• next generation event
Inicio Tags Evento

Tag: evento

Comemore o dia da Mulher com Fábio Lagarto

O jantar decorrerá entre as 18:30h e as 22:30h e será composto por bebida à descrição, da selecção do Hotel, uma variedade de entradas, pratos quentes e sobremesas, tudo isto por apenas 25€ por pessoa.

No buffet destacam-se as entradas de salada grega com azeitonas, pérolas de novilho com molho barbecue, espargos brancos com queijo creme e presunto, salgadinhos e tábua de enchidos. Os pratos quentes são compostos por sopa de tomate com manjericão, penne carbonara, lombinho de porco assado com laranja e pica-pau de peixe. Por fim, as deliciosas sobremesas como crème brûlée de alfarroba, torta de canela, semi-frio de morango e chocolate.

Na companhia das suas amigas venha divertir-se ao som da música de Fábio Lagarto, entre as 20h e as 23h, um dos ícones no mundo da música no Algarve. A noite prolonga-se com DJ live, apartir das 23h até à 1:30h.

Não perca a oportunidade de ter uma noite exclusiva de mulheres para começar o fim-de-semana da melhor maneira!

Contributos para a implementação de um Business Intelligence no SNS

O encontro vai revelar os resultados de um White Paper desenvolvido pelo Grupo de Trabalho para a Gestão da Informação em Saúde da APAH sobre a tecnologia atual das ferramentas de Business Intelligence e os fatores essenciais para os sistemas de saúde, nomeadamente no que respeita a melhorar os aspetos clínicos e a prestação de cuidados ao utente.

A participação de várias personalidades de destaque do setor da saúde nacional vai motivar um debate focado na visão do Estado sobre a utilização de dados e informação na saúde e no acesso a esses dados na perspetiva dos utilizadores.

Conheça os temas de discussão e oradores em detalhe no programa.

A participação é gratuita, mas está sujeita a inscrição prévia.

Microsoft e GNR desafiam colaboradores de empresas a aprender com os filhos sobre Internet Segura

Em 2018, a Associação de Apoio à Vítimia (APAV), através da sua Linha Alerta registou mais de 1.000 denúnias de potencial ilicitude na Internet, incluindo pornografia infantil e discursos de ódio. Todos os anos, mais de 400 milhões de pessoas em todo o mundo são vítímas de cibercrime e esta é a vertente do crime económico que mais tem crescido em Portugal nos últimos anos. Reconhecendo a importância da temática e, enquanto membro do Consórcio do Centro Internet Segura desde a sua constituição, a Microsoft Portugal voltou a unir-se à Guarda Nacional Repúblicana (GNR) para ampliar a intervenção junto de alunos, encarregados de educação, professores, séniores e, este ano, também empresas.

Ao longo do último mês foram promovidas centenas de ações de formação por todo o país, com o objetivo de sensibilizar os participantes para a utilização da Internet de uma forma mais segura, justa e inclusiva.

Com o mote “uma internet melhor começa com cada um de nós”, foram abordadas questões como cyberbulling, furto de identidade, privacidade, incorreção das fontes de informação, vírus informáticos e dependência da internet. Este ano a iniciativa previu ainda que várias empresas acolhessem ações de formação entregues por alunos. Só nos primeiros dias, a iniciativa compreendeu 746 ações de sensibilização e chegou a cerca de 15.000 alunos, 1.200 idosos e centenas de encarregados de educação.

Assim, no próximo dia 27 de fevereiro, pelas 14h30, a Microsoft e a GNR vão fazer um balanço da iniciativa promovida ao longo do mês da Internet Segura. O evento incluirá ainda um debate e uma ação de sensibilização junto de colaboradores de diversas organizações, na sede da EDP, em Lisboa. O Colégio Vasco da Gama, do concelho de Sintra, foi um dos estabelecimentos de ensino que abraçou a iniciativa e, por isso, dois dos seus alunos vão apresentar o que aprenderam aos encarregados de educação presentes no evento.

Beatriz Oliveira, CEO e fundadora da Bindtuning, e Fernando Resina da Silva, Partner da Vieira de Almeida – Sociedade de Advogados, levam também as filhas a palco para discutir a temática, a par de Inês Menezes, fundadora do projeto Design the Future, num painel com moderação da psicóloga Júlia Vinhas.

Mariscar SEM Lixo arranca nos portos Palafiticos da Carrasqueira e do Possanco

O evento, que agora inicia a sua 3ª edição, integra ações de sensibilização direta, ações mensais de limpeza com voluntários e uma rede de stakeholders que visa implementar soluções que evitam o plástico no oceano, e nos últimos 2 anos contou com a participaram de 374 voluntários conseguindo retirar 14 toneladas de lixo das margens do Estuário do Sado.

