Inicio Tags Montepio

Tag: Montepio

Última oportunidade para candidatura ao Concurso Montepio Acredita Portugal

A iniciativa pretende apoiar qualquer pessoa com uma ideia de negócio, independentemente da idade, nível de formação e localização no território nacional, apoiando projetos promissores com know-how especializado para o seu desenvolvimento e avaliação. Os melhores projetos têm contacto direto com investidores, especialistas e mentores, assim como o acesso a formação personalizada e a oportunidade de integrar um programa de pré-aceleração.

Para Fernando Amaro, Diretor do segmento Economia Social e Setor Público da CEMG, “o Montepio Acredita Portugal é um excelente veículo para potenciar o empreendedorismo de impacto. Há cada vez mais pessoas a procurar e a encontrar no empreendedorismo um caminho para desenvolver soluções para a sociedade”.

Uma ideia partilhada por Fernando Fraga, Diretor de Inovação da Acredita Portugal: “Os candidatos com os quais contactamos estão mais informados, têm uma visão de oportunidades distinta e são também mais exigentes na procura que fazem das plataformas para potenciar a sua ideia de negócio. A Acredita Portugal reuniu-se de parceiros de referência no sentido de disponibilizar uma rede de suporte e aceleração que facilite o processo go to market de empreendedores e pessoas com ideias transformadoras e com potencial de impacto”.

Os Prémios do Concurso Montepio Acredita Portugal:

– O Prémio Brisa Mobilidade destina-se a todas os projetos relacionados com serviços e/ou soluções tecnológicas que contribuam para melhorar a eficiência e a integração dos sistemas de mobilidade, ou para criar novas ofertas de mobilidade ou, ainda, que contribuam para um upgrade da conectividade dos sistemas de transportes, urbanos e não-urbanos, de passageiros e comerciais, nas perspetivas digital e comportamental.

– O Prémio K.Tech, apoiado pela consultora KCS iT, destina-se a todos os projetos relacionados com as novas tecnologia de informação e com a implementação destas tecnologias em áreas de negócio tradicionais.

– Além de ser o patrocinador principal do concurso da Acredita Portugal, a Caixa Económica Montepio Geral, que tem como um dos seus valores principais contribuir para uma economia mais humana, promove o Prémio Empreendedorismo Social, que premeia projetos empreendedores com impacto social positivo no país ou na comunidade.

– O Prémio “H2O Inovação by Águas de Gaia“ visa identificar, premiar e apoiar empresários em fase de criação e/ou expansão de negócios relacionados com o setor da água, saneamento e gestão de águas pluviais. Tem ainda por objetivo dinamizar o espírito de iniciativa e distinguir os promotores de empresas inovadoras do setor, valorizando o projeto de forma integrada, de acordo com critérios assentes no potencial do negócio e no perfil dos empreendedores.

– O Prémio Autónoma distingue projetos de comunicação nas áreas de marketing, jornalismo e/ou publicidade, aplicadas a uma área de negócio O prémio irá privilegiar os projetos que apostam na criatividade e na inovação.

As inscrições podem ser submetidas online, de forma gratuita através do site www.acreditaportugal.pt.

 

Concurso Montepio “Acredita Portugal” com novos parceiros

O Prémio H2O Inovação by Águas de Gaia é uma iniciativa da Águas de Gaia E.M. S.A., e visa identificar, premiar e apoiar empresários em fase de criação e/ou expansão de negócios relacionados com o setor da água, saneamento e gestão de águas pluviais. Tem ainda por objetivo dinamizar o espírito de iniciativa e distinguir os promotores de empresas inovadoras do setor, valorizando o projeto de forma integrada, de acordo com critérios assentes no potencial do negócio e no perfil dos empreendedores.

Podem candidatar-se ao Prémio H2O Inovação by Águas de Gaia, promotores de projetos de criação ou expansão de empresas com características inovadoras e exequíveis do setor de atividade da distribuição de água, saneamento, gestão de águas pluviais (e sustentabilidade ambiental nestas três componentes). Todos os participantes no concurso Montepio Acredita Portugal cujo projeto se enquadre nestas áreas são automaticamente candidatos ao Prémio H20 Inovação.

O vencedor, para além dos prémios do concurso, terá ainda a oportunidade de ser incubado pelas Águas de Gaia e ser qualificado para participar no Eurovision for Startups.

O Prémio Autónoma, apoiado pela Universidade Autónoma de Lisboa, distingue projetos de comunicação nas áreas de marketing, jornalismo e/ou publicidade, aplicadas a uma área de negócio e irá privilegiar os projetos que apostam na criatividade e na inovação.

