, nutrição, desporto e ainda empresários de várias zonas do país, com negócios em diferentes áreas.

O objetivo passa por fomentar as redes de contactos dos participantes e por contribuir para a evolução pessoal e profissional dos mesmos, quer seja pela interação com outras empresas ou por se inspirarem em histórias de sucesso que os motivam a encontrar outros caminhos, promovendo o bem-estar e melhorando os negócios. O DDC 2018 prima pelo painel de oradores que apresenta, estando os intervenientes ligados a projetos de reconhecido valor na área da formação, da escrita e do acompanhamento personalizado em desenvolvimento pessoal.

Desde logo o anfitrião Samuel Soares, CEO da consultora Samsys e autor do livro “O Caminho do Sonhador”, que defende veementemente que “o sonho comanda a vida”. Na linha da frente do coach de alta performance surge Susana Torres – a primeira coach de alta performance em Portugal que, desde o Euro2016, ficou conhecida por ter feito parte do sucesso do jogador Éder Lopes – e Ricardo Peixe – que com 15 anos de experiência é responsável pelo desenvolvimento de mais de 40 mil pessoas e de 120 empresas. A estes nomes juntam-se Pedro Vieira – um profissional que aposta na Programação Neurolinguística (PNL) como forma de promover o autoconhecimento e de gerar resultados de excelência – e Ricardo Mendonza – especialista em resultados máximos, sendo o único europeu que acompanha o atual melhor coach do mundo, Anthony Robbins.

 

A 7.ª edição do DDC terá, ainda, uma estreia. Durante a manhã decorrerá um debate sobre a importância da implementação de prática desportiva e de uma boa alimentação e serão apresentadas algumas ferramentas para contornar a falta de tempo para esses hábitos.

Como protagonistas deste momento estão nomes sonantes do panorama desportivo como Gonçalo Uva (B2Run) e Carlos Sá (Ultra Runner), a nutricionista Carla Sousa (Prozis) e ainda alguns empresários de sucesso com exemplares estilos de vida, como Marta Castro (Medicalmedia), André Vieira de Castro (Argacol) e Miguel Soares (PARTTEAM & OEMKIOSKS).

São esperados 1500 empresários no DDC, um evento que assume uma forte aposta em palestras, num debate, diversas animações, surpresas e vários momentos de networking durante os coffee breaks, que visam, acima de tudo, promover a troca de conhecimento e de experiências entre os presentes.

De realçar a vertente solidária do evento, já que os participantes poderão dar o seu contributo com roupa, comida e outras ajudas, no recinto, doando-os a associações como a “Apela”, a “Pirilampo Mágico” e a “Por + Sorrisos”. O DDC surgiu em 2012 e a entidade responsável pela criação e organização do evento é a Samsys – Consultora especializada em tecnologias de informação, que criou posteriormente uma academia, a Academia Samsys. As iniciativas criadas pela Academia Samsys enquadram-se no âmbito de responsabilidade social da empresa-mãe e visam incutir conceitos como coaching, neurolinguística, felicidade nas organizações e liderança a empresários.

A inscrição é gratuita e pode ser feita em academia.samsys.pt

VII Congresso Científico ANL

Ostentando uma história de inovação científica, ensino médico, espírito de colaboração, abertura, liberdade e partilha de informação, o Porto é a opção adequada à realização do sétimo evento promovido pela Associação Nacional dos Laboratórios Clínicos (ANL). Cidade natal ou local de estudo de nomes como Ricardo Jorge, Júlio de Matos, Abel Salazar ou Óscar Moreno, figuras ímpares da medicina portuguesa, que são fonte permanente de inspiração e orgulho para todos os colegas que exercem a sua atividade profissional na área da saúde. Será neste ambiente de partilha do passado que iremos projetar o futuro na antiga, mui nobre, sempre leal e invicta cidade.

O programa científico apresenta as melhores sessões educacionais e tem como oradores prestigiados profissionais e professores da área da medicina laboratorial. Serão abordados em sessões plenárias temas atuais e relevantes relacionados com diversas áreas laboratoriais, quer no plano analítico, como tecnológico, sem esquecer a validação de resultados, a sua interpretação semiológica, o controlo e avaliação da qualidade.

A importância do complemento com a Clínica será uma preocupação constante; o foco no doente uma presença inquestionável. Ocorrerão cursos práticos de áreas específicas que proporcionarão oportunidades únicas de partilha de conhecimento em áreas laboratoriais particulares e em permanente evolução.