A comunidade ganhou consciência para o problema do lixo marinho, mudou hábitos e pro-ativamente traz para terra o lixo apanhado nas redes de pesca. No entanto esta zona do Sado é propicia à acumulação de lixo, por ação das marés e nortadas, sendo de grande importância a realização desta campanha.

Porto de Setúbal presente na terceira edição do Leiria Centro Exportador

O Porto de Setúbal vai participar, no dia 26 de fevereiro, no Mercado de Sant’Ana, em Leira, na 3ª Edição do Leiria Centro Exportador com um espaço de expositor numa perspetiva de identificação de oportunidades e parcerias proporcionadas por contatos B2B, bem como através da presença da presidente do CA da APSS, Lídia Sequeira, como oradora na conferência dedicada à temática “Valor da Marca Portugal no Mundo”.

O evento, organizado pela AAPI – Associação de Ação Para a Internacionalização tem como objetivo promover a internacionalização das PME’S. Esta edição, subordinada ao tema “Cadeia de Valor Global”, conta com 18 oradores, 23 Câmaras de Comércio, 2 Associações Empresariais, 17 Expositores, entre outros agentes, por tal, também constitui uma excelente oportunidade para a divulgação dos serviços logístico-portuários do Porto de Setúbal junto dos empresários da Região Centro de Portugal.

Porto acolhe o progresso, a inovação e os desafios futuros na área da Esclerose Múltipla

A EM é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa do sistema nervoso central. Embora se tenha tornado uma doença mais conhecida nos últimos anos, ainda há um grande desconhecimento sobre os seus sintomas, além de ter ainda um impacto negativo na qualidade de vida de muitos doentes, nomeadamente, mais de metade dos doentes relata níveis de incapacitação: 32% não conduzem e 77% não trabalham, sendo que 92% dos doentes que não trabalham estão abaixo da idade da reforma[2].

Maria José Sá, presidente do Congresso, afirma que “este é um momento de debate, análise e reflexão sobre os novos desafios que esta doença nos coloca. E, durante três dias, estamos reunidos no Porto para propagar a inovação e as mais recentes novidades, sobre esta doença do foro neurológico, para o resto do mundo num encontro que tem vindo a ganhar cada vez mais reconhecimento internacional”.

Um congresso que debate uma doença que, além dos desafios físicos e emocionais, apresenta um conhecimento dos custos e gestão, em Portugal, escasso. “É necessário debater, estudar e propagar as inovações, assim como melhorar o planeamento da assistência médica e a alocação de recursos. Estamos perante uma doença, em que o custo médio de um surto está estimado em 2931€” refere Maria José Sá, presidente do Congresso.

Além de acompanhar o rápido desenvolvimento da ciência, tecnologia e estilos de vida, o Congresso de 2019 conta ainda com a presença da Casa da Esclerose Múltipla que permitirá aos seus visitantes terem a percepção, a nível sensorial, do que é viver com EM, através de várias experiências nas tarefas do dia-a-dia.

Do programa, que cruza aspetos das ciências exatas e clínicas, fazem parte temas como “Matemática e Física na Esclerose Múltipla”; “Neuro imagem”; “O tempo importa na Esclerose Múltipla: caso da cognição” e cursos pré-congresso sobre a importância de ter uma equipa multidisciplinar ao serviço dos doentes, onde se sublinha o papel dos enfermeiros e dos neuropsicólogos, por exemplo.

Durante o Congresso será ainda realizada a votação e conhecidos os vencedores do prémio “MS Porto”, que pretende reconhecer a investigação e as melhores práticas clínicas nesta área.

Para consultar mais informações sobre o programa: https://www.multiplesclerosis2019.com/ 

Sobre o International Porto Congress:

Em 2011 realizou-se o 1st International Porto Congress of Multiple Sclerosis, organizado pela Consulta de Doenças Desmielinizantes do Hospital de S. João, Porto. Este Congresso tem vindo a tornar-se num acontecimento cada vez mais importante para o nosso país, no âmbito da EM, pois surge como uma excelente oportunidade para avaliação e discussão dos mais avançados conceitos nesta área da Neurologia, com oradores provenientes de centros de renomes de vários países do mundo. 

Sobre a Esclerose Múltipla

A EM é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa, que afecta o Sistema Nervoso Central (SNC). É uma doença que surge frequentemente entre os 20 e os 40 anos de idade, ou seja, entre os jovens adultos. Afeta com maior incidência as mulheres do que os homens.

Esta patologia é diagnosticada a partir de uma combinação de sintomas e da evolução que a doença apresenta na pessoa afetada, com recurso a exames clínicos/exames complementares de diagnóstico (Ressonância Magnética Nuclear, Estudo de Potenciais Evocados e Punção Lombar).

