Inicio Tags Neve

Tag: Neve

Atividades letivas suspensas em Montalegre devido à neve

David Teixeira, vereador da Proteção Civil de Montalegre, disse que começou a nevar cerca das 00:00 e que os meios da autarquia e dos bombeiros estão espalhados pelo terreno a limpar e a espalhar sal para que todas as estradas fiquem transitáveis.

Por uma questão de precaução e pela dificuldade na circulação dos transportes escolares e dos professores, foi decidido, esta manhã suspender, as atividades letivas.

Desde o final de fevereiro, este é o terceiro nevão que cai sobre Montalegre e que afeta o funcionamento das escolas.

Frequentam o Agrupamento de Escolas Doutor Bento da Cruz, em Montalegre, cerca de 700 alunos espalhados pelo centro escolar (primeiro ciclo e pré-escolar) e escola básica e secundária Doutor Bento da Cruz.

O concelho está preparado para estas situações e dispõe de vários de veículos dos bombeiros e câmara para limpar a neve das estradas e também espalhar sal.

Quando é necessário, o município contratualiza ainda com particulares a utilização de tratores, também com equipamento adaptado, que vão para as estradas ajudar nas operações de limpeza.

A neve e as paisagens pintadas de brancas são também uma atração turística que leva muitos visitantes a este concelho do Norte do distrito de Vila Real.

LUSA

Neve provoca constrangimentos no IP4 e A24 na zona de Vila Real

Durante a tarde começou a nevar com muita intensidade em vários pontos do distrito de Vila Real, provocando algumas dificuldades na circulação rodoviária.

Fonte da GNR disse que o IP4 está cortado ao trânsito, entre os nós da Campeã (Vila Real) e o de Amarante, na zona da serra do Marão, estando todo o trânsito a ser desviado para a Autoestrada 4 (A4) Túnel do Marão.

Segundo a fonte, a A24, na zona de Fortunho, entre Vila Real e Vila Pouca de Aguiar, também está cortada temporariamente, devido à queda de neve, e condicionada aos trabalhos de limpeza dos limpa-neves que já estão no terreno.

O trânsito desta autoestrada está a ser desviado para a Estrada nacional 2 (EN2).

Outras estradas secundárias do distrito estão com a circulação dificultada devido à neve, havendo alguns pontos considerados “mais críticos” e que exigem mais precauções por parte dos automobilistas.

A neve caiu também na cidade de Vila Real e como medida de precaução as escolas fecharam para o transporte dos alunos mais cedo para casa.

Também as escolas de Alijó, Sabrosa e Vila Pouca de Aguiar fecharam mais cedo devido à queda de neve e à formação de gelo e os alunos foram recolhidos mais cedo.

Um pouco por todo o distrito, os meios da proteção civil e das operadoras das autoestradas estão mobilizados para a limpeza da neve e para o espalhamento de sal nas estradas

Bragança, Guarda e Vila Real, estão sob aviso laranja (o segundo mais grave) devido à queda de neve.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a queda de neve acima dos 400 ou 600 metros deixa os distritos de Bragança e Vila Real sob aviso laranja entre as 18:00 de hoje e as 06:00 de quarta-feira.

LUSA

Paris: maior nevão desde 1987

Foto: Gonzalo Fuentes/reuters

Um espesso manto branco cobriu os passeios da Ile-de-France, onde muitos condutores bloqueados tiveram de abandonar os veículos durante a noite, nomeadamente no sudoeste da capital francesa, noticiou a agência de notícias francesa AFP.

No total, segundo uma contagem oficial, mais de 1.500 pessoas passaram esta noite em centros de acolhimento, estações de comboios ou aeroportos na Ile-de-France.

A Torre Eiffel foi encerrada esta terça-feira.

A companhia ferroviária francesa aconselhou os habitantes da região a adiarem as suas deslocações.

A rede de autocarros ficou paralisada, mas o metro tem estado a funcionar de forma quase normal.

Vários outros pontos do país registam perturbações por causa da neve, do centro ao nordeste, e o instituto de meteorologia Météo-France manteve hoje de manhã 25 departamentos em alerta laranja de neve e geada, pelo menos até meio do dia.

 

Serra da Estrela: Estradas cortadas devido à queda de neve

A fonte indicou à Lusa que a circulação rodoviária está proibida desde as 17:45 nos troços Piornos/Torre e Torre/Lagoa Comprida.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje queda de neve nas cotas entre os 1.000 a 1800 metros de altitude, situação que deverá manter-se até ao início da tarde de quarta-feira, acima dos 1.200 metros.

