Inicio Tags Reféns

Tag: reféns

Boko Haram difunde vídeo das raparigas raptadas na Nigéria

Algumas das mais de 200 raparigas raptadas em abril de 2014 de uma escola em Chibok, no norte da Nigéria, estão vivas. O grupo radical islâmico Boko Haram divulgou um vídeo que mostra cerca de 15 de raparigas, que alegadamente fazem parte do grupo de raparigas raptadas de uma escola há cerca de dois anos e meio.

A CNN teve acesso exclusivo ao vídeo enviado às autoridades nigerianas, que estão a negociar a libertação das reféns, pelos militantes do Boko Haram como “prova de vida”.

Acredita-se que as imagens tenham sido captadas em dezembro passado, como parte das negociações entre o governo da Nigéria e o Boko Haram. As duas partes já haviam tentado o entendimento com vista à libertação das raparigas, mas sem sucesso.

O vídeo terá sido divulgado agora por alguém não identificado que deseja mostrar às famílias que as filhas ainda estão vivas com o objetivo de pressionar o governo a mobilizar mais esforços para que sejam libertadas.

As raparigas surgem nas imagens de cabelo coberto e vestidos longos e fluidos, sem sinais óbvios de maus tratos. Três das mães afirmam ter identificado as filhas no vídeo, segundo informações divulgadas pelos meios de comunicação locais, refere o El Mundo.

As autoridades nigerianas advertiram, no entanto, que é necessário aprofundar o processo de identificação das raparigas. O grupo tem por hábito enviar “pistas falsas” que dificultam o trabalho das autoridades em descobrir o verdadeiro paradeiro dos sequestrados.

O rapto das 219 raparigas em Chibok foi apenas mais um das centenas de atos terroristas levados a cabo pelo grupo Boko Haram, que tem espalhado o terror na África Ocidental nos últimos anos. O sequestro originou o movimento mundial #BringBackOurGirls, que mobilizou muitas personalidades a chamarem a atenção para a tragédia humanitária a acontecer na Nigéria, incluindo Michelle Obama.

 

Homens armados fazem 170 reféns em hotel na capital do Mali

“O grupo hoteleiro Rezidor, que gere o hotel Radisson Blu de Bamako no Mali, tem conhecimento que está em curso uma tomada de reféns naquele local”, indica o grupo num comunicado citado pela AFP. “Segundo as nossas informações, duas pessoas estão a reter 140 clientes e 30 funcionários”.

“De manhã bem cedo houve um tiroteio. Aparentemente foi uma tentativa para fazer reféns”, já tinha dito uma fonte das forças de segurança do Mali à Reuters. O repórter da AFP constatou no local que a polícia criou um perímetro de segurança.

Os tiros dentro do hotel puderam ser ouvidos no exterior do edifício, que tem 190 quartos. “Tudo acontece no sétimo piso. Os jihadistas estão a disparar no corredor”, disse à AFP uma fonte dos serviços de segurança.

Também segundo uma fonte dos serviços de segurança do Mali, os atacantes chegaram ao hotel numa viatura com matrícula diplomática.

A 7 de Março deste ano, um atentado contra um bar-restaurante em Bamako provocou a morte de cinco pessoas, incluindo um francês e um belga. Foi o primeiro ataque deste género no Mali, diz a AFP.

A BBC acrescenta que em Agosto homens armados mataram 13 pessoas, incluindo cinco funcionários da ONU, num ataque a um hotel de Sévaré, outra cidade do Mali.

EMPRESAS