Estima-se que em todo o mundo existam cerca de 2.500.000 pessoas com EM (dados da Organização Mundial da Saúde) e em Portugal mais de 8.000 (Gisela Kobelt, 2009).

A EM pode produzir sintomas idênticos aos de outras patologias do SNC, pelo que o diagnóstico poderá demorar anos a acontecer.

[2] Sa MJ, G Kobelt, J Berg, D Capsa, J Dalén, New insights into the burden and costs of multiple sclerosis in Europe: Results for Portugal, Multiple Sclerosis Journal 2017, Vol. 23(2S) 143 –154

Os melhores vinhos de Portugal irão estar reunidos em Marvila

Em 2018 a equipa da revista Paixão Pelo Vinho avaliou em prova cega mais de 1000 vinhos e entre todos os tipos, regiões e preços, destacaram-se 56 vinhos, premiados com ´Paixão Pelo Vinho Prestígio´ (verdadeiramente apaixonantes), ‘Paixão Pelo Vinho Excelência’ (impressionantes) e/ou ‘Paixão pelo Vinho Escolha’ (melhor relação qualidade/preço). A entrega de prémios realiza-se às 17:30h e todos podem assistir e aplaudir!

A festa vínica Paixão Pelo Vinho Awards Wine Party começa às 17:00h e prolonga-se até às 23:00h. O palco é, uma vez mais, o ousado e surpreendente espaço Beatus, localizado perto do Convento do Beato, em Marvila e que, por entre os vários atrativos, se destaca pela presença de um autocarro Routemaster londrino, onde estarão em exposição os vinhos premiados e que servirá de sala de provas e ciclo de ‘Conversas com Enólogos’, que se realiza entre as 19 e as 22:30h (de acesso livre até à lotação sentada). Durante todo o evento todos os participantes poderão provar vinhos de excelência e novidades de muitos dos produtores premiados, mais de 200 referências, que prometem superar expectativas. Não faltarão a música, os petiscos e outras surpresas.

No sábado, 2 de março, prepare-se para um dia intenso de emoções e sensações. Os bilhetes estarão à venda a partir do dia de fevereiro na Ticketline, na Fever, e em mais de 500 pontos de venda a nível nacional. Em pré-venda o bilhete custará 10€ e no próprio dia o acesso à festa terá um custo de 15€, sempre com oferta do copo e o acesso a todas as provas e programa.

Congresso Internacional FLOMEKO 2019 terá lugar, pela primeira vez, em Portugal

Assim, devido ao interesse crescente neste congresso, o prazo para submissão foi prolongado até 15 de fevereiro de 2019.

O FLOMEKO 2019 será realizado pela primeira vez em Lisboa, sendo a 18ª Conferência do IMEKO TC9 (medição de caudal), seguindo uma tradição de eventos organizados desde 1978 (em Groningen, Holanda).

Este evento reunirá mais de duas centenas de especialistas na medição de caudal e volume e sua aplicação na indústria, bem como, institutos nacionais de metrologia, laboratórios de metrologia e de ensaios, entidades reguladoras, entidades gestoras de recursos e outras partes interessadas.

Os participantes irão debater ideias e soluções com aplicações na energia, aeronáutica, produtos químicos, saúde e meio ambiente.

O FLOMEKO 2019 é organizado por quatro entidades nacionais de referência: LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil, IPQ – Instituto Português da Qualidade, RELACRE – Associação de Laboratórios Acreditados de Portugal e SPMet – Sociedade Portuguesa de Metrologia, sob o patrocínio da IMEKO, Federação não governamental de organismos científicos de 42 Países, com o objetivo de promover o conhecimento, a inovação e o desenvolvimento tecnológico, a qualidade da medição e do impacto que esta tem na segurança e na qualidade de vida.

Porto recebe o 5º Seminário de Oncologia Pediátrica

O 5º Seminário de Oncologia Pediátrica da Fundação Rui Osório de Castro (FROC) já tem data marcada para 16 de fevereiro, no IPO do Porto.

Que mitos e verdades estão associados à alimentação e ao cancro, em especial quando se trata de uma criança? São realmente as escolas inclusivas para as crianças que passam por um diagnóstico de cancro? Em que estado se encontra a investigação em oncologia pediátrica? Que necessidades têm os cuidadores da criança com cancro?

Estas serão algumas questões em debate ao longo deste seminário, que segundo Cristina Potier, diretora-geral da FROC, é também “uma oportunidade para conhecer o que realmente preocupa os familiares destas crianças”.