Como habitualmente a produção científica na área laboratorial efetuada ao nível dos laboratórios portugueses terá um destaque muito especial, com os prémios para as melhores apresentações em painel. Este ano pela primeira vez serão introduzidos no programa espaços dedicados a apresentações orais, possibilitando a divulgação de importantes trabalhos desenvolvidos por jovens profissionais e investigadores. Será também premiada a melhor e mais original.

Como vem sendo habitual e a par das sessões científicas decorrerá um importante programa paralelo de reflexão sobre a importância, o papel do laboratório na sociedade, o seu contributo para a sustentabilidade do sistema da saúde e as melhores práticas a diversos níveis: gestão, informatização, legislação, publicidade, proteção de dados, proteção do ambiente. Serão nossos convidados decisores políticos, líderes de opinião, diretores de relevantes Instituições da área da saúde, professores universitários de diversas áreas, todas elas com influência direta ou indireta no laboratório de análises clínicas.

Serão apresentados durante o Congresso os resultados preliminares dum inovador e inédito estudo sobre o custo das Análises Clínicas em diversos hospitais, centros hospitalares e unidades locais de saúde. Foi resultado dum esforço enorme e dum notável trabalho de equipa entre ACSS, ANL e a consultora Roland Berger.

Como sempre a ANL conta com a presença e colaboração inestimável dos fornecedores da área laboratorial. Concretamente estes importantíssimos parceiros, são atualmente pilares da formação contínua para além de garantia de evolução, inovação e incremento permanente da qualidade nas análises clínicas. O VII Congresso da ANL orgulha-se em ter uma das maiores áreas de exposição da indústria do diagnóstico in vitro, reunida em eventos similares em Portugal, nesta sua sétima edição. A ANL está muito grata a todos.

Estou muito ansioso por poder receber os colegas e amigos de todo o país na nossa reunião bienal. A ANL procede assim a um dos seus compromissos com os sócios e com a sociedade em geral, o de impulsionar os padrões de conhecimento e de intervenção responsável, na área das análises clínicas. Este tipo de congressos não são possíveis sem o esforço e o contributo de todos os colegas. Venham de laboratórios de patologia clínica ou de análises clínicas, de genética ou de anatomia patológica, públicos ou privados, de saúde pública ou de investigação.

A sua presença assegura oportunidades únicas de aprendizagem, de convívio, de interação científica e cultural, de celebração da inovação e de salutar discussão.

Se também podermos em conjunto ultrapassar barreiras, propor ruturas, abordar reformas, numa abordagem revolucionária e livre aos desafios complexos da saúde no plano assistencial, social, económico, ambiental e tecnológico, então a missão da Comissão Científica do VII Congresso ANL fica cumprida, com sucesso. Desta forma é fundamental a presença de todos os que abraçam diariamente a medicina laboratorial e as análises clínicas com reforçado amor e dedicação. Conto com todos, motivados e inspirados, no Porto a 25 e 26 de maio.

OPINIÃO DE CARLOS CARDOSO, Presidente do Conselho Científico da Associação Nacional de Laboratórios Clínicos

Natal na Pampilhosa da Serra solidário com vítimas dos fogos

Organizada pela Câmara da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, a iniciativa ‘Inspira Natal e Solidariedade’ é inaugurada na sexta-feira, às 15h00, seguindo-se a atuação, uma hora depois, do Avô Cantigas, nome artístico de Carlos Alberto Vidal, natural do vizinho concelho da Lousã, mas radicado em Lisboa desde a infância.

O programa de cinco dias (15, 16, 17, 22 e 23 de dezembro), com a atuação de bandas e grupos de música tradicional de diversos pontos do país, compreende, já no domingo, o início da encenação do presépio ao vivo e um espetáculo pelo tocador de cavaquinho Amadeu Magalhães, às 12h00 e às 20h30, respetivamente.

O artista Tony Carreira, com raízes no município da Pampilhosa da Serra, protagoniza um “concerto solidário” acústico, no dia 23, às 16h00.

A Pista de Gelo e o Festival da Filhó Espichada, com confeção ao vivo desta iguaria natalícia local, são outras propostas da organização para todos os dias do programa.

No cartaz, a autarquia liderada pelo social-democrata José Brito apela à participação das pessoas, para que possam “saborear e reviver o tradicional Natal serrano” e ajudar as vítimas dos incêndios que fustigaram o concelho nos últimos meses.

Apoiada por diversas entidades, a iniciativa inclui ainda uma mostra de artesanato e produtos tradicionais, tabernas e animação de rua para todas as idades.

EMPRESAS