Inicio Tags Luís Simões

Tag: Luís Simões

Luís Simões no combate às alterações climáticas

O CDP é a plataforma mundial de report sobre as alterações climáticas e o sistema global de divulgação que promove a interligação entre investidores, empresas, cidades, estados e regiões na gestão dos seus impactes ambientais, e que potencia a consciencialização e a gestão dos riscos relacionados com o carbono e as alterações climáticas.

Este caminho de análise interna anual da organização permite a partilha de boas práticas.Desde 2007 que a Luís Simões desenvolve a sua estratégia de sustentabilidade assumindo um compromisso inequívoco em encontrar soluções eficazes que reduzam o impacte direto das suas operações sobre o meio ambiente, contribuindo para a redução de emissão de Gases com Efeito de Estufa (GEE).

Os passos dados no reporte do CDP são uma evidência do caminho percorrido pela organização. Em 2017, a Luís Simões implementou um projeto para contabilizar as emissões de Gases de Efeito de Estufa em todas as suas empresas, com verificação externa independente. Foram contabilizadas 42.101 toneladas de CO2e durante esse mesmo ano.

Em 2018 foi apresentado um conjunto de iniciativas que permitiu reduzir 87 toneladas de CO2e. Para 2019 a Luís Simões identificou 12 iniciativas adicionais para reduzir 1.516 toneladas de CO2e.

Para Cláudia Simões, Coordenadora para a área de Desenvolvimento Sustentável da Luís Simões, “a redução de emissões de carbono são o nosso grão de areia na contribuição para o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 13 da ONU: Ação Climática”, adiantando ainda: “porque estamos na cadeia de valor, entendemos a importância do nosso envolvimento nos compromissos de descarbonização dos nossos clientes, sempre integrados no mercado global.

O nosso posicionamento, focado na melhoria contínua de processos e na sustentabilidade, permitirá continuar a caminhada rumo à descarbonização”.Durante a última década a Luís Simões reduziu em mais de 16% as emissões de CO2e para a atmosfera da sua frota.

Graças ao seu empenho, obteve a pontuação de C no questionário de Climate Change, na categoria de Awareness (Consciência), uma qualificação que levou a LS a posicionar-se com uma pontuação superior à média do sector geral (D), e superior à média regional da Europa (D).

Luís Simões investe 3,5 milhões de euros na renovação da sua frota

Segundo Cláudia Trindade, Gestora da Frota Ibérica da Luís Simões, trata-se de “mais um passo na melhoria da eficiência dos nossos processos, para a Luís Simões continuar a crescer de forma sustentável e rentável, oferecendo aos clientes as melhores soluções”.

A nova frota é composta por 50 veículos da marca MAN, das gamas TGE, TGL, TGM e TGS, com diferentes pesos brutos, que variam entre 3.500 quilos e 26 toneladas. Todos possuem caixas isotérmicas, produzidas pela empresa Jorge Pires, e equipamentos de refrigeração, fornecidos pela Frindus (Carrier).

Para além disso, por forma a garantir a máxima segurança no transporte dos alimentos, a Luís Simões estabeleceu também uma parceria com a empresa Cartrack para equipar os veículos com sensores térmicos. Este sistema permite a leitura remota em tempo real da temperatura da área de transporte, permitindo uma atuação imediata em caso de variações de temperatura e outras variantes, como uma eventual abertura de portas não programada.

Inovação e sustentabilidade, eixos transversais da estratégia de negócio

A esta renovação da frota junta-se ainda a entrada em Espanha de três veículos para a recolha de resíduos urbanos, que deverão estar a operar dentro de poucas semanas. Mais um passo no compromisso da Luís Simões para reduzir o impacto ambiental e desenvolver uma logística sustentável e rentável.

Nesse sentido, durante 2018 a empresa deu início a 17 iniciativas que têm como objetivo reduzir a emissão de CO2 em 370,3 toneladas. Na área de transporte, destaca-se que 97% da frota de Portugal e Espanha utiliza motores Euro V e Euro VI, com menos impacto ambiental.

Evidenciando o seu compromisso com a sustentabilidade, a Luís Simões foi distinguida pela plataforma Ecovadis com a Medalha de Ouro no setor do transporte em Espanha. Uma plataforma para a qualificação do desempenho da sustentabilidade na cadeia de distribuição.