Depois de as três primeiras edições terem acontecido em Lisboa e a última em Coimbra, o evento ruma agora ao norte do país, com o objetivo de “dar oportunidade às famílias de outras zonas do país de participarem neste seminário, que é dirigido sobretudo a estes, mas também aberto a todos os que acompanham ou acompanharam esta realidade no seu dia a dia – sobreviventes e suas famílias, voluntários, estudantes e profissionais de Oncologia Pediátrica.”

No decorrer do seminário será ainda entregue o prémio no valor de 15.000€ ao vencedor da 3ª edição do Prémio Rui Osório de Castro/Millennium BCP, que apoia projetos que promovam a melhoria dos cuidados prestados a crianças com doença oncológica.

A participação neste seminário é gratuita, mas a sua inscrição é obrigatória. Garanta o seu lugar inscrevendo-se aqui.

Matosinhos Independente: 1º Encontro

Paulo Morais / Joaquim Jorge

Neste 1.º encontro terá uma 1.ªparte de conferência com Paulo Morais com o tema: Negócios nas Câmaras: Urbanismo e Boys, em que Joaquim Jorge, fundador do MI, será o moderador.

Paulo Morais que se tem notabilizado pelo combate à corrupção, faz parte das personalidades, que não integram este movimento, mas acederam dar o seu contributo sem compromisso, que vamos ouvir e aconselharmo-nos. (https://www.matosinhosindependente.pt/espacoCidadao/personalidades.html )

A política é um mundo complicado e há quem tudo faça para se manter no poder, construindo grupos de interesse e de entreajuda, que se defendem e atacam, tendo acesso a tudo e uns dos outros, usando as amizades e uma rede clientelar nociva ao regime democrático.

Pelos vícios e pecados nas câmaras paga-se um preço muito alto que os seus cidadãos estão fartos, é preciso promover iniciativas sustentadas para todos e não somente para alguns.

Temos que transformar o que está mal e defender o que está bem, mas fazer compreender aos cidadãos o jogo institucional em que se insere a democracia.

A 2.ªparte do encontro, já sem a presença de Paulo Morais, será apresentado publicamente, por Joaquim Jorge, o 1.º proponente da candidatura Matosinhos Independente: Maria Lídia Viterbo Silva Cruz, licenciada em Filologia Românica, professora de português do ensino secundário no Agrupamento de Escolas Abel Salazar, em S. Mamede Infesta. Os restantes proponentes da candidatura: União das Freguesias de S. Mamede de Infesta e Senhora da Hora, Joaquim Machado, comerciante; União das Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, Maria Manuel Guerra, escriturária; União das Freguesias de Custóias, Leça do Balio e Guifões, Maria José Fabião, aposentada; União das Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, Sérgio Santos, informático.

Os proponentes têm que ser matosinhenses recenseados no concelho, isto é, que votem no concelho. Qualquer matosinhense pode assinar a declaração de propositura para concorrermos às eleições autárquicas em 2021, isso não quer dizer que nos apoiem, mas que nos permitem ser uma alternativa ao poder instituído em Matosinhos que fará em 2021 – 47 anos.

Dá-se assim inicio a um dos passos do processo de candidatura com a declaração das proposituras (https://mi-espacolivre.blogspot.com/2018/12/mi-processo-de-candidatura-proposituras.html) tendo em conta a informação da CNE (Comissão Nacional de Eleições), as alterações introduzidas pela Lei n.º 47/2018, de 13 de Agosto, ao Regime Jurídico do Recenseamento Eleitoral (Lei n.º 13/99, de 22 de Março), o número de eleitor foi abolido. Assim, a referência existente nos documentos à “letra” e “número de eleitor” foi retirada. As proposituras estão em PDF no site e podem ser  imprimidas e assinadas (https://www.matosinhosindependente.pt/pdf/proposituras.html).

Esta candidatura é genuinamente da sociedade civil, estamos a começar do zero e a construir uma alternativa de poder independente ao PS, para isso temos que recolher as assinaturas necessárias (15.000).

Cada matosinhense está em sua casa em qualquer lugar de Portugal ou do Mundo, não é necessário viver em Matosinhos para se gostar e amar Matosinhos.

Reclamamos um bom uso dos impostos e o carácter inédito de começar com 3 anos de antecedência e recusamos o status quo, a tirania do subsídio e o medo. O nosso objetivo não é só ganhar as eleições, mas fazer as coisas bem.

Não somos “socialistas fóbicos”, mas está na hora de virar a página. O domínio absoluto que o PS tem tido na CM Matosinhos deve deixar de existir.

Mas somos contra a cegueira voluntária dos matosinhenses que recusam saber o que se passa na câmara: uns por comodismo, outros por distração, outros porque lhes dá jeito.

EMPRESAS