Inicio Tags Radares

Tag: Radares

Mais de 400 mil condutores apanhados no Controlo de Velocidade

© Lusa

SINCRO é o sistema para deteção automática da infração de excesso de velocidade, sendo composto por 30 radares móveis que são instalados em 50 locais considerados críticos.

O primeiro dos 30 radares do SINCRO entrou em funcionamento a 06 de julho de 2016 e foi instalado na autoestrada A5, que liga Lisboa e Cascais, mas só em julho de 2017 é que começaram a ser explorados na totalidade.

Numa resposta enviada à agência Lusa, a ANSR avança que, entre julho de 2017 e maio deste ano, foram apanhados pelos radares 400.449 condutores em excesso de velocidade.

Segundo a ANSR, 291.195 infrações foram registadas em sete meses de 2017 e 109.254 entre janeiro e maio deste ano.

A maioria das infrações são leves (204.525), seguido dos graves (189.101) e das muito graves (6.723).

Os 30 radares de controlo de velocidade não são fixos, sendo instalados nas 50 cabines segundo um sistema rotativo previamente definido. Os condutores são informados da presença dos radares através de um sinal de trânsito.

A ANSR faz um balanço “muito positivo” deste sistema de controlo da velocidade devido ao “contributo que tem tido para a segurança rodoviária”.

Questionado se o SINCRO contribuiu para reduzir a sinistralidade nos locais onde foram colocados os radares, a ANSR respondeu que “o estudo estatístico dos acidentes nos locais de controlo de velocidade necessita de séries de dados relativamente longas e metodologias adequadas de ponto de vista científico” e “neste momento ainda não estão reunidas condições que permitam desenvolver um estudo consistente sobre esta matéria”.

A Segurança Rodoviária refere ainda que a expansão do sistema de controlo da velocidade está inscrita no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária até 2020, mas esta medida terá de ser avaliada pela tutela.

Dados da ANSR indicam que 244 pessoas morreram nas estradas portuguesas entre 01 de janeiro e 15 de julho deste ano, menos 14 do que em igual período do ano passado.

No entanto, o número de acidentes subiu ligeiramente, registando-se este ano 68.483 desastres, mais 1.845 do que em período idêntico de 2017.

Também os feridos graves estão a diminuir este ano, tendo 950 pessoas ficado gravemente feridas até 15 de julho deste ano contra as 1.109 no mesmo período de 2017.

LUSA

“Quem o avisa…” Saiba onde a PSP vai ter radares até ao fim do mês

AÇORES

10/ago/16 13H00 Lugar da Graça, Freguesia de Almagreira, Concelho de Vila do Porto, Ilha de Santa Maria
11/ago/16 09H00 Avenida S. Miguel, Freguesie e Concelho de Vila do Porto, Ilha de Santa Maria
18/ago/16 08H00 Estrada Regional, Freguesia de São Roque – Concelho de São Roque do Pico – Ilha do Pico
26/ago/16 12H45 Estrada Regional n.º 1, Atalaia, Freguesia de Ribeirinha, Concelho de Angra do Heroísmo, Ilha Terceira

AVEIRO

03/ago/16 15H00/19H00 Variante da Rua 19 – Espinho
04/ago/16 15H00/19H00 EN 109 – Ovar
05/ago/16 08H00/14H00 EN 16 -Km 0,5 – Aveiro
08/ago/16 08H00/14H00 Av. da Universidade – Aveiro
10/ago/16 14H00/20H00 EN 109 -Km 58,1 – Aveiro
12/ago/16 08H00/14H00 EN 16 -Km 0,5 – Aveiro
18/ago/16 09H00/13H00 Av. Dr. Renato Araújo – São João da Madeira
19/ago/16 08H00/14H00 EN 109 -Km 58,1 – Aveiro
22/ago/16 08H00/14H00 EN 16 -Km 0,5 – Aveiro
24/ago/16 15H00/19H00 Av. da Régua – Ovar
25/ago/16 09H00/13H00 Rua Dr. Eduardo Vaz – Santa Maria da Feira
26/ago/16 08H00/14H00 EN 109 -Km 58,1 – Aveiro
29/ago/16 08H00/14H00 Av. da Universidade – Aveiro
31/ago/16 09H00/13H00 Rua dos Combatentes – Guetim – Espinho

BEJA

03/ago/16 09H00/12h00 Av. Salgueiro Maia – Beja
10/ago/16 09H00/12h00 Rua Zeca Afonso – Beja

BRAGA

09/ago/16 09H00 Variante de Creixomil – Guimarães
12/ago/16 21H00 Av. João Paulo II – Braga
17/ago/16 14H00 Av. Miguel Torga – Braga
25/ago/16 14H00 Circular Urbana – Guimarães
26/ago/16 21H00 Av. Cónego Jorge P. Coutinho – Braga
29/ago/16 09H00 Variante do Cávado – Braga
30/ago/16 08H00 Circular Externa – Barcelos