A UAL vai atribuir uma bolsa de estudo válida para qualquer um dos seus cursos de licenciatura, mestrado ou pós-graduação, desde que o candidato reúna os requisitos exigidos para a sua frequência. Caso a candidatura vencedora seja constituída por mais do que um elemento, o valor da bolsa será distribuído equitativamente.

O Montepio Acredita Portugal é o maior concurso de empreendedorismo de Portugal e o segundo maior a nível mundial, e tem como objetivo apoiar qualquer pessoa com uma ideia de negócio, independentemente da idade, nível de formação e localização no território nacional, apoiando projetos promissores com know-how especializado para o seu desenvolvimento e avaliação. Os melhores projetos têm contacto direto com investidores, especialistas e mentores, assim como acesso a formação personalizada e a oportunidade de integrar um programa de pré-aceleração.

Na última edição estiveram a concurso mais de 11 mil ideias de negócio. 

A candidatura é gratuita e pode ser efetuada através do site acreditaportugal.pt.

 

Sobre a Acredita Portugal:

A Acredita Portugal é uma organização sem fins lucrativos focada no desenvolvimento e promoção do empreendedorismo nacional, que nasceu em 2008 pela mão de José Miguel Queimado. Desde então, a Acredita Portugal trabalha por, e para todos os portugueses, independentemente da sua formação ou cultura, permitindo que qualquer cidadão tenha oportunidade de perseguir o seu sonho empreendedor. Cada ideia em competição é submetida de forma gratuita, passando por uma avaliação e vendo desenvolvido o seu plano de negócios. Aos projetos vencedores é dada a oportunidade de desenvolver parcerias estratégicas com vista à sua implementação no mercado.

Concurso Montepio Acredita Portugal regressa com nova edição à procura de mais ideias empreendedoras

A iniciativa pretende apoiar qualquer pessoa com uma ideia de negócio, independentemente da idade, nível de formação e localização no território nacional, apoiando projetos promissores com know-how especializado para o seu desenvolvimento e avaliação. Os melhores projetos têm contacto direto com investidores, especialistas e mentores, assim como o acesso a formação personalizada e a oportunidade de integrar um programa de pré-aceleração.

Para Fernando Amaro, Diretor do segmento Economia Social e Setor Público da CEMG, “o Montepio Acredita Portugal é um excelente veículo para potenciar o empreendedorismo de impacto. Há cada vez mais pessoas a procurar e a encontrar no empreendedorismo um caminho para desenvolver soluções para a sociedade”.

Uma ideia partilhada por Fernando Fraga, Diretor de Inovação da Acredita Portugal: “Os candidatos com os quais contactamos estão mais informados, têm uma visão de oportunidades distinta e são também mais exigentes na procura que fazem das plataformas para potenciar a sua ideia de negócio. A Acredita Portugal reuniu-se de parceiros de referência no sentido de disponibilizar uma rede de suporte e aceleração que facilite o processo go to market de empreendedores e pessoas com ideias transformadoras e com potencial de impacto”.

Informações adicionais disponíveis em www.acreditaportugal.pt

As inscrições podem ser submetidas online, de forma gratuita, até dia 20 de janeiro de 2019 através do site acreditaportugal.pt.

Concurso Montepio Acredita Portugal regressa com nova edição à procura de mais ideias empreendedoras

© Montepio

A iniciativa pretende apoiar qualquer pessoa com uma ideia de negócio, independentemente da idade, nível de formação e localização no território nacional, apoiando projetos promissores com know-how especializado para o seu desenvolvimento e avaliação. Os melhores projetos têm contacto direto com investidores, especialistas e mentores, assim como o acesso a formação personalizada e a oportunidade de integrar um programa de pré-aceleração.

As inscrições podem ser submetidas online, de forma gratuita, até dia 20 de janeiro de 2019 através do site acreditaportugal.pt. O processo de seleção começa pela análise do mercado e do modelo de negócio das centenas de ideias a concurso, depois os candidatos passam por etapas sucessivas de desenvolvimento, análise do plano de marketing e plano financeiro até à apresentação do projeto em formato de pitch, onde são eleitos os vencedores de cada categoria.

Para Fernando Amaro, Diretor do segmento Economia Social e Setor Público da CEMG, “o Montepio Acredita Portugal é um excelente veículo para potenciar o empreendedorismo de impacto. Há cada vez mais pessoas a procurar e a encontrar no empreendedorismo um caminho para desenvolver soluções para a sociedade”.