LUSA

Estradas da Serra da Estrela reabertas ao trânsito

Segundo a fonte, as “estradas estão todas transitáveis e sem qualquer constrangimento”, pelo que já se pode chegar ao topo da montanha.

Segundo referiu, os troços Lagoa Comprida/Loriga e Lagoa Comprida /Sabugueiro foram reabertos às 10:10, enquanto os troços Piornos/Torre e Torre/Lagoa Comprida reabriram às 10:50.

O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje “céu pouco nublado ou limpo, com ocorrência de aguaceiros fracos e dispersos, e aumentando temporariamente de nebulosidade no interior a norte da Serra da Estrela durante a tarde”.

Neve vai continuar a cair

Ao início do dia de hoje, segundo a GNR, estavam cortadas na Guarda a estrada nacional 339, entre os quilómetros 11 e 21 (Seia), e a nacional 338, entre os quilómetros 20 e 30 (Seia). No concelho de Gouveia, a nacional 339 também está cortada entre o quilómetro zero e o 06, sendo as alternativas a A23 e a nacional 17. A mesma estrada nacional também está cortada no distrito de Castelo Branco, no concelho da Covilhã, entre o quilómetro 20 e o 32.

No distrito de Vila Real, a nacional 103 estava condicionada em Montalegre ao quilómetro 116, enquanto a estrada regional 212 estava cortada ao quilómetro 135 na zona de Chaves, sendo a alternativa a nacional 02. Já no distrito de Viseu, a estrada nacional 321 está cortada entre os quilómetros 38 e 45 na zona de Cinfães, sendo a alternativa a nacional 222, por Resende, e a 225, por Nespereira. Além das estradas nacionais, a neve está também a afetar a circulação em algumas estradas municipais naqueles distritos, referiu a GNR.

“Temos várias estradas cortadas, mas no que diz respeito a Autoestrada 24 (A24), que esteve intransitável, já foi reaberta. Temos também a Estrada Nacional 5, cortada junto a Amarante também devido à neve”, disse uma fonte da GNR à agência Lusa.

Além das estradas cortadas, inundações, quedas de árvores e acidentes rodoviários foram registados hoje e na quinta-feira em várias regiões do país devido à queda de neve, chuva e vento forte, segundo a proteção civil, PSP e GNR.

A neve começou a cair ao início da tarde nos concelhos mais a norte do distrito de Vila Real, o que levou as escolas a fecharem mais cedo em Montalegre e Boticas, para um regresso em segurança dos alunos a casa. As equipas da Proteção Civil estão no terreno a proceder à limpeza das vias e a espalhar sal-gema pelas estradas.

Já em Lisboa, os Sapadores de Bombeiros registaram muitos pedidos de auxílio na quinta-feira e madrugada de hoje devido a inundações e quedas de árvore por causa da chuva e vento forte. Contactada pela Lusa, a PSP de Lisboa adiantou ter registado a ocorrência de acidentes, tratando-se apenas de “pequenos toques e despistes, sem gravidade”.

Oito distritos em alerta laranja

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou quinta-feira oito distritos de Portugal continental sob ‘Aviso Laranja’ devido à queda de neve e de chuva.

Estão sob ‘Aviso Laranja’, o segundo mais grave de uma escala de quatro, os distritos de Bragança, Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo, Castelo Branco e Braga.

Segundo o IPMA, estes distritos vão estar sob ‘Aviso Laranja’ até às 06:00 de hoje.

Congresso Mundial de Turismo de Neve e Montanha realiza-se em março

Sob o tema “Mountainlikers: Desporto e Aventura, uma combinação promissora para destinos de montanha”, a conferência irá analisar propostas turísticas que atualmente são motor de atração de muitos destinos e de montanha, como o turismo desportivo e de aventura. Redescobrir a montanha, diversificar a oferta e melhorar a produtividade são objetivos que os destinos turísticos de altitude vão conseguindo atingir progressivamente graças ao turismo desportivo e de aventura, explica a OMT Organização Mundial de Turismo, em comunicado.
O evento será apresentado dia 16 de fevereiro, às 12H30, na sede da OMT em Madrid, e contará com a presença do secretário geral da OMT, Taleb Rifai.

EMPRESAS