BRAGANÇA

05/ago/16 08H00/14H00 Av. Abade de Baçal – Bragança
18/ago/16 08H00/14H00 Av. das Comunidades Europeias – Mirandela

CASTELO BRANCO

10/ago/16 07H00/11H00 Av.. Infante D. Henrique – Covilhã
16/ago/16 08H00/10H00 Av. Dia de Portugal – Castelo Branco
22/ago/16 07H00/11H00 Av. Infante D. Henrique – Covilhã
30/ago/16 09H00/11H00 Av. da Europa – Castelo Branco

COIMBRA

03/ago/16 08H30 IC 2 KM 192 Norte/Sul – Coimbra
09/ago/16 08H30 Via António Moreira – Coimbra
12/ago/16 08H00 Rodoviária Urbana de Tavarede – Figueira da Foz
19/ago/16 08H30 Ponte Rainha Santa Isabel – Coimbra
22/ago/16 09H00 EN 111 – Coimbra
30/ago/16 09H00 IC 3 – Coimbra
31/ago/16 07H30 Av. Dr. Francisco Sá Carneiro – Figueira da Foz

ÉVORA

08/ago/16 09H00 EN 18 ao GIL – Estremoz
10/ago/16 09H00 EN 114
17/ago/16 17H00 Av. Lino de Carvalho – Évora
23/ago/16 09H30 EN 18, Frei Aleixo – Évora
25/ago/16 09H00 Av. Raínha Santa Isabel – Estremoz
31/ago/16 09H00 EN 254 sentido Redondo/Évora

FARO

03/ago/16 21H00 /00H00 EN 125 – Faro
08/ago/16 08H30/12H30 Av. D. João VI – Olhão
09/ago/16 09H00/12H30 Av. de Castro Marim – Vila Real de Santo António
24/ago/16 10H00 /12H00 EN 125 – Faro

GUARDA

26/ago/16 07H00/11H30 EN N.º 18 – Guarda

LEIRIA

10/ago/16 14H00/17H00 VCI – Alcobaça
12/ago/16 14H30/17H30 Av. da Comunidade Europeia – Leiria

LISBOA

03/ago/16 08H00-17H00 Estrada dos Salgados/Falagueira
06/ago/16 09H00-11H30 IC19 – Lisboa/Sintra – Recta dos Comandos
09/ago/16 10H30-12H00 Av. Gomes da Costa – Lisboa
10/ago/16 08h00 – 12h30 Av. Marginal St.º Amaro de Oeiras , sentido Lisboa /Cascais (km 8.2)
17/ago/16 14h00 – 18h00 EN 10, km 123,7, sentido Alhandra-VFXira
22/ago/16 14H30- 18H30 Av. da Índia – Centro de Congressos – Lisboa
23/ago/16 09H00 – 12H00 EN 10, junto ao Km 139,250 – São João da Talha (sentido sul norte e nos dois sentidos)
31/ago/16 15H00-19H00 IP7 – Eixo Norte/Sul – Lisboa

MADEIRA

03/ago/16 08h00 Estrada do Aeroporto, Azenha – Caniço
04/ago/16 14h00 Av. 25 junho – Santa Cruz
08/ago/16 13h00 Via Expresso 3, Lugar de baixo – Ponta do Sol
10/ago/16 18h00 VE 5 – camacha
11/ago/16 08h00 Av. do Infante – Estrada Monumental – Rua Pestana Junior – VR 1
13/ago/16 08h00 Rua Manuel dos Passos
16/ago/16 08h00 VR1, Avenida do Infante, Rua Pestana Junior
17/ago/16 08h00 VR 1 – Gaula
22/ago/16 07h00 Rua Pestana Junior, Estrada do Aeroporto, Rua 5 de Outubro, Av. do Infante
23/ago/16 14h00 V.R. 1 Tunel duplo do Caniçal
24/ago/16 14h00 Estrada Ponta da Oliveira – Caniço
25/ago/16 18h00 V.E 1 Tunel do Norte
29/ago/16 07h00 VR 1, Av. das Madalenas, Av. do Infante, Rua Pestana Júnior
30/ago/16 17h00 VR 1, Rua 5 de Outubro, Av. das Madalenas, Estrada do Aeroporto
31/ago/16 14h00 VR 1, Av. do Infante Estrada Monumental