Uma ideia partilhada por Fernando Fraga, Diretor de Inovação da Acredita Portugal: “Os candidatos com os quais contactamos estão mais informados, têm uma visão de oportunidades distinta e são também mais exigentes na procura que fazem das plataformas para potenciar a sua ideia de negócio. A Acredita Portugal reuniu-se de parceiros de referência no sentido de disponibilizar uma rede de suporte e aceleração que facilite o processo go to market de empreendedores e pessoas com ideias transformadoras e com potencial de impacto”.

Informações adicionais disponíveis em www.acreditaportugal.pt

Sobre a Caixa Económica Montepio Geral:

Fundada em 1844, a Caixa Económica Montepio Geral é um banco de retalho que se diferencia pela sua matriz mutualista e representa os valores da participação associativa e da solidariedade, o que lhe confere um estatuto único no panorama bancário português. Está vocacionada para a captação de poupanças e para o crédito aos segmentos de particulares, empresários em nome individual, microempresas e pequenas e médias empresas, bem como instituições do Terceiro Setor. Fazer a diferença para ir mais longe está na sua essência, que se traduz na assinatura “Só um banco diferente nos leva mais longe”.

Sobre a Acredita Portugal:

A Acredita Portugal é uma organização sem fins lucrativos focada no desenvolvimento e promoção do empreendedorismo nacional, que nasceu em 2008 pela mão de José Miguel Queimado. Desde então, a Acredita Portugal trabalha por, e para todos os portugueses, independentemente da sua formação ou cultura, permitindo que qualquer cidadão tenha oportunidade de perseguir o seu sonho empreendedor. Cada ideia em competição é submetida de forma gratuita, passando por uma avaliação e vendo desenvolvido o seu plano de negócios. Aos projetos vencedores é dada a oportunidade de desenvolver parcerias estratégicas com vista à sua implementação no mercado.

Douro Azul emite dívida no valor de 37,5 milhões

A emissão de obrigações será assegurada por um sindicato bancário que integra a Caixa Geral de Depósitos, o Montepio e o Banco Carregosa.

O objetivo desta emissão obrigacionista é apoiar a atividade do grupo liderado por Mário Ferreira. O gestor deverá anunciar os novos projectos do grupo no próximo dia 4 de Fevereiro, durante a cerimónia de toque do sino, que vai decorrer na Euronext Lisbon.

A emissão de obrigações vai decorrer em duas fases: a primeira que tem início marcado para dia 5 de Fevereiro é de 20 milhões de euros.

As obrigações da Mystic Invest 2016-2023 serão admitidas no EasyNextLisbon, da Euronext Lisbon.

Grupo Montepio reduz prejuízos para 145 M€ em 2014

Segundo o Montepio, este resultado negativo «espelha os efeitos do difícil contexto sobre o nível e as condições da atividade, que traduziram um acentuado e extraordinário esforço prudencial, manifesto no reforço de imparidades e provisões, com impacto no desempenho global».

As imparidades e provisões ascenderam o ano passado a um valor consolidado de 686 milhões de euros, mais 67,7% ou 277 milhões do que o valor registado em 2013.

O tema do resultado consolidado do Grupo Montepio em 2014 marcou as recentes eleições para a Associação Mutualista Montepio Geral (a ‘cabeça’ do Grupo Montepio), em que Tomás Correia foi reeleito presidente com quase 60% dos votos, com os opositores a acusarem a sua gestão de esconder as contas.

O resultado consolidado do grupo Montepio, agora divulgado, agrega os resultados de todas as participadas, de que se destaca o banco Caixa Económica Montepio Geral, que em 2014 teve prejuízos de cerca de 187 milhões de euros.

Novo líder do Montepio só é conhecido amanhã

As urnas das eleições da Associação Mutualista Montepio fecham hoje às 18, mas os resultados apenas deverão ser conhecidos durante a madrugada.

A contagem dos votos presenciais e por correspondência apenas será iniciada após o encerramento das portas da sede do Montepio na Rua do Ouro em lisboa, local escolhido para receber os associados.

O sufrágio continua a decorrer em clima de suspeição com as várias listas a lançarem acusações. As listas C, D e E já apresentaram pedidos de providências cautelares para tentar travar o processo de votação, acusando a gestão de Jorge Tomé de irregularidades e de não divulgar toda a informação necessária aos candidatos da oposição.

A lista A, do atual presidente, garante estar a cumprir os estatutos da Associação Mutualista e a lei, noticia o Jornal de Negócios.

EMPRESAS