Sobre a Luís Simões

A Luís Simões é um operador logístico de referência, líder no mercado de fluxos rodoviários entre os dois países ibéricos. Gere uma frota de 2.100 viaturas (próprias e subcontratadas), e conta com mais de 2.500 colaboradores. Presta serviços integrados de logística em toda a Península Ibérica, em mais de 25 armazéns que superam os 400.000m² de capacidade instalada em 10 regiões diferentes da Península Ibérica. A LS iniciou atividade em Loures, em 1948, e está no mercado espanhol há mais de 30 anos.

Luís Simões celebra Dia Mundial do Meio Ambiente

Durante o mês de maio, a empresa promoveu junto dos colaboradores uma ação de responsabilidade social, incentivando à recuperação de ambientes naturais na costa portuguesa, tornando a praia mais limpa e o mar menos poluído.

Integrada na comemoração do 25º aniversário da sua revista interna “Somos LS”, e coincidindo com os 70 anos de atividade da empresa, uma equipa de 38 colaboradores da Luís Simões participou numa ação de limpeza e recolha de lixo na Praia da Foz do Lizandro, Ericeira. Durante a ação os colaboradores da LS conseguiram recolher mais de 120 quilos de resíduos em apenas 45 minutos. Para além de promover o convívio e o espírito de equipa entre os profissionais da empresa, o objetivo desta ação consistiu também em promover a consciencialização social em torno da preservação do meio ambiente e dos ecossistemas marinhos.

A Luís Simões pratica e promove a separação dos resíduos e a sua correta entrega nos operadores certificados, sempre com objetivo da sua subsequente reciclagem e valorização. Só em Portugal, em 2018, a Luís Simões produziu e enviou para tratamento 10.348 toneladas de resíduos, dos quais 97% tiveram como destino a reciclagem.

Há 10 anos que a Festa de Aniversário da revista interna “Somos LS” decorre em torno de ações de responsabilidade social com impacto nas comunidades onde a LS está inserida, envolvendo os colaboradores da empresa, sendo esta a segunda ação de recolha de resíduos em ambiente natural, para além da remoção de espécies infestantes, intervenção em associação de abrigo e apoio a animais em situação de abandono e/ou risco, colaboração em várias IPSS cujo trabalho se centra no apoio a crianças e jovens institucionalizados ou a populações em situação de carência (como refugiados), entre outras.

A sustentabilidade, entendida como um eixo transversal da estratégia de negócio da Luís Simões na sua tripla vertente – económica, social e ambiental – é parte do ADN da organização desde a sua fundação, e entendida como condição de sobrevivência.Da mesma forma que implementa melhoria de processos operacionais adequados aos novos canais, com foco na redução do consumo de materiais (plástico, papel, papelão), o compromisso com os seus profissionais e com o ambiente fazem da Luís Simões um elo de diferenciação na cadeia de valor dos seus clientes, proporcionando a qualidade e a flexibilidade de que necessitam nos seus maiores picos de atividade.

A Luís Simões tem uma estratégia de sustentabilidade alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, baseada numa matriz de materialidade que resume os desafios da empresa e dos seus stakeholders e em nove princípios fundamentais:

1.  fornecer um serviço de qualidade e de alta responsabilidade;

2.  garantir a robustez financeira do grupo;

3.  promover a inovação;

4.  promover a eficiência energética;

5.  promover a formação e desenvolvimento dos colaboradores;

6.  promover a segurança rodoviária;

7.  promover a saúde e segurança no trabalho;

8.  promover a cidadania interna e externa;

9.  promover a comunicação.

Raúl Tijero Vallejo é o novo Diretor Regional de Logística da Luís Simões na zona centro de Espanha

fbt

Formado em Ciências Empresariais pela Universidade de Valladolid e mestre em Supply Chain Management pelo ICIL, para além de ter realizado um programa de liderança na ESADE, Tijero chega à Luís Simões para reforçar a gestão dos Centros de Operações Logísticas desta região ibérica.

Tem sob a sua responsabilidade mais de 200.000m2 de operações logísticas, cerca de 8.500m2 de área de copacking, e a gestão de mais de 320.000 paletes. Os centros de operações logísticas estão localizados essencialmente no Corredor de Henares, zona estratégica para o setor de logística e industrial em Espanha, e contam com as mais recentes tecnologias em termos de automação, capacidade de armazenamento e sustentabilidade.

Tijero desenvolveu toda a sua carreira profissional no setor de logística, o que lhe permitiu adquirir uma vasta experiência em cargos de gestão ao longo de seus 13 anos na Ceva Logistics e na Iron Mountain. Com esta incorporação, a Luís Simões conta com um novo líder para a Direção Regional de Logística da zona centro da Península Ibérica.

EMPRESAS