PORTO

03/ago/16 14H00/18H00 Rua Ribeiro Cambado – Valongo
09/ago/16 20H00/24H00 Variante EN 105 – Km 23.2 – Santo Tirso
12/ago/16 08H00/12H00 Estrada da Circunvalação – 9020 – Porto
17/ago/16 08H00/12H00 Rua Dr. Mário Soares – Gondomar
24/ago/16 14H00/18H00 Estrada da Circunvalação – 11124 – Matosinhos
30/ago/16 20H00/24H00 Av. Dr. Antunes Guimarães – Leça da Palmeira

SANTARÉM

03/ago/16 08H00/12H00 Av. Dos Bombeiros – Ourém
04/ago/16 08H00/12H00 Rua da Cerrada Grande – Torres Novas
08/ago/16 07H00/11H00 Av. Aljubarrota – Abrantes;
09/ago/16 08H00/12H00 Rua Ferreira Mesquita – Entroncamento
10/ago/16 07H30/11H30 Av. 25 de Abril – Cartaxo
17/ago/16 07H00/11H00 EN 110, Carvalhos de Figueiredo – Tomar.
25/ago/16 10H00/13H00 Circular Urbana D. Luís I – Santarém

SETÚBAL

08/ago/16 10:00 Av. Mar – Amora
09/ago/16 08:00 Av. Arsenal do Alfeite, sentido Almada – Corroios
22/ago/16 08:00 Circular externa – Montijo

VIANA DO CASTELO

08/ago/16 09H30 Av. 25 de Abril – Viana do Castelo
28/ago/16 09H30 Estrada da Papanata – Viana do Castelo

VILA REAL

03/ago/16 14H00/16H00 Av. Regimento de Infantaria nº. 13 – Vila Real
05/ago/16 14H00/18H00 Rua Rainha Dona Mafalda – Chaves
16/ago/16 14H00/18H00 Rua da Paz – Chaves
18/ago/16 09H00/12H00 Av. Aureliano Barrigas – Vila Real
29/ago/16 14H00/17H00 Av. do Tâmega – Chaves

VISEU

03/ago/16 16H00 Av. Engº Nobre da Costa – Viseu
10/ago/16 09H30 Av. D.Egas Moniz – Lamego
12/ago/16 08H00 Estrada de Nelas – Viseu
24/ago/16 09H30 Av. D.Egas Moniz – Lamego

MAI gasta mais de sete milhões na criação e gestão de rede de radares

Fonte oficial do MAI explicou que 3,19 milhões de euros destinam-se ao Sistema Nacional de Controlo de Velocidade — Rede Nacional de Radares e 4,15 milhões à Gestão de Processos de Contraordenação, uma redução de 1,27 milhões face a resoluções aprovadas em Conselho de Ministros do anterior Governo, atendendo aos valores apresentados pelos concorrentes vencedores nos dois concursos públicos internacionais.

As verbas foram aprovadas no Conselho de Ministros de quinta-feira, que autorizou a realização da despesa e responsabilizou-se pelos encargos plurianuais em dois concursos da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

Segundo o MAI, os dois contratos encontram-se no Tribunal de Contas para emissão dos respetivos vistos e, como os contratos não tiveram execução em 2015, houve necessidade de reprogramar a distribuição plurianual dos encargos.

Nesse sentido, refere o comunicado do Conselho de Ministros de quinta-feira, foi “necessário proceder a uma alteração na distribuição dos encargos plurianuais constantes em anteriores resoluções do Governo PSD/CDS-PP.

A resolução agora aprovada pelo Executivo visa “proceder ao reajustamento dos prazos estimados quer para a implementação do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade, através de radares fixos, quer para a aquisição de serviços de gestão de processos de contraordenação rodoviária, bem como à diminuição do total de encargos fixados, uma vez que as adjudicações em causa foram efetuadas em valores mais baixos do que os inicialmente previstos”, adianta o mesmo comunicado.

De acordo com o MAI, o concurso da Rede Nacional de Radares engloba a compra de “30 cinemómetros-radar e a instalação de 50 cabinas para cinemómetros, barreiras de segurança, sinais, alimentação elétrica e rede de comunicações”.

Abrange ainda a “aplicação tecnológica que estabelece o interface entre os radares e o sistema de contraordenações de trânsito (SCOT) das forças de segurança, permitindo gerar, de forma automática, os autos de contraordenação e enviar as notificações aos infratores, além da manutenção de todo o sistema”.

Já a Gestão de Processos de Contraordenação consiste no registo dos autos de contraordenação e restante expediente, como defesas, requerimentos e impugnações, registo de cobranças em sede administrativa e judicial, elaboração de propostas de decisão, verificação do cumprimento das sanções aplicadas e preparação da resposta aos cidadãos e entidades, adianta o MAI.

O Ministério da Administração Interna refere ainda que o prazo de execução para a Rede Nacional de Radares é entre 2016 e 2019, enquanto o da Gestão de Processos de Contraordenação é entre 2016 e 2018.

EMPRESAS